[CAERN] Entrada Oeste - Barra da Tijuca (Zona Oeste)

Página 2 de 10 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Tolerância-Zero - Matilha Esquadrão da Fúria

Mensagem  Narrador em Sab Dez 07, 2013 9:11 am

A Juíza, diante do rumo da conversa e da sugestão do Theurge, após uma longa e indiscreta olhada suspeita para o mesmo, diz:
'- Ele tem razão. O Totem já desenvolveu a capacidade de localizar os membros da matilha?'
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mayra - Esquadrão

Mensagem  Mayra Hildebrand em Dom Dez 08, 2013 10:46 am

Mayra, diante da fala da Fúria Negra, responde:

- Nosso Theurge é um dos desaparecidos, acredito que ele poderia te dar essa resposta.

Um breve pensamento e Mayra se toca do quão estúpida tinha sido essa defesa, visto que o forte de Amir não era sua relação com os espíritos. Não sabia ainda que Sussurro dos Espíritos era Theurge e, por isso não fez nenhuma sugestão de ação.

_________________
Mayra Hildebrand - Voz de Taranis
Hominídeo / Fianna / Ahroun / Tuatha de Fionn
(Aparência 5 / Fúria 7 / Raça Pura 5)
**** Voz do Rouxinol ****
**** Magnetismo Animal ****

Cicatrizes de Batalha
* Cegueira dos Dois Olhos (provocada por um Rastejante Nexus)
* Cicatriz Profunda na altura do abdômen (provocada por um Ancião dos Dançarinos da Espiral Negra)
avatar
Mayra Hildebrand

Mensagens : 429
Data de inscrição : 28/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Sussurros-dos-Espíritos: Matilha da Doninha

Mensagem  Sussurros-dos-Espíritos em Dom Dez 08, 2013 9:18 pm

O Uktena se mantinha atento à conversa. As palavras da juíza chamavam a atenção de quão pouco conhecia da matilha, na verdade não sabia nem qual o totem dela. Sabia que pelo estilo parecia ser um totem de guerra e estava pronto para o que viria quando disse:

Senhora Mayra, eu sou um Xamã. Tenho forte ligação com os espíritos. Não fui apresentado ao totem da matilha, creio que pelos vários acontecimentos dessa noite tão agitada. Me disponho a fazer um ritual de invocação do totem, me apresentar a ele e perguntar onde nossos aliados estão - olhou para o líder da matilha, cujo pelo parecia brilhar à luz da lua - isso é claro, se nosso líder concordar.

Sabia que seria aceito mais fácil se demonstrasse o devido respeito ao Presa de Prata, mas não acreditava que houvesse outra alternativa melhor. Tomar o lugar de Mayra como futuro beta da matilha seria um trabalho árduo.

_________________
Theurge Uktena
Aparência 1
Carisma 3
Fúria 2
Característica notável:
Marca de Suspeita (algo parece errado com o Garou atraindo certa desconfiança)
avatar
Sussurros-dos-Espíritos

Mensagens : 80
Data de inscrição : 20/11/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Kiba Valentine (Crinos) - Esquadrão da Fúria

Mensagem  Kiba Valentine em Seg Dez 09, 2013 7:43 am

O Presa de Prata escuta as palavras da Fúria Negra e acena com a cabeça ainda meio que robóticamente:

- Obrigado...

Ele já se preparava para seguir para o cemitério quando Mayra se manifesta e logo em seguida Julian. A informação de que o Roedor era mais um traidor preocupa Kiba. Era perturbador demais a ideia de que haviam tantos traidores dentro da Seita e que aquele era o segundo Roedor de Ossos.

Julian explica quem eles eram, mas logo volta no assunto sobre a missão. Por mais que o Roedor pudesse estar evitando ter um tom acusador era isso que, por suas palavras, estava fazendo. Aparentemente Julian preferia questionar Kiba ali, diante de todos, a ir se despedir de seus companheiros. Tal atitude visivelmente deixa o Ahroun irritado, mas antes o Presa de Prata abrisse a boca e talvez começasse uma briga da qual se arrependeria depois, Mayra toma a iniciativa de responder.

Enquanto a Fianna falava o Presa de Prata visivelmente fica mais aliviado, já que sua Beta defendia o que aconteceu e dava mais detalhes do que ocorreu. Definitivamente pensar em tudo que aconteceu sobre e durante a missão ainda deixava Kiba irritado e triste ao mesmo tempo.

Quando a “morte” de Balik e Amir começa a ser questionada pelo Uktena Theurge da matilha o Presa de Prata vira-se e diz:

- O Totem da Esquadrão da Fúria é a Doninha... Pode convoca-la Sussurros... Obrigado.

Logo após sua pergunta o Presa de Prata vira-se mais uma vez para Julian e diz:

- Se quiser depois a gente continua essa conversa... Mas não aqui e não agora Julian...

O tom de voz de Kiba ainda demonstrava certa irritação, mesmo ele tentando falar de forma calma, e para evitar uma briga com um companheiro de matilha em um momento onde seus ânimos ainda estavam abalados o Presa de Prata prefere por uma pausa naquilo por enquanto. No momento, a possibilidade de Balik e Amir estarem vivos era a prioridade do Presa de Prata.

_________________
Hominídeo - Ahroun - Presa de Prata - Anjos Guardiões - Inimigos da Wyrm - Cabana da Lua
Cicatrizes: Cicatriz profunda em forma de "/" no tórax e cicatriz superficial na altura do coração.
Carisma 03
Aparência 04
Raça Pura 05
Fúria 07
Idade: 17 anos
Altura: 1,70
Peso: 76kg
avatar
Kiba Valentine

Mensagens : 585
Data de inscrição : 28/01/2013
Idade : 29

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Sussurros-dos-Espíritos: Esquadrão

Mensagem  Sussurros-dos-Espíritos em Seg Dez 09, 2013 9:17 am

Então as coisas correram como planejado. Em pouco tempo já havia adquirido uma certa confiança do líder da matilha. Poderia ser que problemas surgissem mais tarde com a Ahroun Fianna, mas uma coisa era certa: haviam poucos Theurges e muitos Ahrouns, logo suas chances de se destacar eram maiores.
A película naquele local era mais frágil (como normalmente eram os Caerns), e o Xamã sentiu que poderia realmente convocar o totem, ainda mais na presença de sua matilha.
Imaginava que sua matilha teria um Totem de Guerra, mas a poderosa Doninha era astuta, e ficou mais tranquilo por não ser um Totem que exigisse sacrifícios sem sentindo por parte de sua matilha. Sim, não demonstrar temor era um desafio, mas a estratégia de bater e fugir não era de medo e sim de inteligência, e certamente a Doninha aprovaria.
Afastou-se dos outros percebendo os ânimos exaltados entre os Ahrouns (era esperado naquela lua e depois da morte de meia matilha) e procurou a parte de  baixo de uma árvore onde se sentou calmamente.
Iniciou movimentos rítmicos e foi espalhando a terra do chão ao redor do seu corpo.

- Grande Hetehiya, eu, filho de Gaia e abençoado por Luna a convoco!
Espalho meu Aroari para traze-la aqui! Sua astúcia e poder fortalecem essa matilha e precisamos de você assim como te honramos com nossa coragem!
Hetehiya mãe, venha à Terra e inspire seus filhos para grandes feitos!


E rasgou a frágil película local para receber a poderosa Doninha!

_________________
Theurge Uktena
Aparência 1
Carisma 3
Fúria 2
Característica notável:
Marca de Suspeita (algo parece errado com o Garou atraindo certa desconfiança)
avatar
Sussurros-dos-Espíritos

Mensagens : 80
Data de inscrição : 20/11/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Doninha - Matilha Esquadrão da Fúria

Mensagem  Narrador em Seg Dez 09, 2013 6:07 pm

A destemida Doninha rompe a película, surgindo diante da Esquadrão da Fúria e olhando para todos sem hesitação e dizendo:

'- Me invocaram para se desculpar pelo falecido Mãos-que-Curam ter desonrado meu Dogma, Esquadrão da Fúria?'



avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Sussurros-dos-Espíritos: Matilha da Doninha (e seu fofo totem)

Mensagem  Sussurros-dos-Espíritos em Seg Dez 09, 2013 10:24 pm

Quando a película se rompe, salta um ágil animal peludo e esguio, com movimentos calculados que fariam inveja a qualquer ginasta. Ele sempre sabia onde ia pisar e seu movimento ondulante deixou o Xamã mesmerizado!
As primeiras palavras do poderoso totem (como Xamã, o Uktena pode perceber que se tratava de um espírito com grande energia) deixaram a todos perplexos! No fundo todos ali tinham alguma esperança que os outros dois membros da matilha estivessem vivos.
Talvez por nem conhecer o falecido Mãos-que-Curam, Sussurros foi o primeiro a se recuperar:

- Ó Grande Hetehiya - Doninha em Yanomami - seja bem vinda ao nosso plano. Sentimos muito pela desonra ao seu dogma, mas se ele está morto, creio que podemos considerar o débito pago? Fala com humildade.
Eu sou Sussurros-dos-Espíritos e sou um novo Xamã designado para sua matilha, se me aceitar servirei sem medo, como é seu desejo.
Nós a invocamos aqui hoje para nos dizer onde estão nossos irmãos desaparecidos, e agora sabemos do destino do Xamã. Seria possível nos informar onde está Ferida-do-Vento? Como membro da sua matilha acreditamos que sua segurança poderia ser também do seu interesse.


Calou-se e esperou a ação do belo animal-espírito, bem como do seu líder, questionando-o com o olhar se havia algo a acrescentar.

_________________
Theurge Uktena
Aparência 1
Carisma 3
Fúria 2
Característica notável:
Marca de Suspeita (algo parece errado com o Garou atraindo certa desconfiança)
avatar
Sussurros-dos-Espíritos

Mensagens : 80
Data de inscrição : 20/11/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Doninha - Matilha Esquadrão da Fúria

Mensagem  Narrador em Ter Dez 10, 2013 5:29 am

O Totem olha para o Theurge e diz:


'- Se cumprir meu dogma, não ter problemas em aceitar você.'


E, em seguida para Kiba, dizendo:


'- Ferida-do-Vento estar vivo. Chegar aqui logo. Estar perto e a caminhar. Mãos-Que-Curam virar lobo e fugir  com medo. Doninha não querer ver Esquadrão da Fúria demonstrar medo. Nenhum tipo de medo.'


Depois de falar "nenhum tipo de medo", o Totem - sem sutileza alguma - olha na direção de Julian e Mayra e por fim volta a olhar para Kiba.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Kiba Valentine (Crinos) - Doninha / Esquadrão da Fúria

Mensagem  Kiba Valentine em Ter Dez 10, 2013 8:24 am

O Presa de Prata aguardava uma resposta de Julian, mas é surpreendido pela velocidade que Theurge teve de invocar o espírito.

Com sua atenção totalmente voltada para o totem da matilha o Presa de Prata faz uma rápida reverencia em sinal de respeito à Doninha, porem, a revelação de que Amir havia quebrado o dogma da matilha pega Kiba completamente de surpresa.

A morte do companheiro já havia sido anunciada pelo Totem e usada como barganha pelo Xamã, o que faz o Ahroun olha-lo de rabo de olho, mas não questiona-lo. Tudo que não precisavam era da revolta do espírito sobre a matilha.

No entanto, a revelação de que Balik estava vivo faz as orelhas do crinos nitidamente se erguerem e um semblante rápido de surpresa e felicidade pode ser notado no Ahroun.

“Obrigado Gaia...”

Depois do rápido agradecimento feito a grande mãe o Ahroun escuta as palavras finais do totem e nota a nada sutil olhada para Julian e Mayra. A principio ele não tinha certeza do porque da olhada, mas logo começa a deduzir certas possibilidades. Finalmente ao termino de suas palavras o Ahroun diz:

- Peço desculpas por nosso irmão Doninha... Prometo que isso não vai acontecer novamente... E tenho certeza que falo isso pela matilha toda.

Sem desviar o olhar do Totem em momento algum o Presa de Prata tenta ser o mais respeitoso com o Dogma do grande espírito e ao final diz:

- Se quiser... Eu mesmo aceito uma missão para redimir o erro de Mãos Que Curam... E aproveito pra dizer que graças a coragem de nossa Beta e daqueles que caíram, tanto da Filhos do Sol quanto da Esquadrão da Fúria, eliminamos um poderoso servo da Wyrm que estava em nosso território.

Ao terminar de falar o Presa de Prata respira fundo, sem desviar o olhar do Totem, e aguarda uma reação do espírito sobre o que foi dito.

_________________
Hominídeo - Ahroun - Presa de Prata - Anjos Guardiões - Inimigos da Wyrm - Cabana da Lua
Cicatrizes: Cicatriz profunda em forma de "/" no tórax e cicatriz superficial na altura do coração.
Carisma 03
Aparência 04
Raça Pura 05
Fúria 07
Idade: 17 anos
Altura: 1,70
Peso: 76kg
avatar
Kiba Valentine

Mensagens : 585
Data de inscrição : 28/01/2013
Idade : 29

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Kor Yance McDonell - Kiba Valentin / Esquadrão da Fúria / Doninha

Mensagem  Kor Yance McDonell em Ter Dez 10, 2013 3:18 pm

Kor se aproxima lentamente e de longe pode ver uma movimentação que tudo indicava ser a matilha Esquadrão da Fúria. Ainda se aproximando, continuou quieto com os braços para trás e foi surpreendido quando viu uma Theurge invocar o Totem da matilha. Aquilo fez com o que Senhor das Sombras erguesse a sobrancelha, mas nada disse. Não queria interromper o diálogo que o Alpha da sua futura nova matilha estava tendo com o Totem da matilha.

Não queria começar com o pé esquerdo, por isso se aproximou o suficiente para que todos que estivessem próximo o visse. Dessa forma, olhando rapidamente, assentiu de forma positiva com a cabeça para todos. Passava os olhos em todos e então ficou aguardando o momento certo para que pudesse iniciar um diálogo com Kiba, o Alpha.

Aguardava quieto, com as mãos para trás, somente observando o desenrolar da história até que o líder observasse a sua presença ali na roda. Não queria ser mal educado logo em um primeiro momento e nem faltar com o respeito, o que justificou somente um cumprimento silencioso por enquanto até que pudesse fazer o uso da palavra.

_________________
Hominídeo - Galliard - Fostern - Senhor das Sombras - Senhores do Cume - "Sopro-da-Tempestade"
_______________
Aparência 05

Fúria 05
Raça Pura 03

Cicatriz no peito num formato [ / ], cabeça em [ | ] e nas costas em [ Z ].




"Diante de uma larga frente de batalha, procure o ponto mais fraco e, alí, ataque com a sua maior força."
avatar
Kor Yance McDonell

Mensagens : 325
Data de inscrição : 28/01/2013
Idade : 27
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Julian Kraken "Esquecido" (Crinos) - Mayra / Kiba / Amanda / Sussurros / Doninha / Kor

Mensagem  Julian Escott em Qua Dez 11, 2013 4:37 am

* Mayra toma a frente e acaba explicando ela própria tudo o que havia sido perguntado para Kiba. Julian, que não se importava de onde vinha a informação, presta a atenção devida à tudo que era dito, sentindo o calor do toque carinhoso da Fianna em seu braço. Era até engraçado a forma como aquela Garou temível e grandiosa em combate conseguia usar ternura e sensibilidade para aplacar o comportamento raivoso obstinado do Ahroum Roedor de Ossos quando não estavam em campo de batalha. Assimila as informações passadas, tomando nota especial do que é dito sobre o planejamento feito no começo da noite, sobre a argumentação de Ellen e sobre as investidas anteriores no local. Aquilas palavras visivelmente deixavam o Roedor incomodado: *

" Não é a primeira vez que Garous morrem naquela porra daquele lugar.."

* O problema com a insubordinação, com a precipitação de Amir e a história da morte dos companheiros também não passam despercebidos. Pelo modo como aquilo era contado, era obvio que o inimigo era poderoso demais.. e a história ganhava ainda mais força ao ser contada por Mayra, que era reconhecidamente uma ahroum espetacularmente competente. Julian capta o olhar pesaroso da ruiva, notando as lagrimas se formarem em seus olhos, e mantem o braço em torno dos ombros dela numa tentativa de conforta-la. Entendia o pedido silencio que ela lhe fazia para deixar isso para depois e, de fato, o Roedor se mantem em silencio por mais algum tempo após dizer baixo: *

- Tenho certeza que fez. Tenho certeza..

* Deixa as palavras reverberarem e depois se cala. Por dentro, no entanto, crescia a sensação de que aquilo havia sido feito do modo errado. Por mais que Mayra defendesse a ação, não conseguia aceitar tantas mortes na matilha. Palavras brotam de entre o Theurge e a Philodox. O grupo discutia uma forma de encontrar os que estavam perdidos e Julian torcia para que estivessem vivos, embora não pudesse colaborar muito por hora. Ainda tinha a mente pesarosa e inconformada, e a sensação estranha da perda de tantos Garous ainda cobrava seu preço. É nesse momento que Kiba se vira para falar que conversariam mais tarde. Julian nota o tom irritadiço do Alpha e meramente permanece olhando para ele. Subitamente todos queriam deixar esse assunto para ser tratado com calma depois, a pressa que existia no planejamento da missão parecia não mais existir para discutir o que seria feito dali para frente. Entendia a real necessidade de velar pelos mortos, queria honrar seus irmãos caidos tanto quanto qualquer outro ali, mas não podia deixar de se expressar. Como Mayra havia dito antes, calar era consentir.. e Julian não seria conivente, pois não acreditava na forma como havia sido feito. Ainda olhando para Kiba, reflete: *

"Tá ai um dos caras mais gente fina que já trombei.. deve estar triste pra caralho com essa porra toda.."

* Pensava nisso quando o espirito da Doninha surge ágil em frente a todos os membros da Esquadrão da Fúria. O Theurge novato devia ter invocado o totem enquanto o Roedor estava perdido em pensamentos e agora aquele espirito poderoso roubava a cena e anunciava a desonra de Amir. O Theurge árabe parecia ser gente boa e Esquecido costumava simpatizar com o cara.. não havia como saber que ele se mostraria um puta covarde. Não consegue deixar de pensar que tanto Garous haviam morrido para que o fraco fugisse. Barganhas com espíritos à parte, a Doninha não tarda a revelar que Ferida-do-Vento ainda vivia e chegaria no Caern em breve. *

"Até que enfim um caralho de uma noticia boa.."

* Não conclui o pensamento porque agora a Doninha olhava indiscretamente para ele e Mayra. Julian demora algum tempo para entender o motivo até que finalmente capta a real motivação daquelas palavras. Fica silencioso ainda por mais tempo, refletindo se estaria sendo também um fraco ou covarde por demonstrar tantos sentimentos quando soube que a Fianna estava precisando de um Theurge. Seria aquilo o medo da perda? Se sim, aquilo fazia dele um covarde? Julian conclui que a covardia estava em deixar de fazer o que seu peito aceitava como certo. E agora o caminho que seu peito parecia aceitar como certo estava muito claro e nítido. Sabia que não podia se calar e, por isso, quando Kiba se apresenta para redimir a matilha sozinho, Julian interfere, dizendo em tom audível para todos, com sua voz gutural de Crinos: *

- Doninha, mal ae por me intrometer, mas quero aproveitar tua presença porque geral tem que ouvir o que tenho pra fala.

* O Ahroum aguarda um instante, enquanto as atenções se voltam pra ele, e só então deixa sua voz firme se propagar pelo local: *

- A real é que por mais que o mago desgraçado agora teja morto, não concordo com a forma como isso foi feito e planejado. Esse lugar já tinha sido atacado duas vezes antes de hoje e morreu gente nas duas. Vocês memo disseram que o filho da puta era forte e acabou com a Lauren sem dificuldade. Nós tinhamo tempo pra planejar isso, a Esquadrão da Furia tinha dois Ragabashs e eles não foram usados. Não investigamo nada, só fomo pra cima dos caras de peito aberto sem se importar com nada. Não to dizendo que não deviamos matar o desgraçado, porque eu queria mais é que ele se fodesse memo. Mas não usamos a cabeça. Não planejamos e agora nossos irmãos partiram. Não consigo concordar com a ação. Tivemos a vitória, cumprimos o Dogma e não fraquejamos, mas a pressa fez essa matilha pagar um preço alto demais.

* Olhava agora diretamente para Kiba, ainda amparando Mayra. Sabia que estava sendo duro, mas não tinha outra forma de fazer aquilo. Prossegue: *

- Kiba, cê é um grande Garou. Cê entende a importância que a união da matilha tem e consegue entender o que vai no peito dos irmão. Seu caminho ainda vai ser foda e eu espero tá vivo pra assisti, mas falto calma, planejamento e experiencia nessa ultima missão. E agora, mais que nunca, nóis precisa disso tudo pra recomeçar.

* Olhava nos olhos do Presas de Prata que, em verdade, considerava um cara gente boa. Não sabia qual seria a reação de Kiba e muito menos a do resto da matilha, mas sabia que estava fazendo o certo. Já havia caminhado muito, percorreu um grande caminho desde que havia deixado de ser um filhote, e agora a matilha precisava se reconstruir e precisava de inteligencia. Sem desviar os olhos, finaliza o que tinha pra dizer e o faz de maneira direta, a maneira Ahroum: *

- Nossos irmãos tão mortos agora e isso não tem volta. Vamo honrar a morte deles porque eles merecem. E depois da cerimonia pelos falecidos, vou te desafiar pela liderança dessa matilha.

* Conclui as palavras e deixa o silencio pairar. Deliberadamente deixava claro que não estava pedindo a liderança por causa do posto. Estava avisando que faria o desafio para que não restassem duvidas de que aquilo seria feito de forma limpa e honesta. Mantem o olhar em Asa-Solitária, aguardando uma reação sem esboçar nada no olhar além da certeza confiante de que fazia o que tinha que fazer. *

_________________
Julian Escott Kraken - "Esquecido"
Alfa da Esquadrão da Fúria e líder dos Roedores de Ossos da Seita
Ahroum - Roedor de Ossos - Adren

Aparência 5 (-2, cicatriz na face)
Fúria 6
Raça-Pura 0

Características notáveis:

- Uma série de cicatrizes de batalha que se evidenciam em seu peito, costas e ombro, sendo a mais notável um corte profundo que percorre sua face.
avatar
Julian Escott

Mensagens : 221
Data de inscrição : 16/02/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Kiba Valentine (Crinos) - Julian / Esquadrão da Fúria

Mensagem  Kiba Valentine em Qua Dez 11, 2013 6:55 am

O Presa de Prata esperava uma resposta da Doninha, mas quem se manifesta primeiro era Julian e pedia a atenção de todos.

“Não pode ser...”

O Ahroun vira-se para o companheiro de matilha e cruza os braços encarando o Roedor para ouvir o que ele tinha a falar. Novamente ele fala sobre a missão e sobre como ela foi desempenhada e diante do totem, Kiba só consegue imaginar que Julian queria desacredita-lo.

O Presa de Prata aperta os próprios braços para conter-se enquanto o Roedor terminava de falar e, conforme as ultimas palavras vinham, era notável que ele se acalmava, como se suas ultimas palavras tivessem tirado parte da raiva que estava sentindo.

Estava cansado, estava mal, mas havia muita coisa em jogo para ficar chorando naquele momento. Choraria depois, fato, mas não ali e não diante de todos. Seria muita desonra perante aos que caíram. Quando finalmente Julian termina de falar ele diz com o tom de voz cansado, mas visivelmente menos irritado:

- Eu usei os Ragabashs Julian... Foi exatamente quando perdemos Lauren, mas ta...

Ele suspira profundamente pensando que sua liderança estava sendo desafiada por seus erros. E aquele seria mais um fardo que ele carregaria pro resto da vida. Talvez o Roedor estivesse certo e fosse a melhor coisa a fazer, mas tinha que pelo menos tentar. Depois de alguns segundos em silencio ele diz:

- Obrigado por me dar a chance de defender a liderança... Não vou esquecer isso... Independente do resultado... Vamos honrar nossos irmãos... E que o melhor para essa matilha vença.

Em todas as palavras ditas, Kiba não falava em tom de agressividade e realmente desejava boa sorte ao Roedor. Em seu interior ele sabia que não queria perder a matilha, não assim, mas se aquilo fosse o melhor para ela, então que fosse feita a vontade de Gaia.

_________________
Hominídeo - Ahroun - Presa de Prata - Anjos Guardiões - Inimigos da Wyrm - Cabana da Lua
Cicatrizes: Cicatriz profunda em forma de "/" no tórax e cicatriz superficial na altura do coração.
Carisma 03
Aparência 04
Raça Pura 05
Fúria 07
Idade: 17 anos
Altura: 1,70
Peso: 76kg
avatar
Kiba Valentine

Mensagens : 585
Data de inscrição : 28/01/2013
Idade : 29

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Doninha | Tolerância-Zero - Matilha Esquadrão da Fúria

Mensagem  Narrador em Qua Dez 11, 2013 8:12 am

A Philodox apenas observa a discussão dos dois Garous. O Totem, idem. Um desafio havia sido feito e o Totem apenas diz:


'- Se portar com Glória e Honra. Não temer e Honrar meu nome. Isso que Doninha esperar do Esquadrão da Fúria... que melhor líder vencer desafio. Doninha abençoar Asa-Solitária e abençoar Esquecido...'


O Totem então olha para Kor, que estava parado nas proximidades e diz olhando para Kiba e Julian:


'- Quem ser ele?'


Com o focinho, a Doninha aponta para Kor. A Philodox caminha na direção. Tinha um porte considerável e o Galliard podia sentir que ela era uma mulher de fibra e que tinha presença. Sua voz era firme e indagava:


'- Quem é você? Quer falar com a matilha?'
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mayra - Esquadrão

Mensagem  Mayra Hildebrand em Qua Dez 11, 2013 12:22 pm

A Fianna sentia uma alívio em seu peito com a notícia de que Balik estava vivo e chegando. Era um bom sinal, a matilha saía um pouco menos debilitada e, no fundo, acreditava bastante no potencial daquele Ragabash. O alívio no entanto dura pouco, Julian pede a atenção de todos e quando começa a falar, a expressão de Mayra vai da seriedade à tensão em segundos enquanto ela pensa.

*Você não vai fazer isso... ainda mais agora...*

Mas ele fez. O sangue Presas de Prata que corria nas veias do Roedor de Ossos deveria ter falado mais alto ao ponto de não poder nem esperar a cerimônia pelos falecidos. A Ahroun olha para Julian como se não o reconhecesse naquela atitude. Tinha o direito de discordar, tinha o direito de desafiar, tinha dito bonitas palavras mas não era a hora.

A Ahroun dá dois passos para o lado se afastando um pouco de Julian e olhando para ele com certa tristeza no olhar. Em seguida, lança o mesmo olhar na direção de Kiba e, por fim, na direção da Doninha. Não sabia exatamente o que dizer embora sentisse a necessidade de não se acovardar e de alguma forma se manifestar naquele dilema que envolvia um Garou que ela tinha um envolvimento pessoal muito grande e outro cujas ações ela se sentia co-responsável. Sentia-se tão desafiada quanto Kiba. Era beta, apoiara Kiba na ação, cometera junto com ele os mesmos erros. Olha para Julian e diz:

- Não houve falta de experiência. Sou tão experiente quanto você e tomei as decisões junto com Asa Solitária. Espero que ao fim disso tudo saiamos todos mais fortes e unidos, mas como Kiba bem frisou e eu quero reforçar, nada agora é mais importante do que honrarmos aqueles que perderam a vida lutando por Gaia. Nada. Tudo pode esperar.

A Fianna iria falar mais algo, mas a abordagem ao estranho toma sua atenção e lhe permite desfocar daquela situação desconfortável. No fim das contas, no meio de tanto Caos, Mayra ainda consegue pelo menos pensar em uma coisa boa. Se estava desafiando Kiba, era sinal que Julian estava seguindo em frente. Pelo menos para isso aquilo que Mayra considerava um erro serviria.

_________________
Mayra Hildebrand - Voz de Taranis
Hominídeo / Fianna / Ahroun / Tuatha de Fionn
(Aparência 5 / Fúria 7 / Raça Pura 5)
**** Voz do Rouxinol ****
**** Magnetismo Animal ****

Cicatrizes de Batalha
* Cegueira dos Dois Olhos (provocada por um Rastejante Nexus)
* Cicatriz Profunda na altura do abdômen (provocada por um Ancião dos Dançarinos da Espiral Negra)
avatar
Mayra Hildebrand

Mensagens : 429
Data de inscrição : 28/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Kiba Valentine (Crinos) - Esquadrão da Fúria / Doninha / Kor

Mensagem  Kiba Valentine em Qua Dez 11, 2013 12:44 pm

O Ahroun acena positivamente e silenciosamente com a cabeça para o totem da matilha, confirmando de que havia entendido o recado.

Nem tem muito tempo para ficar pensativo, pois logo Mayra toma a iniciativa de se manifestar e lança um olhar triste para Julian e para Kiba. O Ahroun retribui o olhar para a companheira, mas nada diz. Não havia mais nada a ser dito ali.

Quando Doninha questiona a presença de um terceiro e logo a Juíza vai verificar quem se tratava. Kiba não lembrava muito bem, mas tinha quase certeza de que se tratava de um dos Garous da Vingadores. Ele se mantém em silencio observando o Garou enquanto esperava uma resposta à pergunta da Philodox.

_________________
Hominídeo - Ahroun - Presa de Prata - Anjos Guardiões - Inimigos da Wyrm - Cabana da Lua
Cicatrizes: Cicatriz profunda em forma de "/" no tórax e cicatriz superficial na altura do coração.
Carisma 03
Aparência 04
Raça Pura 05
Fúria 07
Idade: 17 anos
Altura: 1,70
Peso: 76kg
avatar
Kiba Valentine

Mensagens : 585
Data de inscrição : 28/01/2013
Idade : 29

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Will MacLeod (Crinos) - Todos ate onde chega seu uivo

Mensagem  Will MacLeod em Qua Dez 11, 2013 3:05 pm

Um uivo ecoa pelo caern...

- A MATILHA TITÃS CONVIDA OS CRIAS DE FENRIS E OS ANDARILHOS DO ASFALTO, ASSIM COMO A TODOS OS QUE DESEJAREM SE DESPEDIR DAS GAROUS VINGANÇA-DE-FREYA E LINKS-ALEATÓRIOS, A COMPARECER AO CEMITÉRIO...

_________________
"Já dizia o Raul: Vá e faz o que queres... Para beber eu prefiro cerveja, mas pra comer eu prefiro as mulheres!"
Coração-da-Tempestade
Raça Pura: 5
Aparência: 5
Fúria: 4
Voz Encantadora + Voz do Rouxinol
avatar
Will MacLeod

Mensagens : 81
Data de inscrição : 30/07/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Sussurros-dos-Espíritos: Matilha da Doninha

Mensagem  Sussurros-dos-Espíritos em Qua Dez 11, 2013 3:23 pm

Essa matilha era quente! talvez fosse apenas o excesso de Ahrouns, ou a força da lua nessa noite, mas a tensão não abandonava o grupo.
Quando a Doninha o aceita e ele consegue resolver a dívida do antigo Theurge para com o Totem, ouve as palavras do Presa de Prata e se desespera. Para que se oferecer para pagar uma dívida que já estava saldada? Excesso de honra era um defeito tão grande quanto sua falta e imediatamente perdeu um pouco do respeito pelo seu líder.
O desafio do Roedor de Ossos veio em boa hora, este parecia forte e inteligente, algo que o Xamã valorizava na liderança.
Imediatamente a outra Ahroun se manifesta visivelmente ofendida. Suas palavras fazem sentido, mas a leitura das entrelinhas mostra uma Garou claramente culpada por erros que precisava redimir.

- Sou novo aqui, mas creio que não estamos em uma situação de luta, e sim de luto. Não vejo problemas no desafio feito, e a presença da Doninha em um momento tão importante apenas honra o feito. Além disso quanto às falhas do nosso líder e de sua beta, se houveram, é claro, sugiro que a punição seja definida pelo novo líder da matilha após o desafio... Suas palavras são interrompidas pela Doninha que avisa da chegada de um estranho, pela Juíza que se aproxima para falar com o estranho e finalmente pelo uivo do Garou que havia recusado sua ajuda anteriormente conclamando a todos a honrar seus mortos.

_________________
Theurge Uktena
Aparência 1
Carisma 3
Fúria 2
Característica notável:
Marca de Suspeita (algo parece errado com o Garou atraindo certa desconfiança)
avatar
Sussurros-dos-Espíritos

Mensagens : 80
Data de inscrição : 20/11/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Kor Yance McDonell (Hominideo) - Kiba / Julian/ Mayra / Sussurro-dos-espíritos / Doninha/ TODOS no local

Mensagem  Kor Yance McDonell em Qui Dez 12, 2013 8:26 pm

Kor estava de braços cruzados acompanhando com os olhos a discussão que rolava entre os membros do Esquadrão-da-Fúria. Parecia pertinente e justa. Pelo pouco que havia escutado, estava claro que eram problemas sérios e graves, mas que matilha não tinha problemas? Pelo pouco tempo presente, era mais que o suficiente para saber que todos tinham problemas, e na maioria das vezes, sério.

O momento era delicado e por isso não intrometeu. Mayra, Kiba e Julian pareciam reelaborar o que seria o desafio da liderança após a missão mal sucedida ao passo que também tentava esclarecer as falhas. Um assunto importante. Porém, a Doninha que havia sido invocada, após deixar seu pensamento para análise da matilha virou para Kor apontando o focinho fazendo uma pergunta para Kiba e os demais sobre quem era o desconhecido. O Totem se aproximou então do Senhor das Sombras e uma pergunta direta foi feita.

Kor pode sentir sua presença, sua força, algo que representava muita fibra vindo de uma mulher. Aquilo de alguma forma lhe deixou satisfeito. Vendo que então era o momento certo para se apresentar, se aproximou um pouco mais cumprimentando a todos com um novo aceno positivo de cabeça. Olhando para a Doninha, Kiba e os demais, disse de forma calma, tranquila, porém séria.

- Perdoe-me Doninha. Me chamo Kor Yance McDonell, "Sopro-da-Tempestade", Senhor das Sombras Galliard Fostern do campo dos Senhores do Cume, Ex-membro da Vingadores designado pelo Falcão-de-Prata para o Esquadrão da Fúria, sob a liderança de Kiba. Estava procurando pelo Alpha quando encontrei todos vocês reunidos. É um prazer estar em sua presença e peço desculpas por não ter me apresentado anteriormente, mas é que preferi não intrometer nos assuntos aqui discutidos para não atrapalhar o andamento dos planos da matilha.

Olhava para todos com respeito e por final olhava para Kiba, cujo ainda acreditava ser o Alpha.

- Gostaria de humildemente me apresentar a todos e também ao Alpha como novo membro da matilha, ou melhor, como novo irmão Garou de vocês. Sei que agora pode não ser o melhor momento para essa apresentação e compreendo perfeitamente isso, mas diante da situação queria me colocar a disposição para qualquer ajuda. Podem contar comigo para o que for preciso...

Se calou então aguardando a resposta dos demais. Sua fala havia sido para todos, mas claramente para os de maiores patentes. Querendo ou não, aquilo era uma apresentação formal e não havia maneira de ser diferente. Com os braços para trás permaneceu da forma que estava.


_________________
Hominídeo - Galliard - Fostern - Senhor das Sombras - Senhores do Cume - "Sopro-da-Tempestade"
_______________
Aparência 05

Fúria 05
Raça Pura 03

Cicatriz no peito num formato [ / ], cabeça em [ | ] e nas costas em [ Z ].




"Diante de uma larga frente de batalha, procure o ponto mais fraco e, alí, ataque com a sua maior força."
avatar
Kor Yance McDonell

Mensagens : 325
Data de inscrição : 28/01/2013
Idade : 27
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Kiba Valentine (Crinos) - Esquadrão da Fúria / Doninha

Mensagem  Kiba Valentine em Qui Dez 12, 2013 11:38 pm

O Presa de Prata escuta o comentário de Uktena, mas nada comenta, pois estava interessado em saber o que o Vingador estava fazendo ali. Logo a explicação é dada e Kor seria o mais novo membro da Esquadrão da Fúria. Felizmente, a matilha estava visivelmente se reformando depois das perdas da ultima missão. O Ahroun então começa a caminhar na direção de Kor e diz:

- Fique tranquilo Sopro da Tempestade, não tem problema nenhum... Seja bem vindo a Esquadrão da Fúria.

Finalmente próximo ao Senhor das Sombras o Presa de Prata ergue a mão para cumprimentar o Garou e logo prossegue dizendo:

- Foi em boa hora... Realmente vamos precisar da sua ajuda, mas primeiro...

Após cumprimentar Kor, Kiba abre caminho para que Doninha e o Senhor das Sombras ficassem cara a cara. Enquanto olhava para o totem da matilha ele prossegue:

- A Esquadrão da Fúria é abençoada por Doninha... Já conhece o dogma dela?

Deixando para que o totem da matilha prosseguisse com a aceitação do Senhor das Sombras o Presa de Prata apenas espera uma manifestação de alguma das duas partes para prosseguir.

_________________
Hominídeo - Ahroun - Presa de Prata - Anjos Guardiões - Inimigos da Wyrm - Cabana da Lua
Cicatrizes: Cicatriz profunda em forma de "/" no tórax e cicatriz superficial na altura do coração.
Carisma 03
Aparência 04
Raça Pura 05
Fúria 07
Idade: 17 anos
Altura: 1,70
Peso: 76kg
avatar
Kiba Valentine

Mensagens : 585
Data de inscrição : 28/01/2013
Idade : 29

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Hominideo - Ferida-do-Vento / Esquadrão / Narração

Mensagem  Balik Samir em Sex Dez 13, 2013 11:03 am

Abatido, frustado e com um remorso angustiante, Ferida-do-Vento devagava sobre a relva úmida da floresta tropical do Rio de Janeiro. Sangue seco misturava-se com seu suor e lágrimas e suas vestes esfarrapadas revelava uma pele queimada com pelos chamuscados. Sua mente estilhaçada refletia-se em seus olhos opacos e escuros que olhavam para o horizonte com a esperança de um novo amanhã.

Ele havia falhado com sua matilha, com sua família e perante gaia. Era inadmissível um Wendigo como ele, um Garou como ele, fazer o que fez. Mas ele estava sendo guiado pelos espíritos do vento, mantendo-o inabalável com forças suficientes para caminhar até o Caern

Ao se aproximar ouviu-se uivos, mas sua mente perturbada não distinguiu, nem os compreendeu, sabia apenas que havia chegado. Encheu seus pulmões para uivar, mas seus músculos responderam repreendendo-o. Em um último impulso de energia, transmutou suas cordas vocais para emitir seu uivo de anuncio:

"Ferida-do-Vento, se aproximan...." - seus olhos cerram-se e seu corpo desabou, como um saco de batatas amassadas e podres.

Os macacos locais se assustaram.

_________________
Hominídeo Ragabash Wendigo - Cliath
Carisma 3
Aparência 2
Fúria 5
avatar
Balik Samir

Mensagens : 130
Data de inscrição : 30/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Doninha | Tolerância-Zero - Matilha Esquadrão da Fúria

Mensagem  Narrador em Sex Dez 13, 2013 11:50 am

Quando o Theurge fala em punições, a Philodox da matilha olha para ele e diz enfática:


'- Julgamentos e punições são minha função de Augúrio, não uma função de um líder. O líder encaminha o julgamento, o Philodox o faz. Não subestime meu papel de augúrio assim como eu não subestimo o seu.'


O tom é seco e o olhar desconfiado. Parecia, de alguma forma, incomodada com o Uktena. O Senhor das Sombras, no entanto, finalmente se manifesta. A juíza ouve tudo em silêncio sem expressar emoções com a fala do Galliard.


Diante da fala de Kor e consequente resposta de Kiba, a Doninha se vira na direção do Senhor das Sombras, dizendo:


'- Está disposto a nunca mais demonstrar medo e honrar meu nome, Sopro-da-Tempestade?'


Antes que Kor responda, os membros da Esquadrão da Fúria ouvem algo que parecia um uivo não terminado ali nas proximidades. Não reconhecem a voz em um primeiro momento, mas notam que os animais parecem se afastar assustados do local de onde veio o uivo. A Juíza, diante do barulho, diz para Kiba:


'- Eu vou averiguar... se me permite...'


E espera a autorização do Alfa para partir e ver o que assustava os animais.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Kiba Valentine (Crinos) - Esquadrão da Fúria / Doninha / Balik

Mensagem  Kiba Valentine em Sex Dez 13, 2013 12:25 pm

Kiba estava ao lado de Kor quando um rápido uivo começa a se formar, porem o mesmo se encerra antes de chegar ao final. O uivo vinha do território da Esquadrão e parece que toda a matilha não havia reconhecido o dono do uivo.

Quando Fúria Negra pede permissão para ir verificar o Presa de Prata pensa se deveria mandar ou não alguém com ela. Em uma situação como aquelas ele mesmo iria, mas seria bom se despedir do totem naquele momento. Kiba então olha para a Philodox e diz:

- Vá com cuidado... Se perceber algo estranho avise.

Logo em seguida Kiba olha na direção de Julian e Mayra. Sabia que a Fianna estava esgotada, mas o Roedor devia estar 100%. Se aquilo fosse um problema era com ele que iria contar para avançar. Destinando-se então a Julian ele lança um rápido aviso:

- Fique preparado...

_________________
Hominídeo - Ahroun - Presa de Prata - Anjos Guardiões - Inimigos da Wyrm - Cabana da Lua
Cicatrizes: Cicatriz profunda em forma de "/" no tórax e cicatriz superficial na altura do coração.
Carisma 03
Aparência 04
Raça Pura 05
Fúria 07
Idade: 17 anos
Altura: 1,70
Peso: 76kg
avatar
Kiba Valentine

Mensagens : 585
Data de inscrição : 28/01/2013
Idade : 29

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Sussurros-dos-Espíritos: Matilha da Doninha

Mensagem  Sussurros-dos-Espíritos em Sex Dez 13, 2013 2:57 pm

O choque das palavras da Fúria Negra acordou o jovem Xamã. Se havia alguém naquele local que entenderia sua colocação deveria ter sido ela. Afinal ela era uma Pacificadora. Seu primeiro impulso foi gritar com ela que se ela não fazia nada, alguém precisaria faze-lo. Ou até que se o raciocínio dela tivesse lógica apenas Ahrouns lutariam, e nenhum outro Garou entraria na Umbra, que não os Xamãs. Mas quando olhou em volta para os outros membros percebeu a dura realidade. Ele não encontraria apoio ali e suas palavras esvaziariam em ouvidos surdos. Além de Cliath, ele possuía algo que fazia com que todos desgostassem dele, não sabia bem o que. Por um segundo havia pensado fazer parte de algo maior, se soltou e deu opiniões, mas na fala dela notou que estava sozinho. A raiva deu lugar a frustração.

-Me curvo ante sua sabedoria, Forsten. Disse com a cabeça levemente curvada em sinal de respeito para com a Fúria Negra.

Ouviu a fala do Galliard recém chegado em silêncio e assim ficaria até que fosse solicitado. Mesmo com o uivo que parecia de um Garou ferido optou por esperar as ordens de seu líder.

_________________
Theurge Uktena
Aparência 1
Carisma 3
Fúria 2
Característica notável:
Marca de Suspeita (algo parece errado com o Garou atraindo certa desconfiança)
avatar
Sussurros-dos-Espíritos

Mensagens : 80
Data de inscrição : 20/11/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Kor Yance McDonell (Hominideo) - Kiba / Julian/ Mayra / Sussurro-dos-espíritos / Doninha/ TODOS no local

Mensagem  Kor Yance McDonell em Sex Dez 13, 2013 3:57 pm

Kiba então se aproxima apresentando e fazendo as honras para a matilha. Kor mais uma vez agradeceu mentalmente pela prestatividade do Alpha. Definitivamente, pelo início e pelo primeiro impacto, o Esquadrão da Fúria parecia ser a matilha mais correta para Kor. Esticou sua mão retribuindo o cumprimento de Kiba sem deixar de prestar atenção em suas palavras. Antes que o Alpha abrisse caminho para a Doninha, o Senhor das Sombras disse.

- Muito obrigado, Kiba. Estou aqui para o que der e vier sempre. Farei o que for preciso para a matilha, mesmo que um dia isso custe minha vida.

Falava isso com seriedade e firmeza. Uma coisa que os outros jamais poderiam questionar era sua lealdade perante a matilha que estivesse. Quando Kiba abre caminho para que ficasse de frente para a Doninha indagando sobre conhecer o Dogma, Kor balança a cabeça afirmativamente e completa.

- Sim, Kiba. Jamais demonstrar medo. O medo é falho e causa fraqueza. Posso dizer que me identifico muito com este dogma da Doninha.

Dizia isso olhando também para a Doninha.

 

_________________
Hominídeo - Galliard - Fostern - Senhor das Sombras - Senhores do Cume - "Sopro-da-Tempestade"
_______________
Aparência 05

Fúria 05
Raça Pura 03

Cicatriz no peito num formato [ / ], cabeça em [ | ] e nas costas em [ Z ].




"Diante de uma larga frente de batalha, procure o ponto mais fraco e, alí, ataque com a sua maior força."
avatar
Kor Yance McDonell

Mensagens : 325
Data de inscrição : 28/01/2013
Idade : 27
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Doninha | Tolerância-Zero - Matilha Esquadrão da Fúria

Mensagem  Narrador em Sab Dez 14, 2013 6:35 am

A Doninha responde ao Galliard:


'- Então eu abençoar filho Sopro-da-Tempestade. Bem-vindo ao Esquadrão da Fúria. Honrar meu nome e eliminar medo.'


Ao mesmo tempo, ante a fala do Theurge, a Fúria Negra mantém o olhar fixo nele, só o desviando quando Kiba a autoriza a sair. Amanda se afasta e, em pouco tempo (bem pouco mesmo) está de volta no local onde estão os membros carregando um corpo desmaiado. Tratava-se de Ferida-do-Vento. 


A Meia Lua, ainda carregando o corpo dele, indaga:


'- Algum de vocês, o conhece?'


A Doninha imediatamente responde:


'- Ferida-do-Vento chegar. Hora de Doninha partir. Cuidar de Ragabash, honrar mortos, resolver problemas e cumprir meu dogma.'


Dita suas últimas palavras, a Doninha se desmaterializa e a Philodox com o corpo do Wendigo ainda nos braços fica olhando na direção do Theurge da matilha.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [CAERN] Entrada Oeste - Barra da Tijuca (Zona Oeste)

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 10 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum