A Rede de Esgotos do Rio de Janeiro

Página 25 de 28 Anterior  1 ... 14 ... 24, 25, 26, 27, 28  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Bruno - Vicent - Rashid - Kazak

Mensagem  Bruno Modenesi em Ter Abr 26, 2016 3:45 pm

Bruno se limita a esticar a cabeça na tentativa de ler o que Vicent escrevia para a dupla de desconhecidos:

"- Que bagulho é esse aí?"

Quando Kazak responde ele apenas aguarda a reação de seu primogeno.

_________________
Aparência: 2
Carisma: 5
Voz Encantadora
Vulgar

"O tempo ruge e a Sapucaí é grande"
avatar
Bruno Modenesi

Mensagens : 155
Data de inscrição : 13/04/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Rede de Esgotos do Rio de Janeiro

Mensagem  Mansur Al Rashid em Ter Abr 26, 2016 4:06 pm

A resposta de Kazaak acalma o coração de Rashid. Contudo, há várias formas de se contar uma determinada verdade sem mentiras. Rashid é um estudioso. Um mago do sangue. E por isso aproveita a deixa de seu irmão para complementar a informação:

- Pertencemos ao clã do primeiro de nós, meu senhor. Àquele que primeiro caminhou nesta terra compartilhando seu sangue com seus descendentes.

As palavras saíam com humildade. Era esta postura a esperada quando um filho de Haquim falasse de seu criador.
avatar
Mansur Al Rashid

Mensagens : 38
Data de inscrição : 25/06/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Henry Lee Sung | Todos

Mensagem  Narrador em Ter Abr 26, 2016 8:08 pm

O jovem Toreador toca o piano com absoluta excelência.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

François Carlent | Linda Wilson - Christopher Lupinatti

Mensagem  Narrador em Ter Abr 26, 2016 8:10 pm

O anicão Nosferatu é quem responde à Lupinatti:

'- Essa sua arma parece interessante... mas queremos um alvo que nos atacou diretamente e que anda dando suporte aos nossos inimigos nesse primeiro momento. Precisamos cortar o fornecimento de armas e equipamentos do Sabá e, para isso, precisamos exterminar o Clã Giovanni na cidade.'

Linda, prossegue:


'- O fim do Clã Giovanni será a pá de cal da Aliança Independente e o fim do excesso de armamento de nossos inimigos. E você, como novo Xerife da cidade, deve pensar em como liderar essa investida contra os necromantes. Eles precisam cair. E logo.'
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Terry Constantine - Emilie Blanc

Mensagem  Narrador em Ter Abr 26, 2016 8:11 pm

O lunático responde:

'- Para termos um plano, precisamos saber em quem podemos confiar primeiro...'
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Rede de Esgotos do Rio de Janeiro

Mensagem  Hans Schneider em Ter Abr 26, 2016 10:45 pm

Acabo soltando um sorriso bobo com o comentário sobre "garotos" vindo de Henry, o garoto mantinha aquele "aspecto" social, mas era bom saber que ele tinha malicia e não era uma múmia escrava de Vincent.

Depois ele foi soltando comentários, suas próprias observações e só pude sorrir em silencio com aquilo, algumas pessoas precisam apenas de um sutil "start" para falar o que desejam, mas então fui acompanhando o seu raciocínio em silencio até que ele aceitou a oferta e começou a se apresentar.

Não existe muito a ser falado sobre o que ele fez, a sua maestria falou por si mesma e do nada uma apresentação maravilhosamente boa, fazia tempo que não ouvia algo bom nesse nível, talvez na França a muitos anos atrás quando eu precisava do piano para sobreviver, para ter uma utilidade. Confesso que senti certo ciumes do piano agora, o garoto podia e talvez fosse melhor do que eu, mas não importa de fato, hoje em dia quando a música se tornou para mim apenas um passatempo.

Quando me dei conta, havia parado de limpar o piano, apenas me virei e sentei no chão encostando minhas costas na perna traseira do instrumento enquanto apreciava a música e observava Vincent e os outros três homens perto dele tentando prestar atenção no que era falado pelos outros núcleos na câmara.

_________________
Hans Schneider
Aparência: 0
Altura: 1,93 Mt - Peso 80,0 Kg
Idade Aparente (Deformado): 24 Anos
Carisma: 4 (Genialidade)
Características Marcantes: Sotaque Alemão, Altura e a Companhia de Ratos.  
avatar
Hans Schneider

Mensagens : 17
Data de inscrição : 16/02/2016
Idade : 95

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Emilie - Celular

Mensagem  Emilie Blanc em Ter Abr 26, 2016 11:02 pm

Emilie lança um breve olhar para o lado.

- Não vejo ninguém aqui para isso... - coloca com preocupação e melancolia, e diz em voz mais baixa - eu não sei mais o que fazer. Só sei que precisamos sobreviver, e eu preciso cumprir minha missão...

_________________
Aparência: 5 (Rosto de bebê)
Carisma: 5
avatar
Emilie Blanc

Mensagens : 433
Data de inscrição : 02/09/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Stevie

Mensagem  Stevie Armstrong em Qua Abr 27, 2016 2:02 am

Enquanto aguardava Sophie lhe responder, o Brujah escutava o que os desconhecidos falavam, eles aparentemente diziam ser Caitiff, mas a fala do segundo homem o faz ficar com uma pulga atrás da orelha, afinal, o primeiro entre nós era Caim? Ou ele queria dizer o primeiro entre os Antidiluvianos?

_________________
Carisma: 5
Aparência: 5
Voz Encantadora
Rubor Sanguíneo
avatar
Stevie Armstrong

Mensagens : 237
Data de inscrição : 16/03/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Vincent - Kazak - Mansur - Bruno

Mensagem  Vincent Lyon em Qua Abr 27, 2016 9:14 am

A resposta de Kazak não impressiona o Toreador. Ele já tinha visto tanta coisa e passado por tanta coisa que Caitiffs eram o menor dos problemas na maior parte das cortes das quais tinha passado. Na verdade muitos deles eram muito melhores que a maior parte dos clãs tradicionais e por alguma razão, ele se lembra de Victoria.

Escreveu rapidamente uma mensagem em seu celular e estendeu à Mansur e Kazak:

Mensagem: Meus preconceitos para com qualquer clã ou cainita foram destroçados há muito tempo e agradeço Caim por isso. Lhes desejo boas-vindas à Camarilla e se precisarem de algum apoio ou ajuda, peço por gentileza que me contatem. Meu número é o xxxx-xxxx.

Aguardou a leitura da mensagem e então escreveu outra:

Mensagem: Gostaria de ficar com seus contatos. É provável que eu entre em contato com os senhores em breve para que façam suas apresentações para com a príncipe na cidade.

Estendeu o celular na direção dos dois mais um vez e quando percebeu que leram tudo, ele muda o para os novos contatos e aguarda que Kazak falasse seu número e que em seguida Mansur o fizesse. Neste momento Mansur comenta alguma coisa da qual o Toreador não entende direito e resolve deixar para lá. Bruno parecia bem adequado naquele ambiente, diminuindo a tensão que agora já não existia mais.

_________________
Aparência - 5
Carisma - 5
Status na Corte - 3
Prestígio de Clã - 3
avatar
Vincent Lyon

Mensagens : 363
Data de inscrição : 28/10/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Rede de Esgotos do Rio de Janeiro

Mensagem  Lázaro em Qua Abr 27, 2016 6:37 pm

Interações com The survivers.

Lázaro observava o homem que falara de Lampião, notando que o conhecia de algum lugar quando o mesmo segue a um dama de cabelos cor-de-fogo. Sim! Era um dos branquelos que ajudou ele e Dandara a destruir aqueles caras das motos lá! Ele era da Torre então, e conhecia o rei do cangaço.

Ele se aproxima da dupla, então, batendo no ombro do homem.

-
Ei, cara di bunda di nenêm, tu tá aqui também, cara! Cadê teu amigu de cabelin ensebado? Morreu? Eu ouvi tu falar sobre Lampiaum; sabe onde eli tá?

Ele olha pra moça com seu único olho são. A mesma poderia ver que Lázaro possuía parte do lado direito do rosto em carne viva e que o olho dessa parte estava inutilizado. Ele balança a cabeça pra ela, falando pra ela.

-
Meu nomi é Lázaru, moça. I o teu?
_____________________________________________________
.

_________________
avatar
Lázaro

Mensagens : 66
Data de inscrição : 04/05/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Henry / Piano (XD)/ + vampirada toda

Mensagem  Henry Lee Sung em Qui Abr 28, 2016 4:42 am

Não era uma apresentação, nem um momento de medir técnica musical, era apenas tocar o piano que nem era o seu instrumento primordial, para relaxar, matar a vontade de música, desestressar e fazer barulho para cobrir um pouco algumas conversas.
Mas, assim que começou a tocar de verdade, o coreano se entregou completamente ao instrumento, se deleitando das notas cadenciadas, e na sua entrega fazendo maestria da música de base simples, sem mesmo notar, colocava ali nas teclas a alma que não tinha. Acabando por ficar alheio a sua volta enquanto tocava. Era apenas ele e a música ali.

_________________
Carisma: 5
Aparência: 5
Idade Aparente: 17 anos
Altura: 1,65 m
Peso: 55 kg
avatar
Henry Lee Sung

Mensagens : 133
Data de inscrição : 10/03/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Lupinatti - Carlent / Linda

Mensagem  Lupinatti em Qui Abr 28, 2016 2:14 pm

A honra e o fardo do posto de Xerife atingem Lupinatti com surpresa que ele nem conseguiu se abalar por não poder testar sua arma contra os lobisomens.

Ser Xerife sempre foi algo que interessava o ancião, pois imaginava que ele seria o melhor para por ordem em uma cidade como aquela.

- Agradeço pela nomeação e prometo que não se arrependerá. Estarei nomeando os nossos delegados ainda essa noite e tenho a intenção de ter um membro de seu Clã entre eles... Se puderem fazer uma indicação...

- Quanto ao nosso inimigo... Gostaria de contar com a ajuda dos Nosferatu para conseguir informações. Potenciais depósitos, e principais membros do Clã já serão de grande ajuda...

_________________
Christopher Lupinatti - Tremere - 7ª Geração
Aparência: 3
Idade Aparente: 32 anos
Altura: 1,75m
Peso: 75kg
Qualidades Notáveis: Voz Encantadora
Prestigio do Clã: 7
Status na Camarilla: 2
avatar
Lupinatti

Mensagens : 186
Data de inscrição : 26/10/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Terry Constantine - Emilie Blanc

Mensagem  Narrador em Sex Abr 29, 2016 12:15 pm

O lunático apenas comenta:

'- Isso não é bom... nossa situação é péssima... mas se você não confia nos que aí estão com você, melhor sair daí o quanto antes...'
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

François Carlent | Linda Wilson - Christopher Lupinatti

Mensagem  Narrador em Sex Abr 29, 2016 12:20 pm

Carlent afirma:

'- Acredito que tenho o homem ideal para você...'


Um papel com o nome e número de telefone de um tal Damian Dark é entregue para Lupinatti enquanto Carlent diz:

'- Pode procurá-lo em meu nome. Ele não se furtará ao serviço. É um dos nossos melhores...'

Linda, em seguida diz:


'- Os Giovannis tem duas bases de operação: um casarão em Botafogo perto do Cemitério São João Batista e, recentemente, tomaram posse do bairro do Cajú, onde se localiza o Arsenal de Guerra do Rio e um grande número de cemitérios. São as duas fontes que precisam ser derrubadas. Isabel Giovanni controla a região de Botafogo, Paola Giovanni, se fixou no Cajú com a ajuda de Assamitas na última noite.'
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Lupinatti - Carlent / Linda

Mensagem  Lupinatti em Sex Abr 29, 2016 12:41 pm

Lupinatti pega o pedaço de papel e lê o nome e contato do indicado por Carlent. O Tremere acena positivamente com a cabeça e guarda o pedaço de papel no bolso.

- Obrigado.

Logo em seguida era a vez de Linda falar. As informações já ajudavam bastante, mas conhecer o inimigo nunca era demais, principalmente quando um deles trabalha ao lado de Assamitas.

- O que pode me dizer sobre elas... Qualquer informação é bem vinda. De quem era o bairro do Cajú?

_________________
Christopher Lupinatti - Tremere - 7ª Geração
Aparência: 3
Idade Aparente: 32 anos
Altura: 1,75m
Peso: 75kg
Qualidades Notáveis: Voz Encantadora
Prestigio do Clã: 7
Status na Camarilla: 2
avatar
Lupinatti

Mensagens : 186
Data de inscrição : 26/10/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Rede de Esgotos do Rio de Janeiro

Mensagem  Mansur Al Rashid em Sab Abr 30, 2016 4:59 am

Rashid acena positivamente e começa a ditar o seu telefone para aquele vampiro. Já fazia notas mentais para a compra de um novo chip assim que saísse dali.

Enquanto ditava o número o "caitiff" prestava atenção nas conversas alheias e quando surgiu o papo do clã Giovanni, o nome de Isa e a invasão no Cajú, Mansur começava a ter cada vez mais certeza que era hora de deixar aquele ambiente. A linha do risco desnecessário já estava prestes a ser ultrapassada e o Assamita não desejava, naquele momento, um banho de sangue.

Não que isto não lhe agradasse, mas a verdade era que o risco era grande para um benefício razoavelmente pequeno.

Assim, em ato contínuo a dar o seu número de telefone, Rashid pergunta:

- Meu senhor, como pode ver, estamos, eu e meu irmão, em perfeito estado de saúde. Há alguma coisa que possamos fazer? Reconhecimento de determinado perímetro? Checagem de um possível refúgio ? Creio que o a cada minuto que fiquemos aqui é um a menos até que o inimigo nos ache.
Seria extremamente prudente que organizássemos as pessoas aqui em grupos e determinássemos as tarefas de cada um desses grupos. Eu e meu irmão, por exemplo, somos especialistas em andarmos sem sermos detectados. Por anos conseguimos sobreviver desta forma. Ruelas e becos são a nossa vivência. Creio que podia ser de grande valia para uma possível movimentação. O que o senhor acha?


Se essa fosse a única saída para o Filho de Haquim, ele não hesitaria em ter que trabalhar para a Camarilla em troca de que sua cabeça continuasse acima de seu tronco
avatar
Mansur Al Rashid

Mensagens : 38
Data de inscrição : 25/06/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Falando com o Grupo (Bruno, Vincent, Mansur e Kazak), mas todos no local podem ouvir.

Mensagem  Hans Schneider em Dom Maio 01, 2016 1:23 am

Eu ouvia a música de Henry em silencio, mas como eu sempre dizia: "O piano tem a incrível capacidade de ser o som dominante, mas também o de fundo, trata-se apenas de seu foco, não é como uma guitarra em alto tom que te obriga a ouvi-la, o piano respeita o local", e com esse respeito eu pude ouvir o que acontecia ao redor porque as vozes não eram cobertas pelo piano.

Então me coloquei de pé e me aproximei de Vincent, Bruno e os outros dois. Um homem de aparência rústica e barba um pouco desgrenhada e o outro era negro e um tanto quanto "charmoso", eu ouvi o que eles tinham falado, talvez esse seja um dos problemas da minha câmara, se você não sussurrar, provavelmente vai ser ouvido por todos.

- Vocês não tem clã? Basicamente é isso? Sicher? Ahh... olha, os Esgotos são território Nosferatu, mesmo com o ataque ao Elysium, acho que eles não iriam até aqui, sabe, aqui tem "Ratos" demais e... alguns... jacarés... inclusive Linda e Carlent são os "manda-chuva"... ok que se o que eu ouvi estiver certo, eles são "capazes" de manter seguro aqui, es ist Tatsach... -

Me calei ao notar que estava me tornando um pouco patético naquilo, mas por que diabos eu queria que eles ficassem ali? Eles todos pareciam tão interessantes...

-  Só... esse lugar é um abrigo, vocês não perceberam que o caminho que fizemos até aqui foi um verdadeiro labirinto? Essa área é ignorada até por Nosferatus, encontrei esses pontos com a esperança de evitar até mesmo meus colegas de CLÃ, mas é um abrigo para vocês que estão aqui também, se algum dia precisarem de um canto... aqui não é tão ruim. São... - Coço minha nuca e cabeça numa expressão de confusão e certo desconforto. - São bem-vindos... é isso, sabe... esse merda lá fora, o Sabá, a FESN e os "peludos", não podemos simplesmente dar as costas uns para os outros... ou talvez eu seja ingenuo demais para acreditar nisso, mas se fizermos Scheiße (Shai-za)... se fizermos... merda, estaremos "fudid*s".  

_________________
Hans Schneider
Aparência: 0
Altura: 1,93 Mt - Peso 80,0 Kg
Idade Aparente (Deformado): 24 Anos
Carisma: 4 (Genialidade)
Características Marcantes: Sotaque Alemão, Altura e a Companhia de Ratos.  
avatar
Hans Schneider

Mensagens : 17
Data de inscrição : 16/02/2016
Idade : 95

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Emilie - Celular

Mensagem  Emilie Blanc em Dom Maio 01, 2016 6:00 pm

- Não acho que essa seja a melhor decisão agora. Só iria me expor... mas irei assim que for possível. Só há um jeito de acabar com essas guerras mundanas. Achar o que estamos procurando...

_________________
Aparência: 5 (Rosto de bebê)
Carisma: 5
avatar
Emilie Blanc

Mensagens : 433
Data de inscrição : 02/09/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Rede de Esgotos do Rio de Janeiro

Mensagem  Mansur Al Rashid em Seg Maio 02, 2016 2:07 am

Com a chegada do anfitrião até a conversa, Rashid tem, de repente, um clique. Olha para seu irmão esperando a resposta e reação. Todavia, por um minuto, parecia que por algum motivo o Nosferatu os queria ali. A todos, mas não só aos Assamitas. A aproximação justamente na hora em que ele resolve propor uma solução para sair daquele local lhe soa estranho. Pode ser meio paranoico, mas a não vida faz isso com os vampiros ao passar dos anos. Além disso, era suspeito e repentina a aproximação.

- Senhor Maus, mas uma vez agradeço a hospitalidade. Realmente a sua intervenção foi precisa e cirúrgica *até de mais, pensa o assamita*. Sem a sua chegada, provavelmente estaríamos todos mortos neste momento, e não poderíamos ver um novo nascer do luar.

- Mas então, qual seria a sua ideia? Pois, não podemos ficar aqui para sempre, não é mesmo? Como faremos para frear os avanços do inimigo? Digo, parece que a cada minuto que estamos aqui, nos conhecendo, eles estão lá fora, reagrupando, estudando novas táticas, nos procurando com a ajuda de toda tecnologia disponível no mundo superior. Cedo ou tarde seremos encontrados, por mais bem protegido que possam ser estes túneis.

- Gostaria, imensamente, de saber, então, qual a opinião de vocês. Pois neste momento, parece que somos um bando de criaturas assustadas e sem rumo, tentando assimilar o golpe da noite passada. Fico tenso com essa inação e ao mesmo tempo que ficarmos unidos parece uma soma de forças, pode facilitar as coisas para o inimigo, a exemplo do que aconteceu no Elísio
.

O Assamita passava a desconfiar dos passos do Nosferatu. Tudo ali era muito novo e rapidamente poderia se tornar perigoso para ele e seu irmão.


Última edição por Mansur Al Rashid em Ter Maio 03, 2016 11:05 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Mansur Al Rashid

Mensagens : 38
Data de inscrição : 25/06/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Stevie - Sophie/Lázaro

Mensagem  Stevie Armstrong em Seg Maio 02, 2016 2:19 am

Stevie estava muito atento no que dizia o Caitiff Mansur, porém, ainda aguardava a resposta de Sophie e era abordado pelo Gangrel que encontrara na noite anterior, simpático como sempre, se volta para Lázaro e o responde.

"- Fico feliz que tenha sobrevivido a esse ataque... Meu amigo sumiu durante o combate, e sua colega que não parecia muito simpática? Sei onde Lampião está, ele 'tá ferido, mas eu vou para lá agora, se quiser ir comigo."

_________________
Carisma: 5
Aparência: 5
Voz Encantadora
Rubor Sanguíneo
avatar
Stevie Armstrong

Mensagens : 237
Data de inscrição : 16/03/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Vincent - Kazak - Mansur - Bruno - Hans - Victoria (SMS)

Mensagem  Vincent Lyon em Seg Maio 02, 2016 2:26 pm

A música da qual henry tocava no piano era magnífica e fazia com que Vincent ficasse bem tranquilo aproveitando o som angelical que saía do instrumento que era conduzido de forma estupenda pelo sobrinho. Isso transmitia uma paz acalentadora ao Toreador.

Mansur passa o número dele e Vincent o anota de imediato. Faltava apenas Kazak passar o número de seu celular quando Mansur fala algumas coisas das quais faz Vincent arquear um pouco a sobrancelha. Antes que terminasse de digitar a mensagem em seu celular para que os dois Caitiffs lessem, Maus responde a dupla e internamente Vincent sorri e com toda certeza se impressionado com o pensamento de união que vinha do Nosferatu. Nunca imaginou que outro membro da Camarilla pensasse daquela forma e o Toreador se identificou imediatamente.

A conversa entre Maus e Mansur continuava e Vin prestava atenção na conversa com interesse. As palavras de Mansur receberiam gargalhadas espalhafatosas de Vincent caso ele tivesse seu rosto em perfeito estado. O caitiff achava que a Torre de Marfim estava parada esperando o próximo ataque? Se sim ele era muito ingênuo. Então ele digita a seguinte mensagem em seu celular e mostra ao Caitiff:

Mensagem: Senhor Mansur, a Camarilla possui uma hierarquia muito bem definida e ações de contra ataques, pesquisas e reconhecimento já estão em andamento. Não se preocupe com isso.

Neste momento Vincent sente que estava cansado de ficar sem maxilar. Ele faz uso de seu sangue e cura mais um nível de dano agravado referente aos ferimentos de seu corpo, na verdade em seu maxilar e se sente um pouco melhor.

Depois começa a digitar outra mensagem, também para Mansur e Kazak, mas mais para Mansur, e assim que termina, estende mais uma vez seu celular para que eles leiam:

Mensagem: No momento não me encontro assustado e muito menos estou sem rumo.

Olha para Maus e escreve a mensagem para ele:

Mensagem: Senhor Maus, agradeço imensamente sua hospitalidade e o que fizera para todos nós. Espero que esta seja um começo prospero para uma ótima relação entre nossos seres. Sinto-lhe informar que preciso deixar sua hospitalidade para cuidar de assuntos do meu clã. Muito obrigado.

Estende a mensagem a Maus e faz uma reverência à ele em tom de agradecimento. Esperava uma resposta do Nosferatu, de Mansur e o contato telefônico de Kazak para futuras interações sociais. Enquanto aguardava a resposta dos três, Vincent escreve uma mensagem rápida para Victoria Ash, enviando-a assim que termina de escrever.

OFF: Usado 1 de fdv e 5 pontos de sangue para curar um nível de dano agravado.

SMS para Victoria Ash: Bon soir mademoiselle Ash. A reunião será na minha residência no endereço xxxxxxxxx daqui uma hora. Espero poder contar sua inestimável beleza e indiscutível perspicácia.
Atenciosamente, Vincent Lyon.

_________________
Aparência - 5
Carisma - 5
Status na Corte - 3
Prestígio de Clã - 3
avatar
Vincent Lyon

Mensagens : 363
Data de inscrição : 28/10/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bruno - Desbocado - Seu Jorge - Loki - Mostarda Heinz - Kisuco

Mensagem  Bruno Modenesi em Seg Maio 02, 2016 4:19 pm

Bruno acompanha o desenrolar da conversa com os caitiff com bastante interesse enquanto ao fundo escuta o som do piano. A música não lhe parecia totalmente estranha e ele tenta puxar pela memória onde a teria escutado.

*- Já sei! É a música de espera da merda da Net!*

A associação daquela música a uma situação tão desconfortável como aguardar a NET resolver algum problema faz com que o bicheiro feche a cara e ignore a performance de seu companheiro de clã.

Nesse momento ele escuta o comentário de Rashid. A primeira frase não é entendida pelo toreador que franze a sobrancelha em sinal de dúvida. O estranho continua seus comentários, agora estimulado por alguma coisa digitada por seu desbocado primogeno, e o estranhamento de Bruno só aumenta.

*- Que caralho esse doido ta falando?*

O anfitrião então se aproxima do grupo e responde os questionamentos de Seu Jorge. Bruno permanece quieto já que ninguém falava com ele. A conversa se desenrola e envolve seu primogeno também. Ao fim o bicheiro finalmente resolve falar:

“- Bicho, tu é advogado?” – indaga o bicheiro ao caitiff de fala estranha e rebuscada.

_________________
Aparência: 2
Carisma: 5
Voz Encantadora
Vulgar

"O tempo ruge e a Sapucaí é grande"
avatar
Bruno Modenesi

Mensagens : 155
Data de inscrição : 13/04/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Hans for Vincent e Mansur

Mensagem  Hans Schneider em Seg Maio 02, 2016 5:18 pm

Ouço com atenção Mansur fazendo seus questionamentos sobre o que eu havia falado e depois observo a mensagem de Vincent, fico grato pelo Toreador ter se posicionado a meu favor, apesar dos pesares era mais um motivo pelo qual aquele Francês ganhava "pontos" comigo, de forma discreta tentei sorrir e acenar positivamente, mas com os dentes foi um pouco complicado.

- Sr. Mansur, eu entendo o seu lado. O que eu quero dizer é apenas que aqui é um lugar seguro para ficar, mesmo depois de hoje, em outras noites de nossas vidas, aqui é um bom abrigo. Eu só penso que enquanto a Camarilla ficar dividida porque seus membros internamente desconfiam que "seu vizinho vai roubar a grama mais verde do seu jardim", bem... A porta esta aberta literalmente para ir e vir. -

Dou uma coçadinha na parte de trás da minha cabeça enquanto viro de costas para eles e olho para o "teto" do local e ouço o "cara grande" se aproximando e comentando com Vincent e Mansur, ele parecia não entender muito o que estava acontecendo.

- Eu sou um completo imbecil! Haha. -

Depois da minha exclamação abro a minha carteira e pego um cartão (O mesmo estilo do que foi dado para Andreas) com o rato com rabo USB sobre um tal de "Wolfgang" e entrego para Vincent.

- Vai que precisa de um rato nos seus contatos. -

_________________
Hans Schneider
Aparência: 0
Altura: 1,93 Mt - Peso 80,0 Kg
Idade Aparente (Deformado): 24 Anos
Carisma: 4 (Genialidade)
Características Marcantes: Sotaque Alemão, Altura e a Companhia de Ratos.  
avatar
Hans Schneider

Mensagens : 17
Data de inscrição : 16/02/2016
Idade : 95

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Rede de Esgotos do Rio de Janeiro

Mensagem  Mansur Al Rashid em Seg Maio 02, 2016 11:59 pm

Rashid percebe que a conversa ruma para um lado que ele não gostaria. É hora de dar meia volta e fazer um recuo estratégico. Ele sabia que naquele momento enfrentar um primógeno e/ou a hierarquia da Torre de Marfim poderia lhe custar caro, ou lhe obrigar a fazer movimentos que não deseja naquele momento.

- Me desculpe, senhores. Sei que talvez pareça afobado, mas é que toda a minha não vida só fomos eu e meu irmão para cuidar de nós mesmos. Não houve qualquer intenção de menosprezar ou diminuir o poder da seita. Mas é que nós não somos da política. A nossa relação com quem manda é apenas para que nos permitam ter uma terra para viver e algo para comer. Então, realmente, eu não conheço o Poder e a estrutura da seita, muito menos se há ainda alguém aqui que esteja tomando providências adicionais enquanto estamos nos esgotos.

Rashid olha para o Nosferatu e diz:

- Quanto a você, meu senhor, me perdoe se pareci meio aflito ou se de alguma forma posso ter lhe desrespeitado em seus domínios. Jamais foi a minha intenção.

Logo após a pergunta do "gordinho gostoso", o Magus se vira para ele e responde depois de uma risada:

- Não, amigo, não sou advogado. As únicas leis que conheço são as leis de Deus. Era um homem religioso em vida. E mesmo agora, tendo mais motivos do que nunca para acreditar no sobrenatural, não há mais fé em meu coração.

*Senão a fé em Haquim, pensa o Assamita*

Mais uma vez, então, Rashid se vira para Vincent e pergunta:

- Então, senhor Vincent, tendo em vista que não fazemos parte da hierarquia da seita, quais seriam os próximos passos a serem tomados? A quem devemos nos reportar para conseguirmos viver em paz, ter algum abrigo e alimento? Garanto que nosso objetivo não é trazer problemas para ninguém.
avatar
Mansur Al Rashid

Mensagens : 38
Data de inscrição : 25/06/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Andreas - Henry - Emilie

Mensagem  Andreas Petrev em Ter Maio 03, 2016 9:47 am

Andreas estava um pouco alheio aos novatos e percebeu que um dos presentes se aproxima de Stevie Armstrong, provavelmente já o conhecia. Os outros dois desconhecidos conversava com bruno e Vincent. O Tremere estava próximo de Henry e o Nosferatu os deixara para se aproximar do grupo que se formava diante dos novatos.

Quando a música tocada por Henry chega aos seus ouvidos ele se impressiona com a habilidade do Toreador. Na verdade nem tanto. Sabia que a arte era o forte do clã da Rosa, mas imaginou que Henry tocava apenas o violino. Não pode deixar de comentar ao oriental:

-Toca de forma magnífica, senhor Sung. Estou impressionado.

Abriu um sorriso breve e comentou novamente:

-Com licença senhor Sung.

E deixa o oriental para caminhar na direção de Emilie. Conhecia todos os membros da Torre de Marfim, mas a maioria somente por nome. Chegou por trás da malkaviana e antes de chegar, para não assustá-la ou achar que queria ouvir a conversa dela, Andreas comenta:

-Com licença senhorita...precisa de alguma ajuda? O senhor Lupinatti solicitou que eu ajudasse os membros presentes e gostaria de saber se necessita de alguma ajuda para deixar o local.

Andreas sorri de verdade agora e então se apresenta devidamente:

-Andreas Petrev.

E estende a mão para cumprimentá-la.

_________________
Carisma: 3
Aparência: 2
Altura: 1,80
Peso: 75 quilos
Idade Aparente: 40 anos
avatar
Andreas Petrev

Mensagens : 77
Data de inscrição : 24/06/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Rede de Esgotos do Rio de Janeiro

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 25 de 28 Anterior  1 ... 14 ... 24, 25, 26, 27, 28  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum