A Rede de Esgotos do Rio de Janeiro

Página 4 de 28 Anterior  1, 2, 3, 4, 5 ... 16 ... 28  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Kor Yance (Crinos) - Ryan/ Vingadores/ Titãs / Todos que estiverem no local.

Mensagem  Kor Yance McDonell em Dom Jun 02, 2013 12:48 pm

Kor tinha acabado de ver aquele garou desconhecido passar e entrar pelo portal que Wolfhere havia entrado. Era estranho, porque não sabia quem era aquele, e pelo semblante destemido, era um garou que não tinha medo da Wyrm. Esperava que realmente ele pudesse fazer a diferença, afinal, todo detalhe iria fazer a diferença.

Como havia um pouco tempo disponível ali, decidiu fazer algo que talvez colaborasse para os planos do líder e para a sobrevivência de todos ali. Tomou um pouco de espaço dos demais para que pudesse se concentrar melhor. Fechou seus olhos por alguns instantes, apoiou sua cabeça com as pontas do dedos das duas mãos e usou o Dom da Paranóia fazendo com que ampliasse ao máximo sua consciência pelos arredores daquele local, o que possibilitava revelar alguns detalhes sobre os inimigos que iriam enfrentar. Infelizmente aquele lugar cheio de podridão, merda, baratas, entre outras coisas nojentas, não deixou que Kor tivesse uma concentração precisa, mas mesmo assim, conseguiu descobrir uma quantidade que existia de inimigos que provavelmente enfrentariam naquela batalha que estava próxima. Se lamentou silenciosamente em não poder descobrir mais, mesmo sabendo que tinha capacidade suficiente para isso.

Se aproximou de Ryan colocando a mão no seu ombro e dizendo para o garou. Disse em um tom suficientemente alto para todos ouvirem, mas tendo o foco no líder, afinal, era ele que estava elaborando a formação de ataque e os planos de combate. Com um semblante firme e sério, disse ao High-Tech:

- Ryan, acabei de ver aqui e agora... - fez uma rápida pausa mostrando suspense em sua resposta, até porque não é todo dia que teria que enfrentar uma quantidade de inimigos da Wyrm daquela forma. - Têm no total 100 desgraçados da Wyrm na Colméia inteira...

Tirou a mão do ombro do Alpha dando alguns passos para trás voltando ao lugar que estava anteriormente. Balançou a cabeça negativamente para si mesmo e completou o que estava dizendo.

- Desculpe. Não consegui enxergar quem era exatamente e qual seria seus planos. Esse lugar de merda não me deixa concentrar direito...

Kor olhava para o Alpha esperando uma resposta, mesmo acreditando já saber que existia essa quantidade de inimigos ali dentro. Cruzou seus braços enquanto escutava o que teria que executar naquele plano. Mantinha um semblante sério com suas sobrancelhas arqueadas mostrando prontidão no que fosse preciso.

______________________________________________
OFF Game:
Dom da Paranóia:
1 Sucesso só... Crying or Very sad

_________________
Hominídeo - Galliard - Fostern - Senhor das Sombras - Senhores do Cume - "Sopro-da-Tempestade"
_______________
Aparência 05

Fúria 05
Raça Pura 03

Cicatriz no peito num formato [ / ], cabeça em [ | ] e nas costas em [ Z ].




"Diante de uma larga frente de batalha, procure o ponto mais fraco e, alí, ataque com a sua maior força."
avatar
Kor Yance McDonell

Mensagens : 325
Data de inscrição : 28/01/2013
Idade : 27
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Hrist Thordsvedt (Crinos) - Vingadores + Todos na clareira

Mensagem  Hrist Thordsvedt em Dom Jun 02, 2013 3:23 pm

Hrist faz o trajeto dos esgotos com óbvia dificuldade, não pelo lixo, não pelos escrementos, por absolutamente nada que não as baratas.. estava ofegante, pálida, forçava tanto os punhos cerrados que sentia seu corpo tremer. A mente estava focada em não entrar em pânico, em se manter em movimento, em ignorar as criaturas subindo em seu corpo, voando a seu redor. Se forçava a lembrava de Sveinn abrindo caixas velhas e soltando os insetos em cima dela para que ela aprendesse a controlar o frenesi, se forçava a lembrar que conseguia, que não morrera daquela vez e que não morreria agora... E então Darkness, que estava bem na sua frente, simplesmente come uma barata e todo seu esforço é em vão frente ao choque e o horror daquela cena:

Um espasmo de puro nojo atinge a Philodox como um soco direto em seu estômago, fazendo com que ela se contraia involuntariamente, parando no corredor, se apoiando no joelho com uma mão e apertando o alto do abdomen com a outra, sentindo ânsias... a única coisa que consegue falar para o lupino, sai com tom de ódio:

- Você, Darkness.... Enxaguante bucal...MUITO....MUITO Exaguante bucal!...ou nunca mais...nunca mais....

Só que não diz mais nada, se recuperando da ânsia de vômito o suficiente para continuar seu caminho até a entrada da colmeia, desde que não pensasse no que vira. Se conseguisse não pensar... Por isso nem repara nas armadilhas ou na falta delas, a grande provação de Hrist fora bastante real e muito presente.

Quando chegam na clareira, a Fenrir assume sua forma de Batalha, um grande crinos felpudo com a pelagem cinzenta dos Fenris de linhagem ancestral. Ela saca então o Martelo de Batalha de cabo longo que recebera de seu irmão mais cedo, o Rompe-Tormentas, pronta para partir alguns crânios da Wyrm...apenas olha para Ryan esperando que desse a permissão de entrar e começar a limpeza de Gaia.


Última edição por Hrist Thordsvedt em Dom Jun 02, 2013 6:49 pm, editado 1 vez(es)

_________________
Raça pura: 5 (Ascendente Notável: Filha de Gogol Fangs-First)
Aparência: 3 (Cicatriz na face esquerda, cega deste olho)
Fúria: 6
Qualidade Boa reputação (A de ser muito justa, porém muito rígida)

" Vingança não é um motivo valido, vingança é uma resposta emocional. Não, não é vingança: é punição."
avatar
Hrist Thordsvedt

Mensagens : 236
Data de inscrição : 19/04/2013
Idade : 30
Localização : Sampa City

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ryan McDougall "High-Tech" (Glabro>Crinos) - Kor / Vingadores

Mensagem  Ryan McDougall em Dom Jun 02, 2013 3:42 pm

* Ryan caminhava silenciosamente pelos esgotos ainda na forma Glabro. Era impressionante como aqueles desgraçados da Wyrm escolhiam lugares de merda, literalmente, para viver. Insetos e ratos passavam por seu corpo e o constante e repugnante cheiro de latrina penetrava implacavelmente sua narina. O Andarilho prestava atenção nos caminhos apertados que faziam, se concentrando em decora-los e instigando sua mente a trabalhar em algo para poder esquecer o ambiente que o circundava. *

" Ninguem aqui tem um Dom pra abrir esse mar de merda!? Nessas horas que é bom ser religioso.. Moisés é um filho da puta de sorte.. "

* Finalmente chegam à um espaço suficientemente amplo para que pudessem assumir a forma de batalha. É ali que o novo líder da Seita faz um ultimo e derradeiro discurso para incitar os corações à euforia inebriante do sangue e da matança. Ryan ouve tudo que é dito e não deixa de notar os créditos dedicados à Vingadores durante o discurso. Presume imediatamente que aquelas palavras eram uma tentativa de aplacar a vergonha gerada por Benção-de-Gaia no Caern, mas estava satisfeito por ouvi-las. Afinal de contas, eram mais do verdadeiras. Havia orgulho dos feitos de sua Matilha no pensamento que se segue: *

" Inspirem-se na Vingadores, porque somos fodas pra caralho mesmo! "

* Assimila as informações e conclui que não teriam muito tempo se quisessem aproveitar a chance que Falcão de Prata os oferecia. Volta-se para sua matilha, observando os semblantes de cada um dos Vingadores. Aqueles eram os rostos que a Wyrm passaria a temer. Nota que Kor estava com a cabeça apoiada nas mãos, numa espécie de prece silenciosa.. fica ligeiramente curioso mas não fala nada. Cada um se prepara da maneira que melhor convir.. estava se preparando para passar as instruções quando o Galliard dos Senhores das Sombras se manifesta subitamente. *

" 100 desgraçados?! Seremos atacados o tempo todo, de todos os lados.. preciso de uma formação consistente. "

* Mantêm os olhos fixos em Kor por um instante breve e silencioso, mas sua mente estava distante, formulando rapidamente a estratégia a ser inicialmente abordada. Reponde ao Galliard: *

- Muito bom Kor, isso já me deu um puta adianto.

* Volta-se finalmente aos Vingadores, com olhos convictos e determinados. Já havia tomado sua decisão e sabia exatamente como trabalhariam. Deixa sua voz se erguer o suficiente para ser ouvida por seus irmãos e por todos que estivessem próximos: *

- Nossa missão aqui é resgatar Brilho-Prateado e leva-la de volta pro Caern. Hoje nós vamos trazer nossa Ragabash de volta e o faremos com a mesma eficiência com que fodemos a Legião na noite passada. Nós vamos atravessar a Colmeia e destruir qualquer coisa que fique entre nós e nosso objetivo. Nós vamos lutar juntos, avançar juntos e matar juntos. Não se separem!

* O Alpha falava enfaticamente e não havia a menor dúvida em seus olhos enquanto passava a Formação de Batalha, gesticulando para auxiliar na explicação: *

- Eu, Anjo-Guardião e Wolf-Darkness seremos a vanguarda e lutaremos juntos na primeira fileira. Fúria da Justiça Implacável, Elo-Espiritual e Sopro da Tempestade formarão a segunda fileira. Semblante de Aquiles vai fechar a retaguarda e auxiliar a segunda fileira sempre que possível.

* Ryan gesticulava para indicar onde cada um ficaria. Certifica-se que todos haviam entendido as informações e finalmente assume a forma de um Grande Crinos de pelos castanhos. Falcão-de-Prata havia acabado de atravessar o portal e High-Tech sabia que os Vingadores deveriam fazer o mesmo. Imediatamente encerra suas palavras, dizendo com alguma paixão apesar de seus modos habitualmente contidos: *

- Não rompam a formação! Fiquem juntos e matem todos os filhos da puta que entrarem no nosso caminho. Hoje seremos a Maquina de Guerra de Gaia. Hoje faremos a Wyrm tremer e chorar como a puta que é. Hoje vamos vingar Brilho-Prateado e fazer os desgraçados sangrarem! Avancem, Vingadores!

* Dito isto, e com o peito inebriado pela Dança Sangrenta que se iniciava, lidera seus irmãos de matilha e passa pelo portal. Já do outro lado, observa os inimigos correrem numa desorganização desesperada. Reconhece a poderosa energia que emanava do Líder da Seita, e rosna incoerente e instintivamente. Nota um Crinos portando um grande arco e reconhece seus pelos acastanhados, tão típicos em sua Tribo. O Andarilho coloca uma flecha no arco e Ryan a reconhece imediatamente, desviando os olhos um instante antes que o projétil se chocasse contra o teto: *

" Esse cara é famoso em New York.. o nome é Sagittarius, acho.. e esses feixes de luz são relativamente úteis.. vou desenvolver algo do tipo quando tiver tempo.. "

* Afasta esses pensamentos e aproveita a distração dos inimigos para afiar suas garras no chão da Colmeia. O som estridente e irregular gerado pelo atrito das garras com o solo podia ser ouvido por quem estivesse próximo. Visualiza o caminho que deveriam seguir, passando os olhos rapidamente pelos desgraçados que poderiam tentar se colocar entre eles. Aguardava seus irmãos de matilha para entrarem em formação e seguirem. A dança macabra havia começado. *


Formação indicada:

RYAN - IURD - DARK
HRIS - INGR - KOR
_____\ ARTH /


_________________
Ryan McDougall - "High-Tech"
Ahroum - Andarilhos do Asfalto - Alfa da Vingadores - Cliath

Aparência 5
Fúria 6
Raça-Pura 0
avatar
Ryan McDougall

Mensagens : 134
Data de inscrição : 28/01/2013
Idade : 28
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Kor Yance (Crinos) - Ryan/ Arthur / Iurd/ Darkness/ Ingrid / Hrist/ Vingadores / Todos que estiverem no local.

Mensagem  Kor Yance McDonell em Dom Jun 02, 2013 4:32 pm

Kor havia acabado de passar a informação para o Alpha e quando o mesmo responde, acena positivamente com a cabeça mostrando gratidão pela ajuda que tinha dado. Poderia ser mínima a ajuda, mas estava fazendo o que estava ao seu alcance para que pudesse ser útil naquele momento. Escuta com atenção as palavras que High-Tech dizia. Era o discurso de guerra. Aquilo fez com que o peito de Kor mais uma vez se enchesse de ódio, fúria, energia e adrenalina. Estava pronto para entrar em destruir todos os desgraçados que estivessem naquele outro lado do portal.

Quando Ryan diz sobre a formação, Kor acha fantástico. Nada melhor que uma formação que defendesse todos os flancos e tivesse a retaguarda protegida. Era ideal essa forma de combate: três guerreiros fortes na primeira fileira abrindo caminho, o que era essencial. A segunda fileira finalizando quem precisasse ser finalizado e atacando quem ultrapassasse a primeira linha ou entrasse pela lateral. E Arthur na terceira linha dando cobertura a todos para não serem atacados por trás. Definitivamente, a Vingadores tinham se transformado em uma máquina de guerra de Gaia.

" É isso aí, porrra!! Vamos atacar no melhor estilo, estilo espartano!! Vamo que vamo!! "

Após Ryan dizer a formação, passar as instruções e atravessar o portal. Kor com os dois punhos cerrados com força e com um semblante furioso como quem estava prestes a estraçalhar que passasse pelo caminho, diz a seus irmãos de matilha. Ergueu seu tom de voz, mostrando consistência em seu breve discurso com a intenção de atingir no íntimo de cada Vingador que daria sua vida naquele ataque.

- AGORA É NOSSA HORA, VINGADORES!!! VAMOS MOSTRAR PRA ESSES DESGRAÇADOS PORQUE VIEMOS AQUI E QUEM SOMOS NÓS!!! - fez uma rápida pausa o suficiente para que pudesse recobrir seu fôlego e se pôs a falar novamente em um tom mais convincente e mais alto - SALVAREMOS KATHYA E MOSTRAREMOS PRA CADA UM DESSES FILHOS DAS PUTA QUAL É A DOR DA VINGANÇA!! - respirou novamente e agora pela última vez antes que entrasse no portal disse com um tom de voz mais alto inflando os corações de seus irmãos com todo ódio necessário para aquela batalha que iria começar - VAMOS FAZER COM QUE ESSES MALDITOS AO ESCUTAREM O NOME "VINGADORES" MIJEM NAS CALÇAS!!!!! VINGADORES, ATACARR!!!!

Dito isso de uma forma persuasiva e furiosa, Kor entra pelo portal e aguarda os demais irmãos que viriam logo atrás. Do outro lado, viu o garou desconhecido que tinha acabado de passar com um Arco na mão e uma flecha no teto que estava fazendo um clarão sem fim. Wolfhere estava lá e pelo jeito o recuo dos Dançarinos era por causa dele, isso facilitava que a Vingadores entrasse em formação. Aguardava o resto matilha já em prontidão para qualquer ataque.

Poderia perder sua vida ali naquele lugar de merda, mas sabia que estaria perdendo por uma boa causa. Sua vida agora era o de menos, queria só encher suas mãos de sangue da Wyrm. Se sentia vivo, focado e leve. Seu segundo dia de guerra e de sangue havia começado e seria nesse dia que mostraria qual era a capacidade de um Senhor das Sombras Galliard.


____________________________________________________________
OFF Game:
A imagem representa a fúria e adrenalina de Kor ao proferir seu discurso de Guerra prestes a estraçalhar a Wyrm.

_________________
Hominídeo - Galliard - Fostern - Senhor das Sombras - Senhores do Cume - "Sopro-da-Tempestade"
_______________
Aparência 05

Fúria 05
Raça Pura 03

Cicatriz no peito num formato [ / ], cabeça em [ | ] e nas costas em [ Z ].




"Diante de uma larga frente de batalha, procure o ponto mais fraco e, alí, ataque com a sua maior força."
avatar
Kor Yance McDonell

Mensagens : 325
Data de inscrição : 28/01/2013
Idade : 27
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ingrid - Vingadores

Mensagem  Ingrid Reis em Dom Jun 02, 2013 5:58 pm

Ingrid atravessa os piores locais pelos quais já tivera que passar até chegar naquele lugar. Suas expressões, no entanto, mantinham-se frias como pedia a ocasião. Não havia porque ficar se lamentando diante de escolhas que não se tinham. O caminho era feito e a Theurge vai apenas analisando tudo. Nenhum Glifo que pudesse haver pro ali passaria despercebido pela Uktena que caminha sempre junto de sua matilha.

Notícias de armadilhas desativadas a preocupam. Alguém mais estava agindo por ali e isso não podia ser sinal de boa coisa. Os esgotos sempre foram território de criatuas inimigas sejam as outras Raças Metamórficas que guardavam o rancor da Guerra da Fúria, sejam os servos pútridos da Wyrm. Qualquer opção não era boa, se bem que o fato da Wyrm poder estar agindo contra si própria era uma novidade para ser analisada com calma.

Ingrid chega com os demais no portal. Ouve novos discursos tanto do novo líder da seita, quanto de seu alfa. Pra ela, aquele blá blá blá de Ahroun não colava. Ingrid apenas nota a formação e abre um discreto sorriso. Estaria bem protegida para agir como sabia. A Uktena estava, definitivamente, satisfeita com a linha de pensamento de seu Alfa e, após as instruções de Ryan assume a forma Crinos e quando está pronta para entrar nota o discurso motivacional de Kor.

Algo, para a Theurge, sem necessidade, embora soubesse que era modus operandi dos filhos da Lua Gibosa.

*Galliards e suas vocações para cheerleader... só lhes falta o uniforme...*

Antes que Arthur também fizesse a sua coreografia de batalha, Ingrid atravessa o portal, tomando seu lugar na formação da matilha e materializando em sua mão um arco cuja corda era feita de uma energia que misturava as cores prateada e dourada e que, ao que parecia, não tinha flechas pois aljava nenhuma é vista com a Theurge.


Última edição por Ingrid Reis em Seg Jun 03, 2013 1:19 pm, editado 1 vez(es)

_________________
Ingrid Reis - Elo Espiritual
Impura - Athro - Theurge - Uktena - Devoradores de Demônios
Deformidade de Impura -> Propensa à Crueldade
Qualidades -> Magnetismo Animal
Raça Pura 4
Aparência 5
Fúria 2
avatar
Ingrid Reis

Mensagens : 394
Data de inscrição : 28/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Hrist Thordsvedt (Crinos) - Vingadores

Mensagem  Hrist Thordsvedt em Dom Jun 02, 2013 6:45 pm

Hrist aprova a formação de Guerra que Ryan propõe, unida a matilha seria imbatível... E isso faz com que o alpha suba em seu conceito... mas não era hora de divagar sobre alphas e táticas de batalha e o discurso cheio de paixão do Senhor das Sombras a deixa totalmente concentrada na tarefa que tinha pela frente... e que a Wyrm cuidasse de seus Filhos aquela noite porque Fenris estava ao lado de sua Cria.

Empunhando o Martelo, a Philodox passa o Portal com um salto, pronta para receber um ataque imediatamente do outro lado...mas um rápido olhar ao redor a faz identificar incontáveis bastardos correndo de forma covarde dos guerreiros da Seita, dando tempo para que entrassem em formação. E assim ela faz, se posicionando atrás de Ryan e ao lado de Ingrid e, aproveitando a pequena vantagem, com alguma dificuldade consegue ativar o fetiche que recebera de seu irmão, girando o martelo pelo cabo e segurando pronto para desferir um golpe. Porém, no momento em que ele é ativado, um vento frio e mórbido passa a envolver Hrist, impossível de não ser notado por quem esta ao seu redor, e que a faz parecer assustadora e, de alguma forma, muito macabra...

_________________
Raça pura: 5 (Ascendente Notável: Filha de Gogol Fangs-First)
Aparência: 3 (Cicatriz na face esquerda, cega deste olho)
Fúria: 6
Qualidade Boa reputação (A de ser muito justa, porém muito rígida)

" Vingança não é um motivo valido, vingança é uma resposta emocional. Não, não é vingança: é punição."
avatar
Hrist Thordsvedt

Mensagens : 236
Data de inscrição : 19/04/2013
Idade : 30
Localização : Sampa City

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Rede de Esgotos do Rio de Janeiro

Mensagem  Iurd Byron em Dom Jun 02, 2013 7:00 pm

ANJO GUARDIÃO (CRINOS) - VINGADORES / TODOS ATRÁS DO PORTAL

Tão logo Ryan termina de explicar a formação de batalha, Iurd meneia a cabeça positivamente, tinha entendido o que o Alpha queria, não sabia como estava o ambiente dentro do portal, mas sabia que se haviam mesmo 100 dançarinos lá dentro a festa seria bem agitada.

Anjo Guardião espera que Ryan vá na frente e assim que o Alpha da Vingadores passa pelo portal o Presas de Prata entra também, o curto espaço de tempo que tem, ele concentra seu poder espiritual que aos poucos vai se moldando em seu corpo formando uma poderosa e brilhante Armadura de Luna. Iurd toma sua posição no centro do dispositivo e já observa muitos dançarinos correndo, a Ira de Gaia se fazia presente no local.

A má iluminação, o fedor, o clima pesado tornavam aquele ambiente ideal para a morte, a morte daqueles malditos e era aquilo que a Vingadores estava levando para lá, iriam vingar Kathya matando o máximo de dançarinos o possível e se Gaia quisesse era hoje que Iurd pegaria o Carniceiro.

Offgame:

8 sucessos em Armadura de Luna

_________________
Hominídeo - Ahroun - Presa de Prata - Anjos Guardiões - Inimigos da Wyrm - Cabana da Lua
Aparência 04
Raça Pura 05
Fúria 07
Características notáveis: Magnetismo Animal, Coragem Infecciosa
Cicatrizes evidentes: Cicatriz profunda em forma de [ / ] no peitoral
avatar
Iurd Byron

Mensagens : 329
Data de inscrição : 27/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Todos na Colméia / Fúria-da-Justiça-Implacável

Mensagem  Narrador em Dom Jun 02, 2013 8:02 pm

A Wyrm era sentida por todos ali. Sentiam ela com força. Como sentiam Gaia no Caern. Era uma sensação incômoda, um fedor infernal. Não era possível ver o teto da colmeia, acima da cabeça dos Garous se via o céu estrelado com as duas estrelas rubras brilhando fortes e fazendo com que o mal estar de estar ali fosse imenso para cada criatura de Gaia.

Falcão-de-Prata havia usado sua Ira de Gaia. Sagittarius cega parte dos Dançarinos com o uso de uma flecha. E isso abre alas para a entrada dos Garous que já o fazem partindo para a guerra abrindo caminho para os Vingadores - que deviam seguir pelo caminho à esquerda cuja entrada parecia protegida pelo que parecia uma matilha de Dançarinos em filas duplas (quatro à frente, quatro atrás) fechando a entrada - e para o Esquadrão da Fúria - que devia seguir à direita, em caminho protegido da mesma forma por uma outra matilha.

Muitos Dançarinos estavam no salão. Rei Byron, que passa logo após Sagittarius, transforma seu corpo todo em prata, e com dois golpes, um com cada mão, arranca a cabeça dos primeiros dois Dançarinos que surgem à sua frente. Coração-Valente, que vem logo atrás, rasga com suas garras, que estavam transformadas em prata um outro Dançarino da Espiral Negra, que tenta acertar, em vão um contra-ataque, contra o Presas de Prata. O Galliard Coração-de-Falcão assim que passa solta um Uivo que une, místicamente, sua matilha tornando a iniciativa da mesma sincronizada e arrancando um sorriso de Mary Campbell cujo corpo de prata era notado por todos enquanto ela derrubava três Dançarinos com golpes certeiros e letais. Ela e sua matilha agiam como um só, ao mesmo tempo, de forma sincronizada unidos pelo dom do Lua Gibosa.

Quem também uiva para inspirar sua matilha, mas dessa vez com o Chamado da Wyld, é o Galliard da Ceifadores de Malditos, Arauto-da-Morte, que emite um uivo estridente que inspira os abençoados pelo crocodilo. Arauto-de-Osíris, Philodox dos Peregrinos Silenciosos pega um Dançarino pelo queixo com suas garras e, ao passo que olha no olho do Dançarino, este começa a gritar desesperadamente de dor até cair inconsciente. O Theurge Feiticeiro-Ancestral, que vinha logo atrás era atacado por dois Dançarinos.

Viktor Alma-Inquieta, corre para ajudar o Theurge ao notar a presença de Hrist dá um sorriso para a Fenris e diz:

'- Simbora Pernuda que o bagulho vai ficar doido...'

O Crinos então esmaga o crânio do Dançarino que havia caído no chão pelo dom do Peregrino e salta, já rolando no chão com os dois Dançarinos que atacavam o Theurge. Aquela matilha, que era a de apoio da Vingadores, parecia começar bem o ataque, tal qual a de Mary Campbell.

O Galliard da Devastadores, Uivo-Trovador, irmão mais novo de Benção-de-Gaia, também emite o Chamado da Wyld, inspirando sua matilha. O Theurge Shaman-Invocador, imediatamente começa um Ritual e um enorme Unicórnio Negro, totem de Guerra dos Filhos de Gaia e que abençoava a matilha de apoio da Matilha Esquadrão da Fúria começa a se materializar na Colméia. Diplomata-da-Cidade, Cyberdog Galliard transforma seus dous braços em duas bazucas de energia e já dispara dois tiros acertando dois Dançarinos que são projetados para longe. O Ragabash Fianna Bardo-Forjador faz surgir uma lança em sua mão, com a qual dá uma rasteira em um dos Dançarinos e, em seguida crava a lança no pescoço do maldito. Guardião-Ancestral é atacado por um Dançarino que lhe acerta dois golpes violentos.

Havia uma infinidade de Dançarinos naquela primeira clareira. E vários caminhos que vinham de todos os lados que traziam mais Dançarinos. Os servos de Gaia começavam bem o combate, pareciam ter uma certa vantagem. Talvez tivessem. Iam abrindo caminho, mas, para cada Dançarino caído, dois novos chegavam de um dos caminhos internos da Colmeia.

avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Vingadores

Mensagem  Narrador em Dom Jun 02, 2013 8:42 pm

A matilha Vingadores entra na formação designada por Ryan e, obviamente, logo nos primeiros passos naquela confusão se vê rodeada de inimigos. Um Dançarino se aproxima par atacar Iurd, mas o Presas de Prata nota a tempo dele poder ter a iniciativa do combate. Um Dançarino, cujas garras exalavam uma gosma verde, se aproxima e ataca Darkness, acertando o Lupino que não teve reação, não conseguindo esquivar de um golpe tão rápido e preciso.

Na ponta esquerda, uma rajada de Vômito é projetada na direção de Ryan que esquiva. Como ela vinha de um ângulo tangente, não acerta em mais ninguém da matilha, mas Ryan via que tinha um adversário também para ele, um Dançarino dos mais asquerosos que tinha lhe atacado com seu próprio vômito. O Vômito cai no corpo de um Dançarino que já estava morto e Ryan pode ver que ele começa a queimar e decompor a pele da criatura.

Um Dançarino, com as garras pingando gosma verde, se aproxima de Kor, mas o Senhor das Sombras nota a tempo de ter ele a iniciativa do combate. Pelo andar do Dançarino ele estava em Fúria. A Fenris Fúria-da-Justiça-Implacável também nota a chegada de um Dançarino a tempo de atacá-lo primeiro. O Dançarino que vinha na direção dela era muito forte fisicamente e tinha uma couraça fétida que parecia lhe tornar ainda mais resistente.

Protegida, no meio, Ingrid não é atacada. Estando na retaguarda, Semblante-de-Aquiles também não é atacado nesse momento.


OFF GAME: Iniciativas: Anjo-Guardião 25 x 22 Dançarino / Wolf-Darkness 21 x 25 Dançarino / High-Tech 17 x 30 Dançarino / Sopro-da-Tempestade 16 x 12 Dançarino / Fúria-da-Justiça-Implacável 13 x 12 Dançarino

OFF GAME 2: Darkness tem que absorver 4 níveis de Dano Agravado.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Voz-de-Taranis | Mãos-que-Curam

Mensagem  Narrador em Dom Jun 02, 2013 8:53 pm

Assim que Marya e Amir passam, como primeira dupla da Esquadrão da Fúria, uma dupla de Dançarinos vem de frente. Mayra, que estava a frente parecia ser o que separava a dupla de Amir, que vinha logo atrás da Fianna. Os dois eram bem fortes e se colocavam meio que em flancos para atacar, ao que parecia, a Fianna os dois de uma vez, porém, Mayra tinha a iniciativa e poderia atacar primeiro. Os dois Dançarinos tinham um brilho prateado de Armadura de Luna brilhando por cima de sua couraça da Wyrm. Pareciam ser bem resistentes.

OFF GAME: Iniciativas: Voz-de-Taranis - 33 / Mãos-que-Curam - 10 x Dançarino A - 31 / Dançarino B - 22. Mãos-que-Curam só poderá agir após o término das ações de Voz-de-Taranis contra os dois Dançarinos (ou do que sobrar da Fianna).
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Asa-Solitária | Ferida-do-Vento

Mensagem  Narrador em Dom Jun 02, 2013 9:07 pm

Uma flecha passa rente à Balik, que esquiva por muito pouco da mesma. Uma segunda flecha é esquivada com facilidade pelo Wendigo que nota que elas vinham de detrás de uma pilastra próxima. Kiba, que vê as flechas passando para atingir seu companheiro que vinha na sua retaguarda, por sua vez, não tem tempo de pensar em agir, pois um Dançarino avança com suas garras, acertando-lhe o peito com violência.

OFF GAME: Iniciativas - Asa-Solitária 15 / Ferida-do-Vento 16 X Dançarino Arqueiro I 17 / Dançarino Arqueiro II 17 / Dançarino III 17

OFF GAME 2: Asa-Solitária tem que absorver 5 de dano.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Esquecido | Vendeta-Sombria | Aspecto-do-Invisível

Mensagem  Narrador em Dom Jun 02, 2013 9:19 pm

Anksu embaça sua forma e é pouco percebido, deixando em destaque apenas Julian e o novato Kaoro. Julian consegue ver a tempo de ter ele o privilégio da iniciativa um Dançarino que se aproximava com o corpo brilhando por conta de uma Armadura de Luna, no entanto, pela retaguarda, antes que Vendeta-Sombria pudesse notar, outro Dançarino com as mesmas características, o ataca acertando um golpe em sua barriga com suas garras.

OFF GAME: Iniciativa: Esquecido 33 x 30 Dançarino / Vendeta-Sombria 14 x 27 Dançarino

OFF GAME 2 : Vendeta-Sombria tem que absorver 2 agravados. O inimigo está agindo em Fúria...
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Essência-de-Garm | Mercador-Sombrio | Lírio-Selvagem

Mensagem  Narrador em Dom Jun 02, 2013 9:25 pm

Essência de Garm tinha o Semblante de Fenris, que intimidava seus inimigos. Era seguido por Lírio-Selvagem e Mercador-Sombrio. Assim que passam, o trio se depara com dois Dançarinos que vinham na direção do mesmo. Os dois acabam perdendo um pouco de seu ímpeto dada a intimidação natural do Semblante de Fenris, mas um deles, provavelmente um Galliard uiva para encorajar e inspirar seu companheiro, que imediatamente parte para o combate, mas graças à sua hesitação dando o privilégio da iniciativa ao Fenris que vinha à frente da Roedora e do Senhor das Sombras.


OFF GAME: Iniciativa: Essência-de-Garm 9 x Dançarino I 8 / Dançarino II 10
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Rede de Esgotos do Rio de Janeiro

Mensagem  Anksu Nanm em Seg Jun 03, 2013 12:57 am

Naquele momento e com aquela fúria a diversão realmente começava para mim, que estava com uma vontade enorme de matar, totalmente diferente do racional Peregrino de antes. Assim que tomamos o caminho da direita os dançarinos começam a sair como vespas literalmente protegendo seu ninho. Para cima de meu trio recém formado em relação ao novo membro Kaoro, 2 dançarinos nos atacam, um diretamente pela frente contra Esquecido e o outro ao qual não conseguimos ver atacando Vendeta-Sombria pela retaguarda e o atingindo na barriga.

Antes que Ele pudesse atacar novamente ou que Vendeta-Sombria pudesse contra-atacar lanço uma flecha no dançarino bem no ombro para incapacitá-lo de atacar, pois não conseguiria acertar em um lugar melhor já que o Lua Crescente estava sem querer atrapalhando a minha mira com o corpo. Mais o importante é que eu tinha conseguido, vendo que a flecha tinha atravessado o ombro do verme dançarino e não só ficando atravessada no ombro como também com a ponta da flecha ter tirado uma parte do músculo deltoide do maldito.

Sem fazer barulho e apenas sorrindo para que o meu dom não caísse, pego outra flecha e preparo novamente para disparar tanto no dançarino de Esquecido quando no de Vendeta-Sombria, dependendo de qual não caísse no ataque de um deles. Flecha retesada no arco e dedos conçando para soltá-la...


Off:

6 de dano letal, penas minhas flechas não darem agravados, mais gostei do primeiro tiro.

_________________
Aspecto-do-Invisível
Hominídeo - Ragabash - Peregrino Silencioso - Cliath
Carisma 1
Aparência 2
Raça Pura 2
Fúria 1
avatar
Anksu Nanm

Mensagens : 106
Data de inscrição : 29/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ferida-do-Vento (Crinos) / Kiba / Narração

Mensagem  Balik Samir em Seg Jun 03, 2013 8:53 am

A escuridão e o cheiro fétido daquele local impregnava minhas narinas novamente, perdendo novamente a capacidade de indendificar os cheiros, seguia todos em passos apertados. Falcão-de-Prata havia se esforçado em motivar os companheiros, mas a sensação naquele momento era como uma adaga gelada das montanhas de minha terra cravasse em meu estomago.

Quando houve a oportunidade, metamorfoseio em minha forma de batalha, estava concentrado em meu caminho, tentando memoriza-lo de alguma forma. Meu rosto mantinha as linhas facias franzidas, enquanto o suor escorria pela lateral de minha face, demonstrando impaciencia, enquanto uma raiva primordial queimava em meu peito.

Adentrei o portal aberto, comtemplando a chuva do poder de Gaia. Um dedo da wyrm seria cortado hoje, e minha mãe estava contente sorrindo. Um leve sorriso forçado pode ser notado em minha cara lupina, enquanto preparava meu arco.

Avanço alguns passos quando meu instinto me alerta sobre o perigo iminente, rodo sobre meus calcanhares e uma flecha passa rente a minha face fazendo um pequeno escoriado em minha bochecha, prontamente me jogou ao chão e rolo para o lado buscando alguma cobertura, percebo então que mais uma flecha havia sido enviada por um outro garou escondido em uma pilastra. Kiba já estava com problemas também, engajando-se com outro dançarino à minha frente. Rosno de forma a alertar a meu cmpanheiro que estava bem.

_________________
Hominídeo Ragabash Wendigo - Cliath
Carisma 3
Aparência 2
Fúria 5
avatar
Balik Samir

Mensagens : 130
Data de inscrição : 30/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mercador Sombrio | Narração | Lírio Selvagem| Essência de Garm

Mensagem  Convidad em Seg Jun 03, 2013 9:37 am

Mercador-Sombrio juntou-se a Lírio-Selvagem e Essência-de-Garm. Os dois seriam seus companheiros diretos nessa incursão, conforme havia sido definido em treinamento de matilha. O Semblante do Senhor-das-Sombras, costumeiramente sorridente, passava um ar mais agressivo. Na forma glabro, conforme havia sido instruído, falou à seus companheiros logo antes de descerem aos esgotos:

"-Muito bem, algum último desejo? - O Theurge sorriu com o canto da boca - Pois essa noite se faz a vontade de Gaia. Essa noite matamos, ou morremos." - Ele olhou para os dois garous não esperando resposta, apenas dando dois tapinhas em seus ombros, seguindo-os esgoto adentro.

A primeira parte do trajeto não foi nada agradável, e a expectativa de melhora era pouca. Ratos, baratas e outras coisas se mexiam na escuridão fétida. O cheiro incomodava suas narinas e nauseava seu estômago.

"- Por gaia, alguém falhou em Simular Odor de Homem e usou Simular Odor de Merda. Isso aqui é uma desgraça!"

Avançou um pouco mais até atingir a união de galerias, onde todos poderiam assumir a forma de combate. Toda aquele situação, junto à lua dos Philodox no céu, fazia a fúria crescer e agitar-se no interior no grou. Sabia que poderia perder o controle com mais facilidade por conta disso, e abrandou aquela fúria no ato da metamorfose. Seguindo o Fenris, o Senhor-das-Sombras assumiu a forma de um crinos de pelos negros, bem mais humilde que o aspecto assumido por seu companheiro, mas ainda assim, uma forma de combate. Aos poucos os garous se dirigem ao portal de entrada da colméia.

"-Se me permitem o trocadilho, daqui em diante, a merda vai feder!"

Ao passar pelo portal, o Theurge viu que, se não estivessem em menor número, as forças ali eram equilibradas. o Theurge canalizou sua gnose para influenciar a balança do destino. Nesse instante, viu dois Dançarinos aproximarem-se, inseguros e assustados pela forma do Fenris, que já havia partido para o combate. O Senhor-das-Sombras avançou.

OFF:
1 de fúria gasto na transformação
1 de gnose para Aproveitar a Vantagem.


Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Mayra (Crinos) - Amir / Dançarinos

Mensagem  Mayra Hildebrand em Seg Jun 03, 2013 10:12 am

Mayra entrava na colmeia e tinha Amir junto de si. A Fianna via que dois Dançarinos se preparavam para atacar e imediatamente escolhe o que parecia mais forte deles como seu alvo. A Ahroun grita com Amir, de modo que ele entendesse bem o que ela esperava dele neste ataque:

- Fique atrás de mim e se proteja!

O Theurge tinha que ficar intacto, a tarefa de batalhar era da Ahroun que com suas garras rasga o pescoço do primeiro Dançarino deixando ele jorrando sangue. A criatura leva, institivamente, a mão até o pescoço ensanguentado mas mesmo ferido com absoluta gravidade tenta morder Mayra que, em uma manobra especial, a ação evasiva, se desloca para o flanco do Dançarino, dando um golpe certeiro que lhe arranca a cabeça e faz com que ele caia morto no chão.

A manobra da Fianna tinha sido pensada. Ela caíra entre o outro Dançarino, que se preparava para atacar Amir e o Andarilho. Mayra sorri sádicamente e fala com a criatura:

- Ei, seu verme, luta com alguém do seu tamanho!


Sem perder tempo, a Fianna ataca com suas garras o outro Dançarino, acertando de baixo pra cima um golpe em diagonal (direita p/ esquerda), fazendo com que o corpo do Dançarino chegasse a se levantar do chão e cai ensanguentado. O Dançarino, no entanto, usa a Fúria para voltar da morte assumindo um estado de Frenesi e avançando contra Mayra que esquiva de sua primeira mortida e vê seu adversário, em uma tentativa mal-sucedida de ataque estabanado cair de cara no chão.

O Crinos frenético começava a se levantar e a Fianna seguia pronta para o combate.

_________________
Mayra Hildebrand - Voz de Taranis
Hominídeo / Fianna / Ahroun / Tuatha de Fionn
(Aparência 5 / Fúria 7 / Raça Pura 5)
**** Voz do Rouxinol ****
**** Magnetismo Animal ****

Cicatrizes de Batalha
* Cegueira dos Dois Olhos (provocada por um Rastejante Nexus)
* Cicatriz Profunda na altura do abdômen (provocada por um Ancião dos Dançarinos da Espiral Negra)
avatar
Mayra Hildebrand

Mensagens : 429
Data de inscrição : 28/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ingrid (Crinos) - Todos

Mensagem  Ingrid Reis em Seg Jun 03, 2013 12:51 pm

No meio de sua matilha, sem sequer pensar em sair da formação que lhe transformava na última jóia da coroa inglesa, Ingrid concentra sua Gnose e, juntamente com seu arco, desaparece diante de todos. Ela estava ali, no meio da matilha, mas completamente invisível para olhos humanos e Garous.

_________________________________________
1 de Gnose para Invisibilidade

_________________
Ingrid Reis - Elo Espiritual
Impura - Athro - Theurge - Uktena - Devoradores de Demônios
Deformidade de Impura -> Propensa à Crueldade
Qualidades -> Magnetismo Animal
Raça Pura 4
Aparência 5
Fúria 2
avatar
Ingrid Reis

Mensagens : 394
Data de inscrição : 28/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

edward - lirio - mercador

Mensagem  Convidad em Seg Jun 03, 2013 12:53 pm

O fenris sorrio ao ver que seu.don funcionava e avancou.com determinacao redobrada com o garou.que.hesitara em seu avanco.

-Caia seu.bosta de merda!

o Philodox aproveita a hesitacoi momentanea para tentR um golpe, ao qual o espiral recebe humildemente na lateral da cabeca. Mesmo tonteado, acerta um ppderoso golpe no.abdomen do.fenris que.cospe sangue e tenta.um revide pouco assertivo enquanto buscava ar.

Ainda proximos e a procura de folego, o Fenris nao ppdia fazer muito alem de aguardar o proximo.ataque e rezar para seus colegas se mechrrem ou entao para encomendar sua alma.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Mercador Sombrio | Narração | Lírio Selvagem| Essência de Garm

Mensagem  Convidad em Seg Jun 03, 2013 1:33 pm

O Senhor-das-Sombras observou o Fenris tomar a linha de frente e desferir um golpe contra o Dançarino-da-Espiral-Negra. Esperava que aquele já estivesse liquidado, como contavam as histórias sobre os Fenris em combate. Mas o servo da Wyrm, além de sobreviver ao golpe na lateral da cabeça, desferiu um poderoso ataque contra o abdômen do Fenris. O sangue rubro mancha a boca do guerreiro de gaia, que tenta, sem sucesso, um novo ataque contra seu inimigo.

Mercador-Sombrio não pensou muito para agir a partir daí. O servo da Wyrm que duelava contra o Fenris era o alvo mais próximo, além de já estar claramente ferido e oportunamente distraído. Além disso, o Fenris precisava de ajuda. O Senhor-das Sombras apoiou as garras dianteiras no solo e avançou contra o Dançarino com um rugido entre as presas. O theurge projetou-se do solo, bocarra aberta em direção à cabeça do servo da Wyrm. Sentiu a carne nojenta do dançarino ceder no aperto de sua mandíbula enquanto a cabeça do Dançarino deixava o corpo do servo da Wyrm para trás. O Senhor-das-Sombras voltou ao solo, cuspindo acabeça do dançarino na imundice do chão, onde era o seu lugar.


Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Rede de Esgotos do Rio de Janeiro

Mensagem  Iurd Byron em Seg Jun 03, 2013 2:56 pm

ANJO GUARDIÃO - NARRAÇÃO VINGADORES

Tão logo tomado o dispositivo para a batalha os Vingadores já são atacados, Iurd consegue notar seu inimigo antes que o mesmo pudesse tomar a iniciativa no combate e avança contra o maldito. Iurd vai pra cima do Dançarino em fúria e o atinge com sua garra, uma ataque poderoso no peito do dançarino, de cima para baixo em diagonal, o garou maculado recua com seu peito aberto e ferido ante o poder das garras do Presas de Prata.

Após recuar, o destemido garou comete seu maior erro, ele atinge Anjo Guardião com suas presas, fincando-as sobre a poderosa Armadura de Luna do Ahroun, um ataque completamente inútil, pois não machucou em nada o Athro que logo em seguida, atinge seu inimigo na nuca com as suas presas e com uma mordida extremamente poderosa o Presas de Prata separa a cabeça do corpo, arremessando-a para longe enquanto que em meio a um uivo de vitória o garou ativa suas Chamas Tremulantes, dificultando a visão de seus inimigos, e grita:

-'VAMOS VINGADORES!!! VAMOS ACABAR COM A RAÇA DESSES MALDITOS!!'

OffGame:

2 de fúria (na verdade 3, porém o dom Atiçar a Fornalha da Fúria me devolve esse ponto de fúria sem perder a ação dela)
1 de FDV para chama tremulante

_________________
Hominídeo - Ahroun - Presa de Prata - Anjos Guardiões - Inimigos da Wyrm - Cabana da Lua
Aparência 04
Raça Pura 05
Fúria 07
Características notáveis: Magnetismo Animal, Coragem Infecciosa
Cicatrizes evidentes: Cicatriz profunda em forma de [ / ] no peitoral
avatar
Iurd Byron

Mensagens : 329
Data de inscrição : 27/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Edward - Mercador Sombrio

Mensagem  Convidad em Seg Jun 03, 2013 5:36 pm

O philodox se preparava para o inevitável. Ele não era de um augúrio guerreiro e o golpe no estomago doera a valer. Ele sentia as contrações de seus orgãos colapsados, e tudo o que queria era uma cama e muita sopa.

Arfava visivelmente machucado, mas ainda capaz de rugir. Rugiu e ergueu os braços aguardando o próximo ataque quandoo Theurge

"Que Gaia o abençoe"

Pulou e arrancou no dente a cabeça do Espiral.

Imediatamente ele virou para o Inimigo restante e rosnou com a vontade revigorada.

------------

Of..nao postei antes, ele tomou 5 agravado.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ellen (Crinos) - Dançarino

Mensagem  Ellen Salt em Seg Jun 03, 2013 6:01 pm

O Fenris e o Senhor das Sombras, em trabalho de equipe, derrubaram um inimigo. Ellen se deparava, então, com um outro, que havia uivado com um dom que a Garou ainda não era proficiente, mas que conhecia bem. Era um irmão de augúrio. Ellen não pensa duas vezes e avança em Crinos contra ele com suas garras. Não era muito boa. Não tinha táticas de batalha avançadas. Atacava de uma forma meio desengonçada e, mesmo indo para lutar, sem jamais perder o rebolado!

A Roedora de Ossos com suas garras acerta o Dançarino na altura de seu peito em um golpe que, provavelmente, fora o melhor de toda sua vida. O Dançarino recua por um instante sangrando e avança para tentar morder Ellen que, com toda a classe de uma verdadeira lady da alta sociedade que vive de banca sem ter 1 Dólar no bolso, esquiva dizendo:

- Eeeepa! Saaaai fora, ebó!


Assim que o Dançarino passa como um canhão, Ellen pega e mais uma vez acerta ele com suas garras, soltando mais uma provocação barata para aquele mostro que tentava tocar sua cútis.

- Tooma, feioso!


O monstro ainda estava de pé, mas estava bem ferido ao passo que Ellen estava intacta.

___________________________________
Dano causado = 6 agravados

_________________
Ellen Salt - Lírio Selvagem - Aparência 5 - Raça Pura 0 - Fúria 4
Cliath - Impura - Galliard - Roedores de Ossos - Delatores
Qualidade: Magnetismo Animal
Deformidade de Impura: Sentidos Hiperaguçados
avatar
Ellen Salt

Mensagens : 105
Data de inscrição : 28/01/2013
Localização : Por aí...

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ryan McDougall "High-Tech" (Crinos) - Vingadores

Mensagem  Ryan McDougall em Seg Jun 03, 2013 6:08 pm

* A formação de batalha havia se consolidado, os Garous da Vingadores estavam exatamente onde deviam estar. Ryan tinha certeza de que perdurariam enquanto mantivessem a estratégia. Tinha pensado em quase todos os aspectos ofensivos e defensivos da manobra e estava confiante. A escolha daquela formação não havia sido aleatória. Lança rapidamente os olhos ao redor e não deixa de notar o céu magicamente estrelado, pontuado por duas estrelas rubras que brilhavam malignamente. Havia uma sensação latente naquele local que o incomodava profundamente.. a sensação odiosa da corrupção. *

" Como se o cheiro de merda não fosse o bastante.. "

* Muita coisa acontecia ao mesmo tempo e o líder tinha apenas uma vaga consciência do que ocorria ao redor. Os Garous de Gaia avançavam e muitos deles manobravam inicialmente com maestria. Tem tempo de perceber uma matilha agindo em perfeita sintonia e alguns Galliards uivando e inflamando ainda mais seus companheiros. Sua matilha seria tão boa quanto! A maioria dos irmãos de matilha já haviam se engajado em combate e o mesmo acontece com ele. Surgindo do nada, um Dançarino absolutamente asqueroso e fodido chega projetando um jorro de vomito na direção de Ryan. Instintivamente, o Andarilho torce o próprio tronco no sentido contrário ao líquido fétido e consegue se esquivar. Nota, porém, que o corpo caído que havia sido atingido pelo vomito começa a se decompor imediatamente.. ironiza ácidamente, apesar de tudo: *

- Não sabe beber ou o cheiro de merda dessa porra de lugar te dá ânsias, bailarina!?

* O Dançarino havia perdido sua chance e a mente rápida de Ryan permite uma reação quase imediata. O Líder da Vingadores não sorria nem expressava reação alguma além de um ar sério de competência. Aquilo para ele não era diversão, nem obrigação. Aquilo era um meio a ser usado para alcançar um fim. A batalha, para Ryan, era um instrumento a ser utilizado para se chegar à um objetivo predeterminado. Se lança contra o desgraçado usando nada além de suas própria garras. Avança não mais do que o suficiente para projetar sua mão direita numa diagonal de cima para baixo que acerta o ombro do Dançarino e segue em direção ao peito. O maldito recua ante ao golpe desferido mas parecia ter sido capaz de resistir ao corte das garras. Ato continuo, Ryan usa sua garra esquerda num arco lateral contra o peito do inimigo, que se esquiva instintivamente.. mas o fez apenas para se expor ao golpe subsequente. O Andarilho avança agora com maior ímpeto e aproveita-se do desequilíbrio gerado pela esquiva do Dançarino para projetar sua garra direita com força, numa "estocada" violenta, contra o abdome do maldito. As garras rasgam pele e carne, penetrando visceralmente na barriga do inimigo e fazendo sangue jorrar enquanto o Alpha meramente fixa seus olhos gelados no desgraçado. *

_________________________________
Dano causado = 4 agravados

_________________
Ryan McDougall - "High-Tech"
Ahroum - Andarilhos do Asfalto - Alfa da Vingadores - Cliath

Aparência 5
Fúria 6
Raça-Pura 0
avatar
Ryan McDougall

Mensagens : 134
Data de inscrição : 28/01/2013
Idade : 28
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Hrist Thordsvedt (Crinos) - Avante Vingadores!!!!

Mensagem  Hrist Thordsvedt em Seg Jun 03, 2013 8:14 pm

Hrist não prestava atenção nas estrelas, mas sentia sua irradiação como uma mão pressionando seu coração...e isso apenas reforçava a ideia de que os Ultimos Dias se aproximavam a uma velocidade vertiginosa e que cada Batalha era essencial para Gaia...E por isso sua Fúria precisava ser mais Implacável do que nunca. Quando ouve Viktor comentar sobre suas pernas, passando ao seu lado como um vulto, a Fenrir apenas rosna de volta em ameça:

- Depois me entendo com você, Viktor!

Mas seus olhos já fitavam de forma predatória o Dançarino da Espiral Negra que vinha em sua direção e ela calcula exatamente a distancia entre os dois e, segurando firmemente o cabo do martelo de Batalha que estava erguido acima da cabeça, desfere um golpe certeiro no crânio do Dançarino quando este se aproxima o suficiente, amassando a cabeça do bastardo de forma grotesca, saltando um de seus olhos para fora da órbita e o fazendo cospir seu sangue imundo no chão.

Com a força do golpe da Philodox e o dano que recebe, o corpo do Dançarino se projeta para baixo e para o lado, mas ele tenta ainda assim desesperadamente atingi-la, mordendo-a em sua queda na altura da cintura de forma muito ineficaz, sem causar dano algum. Hrist apenas o empurra com o joelho, erguendo-o o suficiente para posicioná-lo em sua mira e toma distancia o suficiente para acertá-lo com o martelo uma vez mais, com um golpe transversal agora no focinho, com tanta força que arranca seu maxilar, projetando-o alguns metros para trás e jogando-o inerte no chão, para nunca mais levantar.

Ainda com a Fúria ardendo em seu peito mesmo após derrubar o inimigo, Hrist olha ao seu redor com o Martelo em punhos sentindo a leve vibração da ressonância familiar entre ela e o espírito da arma, se harmonizando como se fossem um só... E vê então Ryan logo à sua frente, lutando contra um Dançarino, e antes mesmo que pudesse pensar muito, seu braço estava extendido e o Martelo deixava sua mão para acertar o Espiral Negra que atacava seu alpha bem no meio da cara, transformando seu crânio em uma bola de pelos, ossos, dentes e massa cinzenta, o fazendo cair de costas esparramado e inegavelmente morto. O Martelo, do tamanho aproximado de uma marreta de quebrar parede, volta voando para a mão da dona, lhe rendendo um sorriso e a vontade de continuar partindo ossos a noite inteira...

_________________
Raça pura: 5 (Ascendente Notável: Filha de Gogol Fangs-First)
Aparência: 3 (Cicatriz na face esquerda, cega deste olho)
Fúria: 6
Qualidade Boa reputação (A de ser muito justa, porém muito rígida)

" Vingança não é um motivo valido, vingança é uma resposta emocional. Não, não é vingança: é punição."
avatar
Hrist Thordsvedt

Mensagens : 236
Data de inscrição : 19/04/2013
Idade : 30
Localização : Sampa City

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Rede de Esgotos do Rio de Janeiro

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 28 Anterior  1, 2, 3, 4, 5 ... 16 ... 28  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum