Edifício Torre de Babel - Apt 502

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Edifício Torre de Babel - Apt 502

Mensagem  Emilie Blanc em Ter Set 03, 2013 9:40 pm

Um clima de casa de bonecas, com influências japonesas e um pouco de bagunça caracterizam o refúgio da dançarina Émilie Blanc. O prédio onde ela mora fica num subúrbio, que lhe permite certa discrição e não pesa em seu limtado orçamento. Entretanto, o interior do apartamento revela certo requinte de sua ocupante.

A sala que recebe a porta de entrada definitivamente, não é de visitas. Quatro largos espelhos estão posicionados nas paredes de drywall com isolamento acústico, pintadas de rosa-bebê. Nenhum móvel ocupa o centro do chão de madeira. Apenas em um canto uma mesa oriental abriga um potente micro system e uma vitrola, ao lado de vinis e CDs mal empilhados.





Lanternas japonesas coloridas emitem um clima psicodélico quando acesas. Acima de um dos espelhos, repousa uma katana decorativa.





Uma porta dá acesso ao que deveria ser uma cozinha. Sem geladeira, nem fogão, o lugar funciona meramente como lavanderia, com uma máquina de lavar, uma secadora e uma tábua de passar. Todas bem antigas.
Um corredor leva ao banheiro e ao quarto de Emilie, único local apto a receber um visitante...




Uma cama em estilo provençal ocupa a maior parte do cômodo, que também dispõe de charmosas cômoda, penteadera e poltronas.





Leques nipônicos e outras lanternas coloridas dão um toque oriental à casa da francesa.







avatar
Emilie Blanc

Mensagens : 433
Data de inscrição : 02/09/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Emilie Blanc - A Nuvem

Mensagem  Emilie Blanc em Qua Set 18, 2013 6:26 pm

Emilie interrompeu sua corrida frenética à porta do apartamento 502, largando a mala no chão para enfiar a mão dentro de sua bolsa, remexendo-a frenéticamente até encontrar suas chaves.
Enfiou a chave dentro da fechadura, pegando a mala de volta enquanto dava duas giradas enérgicas no ferrolho até liberar sua passagem.

Empurrou a porta com tanta pressa que mal a fechou. Jogou sua mala no corredor, deixando ela se arrastar no chão com um ruído seco e foi ligar seu micro system.
Uma música já estava engatilhada no CD e a dançarina sequer se deu ao trabalho de trocar. Apertou o Play para "Search and Destroy - Skunk Anansie"

Os pedidos de socorro da voz cristalina da criança já haviam se tornado berros aos ouvidos da malkaviana, mas ela já estava pronta para o transe doce e hipnótico que a levaria à Nuvem.

Balançou suas mãos, delicadas, mas velozes, dispersando as brumas que se erguiam a seu redor. Uma camada tênue para o mundo que só ela conhecia. Seus movimentos foram ganhando força conforme o ritmo da música ficava mais intenso, passando a envolver seus ombros, bustos, quadris e pernas... até ela dar um salto, girando energicamente no ar.
Quando seus pés tocaram novamente o chão, ela estava na Nuvem...

Pôde enfim ver o que estava ameaçando a paz.
Eram os trolls, com seus horrendos rostos retorcidos, pele grossa e esverdeada. Suas catapultas lançavam bolas de fogo, destruindo tudo o que atingiam e o caos era generalizado. Pessoas corriam para todos os lados, fugindo da violência assassina dos monstros.
Emilie sacou suas armas, e com um grito de guerra, avançou à luta.


Nuvem de Emilie:
avatar
Emilie Blanc

Mensagens : 433
Data de inscrição : 02/09/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Emilie - Antônio Conselheiro

Mensagem  Emilie Blanc em Qui Set 19, 2013 7:23 pm

Emilie abriu os olhos devagar com um sorriso satisfeito. O transe aliviava seu espírito como morfina, fazendo ela se sentir muito melhor.
Sua Nuvem era um paraíso. Um paraíso constantemente ameaçado e caótico, mas ainda assim, um paraíso.

A Nuvem estava salva, mas o Rio de Janeiro não, e conforme a consciência dos fatos retornava à mente fértil da dançarina, ela se aproximou de seu micro-system, e começou a fuçar nas estações de rádio, procurando alguma que estivesse passando o noticiário ou mesmo a tão aguardada coletiva de imprensa do exército.

Assim que se decidiu por uma, ela procurou sua bolsa, caída num dos cantos de sua sala de dança. Pegou seu celular e decidiu ligar para o membro que julgava ser o mais influente de seu clã.
- Talvez até ele precise de um conselho. - brincou sozinha a malkaviana.
Ficou ouvindo atentamente o rádio, enquanto esperava Antônio Conselheiro atender sua ligação.
avatar
Emilie Blanc

Mensagens : 433
Data de inscrição : 02/09/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Antônio Conselheiro - Emilie Blanc

Mensagem  Narrador em Qui Set 19, 2013 7:46 pm

Uma voz de homem atende a ligação sem muitos rodeios, já deixando claro que sabia com quem falava mesmo sem jamais ter conhecido Emilie:

'- Emilie Blanc, eu tenho certeza. Fez boa viagem até o Rio, pequena?'
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Emilie - Antônio Conselheiro

Mensagem  Emilie Blanc em Qui Set 19, 2013 8:31 pm

A dançarina arregala os olhos, sem conseguir deixar de se surpreender com o talento mediúnico do Conselheiro, apesar dele ser reconhecido por conta disso.
- Eu mesma! - diz sem disfarçar sua perplexidade - Sua fama definitivamente o precede, Conselheiro. Ou deveria dizer que seu dom de prever o futuro vem ainda antes? - brinca a malkaviana, mas logo retoma à sua branda seriedade.
- Fiz uma boa viagem, sim, e fiquei sabendo do que está acontecendo na cidade. Conversei com um taxista que me disse umas coisas bem interessantes... talvez você já saiba - comenta mais uma vez, com um ar levemente jocoso - mas vamos lá.

Emilie dá um suspiro, força do hábito, e fica bem mais séria do que antes.
- Ele me disse que o Exército vai dar uma coletiva para explicar os fatos, e que já mapeou os locais que foram atacados. Por acaso isso é obra de um dos nossos?
avatar
Emilie Blanc

Mensagens : 433
Data de inscrição : 02/09/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Antônio Conselheiro - Emilie Blanc

Mensagem  Narrador em Sab Set 21, 2013 5:32 pm

'- Não é obra de um dos nossos, mas é uma boa obra e devemos agradecer a Deus por essa boa ação que vem pra colocar tudo em ordem, mesmo que não coloque nada em ordem em si.' - Diz com ar profético o Malkaviano que segue falando:

'- Eu acho que essa nossa conversa deveria continuar pessoalmente. Que tal se você tomasse um banho, se arrumasse e fosse para a recepção na Ilha Fiscal, heim?'
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Emilie - Antônio Conselheiro

Mensagem  Emilie Blanc em Sab Set 21, 2013 9:42 pm

- Amém. - diz Emilie com gravidade, embora ela não concorde muito com a postura passiva de Conselheiro. Para ela era necessário descobrir quem estava por trás disso, se é que alguém realmente estava. O exército poderia apenas dar uma desculpa para explicar o inexplicável ou simplesmente estar equivocado. Antônio parecia prever que a ação seria pouco eficaz e talvez por isso mesmo deveria receber reforços organizados dos vampiros

Ela iria falar sobre sua desconfiança de que o Sabá pudesse estar aliado ao tráfico, bem como os altos números de Sabás que ela calculava haver na cidade, baseados nas notícias sobre os ataques, mas o pedido de Antônio fez ela deter suas palavras.
- Está bem - diz ela, fazendo breve uma pausa - seguirei o seu conselho. Esperarei o senhor me abordar, já que deve me conhecer melhor que eu conheço você.
A malkaviana dá outro riso suave.
avatar
Emilie Blanc

Mensagens : 433
Data de inscrição : 02/09/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Antônio Conselheiro - Emilie Blanc

Mensagem  Narrador em Ter Set 24, 2013 12:52 pm

'- Já estou à sua espera.' - Responde o Malkaviano.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Emilie - Antônio Conselheiro

Mensagem  Emilie Blanc em Ter Set 24, 2013 6:37 pm

O tom antecipado de Antônio Conselheiro mais uma vez impressiona Emilie, porém, desta vez, ela não prolonga a conversa.
- Está bem, estou a caminho.

Assim que desliga, mais uma vez ela se atenta as informações no rádio, aumentando um pouquinho o volume do aparelho antes de cuidar de seus afazeres. Passa a tranca na porta e pega sua mala, um tanto raspada por outros momento de desleixo da dançarina. Levou-a para a cozinha-lavanderia e despejou tudo no chão, ao lado do tanque, fazendo um montinho caótico.
- Lavar roupa todo dia... aaii, que agonia! - canta sozinha a malkaviana, embora ela não pretendesse cuidar daquelas roupas, menos sujas do que amassadas. Ela tira as peças que estava usando, acrescentando-as no mesmo montinho e segue nua até o banheiro, onde toma uma ducha.

Enrolada na toalha, enquanto escolhe o que vestir para ir até o Elísio, Emilie liga para seu carniçal.
- Carlinhos, Carlinhos! Estou precisando de uma carona, e queria conversar com você sobre as minhas próximas apresentações. Pode passar aqui?

Com a concordância dele, Emilie desliga o telefone e termina de se arrumar, esperando um aviso de Carlinhos de Jesus para descer do prédio.
avatar
Emilie Blanc

Mensagens : 433
Data de inscrição : 02/09/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Edifício Torre de Babel - Apt 502

Mensagem  Narrador em Qua Dez 25, 2013 6:38 am

avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Emilie - Guille

Mensagem  Emilie Blanc em Dom Abr 20, 2014 7:00 pm

Segurando a mão de Guille, Emilie sai do elevador, posicionando-se à porta do 502 e tira do bolso do vestido branco um pequeno par de chaves, usando uma delas para abrir o apartamento. Conduz o toreador para dentro antes de trancar novamente o espaço.

Uma sala razoavelmente larga, que poderia ser mobiliada para receber visitas, está praticamente vazia. Quatro largos espelhos nas paredes refletem a imagem dos dois vampiros e a luz de lanternas japonesas coloridas assim que Emilie  acende as luzes. Uma mesinha oriental num canto, sustentando um potente micro system e uma vitrola, ao lado de vinis e CDs mal empilhados, é o único móvel ali. Uma katana decorativa, acima de um dos espelhos, completa o ambiente.

Os passos de Emilie ecoam no chão de madeira enquanto ela aponta direções para Guile.
- Meu quarto fica ali, seguindo o corredor, à direita. O banheiro também, na mesma direção, à esquerda. Meu apartamento é pequeno, não tem como você se perder. Se quiser se lavar ou repousar um pouco...

Beija-o de leve mais uma vez, tentando fazer com que ele entendesse sua sugestão como uma deixa para ela ficar sozinha por um momento. Se afasta dele então, começando a mexer nos seus CDs e vinis ao lado do rádio, enquanto tirava o telefone do bolso ligando para Terry Constantine.

_________________
Aparência: 5 (Rosto de bebê)
Carisma: 5
avatar
Emilie Blanc

Mensagens : 433
Data de inscrição : 02/09/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Guille - Emilie

Mensagem  Guille França em Dom Abr 20, 2014 10:33 pm

Guille adentra no refúgio de Emilie observando onde ela descansava durante o dia, os espelhos, as lanternas, a katana, tudo fazia o Toreador sorrir, lembrava muito, mas muito mesmo o dojô de seu querido Mestre Maeda, e aquilo deixa Guille meio nostálgico, porém ele percebe a dica da bailarina que precisava de um tempo sozinha, e retribui seu beijo, respondendo enquanto ia para o banheiro.

"- Vou te deixar fazer suas coisas, qualquer coisa que precisar só me chamar que eu venho correndo. Vou tomar um banho, se puder..."

O Toreador sorri e pisca para Emilie, então entra no banheiro e começa a se despir, para poder se banhar, sua camisa estava queimada, molhada, com terra, ao menos não estava ferido, nem a Malkaviana, diferente de Natanael que tinha sido mordido ou quem se queimara no Elysium, as imagens da noite se sobrepõem, o Cainita se olhando no espelho vê muitas coisas acontecendo, Eloá virando uma poça de sangue, tudo ficando escuro e silencioso, o calor do fogo, a queda pro mar, aquele grito que ainda lhe ecoava na mente, a sensação da Besta o tomando, ele fecha os olhos e se concentra, afastando o desejo de sangue. Mas não consegue se mover, fica se encarando no espelho, tentando entender tudo que ele se tornara.

_________________
Carisma: 4
Aparência: 3
avatar
Guille França

Mensagens : 293
Data de inscrição : 04/02/2014
Idade : 24
Localização : Sâo Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Emilie - Guille

Mensagem  Emilie Blanc em Seg Abr 21, 2014 9:28 pm

Antes de ir falar ao telefone, Emilie acena positivamente para Guille.
- É claro! Fique à vontade. Pode usar minha toalha.
Pisca de volta para o toreador, com um sorriso gentil.

O banheiro de Emile é branco, um pouco antigo, mas limpo. As toalhas de rosto e de banho não combinam entre si. A primeira é azul clara, a segunda é amarela, com florzinhas.

_________________
Aparência: 5 (Rosto de bebê)
Carisma: 5
avatar
Emilie Blanc

Mensagens : 433
Data de inscrição : 02/09/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Emilie Blanc - A Morte do Cisne

Mensagem  Emilie Blanc em Ter Abr 22, 2014 9:53 pm

Depois da conversa com Terry Constantine, Emilie desligou seu aparelho e aproveitou para ver que horas eram. Já era tarde. Deixaria para fazer o que ainda precisava na noite seguinte. Havia apenas uma coisa que não podia deixar de ser àquela noite.

No meio da pilha desordenada de CDs, Emilie encontrou não apenas um que convinha a seu propósito, mas também um par de sapatilhas de ballet, que vestiu cuidadosamente depois de tirar os seus sapatos, cuja sola suja de terra, fuligem e sangue contaria a história daquela noite. História que ela precisava colocar um ponto final.

"Cláudia, Marie, irmãozinhos da Nuvem. Farei uma bela homenagem a vocês."
Sua Nuvem havia sido completamente destruída. Por mais que ela talvez nunca tivesse lhe pertencido, cabia-lhe pelo menos fechar a porta.

A malkaviana se aproximou do rádio, inseriu o CD e começou a mexer nos botões, colocando uma música para tocar. Não era necessário ser um grande entendedor de ballet para reconhecer a melodia. Pertencia à clássica coreografia de "A Morte do Cisne".


Logo que a música começa, a bailarina se afasta do rádio nas pontas, já executando a performance. Seus gestos são delicados, leves, precisos, impressionantemente bem executados. Prenderia a atenção das maiores plateias, deixando os críticos mais exigentes completamente boquiabertos. O cabelo solto, o vestido branco todo desbotado e manchado, davam nuances ainda mais pitorescas à famosa dança e a agonia genuína em seu semblante fazia sua interpretação ainda mais poderosa.  

Emilie sofria, como o Cisne que agonizava até morte. Morria como se fosse Cláudia. Morria como se fosse Marie, mas fazia a morte delas, senão mais belas, ao menos representadas, ao menos lembradas.
Ao mesmo tempo, morria como se fosse sua Nuvem, que deveria estar perdida, para sempre.

_________________
Aparência: 5 (Rosto de bebê)
Carisma: 5
avatar
Emilie Blanc

Mensagens : 433
Data de inscrição : 02/09/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Guille - Emilie

Mensagem  Guille França em Qua Abr 23, 2014 12:04 am

O Toreador estava no banheiro sem camisa, ele manda uma mensagem para seu carniçal dizendo que não estaria no refúgio porém queria tudo pronto para o evento do dia seguinte, quando escuta a música começar na sala. Imediatamente ele sai do banheiro, e vai até onde Emilie dançava, o Cainita fica absolutamente impressionado, e seu defeito de Clã o afeta, ele não tenta resistir, deixa-se levar pela melodia, pela dança, vê Emilie na ponta dos pés, vê a representação da morte do Cisne, coisa que o faz lembrar das mortes do dia, das mortes de sua vida, de sua não-vida, e durante todo esse tempo ele não move nem faz nenhum som, Guille estava estático.

Então quando a Malkaviana vai ao solo e finaliza sua apresentação apenas o que ela pode ouvir são aplausos e mais aplausos, o Toreador estava realmente empolgado, e se aproxima dois passos dela, a estende a mão e fala.

"- Vem, vamos descansar dessa noite infelizmente inesquecível."

Guille sorria, o sorriso mais sincero e puro de toda sua vida, pois estava realmente feliz.

_________________
Carisma: 4
Aparência: 3
avatar
Guille França

Mensagens : 293
Data de inscrição : 04/02/2014
Idade : 24
Localização : Sâo Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Emilie - Guille

Mensagem  Emilie Blanc em Qua Abr 23, 2014 1:46 am

Pela primeira vez, a dançarina não queria aplausos. Estava de luto, lamentando todas as suas perdas. Contudo, as palmas ajudam a malkaviana a voltar à realidade.
Havia sido bom ter trazido Guille. Se dependesse dela com certeza dormiria ali, no chão duro, na mesma posição final do cisne morto, e reagir à manifestação de entusiasmo toreador a fazia se lembrar de que ela ainda estava viva, mesmo que tudo o que ela mais amava tivesse se perdido.

Levanta a cabeça devagar, virando o rosto para ele. Aceita a mão que ele lhe oferece, pousando a sua, de início delicadamente, depois, apoiando-se nela com mais força para se reerguer. Passa os braços ao redor dos ombros de Guille, dando-lhe um sorriso triste e apoiando-se em seu peito nu.
- Vamos, vamos para o meu quarto.

O quarto de Emilie lembra muito uma casa de bonecas, todo decorado em rosa-bebê e branco, com móveis em estilo provençal francês. A cama é grande, de casal, e está arrumada, coberta por uma colcha grossa e dois pares de travesseiros grandes, na mesma combinação de cores. Parece muito confortável.  

A malkaviana sequer se coloca para dentro das cobertas, apenas se deita em um dos lados da cama, deixando o outro para Guille. Mantêm sua mão entrelaçada à dele dando um suspiro de alívio assim que pousa a cabeça nos travesseiros.

_________________
Aparência: 5 (Rosto de bebê)
Carisma: 5
avatar
Emilie Blanc

Mensagens : 433
Data de inscrição : 02/09/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Edifício Torre de Babel - Apt 502

Mensagem  Narrador em Qua Abr 23, 2014 8:01 am

avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Edifício Torre de Babel - Apt 502

Mensagem  Convidado em Sex Maio 09, 2014 7:45 am

O Telefone de Emilie Toca.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Guille - Emilie

Mensagem  Guille França em Sex Maio 09, 2014 8:28 am

O Toreador desperta, e não como normalmente acontecia quando as pessoas dormiam em lugares esteanhos, ele não acorda perdido, e sim atento, ele vira seu rosto em direção a Malkaviana que ainda estava em seu descanso diario. O sol devia ja ter se posto, mas era cedo até para Guille levantar, ele sabia que deveria alongar, devia meditar, e praticar seu tai-chi de todos os dias, mas aquela beleza ao seu lado, aquele pedaço de paraiso que tinha encontrado no inferno do Rio de Janeiro o prendia a cama.

Ele fica observando a garota, sorrindo bobamente, e não desvia seus olhos nem por um segundo, até um barulho irritante de celular tocando o distrair, maldito fosse quem estava ligando, alem de interromper sua observação ainda iria acordar Emilie, e perturbar a paz que sentia olhando o rosto belo da bailarina.

Guille olha para o aparelho dela que tocava, e volta a se focar nos olhos da Malkaviana, esperando que eles se abrissem, e no minuto que acontecesse ele falaria com uma voz suave e baixa, quase um sussurro.

"- Olá bela Ems, queria acordar todos os dias com uma visão tão bela."

_________________
Carisma: 4
Aparência: 3
avatar
Guille França

Mensagens : 293
Data de inscrição : 04/02/2014
Idade : 24
Localização : Sâo Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Emilie - Guille (Despertar)

Mensagem  Emilie Blanc em Qua Maio 14, 2014 9:06 am

- AAAAAAAAHHHH!!!!
Emilie acorda de uma vez só, abrindo os olhos subitamente e erguendo o tronco, ficando sentada na cama. Seu corpo todo treme, convulso, e as presas da malkaviana, que haviam saltado durante o grito, continuavam pra fora, ampliando a expressão bestial que toma o rosto da bailarina, todo contorcido de desespero e fúria. Rosnsa, balançando os ombros pra cima e para baixo, reprimindo uma enorme agitação dentro de si, que estaria prestes a se tornar uma explosão...

Fizera um esforço enorme, mas não conseguira conter seus instintos bestiais, há tanto tempo reprimidos, recém atiçados pelo turbulento sono diurno. Seus olhos injetam-se de vermelho e seus músculos se retesam. O rosto gira de uma lado para o outro, procurando um alvo para sua fúria.

_________________
Aparência: 5 (Rosto de bebê)
Carisma: 5
avatar
Emilie Blanc

Mensagens : 433
Data de inscrição : 02/09/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Guille - Emilie

Mensagem  Guille França em Qui Maio 15, 2014 12:25 pm

Guille vê Emilie quebrar a serenidade de seu sono acordando em Frenesi, ultimamente o Toreador via varios freenesis, mas Emilie nunca deixava de ser bela, nem quando sua insanidade típica do clã a toma.

O Toreador não queria machucá-la, mas sabia que precisaria segura-la com firmeza. Ele segura firmemente seus braços, numa pegada tipica do jiu-jistu, e usa um golpe de alavanca com seu corpo para deitá-la na cama, tentando passar para a posição 'montada' da luta que praticava, enquanto fala.

"- Emilie, olhe pra mim, foque em mim, a Besta não te controla!"

_________________
Carisma: 4
Aparência: 3
avatar
Guille França

Mensagens : 293
Data de inscrição : 04/02/2014
Idade : 24
Localização : Sâo Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Guille França | Emilie Blanc

Mensagem  Narrador em Qui Maio 15, 2014 2:21 pm

Com sua força, Guille conseguia manter Emilie temporariamente sob controle, no entanto o estado da lunática era totalmente bestial.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Emilie - Guille

Mensagem  Emilie Blanc em Qui Maio 15, 2014 2:30 pm

O tranco de seu corpo contra a cama contem Emilie por um momento, mas logo em seguida, seu ímpeto retorna, ainda mais forte. A malkaviana se debate violentamente sob a pegada de Guille e suas presas saltadas movem-se para frente e para os lados tentando cravar-se em qualquer parte do corpo do toreador, para buscar-lhe o sangue. Grunhidos escapam de seus lábios e os olhos vermelhos parecem não ver nada além de sua fome.

_________________
Aparência: 5 (Rosto de bebê)
Carisma: 5
avatar
Emilie Blanc

Mensagens : 433
Data de inscrição : 02/09/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Thomas - Emilie

Mensagem  Michael Collins em Qui Maio 15, 2014 10:05 pm

*Thomas Haulot envia uma mensagem para o celular de Emilie logo no começo da noite*

OFF: inbox

_________________
"O vencedor é quem ficou na posse do campo de batalha."

Carisma 5 (inspirador)
Aparência 4
Olhos: cinzentos com pontinhos cor de mel
Cabelos: castanhos
Idade aparente: 30
Altura: 1,81 m
avatar
Michael Collins

Mensagens : 148
Data de inscrição : 03/11/2013
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Guille - Emilie

Mensagem  Guille França em Qui Maio 15, 2014 11:33 pm

O Toreador olha fixamente nos olhos de Emilie, ele estava quase rezando para que ela saísse daquele estado, e mesmo assim estava impotente, e a única coisa que conseguia fazer era segurar ela firmemente, evitar suas presas e evitar que ela se debatesse muito.

"- Volte Emilie, você consegue... Volte!"

_________________
Carisma: 4
Aparência: 3
avatar
Guille França

Mensagens : 293
Data de inscrição : 04/02/2014
Idade : 24
Localização : Sâo Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Edifício Torre de Babel - Apt 502

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum