[CAERN] Clareira Central

Página 38 de 40 Anterior  1 ... 20 ... 37, 38, 39, 40  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Mayra - Esquadrão da Fúria

Mensagem  Mayra Hildebrand em Ter Fev 04, 2014 8:33 am

Mayra ouve os comentários de Kor. O Galliard tentava ser preciso mas tinha lá seus escorregões e o que é considerado o mais grave é corrigido pela Fianna que diz a todos:

- Kor ainda não era nosso companheiro na noite e por isso não entende como nossa missão, mesmo com as baixas, foi vitoriosa. Aquele hospital já foi território de Vampiros, que expulsamos e perdemos dois membros. Dois Fenris. Um acabou voltando do mundo dos mortos sei lá como, mas vencemos. Depois perdemos Lauren, a Garou na época de posto mais alto da matilha, uma Galliard Adren dos Portadores da Luz, para um mago pois eles haviam tomado o local que fedia a Wyrm como poucas coisas que já presenciei. Invadimos. Perdemos irmãos. Mas vencemos. O inimigo não está mais entre nós e agora o que queremos saber nesse local que foi limpo ontem e deve estar desativado é porque a Wyrm quer tanto aquele lugar e essa seria nossa missão para essa noite.


Assim que termina de falar, o uivo de Kiba faz Mayra gelar e antes que ela pudesse se recompor, Esquecido, estava li. A Fianna se levanta. Não iria ser doce com quem chegava mais uma vez depois de uma saída que deixara feridas bem abertas, ainda mais feridas que estavam só começando a cicatrizar. Com o olhar sério, a Ahroun diz:

- Eu deveria lhe desafiar, por tudo que já aconteceu, e por essa nomeação peculiar, mas não irei. Só irei desafiar se você se mostrar um mau líder e, nesse caso Esquecido, eu não irei hesitar e o desafiarei para tomar a liderança em uma disputa honrada. Não entendo o que Kiba tem na cabeça em colocar você como líder, mas eu sei o quanto você quis essa liderança e eu espero que honre a confiança que ele depositou em você. Como Alfa e líder de tribo eu realmente espero que você tenha noção que suas decisões podem ir muito além de machucar as pessoas próximas que te querem bem, elas podem definir destinos de uma matilha inteira e de uma tribo inteira. Faça por merecer. Não decepcione os que depositaram confiança em você.

Depois de dizer o que tinha dito, a Fianna volta sua atenção para os demais membros da matilha. Queria ver como reagiriam a essa mudança súbita.

_________________
Mayra Hildebrand - Voz de Taranis
Hominídeo / Fianna / Ahroun / Tuatha de Fionn
(Aparência 5 / Fúria 7 / Raça Pura 5)
**** Voz do Rouxinol ****
**** Magnetismo Animal ****

Cicatrizes de Batalha
* Cegueira dos Dois Olhos (provocada por um Rastejante Nexus)
* Cicatriz Profunda na altura do abdômen (provocada por um Ancião dos Dançarinos da Espiral Negra)
avatar
Mayra Hildebrand

Mensagens : 429
Data de inscrição : 28/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Dereck (hominideo) - Cabelinho de Fogo/Julian

Mensagem  Convidado em Ter Fev 04, 2014 9:12 am

O garou recolhe, pela segunda vez a mão para o seu alpha e dá um riso sem graça pra esse, e então dá um tapa no ombro do ruivo.

- Minhas sinceras desculpas carinha. O uivo do nosso ex-alpha, passando a liderança para o nosso novo alpha, com a informação de termos que invadir um hospital que dizimou a primeira formação quase que por completo me tirou os modos por um instante, muito embora agora eu sei q não foi bem assim.

Ele dá um sorriso cordial e sincero.

- E por isso me considere em dívida contigo, e eu te garanto que eu pago depois. Cracker, e não me confunda com o biscoito, Andarilho do Asfalto, galliard e seu ajudante.

Dá uma piscada marota pro Ragabash e fala...

- Agora... deixa eu só finalizar meu cumprimento ao alpha... pq já é a segunda vez que eu deixo de falar com ele... e pode ser que nessa agora ele queira meu couro.

Ele então fala como se disfarçando com uma mão meio que tampando a boca...

- E eu preciso desse couro aqui... sabe como é... não sei se a aceitação das mulheres sem essa pele preta seria a mesma.

E no meio tempo o clima esquenta e o garou re-estende a mão para o alpha com uma cara de 'Amigo aqui.

- E aí!

E dá um riso despreocupado deixando claro que não se importava nem um pouco com o que acabara de acontecer.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Guardião - Esquadrão da Fúria

Mensagem  Convidado em Ter Fev 04, 2014 9:25 am

Mayra havia explicado exatamente o que acontecera. A missão não tinha sido um fracasso, afinal. Mas vampiros? Magos? Que porcaria é essa? As coisas estavam confusas e pioraram com a chegada no novo líder que se apresenta. Voz de Taranis foi hostil e bastante direta. Algo havia acontecido e Dimas sabia que deveria ficar em silêncio para deixar que os membros antigos da matilha resolvessem seus problemas.
Mesmo com a simpatia de Cabelinho de Fogo que queria uma apresentação decente por parte de Dimas, algumas pessoas ali presentes deixavam o Filho de Gaia nada à vontade. Ele ouve a pergunta de Esquecido, percebe o olhar de Mayra, e acena levemente com a cabeça. A Beta havia tomado a melhor decisão para o momento, em tempos de guerra, desafiar o líder, principalmente um que havia tomado posse há apenas alguns segundos, não era a decisão mais sensata.
Mas o olhar de Mayra queria uma resposta, e DImas a deu:

_Esquecido-Rhya, Cabelinho de Fogo, Cracker, - ele olha para cada um, meu nome é Dimas Soares, Guardião dos Segredos. Sou um Theurge dos Filhos de Gaia e acabo de me tornar parte da Esquadrão da Fúria. Nem ao menos cheguei a conhecer os antigos membros nem o antigo líder, mas devo confiar na decisão de Gaia e simplesmente tou aqui pra ajudar no que for preciso.

O Theurge coloca as mãos nos bolsos da calça jeans e abaixa a cabeça. Ele estava visivelmente incomodado com algo.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [CAERN] Clareira Central

Mensagem  Convidado em Ter Fev 04, 2014 10:50 am

Ceifador estava ali atrás de Hrist e pronto para aprender o dom, permanecia quieto, ficara feliz pela melhora que o totem tivera, estava visivelmente mais forte e pensara rapidamente em uma forma de batalha do Guaxinim, quase um crinos imenso de ferocidade, seria legal ver tal cena. Ceifador para e reflete e apenas fica envolvido em seus pensamentos.

*Totem, nos ajude nessa jornada, que tenhamos sucesso através de sua benção, ou que morramos tentando e honrando a ti, fenrir e gaia. *

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Erik Pettersson - Guaxinim / Yuri / Todos na cena

Mensagem  Erik Pettersson em Ter Fev 04, 2014 12:17 pm

Aquilo seria algo diferente... nunca pensara em ser abençoado por algo tão meigo. O Skald faz um carinho na cabeça do espírito quando ele o toca e então se levanta, reparando agora que um outro novo integrante aparecera. Assim que ele termina de se apresentar ao totem, mesmo que ele estivesse com uma cara esquisita de quem cheirava peido e gostava, Erik lhe estende a mão de forma amigável com um sorriso verdadeiro no rosto.

- Hey, bem vindo cara...também acabei de chegar, sou Erik "Canção-de-Balder", Cliath e skald Cria de Fenris. Que Gaia nos guie para honrar esta nova matilha.

Como quase mais ninguém se apresentara, Erik fica aguardando o próximo passo... tanto o alpha o lupino que lhe dera as boas vindas (mais um Cria de Fenris) pareciam ocupados em algo e não apenas o skald não queria atrapalhar como também nunca soubera muito bem como lidar com seus primos de quatro patas.


Última edição por Erik Pettersson em Ter Fev 04, 2014 1:04 pm, editado 1 vez(es) (Razão : u)

_________________
"There is only one thing we say to the God of Death: Not today."
avatar
Erik Pettersson

Mensagens : 17
Data de inscrição : 31/01/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Hrist Thordsvedt (Hominídea) - Vingadores e Guaxinim

Mensagem  Hrist Thordsvedt em Ter Fev 04, 2014 1:22 pm

Hrist aguardava o aprendizado, mas a chegada de novos membros não poderia passar desapercebido assim... Então, depois que os dois se apresentam para o Guaxinim e ela aguardava Ingrid ou Henker dar prosseguimento no ensino, a Fenrir deixa-se distrair um pouco. Ela olha primeiro para o grandão, ele se parecia mais com os seus parentes do que qualquer outro Cria de Fenris daquela matilha e em geral daquela seita e isso a faz pensar se seria apenas fisicamente a semelhança. Seria bom ter pessoas que lhe fizessem sentir-se mais próxima de casa para variar...Então volta-se  para seu irmão de tribo e diz, com um pequeno sorriso no canto da boca quebrando um pouco a seriedade:

- bem vindo Canção de Balder, eu sou Hrist, Forseti fostern da Mão de Tyr vinda das terras do norte... será um prazer ter mais um irmão por perto...

E então, ela olha para o outro recém chegado que parecia estar tentando rir e não rir ao mesmo tempo, lhe dando uma cara engraçada que lhe fazia parecer meio retardado. Isso era preocupante. Mas lembra-se que ele era um Presa de Prata então tudo era possível... Esperava que este ao menos fosse mais tolerável e da forma amigável que podia, também lhe diz:

- E você também Presa de Prata, seja bem vindo. Eu sou a Juíza da matilha e me chamam Fúria da Justiça Implacável.

_________________
Raça pura: 5 (Ascendente Notável: Filha de Gogol Fangs-First)
Aparência: 3 (Cicatriz na face esquerda, cega deste olho)
Fúria: 6
Qualidade Boa reputação (A de ser muito justa, porém muito rígida)

" Vingança não é um motivo valido, vingança é uma resposta emocional. Não, não é vingança: é punição."
avatar
Hrist Thordsvedt

Mensagens : 236
Data de inscrição : 19/04/2013
Idade : 30
Localização : Sampa City

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ingrid - Vingadores / Guaxinim

Mensagem  Ingrid Reis em Ter Fev 04, 2014 2:19 pm

Dadas as bênçãos, antes que o Totem fosse embora, era hora de conseguir avançar e cumprir o pedido de Henker, aproveitando a presença dos Recém-Chegados, a Theurge diz:

- Saudações novos irmãos, sou Ingrid Reis, na Nação Garu Elo Espiritual, Impura Athro dos Uktenas. Nosso totem foi invocado aqui para pedirmos que ele ensine a todos dessa matilha a falar com os espíritos pois estamos saindo em uma jornada muito longa e importante na Umbra. Os que não souberem o Dom, fiquem próximos de Hrist.


A Theurge mostra a direção onde estava Hrist, próxima a ela a essa altura, para que quem tivesse esquecido quem ela era pudesse se lembrar. Achava curiosa a relação que o Guaxinim mostra com o novo Presas de Prata que trazia em sua apresentação um sobrenome bem conhecido. Não pensaria nisso agora, mas registra o fato em sua memória enquanto fala com o Totem:

- Nobre Guaxinim, patrono dos Vingadores, precisamos de sua graça para que nossos irmãos possam apender a arte de falar com espíritos... por isso o invocamos, sabemos da vossa capacidade em garantir esse aprendizado e pedimos, humildemente, que compartilhe esse dom com os irmãos que ainda não o possuem.

_________________
Ingrid Reis - Elo Espiritual
Impura - Athro - Theurge - Uktena - Devoradores de Demônios
Deformidade de Impura -> Propensa à Crueldade
Qualidades -> Magnetismo Animal
Raça Pura 4
Aparência 5
Fúria 2
avatar
Ingrid Reis

Mensagens : 394
Data de inscrição : 28/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Hominídeo

Mensagem  Iurd Byron em Ter Fev 04, 2014 5:24 pm

Águia Real - Vingadores

Águia Real apenas havia observado as apresentações e logo após Guaxinim dar as Bençãos os novos irmãos, Hrist e Ingrid se apresentam e dão as boas vindas aos novatos e Ingrid logo se vira para o Totem da matilha para explicar-lhe o porquê de terem o invocado.

Antes que os jovens pudessem ir para o local indicado, Iurd diz para os dois, em um tom bem amigável:

-'Olá meus irmãos, sou Águia Real, Ahroun, Athro dos Presas de Prata, do campo dos Anjos Guardiões. Sejam bem vindos a Vingadores! Qualquer coisa que precisarem, podem contar com todos da matilha que qualquer um aqui estará disposto a ajudar.'

Dito isso, o garou apenas espera que eles seguissem a direção que foi apontada Ingrid.

_________________
Hominídeo - Ahroun - Presa de Prata - Anjos Guardiões - Inimigos da Wyrm - Cabana da Lua
Aparência 04
Raça Pura 05
Fúria 07
Características notáveis: Magnetismo Animal, Coragem Infecciosa
Cicatrizes evidentes: Cicatriz profunda em forma de [ / ] no peitoral
avatar
Iurd Byron

Mensagens : 329
Data de inscrição : 27/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Kor Yance McDonell (Hominideo) - Mayra/ Dimas/ Dereck / Paulo / Julian

Mensagem  Kor Yance McDonell em Ter Fev 04, 2014 8:43 pm


Mayra acaba passando um pente fino no relato que tinha acabado de fazer e Kor fica satisfeito pela Ahroun se preocupar com isso. Teve seus erros e como havia pensado anteriormente, nada e nem ninguém melhor do que ela para descrever com detalhes o que acontecerá naquele local, até porque tinha que ser honesto, pouco sabia pelo fato de não ter estado presente. Sabia o básico pelas conversas nas reuniões. Não mais do que isso.

Narrar algo com precisão quando não se tem certeza, é um tanto quanto delicado, por isso acabou focando mais o lado motivacional dos que acabaram de chegar, até mesmo para também carregarem o peso da responsabilidade.

Iria agradecer a Ahroun, mas diante da chegada surpresa de Julian, apenas fez um gesto com a mão do tipo "Mandou bem, obrigado".

O Alpha parecia ser um tanto quanto descolado e aquilo por hora era engraçado. Seu linguajar parecia mostrar bem sua personalidade extrovertida e isso poderia fazer a diferença nas horas difíceis. Mesmo explicando os motivos que Kiba havia abandonado do nada a liderança, não consegue compreender. Da mesma forma que também não compreendia o porque dele ter ficado fora por quase um dia inteiro, mas isso era problema dele.

O importante é que agora tinham um Alpha, meio que em cima da hora, mas tinham. Iria provar se era realmente bom ou não com o tempo, e com tantos problemas a serem solucionados, esse agora era menos um.

Pensou em cumprimentar o Alpha, mas Mayra foi mais rápida em meio daquele diálogo entre todos e literalmente descascou o abacaxi para Julian. Como havia deduzido, existia um caso de amor entre os dois. Ou talvez melhor, um de amor e ódio. O recém retornado Alpha havia literalmente levado uma lavada por conta do passado.

" Uiiii... Por essa acho que nem ele esperava..."

Antes que o Roedor resolvesse se posicionar ante à alguma coisa, resolveu fazer logo sua parte.

- Aí está você então...


Abriu um sorriso para Julian mostrando ser simpático.

- Acabei de me perguntar por onde você estaria desde ontem quando cheguei... Mas aqui está!


Ainda sendo bem simpático e descontraído, esticou sua mão para Julian o cumprimentando.

- Prazer Julian... Já nos vimos algumas vezes aqui pelo Caern, mas talvez nem se lembre de mim. Sou Kor Yance McDonell, "Sopro-da-Tempestade", Galliard Fostern Senhor das Sombras do campo dos Senhores do Cume... Ex-membro da Vingadores designado para o Esquadrão. É uma honra trabalhar sob seu comando e espero que Gaia esteja ao nosso lado em todos os momentos...

Acenou positivamente com a cabeça para o Alpha aguardando qualquer que fosse sua resposta.

- Espero que não estranhe meu nome como os companheiros aqui... É só mais um nome feio... Hahaha...

Riu de forma descontraída sendo brincalhão. Olhou para Dereck e Paulo fazendo menção ao comentário que tinham acabado de fazer sobre seu nome ser diferente. Disse para Julian.

- Como Dereck mesmo acabou de dizer, estava colocando todos a par da situação atual da matilha e Mayra me ajudou a esclarecer os detalhes que passei batido... Paulo chegou logo depois e não teve tempo de escutar, mas acredito que queira deixar isso por sua conta agora, não é mesmo? Ou prefere que eu explique novamente para ele?




Última edição por Kor Yance McDonell em Qui Fev 06, 2014 10:23 am, editado 1 vez(es)

_________________
Hominídeo - Galliard - Fostern - Senhor das Sombras - Senhores do Cume - "Sopro-da-Tempestade"
_______________
Aparência 05

Fúria 05
Raça Pura 03

Cicatriz no peito num formato [ / ], cabeça em [ | ] e nas costas em [ Z ].




"Diante de uma larga frente de batalha, procure o ponto mais fraco e, alí, ataque com a sua maior força."
avatar
Kor Yance McDonell

Mensagens : 325
Data de inscrição : 28/01/2013
Idade : 27
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Yuri Kraken "Sombra-de-Gelo" (Hominídeo) - Erik / Hrist / Ingrid / Iurd / Henker / Guaxinim

Mensagem  Yuri Kraken em Ter Fev 04, 2014 10:04 pm

Tinha acabado de agradecer o Guaxinim quando é abordado por um um outro Garou com um físico avantajado, de barba branca e com cara de poucos amigos. O Garou foi simpático e muito amigável em suas palavras. Após sua apresentação, logo se deu conta que ele era o outro recém-chegado na Vingadores. Retribui rapidamente o cumprimento lhe estendendo a mão também e dizendo em um tom bem descontraído.

- Eaí, cara! Tranquilo? Somos os novatos aqui então? hahaha...


Fez uma brincadeira. Havia notado que era mais um Fenris. Já era o segundo. Vingadores parecia estar bem armada fisicamente. Completou:

- Sou Yuri Kraken, "Sombra-de-Gelo", Ragabash Cliath Presas de Prata do campo dos Anjos Guardiões... Que Gaia esteja sempre ao nosso lado...

Uma outra garou loira, alta, com porte de homem ou melhor, quase um homem julgando pela sua robustês (...) cicatriz do lado esquerdo da face e cega do olho do mesmo lado se apresenta primeiramente para Erik com o nome de Hrist lhe chamando de irmão e logo um pensamento toma conta.

" Mais um... o terceiro, ou melhor, terceira..."

Quando a mesma vira para si lhe dando as boas vindas, Yuri sorri para a mesma mostrando condescendência.

- Obrigado, Hrist...

Mais uma integrante da Vingadores se apresenta e seu nome era Ingrid. Era uma Garou extremamente linda e ao contrário dos demais, não tinha um porte físico avantajado, porém mostrava ser séria e firme. Diante de suas palavras, acenou positivamente com a cabeça. Se o dom era o que precisava para seguir com a missão na Umbra, nada mais justo do que ter ele então.

Já ia para o local indicado quando é novamente interpelado por outro Garou em um tom bem amigável. Era Iurd, um guerreiro forte e astuto Presas de Prata do mesmo campo que o seu. Um Anjo Guardião. Yuri logo abriu um sorriso largo por ter um irmão de tribo tão próximo na mesma matilha. Isso era bom. Acenou positivamente em sinal de cumprimento e disse:

- Obrigado, Iurd. É bom encontrar um irmão que veio do mesmo lugar que eu... E também é um prazer fazer parte da Vingadores. Qualquer coisa que precisarem, podem contar comigo também. Estou a disposição...


Aguardou qualquer que fosse as respostas e depois seguiu para o local indicado por Ingrid para receber o Dom.




_________________
Yuri Kraken - Sombra-de-Gelo
Ragabash / Hominídeo / Presas de Prata
_________
Aparência 05
Raça Pura 05
Fúria 02
Ascendência Notável / Magnetismo Animal


"Nunca tente conquistar um homem com roupas curtas, conquiste ele sem roupa."
avatar
Yuri Kraken

Mensagens : 100
Data de inscrição : 03/02/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Johann Konietzko - Trovão Inquisitor

Mensagem  Johann Konietzko em Ter Fev 04, 2014 10:28 pm

O homem elegante, bem apessoado, segue para onde fora informado que deveria seguir... no horário certo. Estava atrás de um juiz de sua tribo para se apresentar e ele tinha pressa, porque havia muito o que ser feito. Ele se aproxima do homem cuja descrição conhecia e, rapidamente, para não lhe encher muito o saco, já diz:

- Trovão Inquisitor, senhor? Eu sou Johann Konietzko, Andarilho-da-Meia-Noite, philodox cliath dos Senhores das Sombrasm um Iluminado... Fiquei de me apresentar para você esta noite, atrapalho?

_________________
Keep your friends close, but your enemies closer.
avatar
Johann Konietzko

Mensagens : 4
Data de inscrição : 03/02/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Henker (hominídeo) - Todos

Mensagem  Convidado em Qua Fev 05, 2014 1:09 am

O garou via que tudo transcorria bem, mas o retorno de Iurd o lembrava que havia uma missão importante pela frente, e as palavras de Ingrid só ressaltavam isso ainda mais... então, seguindo a instrução da theurge, o ahroun se encaminha para o local determinado e tão somente aguardaria para o momento em que o Totem começasse.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Hominídeo — Mayra / Esquadrão

Mensagem  Balik Samir em Qua Fev 05, 2014 2:13 am

A noite quente fervilhava até os corações mais dóceis daquele Caern. Certamente, não era uma noite para discussões e debates, quem fala-se demais poderia amanhecer com a garganta cortada e cheia de larvas. Os Wendigos sabiam disso, resolvemos nossos assuntos de forma rápida e sem muitos questionamentos.

Arranquei os cabelos queimados e aproveitei para fazer um novo corte raspando ambas laterais, o cheiro de queimado finalmente havia ido embora. Mas as cicatrizes ficaram, ficaram para me lembrar para sempre da noite a qual minha matilha fora dizimados. De alguma forma Gaia quis isso, então cumpriria sua vontade aceitando meu destino.

Segui para a clareira onde vários garous se reuniam, mas como disse, era uma noite quente e Luna olhava sobre nós com seu grande olho aberto fumegante, ou seja, muitos evitavam até mesmo o contato visual e resumiam-se a respostas monosilabicas ou apenas gestuais como um breve menear da cabeça.

Foi quando irrompendo o uivo de kiba rasgou o Caern com sua proclamação que estava "caindo fora". Pasmo, olhei em volta prontamente como se busca-se algo precioso, talvez um milagre, ou um simples "por quê". Não sabia o que era, só sabia que queria,e queria prontamente.

*Filho de uma puta! Está indo embora sem nem ao menos se despedir.*

Um coração paterno queimando de raiva e orgulho não teria mesmo tempo de se despedir. Ajoelhado ali na relva seca e barulhenta ergui meus braços abertos e com o queixo ao peito pedi para Luna iluminar seu caminho sombrio e que a coruja desce sabedoria para saber as respostas das perguntas as quais lhe afligem e as que ainda virão.

Caminhei um pouco mais e logo notei a presença da última remanescente, Mayra. Seus cabelos de fogo trêmulos ao vento reluziam com esplendor a luz do olho de Luna que atingia de forma branda a todos nós, transformando minha melancolia em algo mais sublime.

Se tinha alguém que eu pudesse chamar de parceiro, este alguém era Voz-de-Taraniz. Em poucos meses já havíamos feito coisas gloriosas juntos. Eu me preocupava com ela, deixa-la para a quase morte não foi minha escolha, foi escolha dela, e se agora vivo, Foi graças a coragem e bravura de um verdadeiro companheiro.

Esbocei um leve sorriso enquanto sutilmente me aproximava do local a qual se encontrava. Vozes ecoaram pelas árvores e tomei conhecimento de demasiada companhia se encontrava no local, e além disso, o Esquecido parece ter sido lembrado e agora estava como líder de nossa matilha. Seriam estes outros novos membros?

Esperei Mayra terminar de falar, e aproveitando a deixa do engomadinho, me aproximei sutilmente pelas sombras até poder encostar levemente em seu ombro para que me nota-se. Mantinha meu leve sorriso e um profundo olhar de gratidão e sem pestanejar abracei-a forte e murmurei sinceramente: — Obrigado.

_________________
Hominídeo Ragabash Wendigo - Cliath
Carisma 3
Aparência 2
Fúria 5
avatar
Balik Samir

Mensagens : 130
Data de inscrição : 30/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Curto-Circuito | Guaxinim - Matilha Vingadores

Mensagem  Narrador em Qua Fev 05, 2014 4:52 am

Enquanto Falcão-de-Prata conversava com os outros Garous que iam fazer parte da jornada (Sem-Nome, Destrói-os-Mentirosos, Oráculo-das-Sombras e Executor), Nathan apresenta para se apresentar para Erick e Yuri, com um sorriso no rosto, dizendo:

'- Então rapazes... deixe-me que apresente a vocês o protocolo da matilha. Para serem aceitos na Vingadores, vocês terão que ter uma íntima e ardente noite com a minha pessoa para que eu possa avaliar se voc~es são dignos de confianç.'

O olhar do Andarilho para por alguns instantes para Yuri, para quem dá uma piscada e diz para os dois:

'- É uma brincadeira... ou talvez não... Eu sou Nathan Ross, Curto-Circuito, Ragabash Adren dos Andarilhos do Asfalto.'

E, olhando para Yuri, o Garou sorri maliciosamente e diz:

'- E uma boa companhia para uma conversa a dois em uma noite fria e solitária acompanhados de velas aromáticas e ao som de violinos angelicais à beira de uma lareira acesa em uma casa ao pé da serra.'

Sorri para Yuri, e então comenta com a matilha:

'- Sei que tava todo mundo ocupado e ninguém notou, mas o meu anjinho barroco pediu pra avisar que teve um problema familiar e que não vai poder ir conosco. Ele até já foi embora, mas como toda nossa atenção foi roubada pelo Brilho da Aurora Prateada que se juntou a nós, acredito que a maioria nem notou. Eu sentiria saudades do Anjinho Barroco, mas já tenho uma nova dádiva de Apolo na matilha para passar as noites frias daqui pra frente.'

Falava de Yuri e comunicava à matilha a saída de Arthur, saída comentada por Guaxinim:

'- Fianna nunca cumprir dogma de Guaxinim. Achar que não gostar de Guaxinim. Guaxinim também não gostar de quem não gostar dele. Deixar ele partir. '

O Totem olha para Ingrid, acenando em positivo e dizendo aos demais Vingadores:

'- Quem querer aprender Dom encostar em Guaxinim agora.'

O Totem se concentra e todos que encostarem nele e ficarem o tocando por alguns minutos irão conseguir aprender o Dom Comunicação com Espíritos.


OFF GAME: Quem for aprender o dom deixe uma mensagem OFF GAME no final do post confirmando o desejo de comprar o Dom. Quem não tiver XP disponível não se preocupe, esse gasto pode ser descontado ao fim da noite.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Trovão-Inquisidor - Andarilho-da-Meia-Noite

Mensagem  Narrador em Qua Fev 05, 2014 5:14 am

O Porta Voz da Seita era um sujeito sério e olha com firmeza para o Senhor das Sombras à sua frente e comenta:

'- Não atrapalha, já estava indo receber você e os outros... me acompanhe...'

Trovão-Inquisidor segue com Andarilho-da-Meia-Noite até um ponto de onde poderia ver toda clareira central e identificar quem chegava e quem saída e segue dizendo:

'- Infelizmente não vou ter tempo para falar tudo que queria para um Juiz dos Iluminados, apenas espero que a sabedoria não lhe falte nessa cidade pois precisamos de bom senso, em especial em nossa tribo. Sua matilha, a Arautos do Trovão, é uma matilha de Avô Trovão que está em missão e precisa de reforços. Uma nova matilha está sendo designada para ajudar e você e mais alguns Garous vão se unir à Arautos essa noite, já nessa missão.'

O Senhor das Sombras fica sério e espera reações.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [CAERN] Clareira Central

Mensagem  Convidado em Qua Fev 05, 2014 7:13 am



-Garras-do-tigre-das-sombras, Cliath, Fúria Negra, ahroun, IMPURA! Procuro Falcão de prata para me apresentar formalmente.

E assim chega Ingvild, com sua cara fechada e amarrada, dando um grito alto com uma fúria exaltada, parecia que ela estava bufando, mas na verdade era apenas como ela vivia sua vida, que sempre fora de amarguras de tristeza, sofrimento e muita fúria, luta, força, guerra. A Ahroun era uma guerreira autêntica, forte com sua proeminente constituição física avantajada, seus cabelos loiros acinzentados e seus evidentes músculos trabalhados. Sua tez era fechada séria e impenetrável e assim ela chega ao caern, se apresentando e avistando uma movimentação, parecia uma matilha, enfim, ela queria saber aonde iria e assim poder matar quantos lacaios da wyrm fossem necessários. E no fim de sua apresentação o impura se tornou mais evidente, mais forte e evidenciando que ela não tinha medo de sua condição.

Seus pensamentos estavam envoltos em mistério, estava decidida a provar o seu valor para a matilha, mas ainda se perguntava, será que valia a pena essa guerra que estava fadada ao fracasso?

Ingvild apenas pensava: talvez, não tinha respostas e nem era muito esperançosa.


Última edição por Ingvild em Qua Fev 05, 2014 7:42 am, editado 2 vez(es)

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [CAERN] Clareira Central

Mensagem  Convidado em Qua Fev 05, 2014 7:20 am

Ceifador não trocava muitas palavras, apenas estava ali parado olhando com a cara fechada o totem e prezando seu respeito por ele, gostava muito do espirito e achava melhor ficar quieto. Vê a brincadeira e não esboça reação alguma, estava mais preocupado no momento com a viagem à umbra e Hrist, ficou feliz por ter tantos fenris nessa expedição, seriam mais pessoas para dividirem a batalha, e não deixar Hrist com muitos, sabia do espirito combativo de sua fêmea e faria o máximo para protêge-la.

Assim ele vê a apresentação de Yuri e do Fenrir e fica satisfeito por ter um irmão de tribo.  Assim ele caminha em direção a Yuri e cumprimenta-o, pois já tinha dado as boas vindas ao Skald.

-Seja bem vindo Yuri, Ceifador, Fostern, fenrir, lupino, ahroun.

Ceifador cumprimenta com a cabeça e assim volta a atenção ao ritual e assim se caminha em direção ao guaxinim e encosta para aprender o ritual. Mas no mesmo momento escuta um berro, e assim escuta palavras de uma fúria negra, olhando de lado vê que a mulher era bem forte e mal-encarada também, pena ser uma fúria se fosse fenrir ceifador gostaria mais.


Última edição por Ceifador em Qua Fev 05, 2014 7:38 am, editado 1 vez(es)

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Hominídeo

Mensagem  Iurd Byron em Qua Fev 05, 2014 7:31 am

Águia Real - Vingadores / Grupo com Wolfhere

Iurd estava esperando enquanto os demais membros iriam aprender o dom até que Nathan começava a falar umas coisas esquisitas, sem comentar aquilo que fora dito pelo garou, Águia Real se atem a presença de Falcão de Prata, antes de sair de perto da matilha, o Presas de Prata diz para que todo pudessem ouvir:

-'Vou ali falar com o Wolfhere enquanto você terminam isso aê, pessoal. *Então olha para Guaxinim* Poderoso Guaxinim, é sempre muito bom ter vossa presença abrilhantando nossas reuniões, por mais simples que elas sejam, com licença.'

Assim que termina, ele se vira, se aproxima do grupo de garous para trocar umas palavras com o Líder da Seita. Assim que se aproxima, ele apenas diz:

-'Boa noite a todos!'

E olhando para Wolfhere, diz:

-'E aí, como andam as coisas?'

_________________
Hominídeo - Ahroun - Presa de Prata - Anjos Guardiões - Inimigos da Wyrm - Cabana da Lua
Aparência 04
Raça Pura 05
Fúria 07
Características notáveis: Magnetismo Animal, Coragem Infecciosa
Cicatrizes evidentes: Cicatriz profunda em forma de [ / ] no peitoral
avatar
Iurd Byron

Mensagens : 329
Data de inscrição : 27/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Júnior Garth (hominídeo) - Trovão Inquisidor/Andarilho-da-Meia-Noite

Mensagem  Júnior Garth em Qua Fev 05, 2014 8:53 am

No horário combinado Júnior chega na Clareira Central. Ele chega de cabeça erguida, postura ereta e com passos firmes. Usava um casaco verde parecido com o que Rambo tinha usado no primeiro filme da franquia, embora sua qualidade fosse flagrantemente menor. Apesar de ser de noite chegara de óculos escuros para ajudar no look. Exala autoridade, apesar de sua baixa estatura e corpo franzino. Então ele para e, numa cena que poderia fazer parte dos melhores filmes existentes, baixa os óculos e percorre parte do Caern com o olhar na procura por alguém que tivesse a descrição indicada. *Não enxergo porra nenhuma com essa merda desse óculos*, pensa Júnior enquanto os tira e finalmente avista um tipo que parecia com a descrição que procurava e que parecia procurar por alguém.

Já com os óculos no bolso do casaco, nosso Garou caminha na direção do sujeito que avistara. Na medida em que passa pelos outros grupos fica ainda mais flagrante sua diferença de tamanho. Isso não o abala em momento nenhum. Na verdade Júnior nunca tivera problema em fazer o tinha que ser feito mesmo sendo "pequeno". *Os melhores perfumes estão nos menores frascos* pensa Júnior pra logo depois completar *Que coisa de Fresco!!! Perfume, frasco...larga de viadagem.* É então que Júnior avista algo que lhe chama atenção. *Que galega do caralho!!!!!*, por um breve instante ele não pode tirar os olhos de Ingvild. *Haja bomba!!!* Nessa fração de segundo chegou até mesmo a diminuir o passo, mas logo voltou a se concentrar em seu percurso original não dando nem mesmo tempo para que os outros notassem o que acabara de acontecer.

Rapidamente Júnior chega perto da figura que achava a correta que estava acompanhado de um outro cara bem vestido. Limpando as mão no casaco para depois as esticar para um aperto de mãos, Júnior diz:

"- Boa noite senhores. Sou Júnior Garth, Predador da Cidade, Ragabash Cliath dos Roedores de Ossos. Acho que é pra vc que tenho que me apresentar."


Com a mão estendida para Trovão-Inquisidor e um sorriso no rosto Júnior espera pela resposta.


Última edição por Júnior Garth em Qua Fev 05, 2014 9:01 am, editado 1 vez(es)

_________________
Júnior Garth (Homínideo)
Cliath - Ragabash - Roedor de Ossos

Aparência: 2
Fúria: 1
Baixa Estatura
avatar
Júnior Garth

Mensagens : 55
Data de inscrição : 03/02/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Falcão-de-Prata - Anjo-Guardião | Garras-do-Tigre-das-Sombras

Mensagem  Narrador em Qua Fev 05, 2014 8:59 am

Falcão-de-Prata apenas comenta com Iurd, pois já se preparava para ver quem uivava procurando por ele:

'- Quase tudo pronto, só falta Alma-Inquieta, quem me fez prometer que esperaria ele chegar pois ele tem algo pra falar com você...'

O Presas de Prata olha nos olhos de Iurd e diz:

'- Mantenha tudo em ordem e organizado aqui que vou fazer meu último despacho como líder do Caern antes de partirmos.'

O Presas de Prata se dirige até onde estava a Impura e, parando diante da mesma diz:


'- Eu sou Falcão-de-Prata, Athro Ahroun dos Presas de Prata. Líder desse Caern. Apresente-se!'
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Yuri Kraken "Sombra-de-Gelo" (Hominídeo) - Nathann ( o Tarado)/ Erik / Hrist / Ingrid / Iurd / Henker / Guaxinim

Mensagem  Yuri Kraken em Qua Fev 05, 2014 9:13 am

Tinha acabado de se apresentar a Iurd e já se posicionado no lugar quando é novamente abordado por um outro membro um tanto quanto... afeminado. Seu nome era Nathan Ross e julgando pelas suas palavras, escapava a ré. Nada contra, simplesmente não era a praia de Yuri. Quem sabe, poderia ser a do Erik, mas iria descobrir se por trás daqueles grandes músculos existia algum lado sentimental logo mais. Acreditava que não, mas vai saber. Já tinha visto de tudo naquele mundo. Nathan se encarregaria de descobrir isso, até pelo fato da brincadeira que acabará de fazer.

" Eu hein!... Mal cheguei e já querem meu corpo nu..."

Diante da proposta indecente carregada de um pouco de malícia, Yuri prefere encarar aquilo como uma brincadeira jogando a bomba pro lado do Erik. Foi o mais sábio que poderia pensar e são o que os amigos fazem uns com os outros nesses momentos.

- Hahahahaha... Muito obrigado, Nathan, é um prazer te conhecer... mas não me leve a mal, não é a minha praia... - riu abertamente - Eu teria facilmente intermináveis orgasmos e loucas noites de amor regradas de sexo selvagem ou carinhoso com quantas mulheres fosse preciso... mas homens realmente não faz meu estilo...

Deu uma leve olhada para Ingrid e para Hrist, apesar de considerar a Fenrir um pouco alta para fazer todas as posições do Kama Sutra. Pensando em como tiraria o seu da reta, jogou a bomba pro Erik.

- Mas quem sabe Erik, meu novo amigo aqui, não está disposto a passar por este teste de aceitação e te fazer companhia nas noites frias e solitárias já que seu Anjinho Barroco não está mais perto de você para te consolar... Acredito que ele goste de velas aromáticas e som de violino ao pé de uma lareira acesa em uma casa no pé da serra... Não é mesmo, amigão?

Não fazia ideia de quem era o tal do Anjinho Barroco, mas fazia o que estava ao seu alcance para sair fora daquela cilada. Ria abertamente com suas palavras e mencionou o nome de Erik apontando para ele, olhou para o Fenrir com uma cara do tipo "Vai que é sua, Taffarel".

Ria descontraidamente mostrando levar aquilo tudo como uma brincadeira. Se Erik gostasse da deixa, seria outros quinhentos.

Um outro garou então se apresenta para Yuri. Seu nome era Ceifador e para sua surpresa, mais um Fenrir. Este parecia mais sério que todos os outros. Talvez realmente não estivesse em um bom dia ou simplesmente fosse mais antipático que os demais.

" PORRA! Mais um?! Uma matilha só de Fenris praticamente..."

Acenou positivamente de onde estava retribuindo o cumprimento e disse:

- Prazer, Ceifador. Yuri Kraken e obrigado... Precisar, estamos aí...

De onde estava, só esticou o braço e tocou no Totem, já que era o necessário para aprender o Dom.




Última edição por Yuri Kraken em Qua Fev 05, 2014 10:54 am, editado 1 vez(es)

_________________
Yuri Kraken - Sombra-de-Gelo
Ragabash / Hominídeo / Presas de Prata
_________
Aparência 05
Raça Pura 05
Fúria 02
Ascendência Notável / Magnetismo Animal


"Nunca tente conquistar um homem com roupas curtas, conquiste ele sem roupa."
avatar
Yuri Kraken

Mensagens : 100
Data de inscrição : 03/02/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [CAERN] Clareira Central

Mensagem  Convidado em Qua Fev 05, 2014 10:22 am

Ingvild agora estava diante de falcão de prata, pensava que demoraria muito para achá-lo mas foi rápido e até tranquilo.

-Sou Garras-do-Tigre-das-Sombras, cliath, fúria negra, ahroun, impura. VIm aqui procurá-lo para entrar na seita e servir fielmente.

As palavras de INgvild eram convictas mas duras ao mesmo tempo, era uma mulher forte, mas suas palavras denotavam algo além disso, como uma espécie de busca pela redenção, ou algo do gênero.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Paulo Pereira - Mayra - Guardião - Dereck - Kor - Esquecido - Balik

Mensagem  Paulo Pereira em Qua Fev 05, 2014 12:21 pm

A ruiva Mayra parece meio ter tido um ataque ao ver o líder dos Roedores tomar a liderança da matilha. Paulo fica quieto, esperando as manifestações alheias já que tinha acabado de chegar.

Dereck por sua vez dá um tapa, como o que Falcão de Prata tinha feito anteriormente, mas com MUITO menos força do que o líder da seita e pede desculpas. Talvez dar tapas nas costas era um costume dali e ele sorri, dizendo ao colega de matilha:

-Desculpas aceitas Cracker. Meu ajudante? Não é para tanto né?

Gostara do homem, mas não achava que ele estava devendo alguma coisa para ele no fim das contas. O outro garou que Cabelinho tinha apontado se apresenta dizendo um troço estranho depois do codinome do Esquecido e Cabelinho logo se dirige à Dimas, curioso:

-Dimas? O que é isso que você disse depois do nome do Esquecido? Ri? Ria? O que significa?

Dimas parecia bem mais reservado que Dereck, oq eu fez com que Cabelinho ficasse meio esperto com ele. Kor comenta sobre a situação da matilha e ele estava curioso com isso também. Queria saber os detalhes da história que vinha antes de ele chegar. E então chega outro homem e abraça Mayra. Paulo apenas leva sua mão direita à boca, meio impressionado com a demonstração de carinho, que ele nunca tivera antes. E assim que se recuperou, perguntou para Dereck:

-Mas hein? Eles são namorados?

E apontou para Mayra e Balik abraçados.

_________________
Roedores de Ossos - Ragabash - Hominídeo - Cliath
16 anos
Carisma 4
Aparência 2
avatar
Paulo Pereira

Mensagens : 278
Data de inscrição : 31/01/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ingrid - Vingadores

Mensagem  Ingrid Reis em Qua Fev 05, 2014 1:20 pm

Ingrid fica observando a interação entre os demais sem se intrometer. Apenas aproveita para falar aos que por ventura tenham não ouvido o que ela disse ou não tenham, quem sabe, compreendido o que o Guaxinim falou:

- Então, Vingadores, quem quiser aprender o Dom, toque nosso Totem e aguarde que o aprendizado seja concluído se concentrando única e exclusivamente no aprendizado do dom. E não deixem de manter a devida compostura diante do nosso Totem.

Deixa claro e evidente a necessidade de concentração, com assuntos fúteis como a vida sexual em pauta, a Theurge tinha que lembrar aos demais que estavam na frente do Totem da matilha e compostura era algo importante.

_________________
Ingrid Reis - Elo Espiritual
Impura - Athro - Theurge - Uktena - Devoradores de Demônios
Deformidade de Impura -> Propensa à Crueldade
Qualidades -> Magnetismo Animal
Raça Pura 4
Aparência 5
Fúria 2
avatar
Ingrid Reis

Mensagens : 394
Data de inscrição : 28/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Matilha Vingadores

Mensagem  Narrador em Qua Fev 05, 2014 1:45 pm

'- Que pena, mas a conjuntura é dinâmica... nunca diga dessa água não beberei...' - Diz o Ragabash em resposta, piscando novamente para o Presas de Prata e respondendo sobre o Fenris:

'- Ele não faz meu tipo...'

E, olhando para o Fenris diz:

'- Nada pessoal, mas antes que você se irrite eu vou ali conversar com os outros porque esse dom eu já sei e não quero levar outro esporro da Theurge...'

Fala em menção ao comentário de Ingrid e segue, conversando com Sem-Nome, Destrói-os-Mentirosos, Oráculo-das-Sombras e Executor. Gavião-Prateado também chega e se junta ao grupo, começando a conversar com o mesmo. Todos que tocam o Guaxinim, sentem uma enorme energia Gaiana passando pelo seu corpo e pouco a pouco vão sentindo que o conhecimento de falar com os espíritos começa a ser absorvido...
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [CAERN] Clareira Central

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 38 de 40 Anterior  1 ... 20 ... 37, 38, 39, 40  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum