A Umbra Negra

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A Umbra Negra

Mensagem  Narrador em Ter Fev 05, 2013 10:07 am

Lobisomens são criaturas de espírito — mais das Umbras Rasa e Média, e até mesmo mais da Umbra Profunda do que da Umbra Negra. Os laços da Umbra Negra com as Umbrae “vivas” são mais do que tênues; esse é o reino da mortalidade.

Quando um lobisomem usa um ritual para chegar até a Umbra Negra, ele chega em uma versão do Mundo Inferior da Penumbra – chamada por alguns de Terra das Sombras. A partir dali, um viajante pode ir de lugar em lugar, assim como na Penumbra, ou viajar mais profundamente na Umbra Negra em si. Ao menos, era como costumava ser...

A maioria da Umbra Negra é comparada a um vasto mar negro, onde estão várias ilhas que guardam os reinos dos fantasmas de várias culturas. Uma vez que um viajante deixa as Terras das Sombras, ele deve ter algum modo de navegar por esse mar se ele quiser alcançar Estígia, o Duat, Swar, o Reino Sombrio de Jade ou qualquer um das centenas de diferentes reinos fantasmas. Inóspito como o é, esse não é um feito fácil de ser alcançado; fantasmas malevolentes estão dispostos a atacar lobisomens, principalmente porque as energias espirituais “vivas” da Umbra Rasa tendem a se afastar do escuro Mundo Inferior. A energia vital em abundância presente em um lobisomem é como um ímã na Umbra Negra, um ímã que atrai fantasmas famintos.


Se isso já era complicado demais antes, os problemas atuais que esperam viajantes da Umbra Negra são ainda piores. Desde 1999, a Umbra Negra se provou ser ainda mais inóspita aos lobisomens. Uma poderosa tempestade, tão grande que atinge todo o reino, açoita a Umbra Negra sem sinal de descanso. Ventos fortes, granizo espectral e raios fantasmagóricos acertam viajantes desprotegidos praticamente até a morte. Apesar dos ventos da tempestade parecerem mais devastadores aos fantasmas da Umbra Negra, seres da Umbra Rasa, como metamorfos, recebem de cinco a dez dados de dano letal por turno exposto aos efeitos da tempestade. Algumas vezes uma calmaria passa sobre a área e em um espaço entre as nuvens pode-se ver o brilho vermelho de Antélios — então a tempestade retorna.

A maioria dos Theurges acredita que essa tempestade está relacionada com a Estrela Rubra, dizendo que a presença de Antélios foi o que deu início a esse Maelstrom. Uma teoria diz que quando o Olho da Wyrm começou a abrir, seu olhar caiu primeiro sobre a Umbra Negra, causando essas incríveis tempestades. Se for assim, alguns se questionam, o que acontecerá quando o olhar de Antélios cair sobre a Umbra Rasa?

A Terra joga uma sombra na Umbra Negra da mesma forma como faz na Umbra Rasa — mas a Penumbra Negra, como chamam alguns metamorfos, é um lugar muito mais sinistro. Os espíritos de Gaia e da Tríade não vêm até aqui — esta é um domínio exclusivo dos fantasmas dos mortos.


Antes do grande Maelstrom, as Terras das Sombras eram um lugar assustadoramente quieto. Aqui as coisas pareciam muito como elas eram no mundo físico; prédios tinham seus reflexos, independente da idade, assim como algumas árvores. Entretanto um leve senso de morte cobria toda a paisagem; calçadas pareciam mais rachadas do que o normal, a vegetação parecia morta, e assim por diante. A paisagem era monocromática, indo de um pálido cinza até um preto profundo. O único sinal de cor chegou recentemente: uma pequena estrela vermelha — Antélios — brilha solenemente no céu.

Porém, assim como o resto da Umbra Negra, a Terra das Sombras está sendo atingida por grandes tempestades desde 1999. Um lobisomem que entra na Umbra Negra pode muito bem ter seus pés arrancados ou ser selvagemente ferido antes que tenha alguma chance de tomar alguma atitude. Alguns lugares, protegidos por aparições, suportam firme contra o furioso Maelstrom — mas estes tendem a ser os reflexos das cidades nas Terras das Sombras, onde existem materiais suficientes para fazer barricadas e homens para erguê-las. Entrar na Umbra Negra nas matas é algo arriscado; alguns lugares, como o olho de um furacão, permanecem calmos, mas uma quantidade muito maior são açoitados pelas tempestades furiosas.


Nos dias de hoje, apenas poucos lobisomens se atrevem a viajar até a Umbra Negra e a maioria desses juram nunca mais voltar após sobreviverem à primeira ida. Os lobisomens mais interessados nos mortos humanos — notoriamente os Peregrinos e o Sacerdócio de Marfim — têm outras coisas para se preocupar. Desde o inicio do grande Maelstrom, muitos fantasmas encontraram o caminho de volta entre a barreira do mundo físico e da Umbra Negra, retomando seus antigos corpos. Colocar esses “mortos vivos” para descansar novamente é uma tarefa difícil, mas é uma tarefa que os Peregrinos e o Sacerdócio de Marfim dificilmente ignorariam.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum