[CAERN] Entrada Oeste - Barra da Tijuca (Zona Oeste)

Página 7 de 10 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: [CAERN] Entrada Oeste - Barra da Tijuca (Zona Oeste)

Mensagem  Declan Konietzko em Sab Jun 14, 2014 12:33 am

Ouvia as ofensas a Kor e aquilo desagradava o Senhor das Sombras, por serem irmãos de tribo porém tinha que concordar que não era uma das melhores idéias uma vez que não saberiam onde encontrar o líder.

Mayra defende Kor então o Ragbash não via motivo pelo qual falar, apenas ouvia as respostas enquanto se concentrava.

_________________
Sombra da Noite Ragabash Senhor das Sombras
Aparência 5
Raça Pura 5
Carisma 5
Magnetismo Animal
avatar
Declan Konietzko

Mensagens : 169
Data de inscrição : 19/04/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Julian Kraken "Esquecido" (Hominídeo) - ESQUADRÃO DA FÚRIA

Mensagem  Julian Escott em Sab Jun 14, 2014 6:56 am

* Como esperado, a discussão inicial sobre as lealdades e alianças tribais é varrida para baixo do tapete em virtude do assunto mais importante, a missão. O Roedor de Ossos era esperto o suficiente para notar o olhar que o pupilo de Ira-de-Thor direcionava à Kor e Spyware, mas não investiria nesse assunto. Aparentemente tudo estava preparado para a partida quando o Galliard Senhor das Sombras diz ter alguma ajuda a oferecer e Julian aguarda maiores esclarecimentos. Um novo foco de confusão se inicia assim que, novamente, Remly aproveita a oportunidade para satirizar o que fora dito por Sopro-da-Tempestade. Julian fecha a cara, sabendo que dessa vez não poderia evitar a defesa da Honra de sua matilha, mas Mayra toma a frente e faz aquilo por ele, talvez para poupar sua imagem naquele momento. Aproveita a oportunidade para ouvir todo o resto, decidindo se manifestar de uma vez por todas ao final de todo o ocorrido, voltando-se diretamente para Ira-de-Bran, deixando a conversa à nível de liderança: *

- Spyware e "Voz-de-Taranis, ADREN, Ahroun dos Fiannas" realmente tem razão, tamo enrolando demais por aqui e eu sempre prefiro enfiar a mão na cara da puta da Wyrm do que brincar de TV Fama na chuva.

* Sugeria sutilmente que as coisas estavam se assemelhando demais à conversa de lavadeiras, e fica satisfeito com a provocação velada. Olha para Amanda nesse momento, captando sua cara de poucos amigos e sorrindo ironicamente, bastante ciente de que aquilo era obra dela. A ex juíza da Esquadrão da Fúria estava se saindo impecavelmente bem na função de Nelson Rubens. Não prolongaria a discussão, o nivel de imbecilidade daquilo tudo começa a ficar perigosamente alto demais: *

- Só vamo manter o respeito antes que a coisa por aqui acabe ficando romântica demais. Sabe como é.. mais saudável, tá ligado!?

* Sorri levemente e da de ombros, como se não se importasse, mas havia sempre ali uma sugestão de selvageria.. estava claro que não seria conciliador por muito mais tempo. Comenta primeiro com Kor, em torno de quem girava boa parte da discussão: *

- Kor, cê vai entrar junto com a matilha e depois é contigo fazer o que tu acha que dá pra fazer, já é?! Minha confiança cê tem.

* Volta-se para todos os demais e determina: *

- Ficamos com o plano original. Spyware e Falcão-Vingador entram primeiro, Ungidos cobrem a retaguarda do ataque, os Ragabashs garante que nóis não rode e o resto vocêis já tão ligado como vai funcionar. Agora vamo logo mete o pé naquele lixão do caralho que hoje a Seita vai ter algo pra comemorar!

* Tentava ignorar os ranços apodrecidos que haviam se apoderado das relações interpessoais e tornado o ambiente pesado. Precisavam agir logo e esta era a hora. Sem mais, meramente vira-se para sua matilha e dá o comando: *

- Esquadrão, pro carro. Bora fazer a Wyrm chorar..

* Aguarda eventuais respostas enquanto assiste sua matilha seguir em direção à grande caminhonete da Esquadrão da Fúria. Após se certificar de ter ouvido tudo o que havia para ouvir, os segue despreocupadamente e assume o assento do motorista. Estava na hora. *



_________________
Julian Escott Kraken - "Esquecido"
Alfa da Esquadrão da Fúria e líder dos Roedores de Ossos da Seita
Ahroum - Roedor de Ossos - Adren

Aparência 5 (-2, cicatriz na face)
Fúria 6
Raça-Pura 0

Características notáveis:

- Uma série de cicatrizes de batalha que se evidenciam em seu peito, costas e ombro, sendo a mais notável um corte profundo que percorre sua face.
avatar
Julian Escott

Mensagens : 221
Data de inscrição : 16/02/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Philip - Todos

Mensagem  Philip Telford em Sab Jun 14, 2014 8:27 am

Philip vê que o clima esquentava com a ideia de Kor, e criticas e falta de respeito começam a voar para todo lado, mas chamar Mayra, a guerreira de sua tribo, de amante de outro Garou era uma ofensa imperdoavel para o Fianna, e se Voz-de-Taranis não tivesse sido rápida e cirurgica em sua resposta o Theurge com certeza teria falado algo e feito besteira, ele sabia que pessoalmente não aceitaria uma ofensa a sua Tribo assim, e marca o nome de quem os havia ofendido, talvez alguma assombração depois o faria mudar de ideia.

Sim, ele passara muito tempo com Uktenas, e tinha um pouco da sombriedade deles.

Um segundo antes de Mayra e Julian se pronunciarem, Philip tinha dado um passo que era quase um salto a frente, cerrando os punhos, com uma mão na guarda de seu facão, mas disfarçara, talvez muito mal, tal reação como uma ida ao furgão, logo depois co Alfa decretar que deveriam ir.

O colete de Philip estava todo ensopado, seu cabelo e barba também, ele entra, se posiciona num dos bancos da ultima fileira de trás do veiculo, prende seus cabelos em um rabo para não atrapalharem na ação e mantem sua cara carrancuda, ele deixaria que Dimas relatasse sobre a névoa, e o aliado que conseguiram, que esquentava com fúria o facão de Drink-no-Abismo estava ansioso em ser liberto, assim como Philip em lutar. Ele toma um gole de seu frasco de whisky e aguarda a partida. Soturno

_________________
Drink-no-Abismo
Fianna - Theurge - Hominídeo - Cliath
Fúria: 2
Aparência: 4 (1,90 - 100kg)
Carisma: 1 (carrancudo)
Sempre com um frasco de whisky a mão, seu colete do moto-clube e um facão na cintura
avatar
Philip Telford

Mensagens : 218
Data de inscrição : 23/05/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [CAERN] Entrada Oeste - Barra da Tijuca (Zona Oeste)

Mensagem  Convidado em Sab Jun 14, 2014 9:26 am

Ofensas, implicações, indiretas... embaixo de uma tempestade e saindo para uma missão mortal... é, esses Garou estão precisando ouvir algumas histórias antigas.

Dimas permanece em silêncio. Se fosse de posto mais elevado, colocaria um fim naquela discussão e naquelas trocas de farpas imediatamente. Principalmente porque era a sua Matilha o principal alvo das ofensas...

Depois das palavras de Esquecido, ele segue para a van logo atrás de Philip e se assenta ao lado do Theurge encharcado. Suas roupas também estavam molhadas e ele molha todo o banco do veículo. Quando Esquecido toma o banco do motorista, ele diz:

_Esquecido, a tempestade não permitiu que a Névoa se materializasse, não consegui convencê-la a nos ajudar. Mas com esse aguaceiro todo nenhum tipo de névoa ou fumaça ia nos ajudar a nos escondermos... mas vou tentar conjurar um espírito da noite quando chegarmos lá. Levarei apenas alguns segundos.

Olha para Philip para que ele mesmo contasse sobre o espírito, mas ele estava carrancudo e em silêncio. Então Dimas resolveu continuar.

_Mas nosso amigo Philip conseguiu a façanha de conjurar um forte espírito da Guerra e o convenceu a nos emprestar um pouco de seu poder. Ele vai ser de muita ajuda.

Dimas havia perdido parte da discussão e nem sabia se entrariam escondido ainda... esperava a resposta do Alfa ou de algum outro membro da Esquadrão.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ira-de-Bran - Esquecido / Voz-de-Taranis

Mensagem  Narrador em Sab Jun 14, 2014 2:41 pm

O sorriso irônico de Julian para Amanda arranca apenas um balanço negativo de cabeça da juíza que, definitivamente, não gostava de Esquecido. Ao fim da fala de Julian, em defesa de Mayra, o Philodox olha sério para o Ahroun e diz:

'- Não tenho medo de ameaças. Muito menos vindas de você. Não se intrometa nos problemas que não são de sua tribo, os Fiannas se resolvem entre os Fiannas. A não ser que alguém esteja querendo renegar a própria tribo depois de arrastar o nome da mesma na lama... mas mesmo isso não é da sua conta. Vamos para a missão que já perdemos tempo demais aqui e é bom descontar o clima que tá no ar na Wyrm...'

Olha de relance para a Mayra com olhar sério e apenas diz a esta:

'- Com você eu me entendo na reunião de tribo. Os Fiannas ainda não discutiram seus crimes e acho que chegou a hora desse debate ser feito.'

Ira-de-Bran olha para sua matilha e os convoca para seguirem ao seu furgão e eles assim o fazem. As demais matilhas que apenas assistiam o estranhamento da Esquadrão da Fúria com a Alma de Gaia nada falam, apenas seguem para seus carros também ao sinal de Julian. E as três matilhas partem, restava à Esquadrão da Fúria fazer isso.


OFF GAME: A cena segue no Lixão de Santa Cruz.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mayra - Julian

Mensagem  Mayra Hildebrand em Dom Jun 15, 2014 10:50 am

A Fianna encara Ira de Bran enquanto ele fala e apenas leva sua mão com suavidade ao ombro de Julian, dizendo para ele antes que ele falasse algo e complicasse a já delicada situação dela dentro da tribo:

- Ignore isso, Esquecido. Eu mesma lidarei com essa situação quando for a hora.

Não podia permitir que, mesmo por defende-la, Julian se envolvesse nos assuntos Fiannas e, no fundo, acreditava que era possível isolar Ira de Bran e sua postura ridícula. A Ahroun segue para o carro logo após as outras matilhas irem, se acomodando no banco do carona e esperando que Julian desse a partira. Descontaria sua fúria nos inimigos.

_________________
Mayra Hildebrand - Voz de Taranis
Hominídeo / Fianna / Ahroun / Tuatha de Fionn
(Aparência 5 / Fúria 7 / Raça Pura 5)
**** Voz do Rouxinol ****
**** Magnetismo Animal ****

Cicatrizes de Batalha
* Cegueira dos Dois Olhos (provocada por um Rastejante Nexus)
* Cicatriz Profunda na altura do abdômen (provocada por um Ancião dos Dançarinos da Espiral Negra)
avatar
Mayra Hildebrand

Mensagens : 429
Data de inscrição : 28/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Kiba Valentine (Hominideo) - Esquadrão da Fúria / Matilhas de Apoio

Mensagem  Kiba Valentine em Dom Jun 15, 2014 5:04 pm

O Ahroun simplesmente estava sem paciencia para as palhaçadas e alfinetadas desnecessárias que os Garous da outra matilha destinavam a sua. Era triste ver que, com tantos problemas bem diantes de seus olhos, eles ainda conseguiam arrumar tempo para testar quem era mais imbecil que quem.

Kiba tentava afastar aqueles pensamentos que só o deixavam desanimado e agradece mentalmente a Julian quando ele solicita que a matilha va para o carro. Sem dizer mais nem uma palavra ele segue para o veiculo enquanto um outro Fianna, tão venenoso quanto o irmão de Wolfhere, tenta mais uma vez ferir a Esquadrão.

O Presa de Prata cerra os punhos e entra no veiculo. Se ele dissesse mais alguma gracinha para algum membro da Esquadrão a missão iria para o inferno, mas Kiba quebraria todos os dentes daquela maldita boca.

_________________
Hominídeo - Ahroun - Presa de Prata - Anjos Guardiões - Inimigos da Wyrm - Cabana da Lua
Cicatrizes: Cicatriz profunda em forma de "/" no tórax e cicatriz superficial na altura do coração.
Carisma 03
Aparência 04
Raça Pura 05
Fúria 07
Idade: 17 anos
Altura: 1,70
Peso: 76kg
avatar
Kiba Valentine

Mensagens : 585
Data de inscrição : 28/01/2013
Idade : 29

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Kor Yance McDonell (Hominídeo) - Todos / Remly

Mensagem  Kor Yance McDonell em Seg Jun 16, 2014 12:16 pm

E não foi diferente. Logo após tentar expor mais uma ideia na intenção de ajudar, Remly é o primeiro a se manifestar de forma grosseira, sarcástica e mais uma vez totalmente infantil. Se fosse em outros tempos, Kor já tinha dado uns dois passos e enfiado a mão na cara daquele palhaço com tanta força que iria esquecer o pouco de nome que carregava. Prestava atenção em suas palavras e guardava aquilo com muita precisão. Remly pagaria pelo preço da sua audácia e ele mal imaginava como Kor era rancoroso. Havia apresentado uma ideia na intenção de ajudar e ainda assim dizendo que nem se comparava com a Ira de Gaia, mas pelo visto a humildade não era o forte de Remly.

Iria dar uma resposta a altura, mas por um momento agradeceu a intervenção de Spyware sendo bem mais educado e inteligente que o prepotente Remly. Kor acenou positivamente para Spyware e encarou Remly no fundo dos olhos com um leve sorriso psicopata estampado no rosto. Eis que então Mayra se manifesta exigindo respeito e mais uma vez Kor sente que mais uma vez estava na matilha certa. Se sentia realmente entre irmãos e em uma família de verdade.

Agradecia silenciosamente a atitude de Mayra que deixou Remly no chinelo por sua arrogância e apreciava o esporro da Fianna encarando o irmão de Wolfhere. Ira-de-Bran intercede colocando um freio também em Remly provando que estava sem razão e mais uma vez Mayra se posiciona brilhantemente.

Julian também faz o mesmo e dessa vez invoca até mesmo seu posto como o de Mayra para mostrar quem eh que estava mandando naquela porra toda. Pede respeito também por parte daqueles que se excedia e diz no final das contas que poderia fazer o que acha que daria para fazer. Tinha a confiança do Alpha e mais uma vez Kor fica agradecido pela postura do Alpha. Era algo que apreciava: confiança. Estava fazendo até mesmo o que estava além de seu alcance em prol da matilha. Acenou positivamente para Julian o agradecendo.

O plano original então ficou estabelecido e diante da ordem de Esquecido para seguirem. Kor entra no carro com uma única certeza. Mostraria para Remly que o único estúpido ali era ele. Não precisava dizer nada, apesar de não ter gostado das palavras do pupilo de Ira-de-Thor, manteve-se seu sorriso no rosto e ignorou o que não faria diferença.

Entrou no carro e seguiu junto com a matilha.

_________________
Hominídeo - Galliard - Fostern - Senhor das Sombras - Senhores do Cume - "Sopro-da-Tempestade"
_______________
Aparência 05

Fúria 05
Raça Pura 03

Cicatriz no peito num formato [ / ], cabeça em [ | ] e nas costas em [ Z ].




"Diante de uma larga frente de batalha, procure o ponto mais fraco e, alí, ataque com a sua maior força."
avatar
Kor Yance McDonell

Mensagens : 325
Data de inscrição : 28/01/2013
Idade : 27
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [CAERN] Entrada Oeste - Barra da Tijuca (Zona Oeste)

Mensagem  Declan Konietzko em Seg Jun 16, 2014 5:57 pm

Declan não abria sua boca durante as discussões de todos os garous ali presentes, não tinha porquê fazê-lo uma vez que não sabia de muita coisa que havia acontecido ali. Uma coisa estava na cara, Julian e Mayra tinham alguma relação que incomodava os demais, talvez pelo fato do garou ser um Roedor, não sabia.

Ao terminarem de falar os garous começavam a adentrar no carro, Sombra da Noite não faz diferente, apenas entra no veículo e segue junto com os demais.

_________________
Sombra da Noite Ragabash Senhor das Sombras
Aparência 5
Raça Pura 5
Carisma 5
Magnetismo Animal
avatar
Declan Konietzko

Mensagens : 169
Data de inscrição : 19/04/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [CAERN] Entrada Oeste - Barra da Tijuca (Zona Oeste)

Mensagem  Convidado em Ter Jun 17, 2014 6:47 pm

Dereck se limitava a ouvir e gravar, os fiannas tinham seus problemas e ele precisava saber em quanto isso era importante...

Ouvir e gravar...

Sem se manifestar, ele segue até o carro, e fica simplesmente aguardando para seguirem ao local da missão.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Julian Kraken "Esquecido" (Hominídeo) - ESQUADRÃO DA FÚRIA

Mensagem  Julian Escott em Qua Jun 18, 2014 6:12 am

* Julian esperava seus irmãos de matilha gradualmente se dirigirem até a picape estendida da Esquadrão da Fúria e fica por ultimo, aguardando possíveis respostas vindas da matilha que antagonizava a sua própria. Ira-de-Bran não tarda em fazer exatamente o que era esperado de um cara que já fora avaliado pelo Roedor de Ossos como um imbecil e dá mais um showzinho. Desta vez Esquecido simplesmente encara o Fianna e soergue uma sobrancelha, como se fosse difícil entender as babaquices que estavam sendo ditas, e então apenas esboça por fim um largo e intenso sorriso, folheado com o mais puro desdém. *

" Ameças!? Roedor não ameaça, mermão.. quando eu quiser, simplesmente faço.. rs "

* Achava o desfecho da situação satiricamente engraçado, não apenas Remly e Amanda eram criaturas desprezíveis, mas também o cara que os liderava.. parecia que os iguais acabavam se encontrando, e Julian sinceramente não poderia se importar menos. Ainda sorria quando Mayra lhe toca o ombro pedindo calma, ao que o Roedor de Ossos vira-se para seguir ao carro e responde muito despreocupado apenas para a Fianna que era sua Garou de confiança: *

- Relaxa, ruiva.. to bem pouco me fodendo pro líder chupa bola e sua escolta baitola..

* Segue junto com os demais para o carro e assume o banco do motorista, de onde apenas dá de ombros para Mayra, como se não pretendesse causar mais problemas.. mas realmente lhe incomodava a noção de que a ruiva tivesse problemas internos de Tribo por sua causa, mas deixaria que ela resolvesse essas questões. Observa Dimas pelo retrovisor central quando este lhe fala sobre a invocação dos espiritos e acena positivamente com a cabeça demonstrando que entendera. Nada diz, no entanto, e se limita a dar a partida no veiculo da matilha e seguir caminho para o maldito lixão. *

_________________
Julian Escott Kraken - "Esquecido"
Alfa da Esquadrão da Fúria e líder dos Roedores de Ossos da Seita
Ahroum - Roedor de Ossos - Adren

Aparência 5 (-2, cicatriz na face)
Fúria 6
Raça-Pura 0

Características notáveis:

- Uma série de cicatrizes de batalha que se evidenciam em seu peito, costas e ombro, sendo a mais notável um corte profundo que percorre sua face.
avatar
Julian Escott

Mensagens : 221
Data de inscrição : 16/02/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Julian Kraken "Esquecido" (Glabro) - Esquadrão da Fúria / Mayra / Paulo

Mensagem  Julian Escott em Qui Out 09, 2014 11:04 am

* A pick-up da Esquadrão da Fúria corta as ruas da cidade com velocidade mediana. Apesar da chuva e dos eventuais problemas que a cidade estivesse sofrendo, a hora era avançada e não haviam muitos carros pelo caminho.. além do que Esquecido conhecia muito bem a região da qual a matilha fora incumbida e escolhia os melhores caminhos para evitar problemas. Dentro de algum tempo, adentravam o estacionamento do Caern e, ao contrario de quando saíram pra missão, agora a chuva não era pesada como antes. Manobra o furgão negro com algum cuidado, dado o tamanho exagerado do veículo, e finalmente puxa o freio de mão se dando por satisfeito. Olha para trás, indicando aos irmãos de matilha o que fariam: *

- Vamo direto pro cemitério enterrar nossos morto.. mas depois, antes de entrar na clarera central, vamo parar pra bater uma ideia. Acho que depois de todo o caralho que foi essa Colmeia, tamo precisano.

* Complementa, após percorrer os rostos de todos com os olhos: *

- Cabelinho, cê trais o corpo do Dimas?

* A pergunta era retórica, sabia que Paulo o faria de bom grado e portanto não espera respostas. Apenas tira a chave deixa o veículo, circulando-o até a porta do passageiro, onde Mayra estava. Espera que ela abra a porta por contra própria, estimulando-a em sua autonomia, e então a recepciona dizendo com alguma gentileza: *

- Ruiva, pega no meu braço se precisar pra eu te mostra o caminho..

* Aguarda que todos saiam do veiculo e o tranca, para só então adentrar uma das trilhas em conjunto com os demais. Ia auxiliando Mayra por todo o trajeto, sem no entanto super protege-la. Quando estão dentro o suficiente na trilha, altera sua cordas vocais, enche o peito e uiva uma apresentação: *

- ESQUADRÃO DA FÚRIA ENTRANO NO CAERN!

* O uivo seria suficiente para evitar quaisquer problemas, ou para que qualquer irmão de seita fosse capaz de encontra-los. Quando encontra um local amplo na trilha, para e aguarda todos os demais se juntarem ao redor. A Esquadrão da Fúria entraria junta no cemitério. *

_________________
Julian Escott Kraken - "Esquecido"
Alfa da Esquadrão da Fúria e líder dos Roedores de Ossos da Seita
Ahroum - Roedor de Ossos - Adren

Aparência 5 (-2, cicatriz na face)
Fúria 6
Raça-Pura 0

Características notáveis:

- Uma série de cicatrizes de batalha que se evidenciam em seu peito, costas e ombro, sendo a mais notável um corte profundo que percorre sua face.
avatar
Julian Escott

Mensagens : 221
Data de inscrição : 16/02/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

ESQUADRÃO DA FÚRIA

Mensagem  Convidado em Qui Out 09, 2014 12:17 pm

Rapidamente vou caminhando em direção da entrada do caern, era chegada a minha apresentação a nova matilha, pareciam que os ânimos estavam exaltados, enfim, era melhor me apresentar e ficar quieta porque o babado estava quente, quentíssimo.

Me aproximo, me ajeito, e levanto meu rosto, vou caminhando em direção a um grupo e brevemente me apresento, um pouco nervosa, afinal, mais um recomeço, mais um grupo, mais algumas pessoas para me apontarem o dedo novamente, enfim, vamos lá.

-Esquadrão da fúria? - Pergunto indagando - Filha de ártemis, fúria negra, cliath ahroun, me mandaram me juntar ao esquadrão da fúria, são vocês?

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Kiba Valentine (Glavro) - Esquadrão da Fúria / Nicole

Mensagem  Kiba Valentine em Qui Out 09, 2014 12:25 pm

O Presa de Prata vem em silencio durante todo o caminho. Estava cansado e até chega a cochilar algumas vezes, acordando entre um quebra-mola e outro.

Finalmente, depois de algum tempo, Julian passa pelos portões do estacionamento do entrada Oeste do Caern. Kiba se ajeita no carro como pode e, assim que o Roedor freia o carro, desce para segurar a porta para os demais.

Assim que todos haviam descido do carro o Presa de Prata fica próximo de Cabelinho para caso ele precisasse de ajuda com o corpo de Dimas.

Julian dizia querer conversar com a matilha, mas o Presa de Prata já esperava por isso. Muita coisa tinha reamlente que ser dita e colocada nos trilhos pra que a matilha seguisse unida dali pra frente.

Quando começaram a seguir uma estranha aparece em meio a mata. Kiba não a reconhecia, mas logo ouve sua apresentação. Mais um Ahroun para a Esquadrão da Fúria, alguem que poderia ter sido um diferencial no combate naquela Colmeia. Com a voz cansada o Ahroun responde:

- Sim... Somos nós...

Não seria mais detalhista do que aquilo, afinal era Julian ou o Galliard da matilha quem deveria fazer as honras.

_________________
Hominídeo - Ahroun - Presa de Prata - Anjos Guardiões - Inimigos da Wyrm - Cabana da Lua
Cicatrizes: Cicatriz profunda em forma de "/" no tórax e cicatriz superficial na altura do coração.
Carisma 03
Aparência 04
Raça Pura 05
Fúria 07
Idade: 17 anos
Altura: 1,70
Peso: 76kg
avatar
Kiba Valentine

Mensagens : 585
Data de inscrição : 28/01/2013
Idade : 29

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [CAERN] Entrada Oeste - Barra da Tijuca (Zona Oeste)

Mensagem  Convidado em Qui Out 09, 2014 12:30 pm

FInalmente! UFA!

Depois de algumas horas esperando, finalmente encontrara, então era hora de me integrar, o rapaz fora educado, direto e educado, por hora era só o que precisava, não precisava de amigos do peito, mas que pelo menos me tratassem civilizadamente.

Esticando minha mão faço um cumprimento.

-Nycole, Filha de ártemis, vim aqui me juntar a vocês, prazer.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Mayra (Lupina) - Esquadrão

Mensagem  Mayra Hildebrand em Qui Out 09, 2014 3:05 pm

A Fianna percebe pelo desligar do motor do carro e fim das mudanças de direção que finalmente haviam chego. Era estranho e ainda mais apavorante andar de carro sem nada enxergar. Ouvia os sons dos outros veículos (poucos na madrugada) e ficava tensa, ouvia uma buzina distante e quase saltava. Se já era ruim andar de carro, cega era ainda pior.

Julian fala sobre terem uma conversa e pelo pouco que tinha visto da missão, concordava com ele. Balança a cabeça afirmativamente enquanto buscava a direção de onde se projetou a voz do Ahroun com o olhar. Depois das primeiras falas, Mayra abre a porta e desce do carro. Ouve a sugestão de Julian, mas não podia deixar de desafiar a si mesma pois esses desafios eram o único combustível que ainda tinha:

- Eu vou ficar em Lupina, vai ser mais fácil para seguir a trilha.

A Fianna se transforma em Lupina e começa a farejar o chão e os que perto dela estavam. Nota a chegada de mais alguém pelo barulho dos arbustos e pelo novo odor que sentia. Seguia com a matilha, mas diante da chegada trava sem saber ainda bem onde estava. Ouve os comentários da sua nova irmã e responde no idioma Garou olhando para ela mas sem enxergá-la (guiada pelo som):

- Prazer Filha de Ártemis, eu sou Voz de Taranis, Adren Ahroun dos Fiannas.

Não fala em cargos. Nem tinha porque. Uma cega não poderia ser beta de nada e é disso que Mayra se lembra na hora da apresentação. Sentia-se inútil, um pouco mais agora que lembrava que não poderia ajudar Julian a colocar a matilha nos trilhos.

_________________
Mayra Hildebrand - Voz de Taranis
Hominídeo / Fianna / Ahroun / Tuatha de Fionn
(Aparência 5 / Fúria 7 / Raça Pura 5)
**** Voz do Rouxinol ****
**** Magnetismo Animal ****

Cicatrizes de Batalha
* Cegueira dos Dois Olhos (provocada por um Rastejante Nexus)
* Cicatriz Profunda na altura do abdômen (provocada por um Ancião dos Dançarinos da Espiral Negra)
avatar
Mayra Hildebrand

Mensagens : 429
Data de inscrição : 28/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Kiba Valentine (Glabro/Hominideo) - Nycole / Esquadrão da Fúria

Mensagem  Kiba Valentine em Qui Out 09, 2014 3:28 pm

Percebe que Mayra, em lupina, já faz a primeira apresentação a provavel nova Garou da Esquadrão da Fúria. Ficava feliz de saber que teriam uma Fúria Negra na matilha, mas ainda estava cansado demais para manifestações.

Logo após as palavras da Beta da Esquadrão o Presa de Prata se manifesta:

- Kiba Valentine, Asa Solitária entre os Garous... Ahroun, Cliath dos Presas de Prata... Seja bem vinda.

Era possivel notar nas palavras do Ahroun que ele estava visivelmente cansado e mesmo com a forte chuva que havia caido fazia pouco tempo ele ainda estava bastante sujo de sangue assim como boa parte da matilha.

Diante do fato de estarem no Caern o Ahroun relaxa e retorna para a forma hominidea. Diante de todos o corpulento homem agora se tornava um jovem rapaz que certamente não havia chegado aos 18 ainda.

_________________
Hominídeo - Ahroun - Presa de Prata - Anjos Guardiões - Inimigos da Wyrm - Cabana da Lua
Cicatrizes: Cicatriz profunda em forma de "/" no tórax e cicatriz superficial na altura do coração.
Carisma 03
Aparência 04
Raça Pura 05
Fúria 07
Idade: 17 anos
Altura: 1,70
Peso: 76kg
avatar
Kiba Valentine

Mensagens : 585
Data de inscrição : 28/01/2013
Idade : 29

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Philip

Mensagem  Philip Telford em Qui Out 09, 2014 5:52 pm

Ele desce do carro lentamente, o cansaço da luta e da viagem e de seu pensamento o faz ficar assim, ele se posiciona ao lado de Kiba, para se talvez Cabelinho precisasse de ajuda, era hora de juntar os cacos e depois comemorar a vitoria, mas a que custo?

O Theurge ja esperava que o Alfa quisesse conversar, talvez para o reprimir. Ainda não sabia. Mas ja pensava nos seus erros. E na sua garrafa de whisky, que a proposito, ele saca o cantil de seu colete, abre-o e toma um longo gole ao lado de Kiba, oferecendo ao Presa de Prata antes de notar a nova adição da Matilha.

Ela se apresentava sem dizer sua raça, o que obviamente mostrava que escondia alguma coisa, sua aparencia siliconada e absolutamente artificial o faz ter certeza daquilo, não dava para ter certeza olhando, mas aparentemente ela devia ser uma Impura. Era por isso que Gaia tinha suas leis.

Bom, esperava que ela fosse competente, e que não pedisse para que ele a curasse. Tirando isso poderia tolera-la.

O forte e grande Fianna se pronuncia com sua voz grave e ausente de carisma.

"- Prazer. Sou Philip Telford, Theurge, HOMINIDEO, dos Fianna."

Ele grifa sua raça demonstrando que notara a falha da Fúria Negra, mas não parece ser mais rude que alguem com sua aparencia e porte seria naturalmente

_________________
Drink-no-Abismo
Fianna - Theurge - Hominídeo - Cliath
Fúria: 2
Aparência: 4 (1,90 - 100kg)
Carisma: 1 (carrancudo)
Sempre com um frasco de whisky a mão, seu colete do moto-clube e um facão na cintura
avatar
Philip Telford

Mensagens : 218
Data de inscrição : 23/05/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Kor Yance McDonell Hominídeo) - TOdos

Mensagem  Kor Yance McDonell em Qui Out 09, 2014 8:09 pm

Ao chegar no Caern Julian estaciona e já fala da necessidade de irem direito para o cemitério enterrar os mortos. Em sua cabeça já ia elaborando seu discurso. Não seria fácil. Tinha que honrar todos que tombaram naquela Colmeia em prol de Gaia. Ia acompanhando a matilha e mal andaram se depararam com uma loira muito forte se apresentando com um destino certo: a Esquadrão da Fúria. Se apresentando seu nome era Filha-de-Ártemis, Ahroun e Fúria Negra.

Como todos e com uma expressão bem séria, Kor também se apresentou.

- É um prazer Filha-de-Ártemis. Kor Yance McDonell, "Sopro-da-Tempestade". Gallaird Fostern Senhor das Sombras dos Senhores do Cume.


Acenou positivamente para a mesma e ficou aguardando o desenrolar para que pudessem prosseguir. Pensava ainda em seu discurso para a cerimônia dos mortos.

_________________
Hominídeo - Galliard - Fostern - Senhor das Sombras - Senhores do Cume - "Sopro-da-Tempestade"
_______________
Aparência 05

Fúria 05
Raça Pura 03

Cicatriz no peito num formato [ / ], cabeça em [ | ] e nas costas em [ Z ].




"Diante de uma larga frente de batalha, procure o ponto mais fraco e, alí, ataque com a sua maior força."
avatar
Kor Yance McDonell

Mensagens : 325
Data de inscrição : 28/01/2013
Idade : 27
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [CAERN] Entrada Oeste - Barra da Tijuca (Zona Oeste)

Mensagem  Declan Konietzko em Sex Out 10, 2014 12:14 am

Sombra da Noite - Todos

Tinha ouvido as últimas palavras de Kor antes de partir e ficara quieto na van enquanto seguiam para o Caern, ao chegarem lá, já desciam do carro e seguiam com a matilha até que são abordados por uma garou, se apresentava como Filha de Ártemis, uma Fúria Negra e Ahroun, poderia ser problemático lhe dar com o temperamento de uma mulher em TPM eterna, de todo modo, iria tratá-la normalmente.

Mayra, Kiba, Philip e Kor haviam se apresentado, então o Senhor das Sombras, cordial como sempre, apenas diz:

-'Seja bem vinda, Filha de Artemis, sou Sombra da Noite, se preferir, Declan Konietzko, Ragabash cliath dos Senhores das Sombras.'

Após se apresentar, ele apenas coloca suas mãos no bolso e apenas espera a oportunidade que o Alpha queria para conversar com a matilha.

_________________
Sombra da Noite Ragabash Senhor das Sombras
Aparência 5
Raça Pura 5
Carisma 5
Magnetismo Animal
avatar
Declan Konietzko

Mensagens : 169
Data de inscrição : 19/04/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [CAERN] Entrada Oeste - Barra da Tijuca (Zona Oeste)

Mensagem  Convidado em Sex Out 10, 2014 8:55 am

Até que estava promissor o começo, mas começava talvez uma certa desavença pelo fianna, era sabido que fiannas abominavam os impuros e muitos das irmãs impuras fúrias negras eram provenientes da rejeição que os fiannas faziam, mas era melhor ficar na minha, afinal, de fato ele estava certo, tinha que anunciar a minha raça, para alertá-los da vergonha que meus pais fizeram, mas acho que ser impura ainda era o menos dos meus problemas.

-Deixa eu me corrigir esquadrão, Philip está correto, sou filha-deartémis, impura, ahroun, fúria negra, cliath. - Suspiro um pouco - Voz de taramis, Kiba, Kor, Philip e Declan, obrigada pela recepção, o que precisarem de mim, estou pronta para ajudar, quero usar minhas garras a nosso favor.


Estava sendo bom o ínicio, melhor falar o menos possível, já que minha voz me denunciava, por mais que soubesse que era muito bonita, mas tinha certas coisas que me denunciava, meu tamanho, minhas mãos, meus pés e principalmente minha voz, e ainda precisava ver algum lugar pra ficar, era hora de pensar em comprar um apartamento.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Hrist Thordsvedt (hominídea) - Esquadrão

Mensagem  Hrist Thordsvedt em Sex Out 10, 2014 11:05 am

Hrist desce do carro com a mesma expressão de poucos amigos no rosto e segue com sua matilha como uma das últimas. Tinha muita coisa em mente para se focar em coisas, estava cansada, queria saber como seu irmão caíra e precisava honrar Darkness, que também caíra esta noite.... e o alpha ainda queria conversar antes. Ótimo.

Então uma nova Garou se apresenta para reforçar a matilha, e isso seria bom...se não fosse uma Fúria Negra.

Isso seria, com toda certeza, um problema... Sua relação com a tribo tendia a ser de péssima pra horrível e já custava algum esforço da Cria de Fenris lidar com Fiannas, Roedores de Ossos e Senhores das Sombras na mesma matilha. Aquela porra de tribo tinha a maldita mania de querer desequilibrar a natureza de Gaia e para Hrist e seu conservadorismo paternal, isto era uma perversão das mais indignas.

O quanto uma noite poderia piorar?

Depois de todas as apresentações - que ela também aproveita para memorizar, pois era a primeira vez que ouvia a de muitos ali -, Hrist olha sério para a recém chegada e diz, em uma voz ainda mais inamistosa do que sua expressão:

- Fúria da Justiça Implacável, vencedora sobre a morte e renascida pela fúria...- Hrist realmente adorava seus títulos e os falava de forma confiante -... Fostern nascida em duas patas, juíza das Crias do grande Fenris.

E já que estavam todos ali e que era melhor tirar o espinho da pata de uma vez, ela aproveita a bola levantada sobre impuros e diz para todos:

- E antes de continuarmos, eu quero informá-los que estou esperando um filhote Impuro. Eu confessei meu delito para a Nação e já fui julgada e punida, mas como minha nova matilha vocês tem o direito de saber meu histórico com a quebra de litania, especialmente por ser Philodox.

E era tudo o que tinha pra falar, eles poderiam aceitar ou não, mas ela falava com absoluta confiança. Sentia como uma obrigação dar à eles a chance de escolher o quanto confiariam nela antes de mais nada.


Última edição por Hrist Thordsvedt em Sex Out 10, 2014 4:11 pm, editado 2 vez(es)

_________________
Raça pura: 5 (Ascendente Notável: Filha de Gogol Fangs-First)
Aparência: 3 (Cicatriz na face esquerda, cega deste olho)
Fúria: 6
Qualidade Boa reputação (A de ser muito justa, porém muito rígida)

" Vingança não é um motivo valido, vingança é uma resposta emocional. Não, não é vingança: é punição."
avatar
Hrist Thordsvedt

Mensagens : 236
Data de inscrição : 19/04/2013
Idade : 30
Localização : Sampa City

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mayra (Lupina) - Esquadrão da Fúria

Mensagem  Mayra Hildebrand em Sex Out 10, 2014 1:46 pm

Fiannas não gostavam de impuros e Mayra não fugia à regra. Claro que, por estar numa relação praticamente (na medida do possível) estável com Julian, sabia dos riscos que passava e tentava ser menos inquisidora quando lidando com situações como aquela. Uma série de apresentações são feitas após Mayra, bem como a nova irmã responde, mas são as palavras da Fenris que são mais impactantes.

*Uma Philodox dos Fenris, realmente ninguém está a salvo de fraquejar diante desse verso.*

O pensamento era talvez para se auto-conformar por também ser uma violadora da Litania. Se Hrist tinha pecado e com consequências, ela era uma pecadora nata e corria riscos quase sempre. Depois que a Fenris termina de falar, vira seu focinho na direção da Ahroun e fala:

- Nós estamos cientes Fúria da Justiça Implacável e se os juízes já fizeram seu julgamento não será nenhum membro dessa matilha que irá fazê-lo novamente. Faço votos para que a nova vida que carrega traga Glórias e Honras para seu nome e que possa crescer num mundo melhor, conquistado com o nosso esforço enquanto matilha.

A Ahroun não tinha muito mais o que acrescentar e por isso apenas se preocupa em não se distanciar da matilha. Farejando o chão por onde passava e tentando jamais perder os rastros de seus irmãos de matilha. A fala de Hrist lhe forçava a engolir seu preconceito. Não era minimamente honrado condenar alguém por estar esperando um impuro mantendo relações constantes com outro Garou.

_________________
Mayra Hildebrand - Voz de Taranis
Hominídeo / Fianna / Ahroun / Tuatha de Fionn
(Aparência 5 / Fúria 7 / Raça Pura 5)
**** Voz do Rouxinol ****
**** Magnetismo Animal ****

Cicatrizes de Batalha
* Cegueira dos Dois Olhos (provocada por um Rastejante Nexus)
* Cicatriz Profunda na altura do abdômen (provocada por um Ancião dos Dançarinos da Espiral Negra)
avatar
Mayra Hildebrand

Mensagens : 429
Data de inscrição : 28/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Philip - Hrist

Mensagem  Philip Telford em Sex Out 10, 2014 3:05 pm

O Fianna sabia que sua correção à Fúria Negra seria efetiva, ela se reitera e ele ficaria contente com aquilo, nunca imaginaria outra revelação. Porém Hrist o surpreende novamente, ela fala que estava esperando um filhote Impuro e que já havia sido julgada por aquilo.

Imediatamente Philip traz seus piores preconceitos à tona, tudo que fora ensinado sobre os violadores de Litania e os perigos que traziam para a sociedade Garou. Mas também se lembra de como Hrist lutara bem, de como ela era eficiente, derrubara um dragão, lutara contra vários inimigos, impedira um Frenesi raposa de seu próprio Alfa, e mesmo assim, mesmo aparentando toda a honra do mundo, ela havia falhado.

No entanto a falha de Mayra o trás a realidade. Era fato que já havia sido julgada pelos juízes da Seita, e se eles aceitavam esse comportamento, não seria a opinião de um Cliath que mudaria aquilo. Obviamente ele não concordava, mas tinha que aceitar, assim como aceitava que a Adren de sua matilha tivesse um relacionamento amoroso com outro Garou. Então Philip se pronuncia.

”- Hrist, eu como um Fianna não posso aceitar um violador da Litania que gerou um Impuro... No entanto, eu vi como tu lutou hoje, vi o quanto tu se dedica e se sacrifica por Gaia. O perigo que tu correu hoje, por ti e por seu filho, foi muito grande, e por isso te respeito, por isso e pelo julgamento da Seita. Mas tem mais que isso por mim, a gente é da mesma matilha, vai lutar e sangrar muito juntos, então, por mais que tudo que eu aprendi diga não, eu digo pra ti, que tô contigo, como companheiro de matilha. Que bão que você deixou claro pra gente a situação, e se tu precisar qualquer coisa procê ou pro seu futuro filhote, que esteja ao alcance de um Theurge ou precise da intervenção de um, pode contar comigo.”

Aquelas palavras eram difíceis de dizer, mas ele lembrar de como era sua família de lembra de seu padrasto, ele era um Parente, gerara muitos filhotes Garou, era respeitado, e mesmo assim fizera o que fizera com seu pai, que era um Garou, então aquilo comprovava que o caráter não vinha de nascimento, e ele não deixaria aquele filhote de sua Matilha ser levado por seus mais perversos impulsos que os Impuros tinham e ser levado à Wyrm, ajudaria a sua companheira de matilha que por menos que conhecesse já respeitava muito por sua luta e dedicação, assim como Mayra.

_________________
Drink-no-Abismo
Fianna - Theurge - Hominídeo - Cliath
Fúria: 2
Aparência: 4 (1,90 - 100kg)
Carisma: 1 (carrancudo)
Sempre com um frasco de whisky a mão, seu colete do moto-clube e um facão na cintura
avatar
Philip Telford

Mensagens : 218
Data de inscrição : 23/05/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Kiba Valentine (Hominideo) - Esquadrão da Fúria

Mensagem  Kiba Valentine em Sex Out 10, 2014 3:15 pm

Phillip era o proximo a se apresentar depois do Presa de Prata. Kiba achou estranho a necessidade de destacar sua raça, mas preferiu não comentar. Para o Ahroun nos tempos finais era normal quando alguem não fazia questão de dizer que era um hominideo, pois os lupinos eram raros e os impuros normalmente tinham deformidades visiveis.

Para sua surpresa a mulher diante de seus olhos era uma impura, não que aquilo fizesse alguma diferença para ele. Quando Hrist explica que estava gravida de uma criança impura o Ahroun a encara por um instante surpreso.

Não tinha noção dessa informação, ao menos não se lembrava de ter ouvido falar disso. Logo depois das palavras de Mayra é a vez de Phillip se manifestar. Felizmente o Fianna não havia criado atritos, ao menos aparentemente não. Quando seu companheiro termina de falar era a vez do Presa de Prata:

- Se precisar de dicas conte comigo... Acho que sabe que sou pai de um impuro também... Não foi facil pra mim e vai ser muito menos pra você que é mãe... Mas vai valer apena...

O Ahroun sorri ao final de suas palavras. Aparentemente a matilha reagiria bem aquela revelação, só esperava que Phillip e Nicole não virassem um problema pra matilha com suas diferenças.

_________________
Hominídeo - Ahroun - Presa de Prata - Anjos Guardiões - Inimigos da Wyrm - Cabana da Lua
Cicatrizes: Cicatriz profunda em forma de "/" no tórax e cicatriz superficial na altura do coração.
Carisma 03
Aparência 04
Raça Pura 05
Fúria 07
Idade: 17 anos
Altura: 1,70
Peso: 76kg
avatar
Kiba Valentine

Mensagens : 585
Data de inscrição : 28/01/2013
Idade : 29

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [CAERN] Entrada Oeste - Barra da Tijuca (Zona Oeste)

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 7 de 10 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum