[CAERN] Cemitério

Página 20 de 22 Anterior  1 ... 11 ... 19, 20, 21, 22  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Crinos

Mensagem  "Hal" - Vento Escarlate em Qua Nov 05, 2014 1:29 pm

Hal - Yao-Fei Zumbi

Heitor vê a carnificina ocorrendo por todos os lados quando um enorme Hispo ataca Yasmine. Imediatamente, Pantaneiro se põe a ajudá-la e arranca boa parte do couro da criatura com uma patada.

Vendo que a companheira de tribo ainda consegue manifestar as borboletas ("Provavelmente um chamariz"), Hal se adianta, ou não haveria mais filhotes a salvar, quando percebe o cadáver de seu Mestre devorando a perna de um pequeno Impuro que gemia de dor...

Heitor avança fazendo um arco e aborda o zumbi pela retaguarda, o golpe é guiado pela mão de Yojimbo e acerta a cabeça de Yao-Fei, decepando-a uma vez mais naquela noite:

" - KOUGETSUZAN!"

Uma lágrima cai dos olhos de Hal depois do ataque, mas ele não esboça reação. Sua espada, Muramasa, agora estava coberta com o que já foi o sangue de seu mentor.

Tendo livrado o pequeno impuro da mordida de Yao-Fei, Hal olha ao redor e tenta se posicionar de modo a protegê-lo e não ser surpreendido.

"Gambatte, Hal..."

Heitor pode ouvir Yojimbo lhe dando alguma força. O garou estava cansado e sua fúria estava esgotada. O cenário era saído de um pesadelo.

" - Garoto, consegue se levantar ou mancar? Fique perto e vou cobri-lo se eles se aproximarem."

Heitor aguarda o filhote enquanto se posiciona. Se ele não conseguir levantar em alguns segundos, Hal lhe estende a mão e o puxa para levá-lo pelo ombro, rezando para que Pantaneiro e Yasmine já tenham se livrado do Hispo corrompido que atacara a ambos.

OFF: Gambatte = Faça seu melhor.
OFF 2: Kougetsuzan = Corte da lua crescente (Haohmaru feelings).
OFF 3: Causou 7 letais, decepando novamente a cabeça do Zombie Yao-Fei.

_________________
"Hal": Vento-Escarlate
Hominídeo - Ahroun - Portadores da Luz Interior - Cliath
Aparência 2 (nada de chamar a atenção)
Carisma 2 (introspectivo)
Fúria 6
Mestiço (oriental)
Aparenta estar em meados dos 20 anos
avatar
"Hal" - Vento Escarlate

Mensagens : 195
Data de inscrição : 03/02/2014
Idade : 27

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Kiba Valentine (Crinos) - Grupo de Defesa / Seifer / Lauren / Phillip

Mensagem  Kiba Valentine em Qua Nov 05, 2014 1:44 pm

O Presa de Prata via o caos, mas o pior de tudo aquilo era ver Lauren ali, com aparência medonha e repugnante, caminhando em sua direção. Presenciar tal cena faz o coração de Kiba se encher de raiva.

- Como vocês podem... DESGRAÇADOS!!!

Aquilo era inaceitável. Brincar com os sentimentos do Ahroun daquela forma era algo que não desejaria ao seu pior inimigo. Sem duvida alguma, se saísse vivo daquele combate, iria caçar os responsáveis por isso e manda-los direto para o inferno de onde saíram.

Tal distração faz com que Kiba não note a aproximação de seu tio Seifer que lhe morde no ombro.

- Tio...

O Ahroun gane de dor depois do golpe que feria consideravelmente seu braço direito, mas não o suficiente para tirar seus movimentos graças a cura feita por Michell.

“Não seja louco! Seu tio estava contigo hoje na batalha da Colmeia! Isso é só uma monstruosidade!”

O Ahroun aproveita a fúria que ganhou e crava sua Grã-Klaive no abdômen de Seifer, puxando-a para cima logo em seguida e partindo o ex Ancião dos Presas de Prata ao meio. Conforme a lamina corria Kiba tem a certeza de ouvir seu tio urrando de dor e pedindo para que ele não fizesse isso.

- VOCÊ NÃO É MEU TIO SEU MONSTRO MALDITO!!!

Após o golpe Kiba aproveita para olhar em volta. O Cria de Fenrir que havia acabado de chegar lutava contra espíritos que ele nunca havia visto na vida, enquanto Mayra e Phillip lutavam contra um zumbi cada. O Theurge que tinha lhe curado caia pelos tiros de inimigos que surgiam das matas.

“Maldição! Não podemos morrer assim! Não sem salvar os filhotes!”

Kiba gira Excalibur e desfere um poderoso ataque nas costas do zumbi que lutava conta Phillip, partindo-o ao meio antes que pudesse causar mais problemas. Aproveitando o tempo que ganhou para respirar o Ahroun diz:

- Nycolle! Ajuda o Cabelinho! Rápido! Drink, precisamos parar as armas deles! Pensa em alguma coisa pra nos aliviar!

Era difícil pensar com aquilo tudo acontecendo diante de seus olhos. Se o Theurge da matilha não bolasse alguma coisa, logo os malditos derrubariam um a um os Garous da linha de defesa e o fim seria inevitável.

Off:

Kiba levou 1 agravado = total 3 agravados;
Kiba ganhou 1 de fúria;
Kiba gastou 1 de fúria e causou 8 agravados em Seifer (matou);
Kiba causou 7 agravados no zumbi que lutava contra Phillip (matou).

_________________
Hominídeo - Ahroun - Presa de Prata - Anjos Guardiões - Inimigos da Wyrm - Cabana da Lua
Cicatrizes: Cicatriz profunda em forma de "/" no tórax e cicatriz superficial na altura do coração.
Carisma 03
Aparência 04
Raça Pura 05
Fúria 07
Idade: 17 anos
Altura: 1,70
Peso: 76kg
avatar
Kiba Valentine

Mensagens : 585
Data de inscrição : 28/01/2013
Idade : 30

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ataque - John/Aman

Mensagem  Convidado em Qua Nov 05, 2014 2:23 pm

Ao sinal e comando de John, Adrian parte com tudo em investida nos zumbis que estavam próximos, um grande crinos prateado rosna com ferocidade e força e sai com ímpeto atropelando o que vê pela frente, quando se depara de frente em encontro com o zumbi que estava próximo, rapidamente o zumbi desfere o primeiro ataque que acaba acertando, causando um certo dano, mas o presas de prata desfere uma garrada de baixo para cima, rasgando o zumbi e o mesmo cai na hora, sem chances de revidar o ataque, de lado Adrian rapidamente se vira e dá uma garrada da altura da cabeça de outro zumbi, matando o na hora também.

-MORRAM MONSTROS! VOCêS NÃO PERTENCEM A ESTE MUNDO!

Adrian estava ali tentando abrir espaço e atacando, esperando que seus colegas de matilha, coordenassem uma ação conjunta.

______________________________________________________________________
OFF: +4 de dano em um zumbi - Morto
7 de dano no outro - morto
3 De dano agravado
Gasto 2 de fúria.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Selene (Crinos) - Todos

Mensagem  Selene Leukippes em Qua Nov 05, 2014 2:29 pm

Assim que chega no cemitério, Selene de separa com o Caos. Não tem como ouvir qualquer orientação prévia, mas via que Draven tinha problemas para conter seus inimigos, que Yasmine estava em uma situação complicada e que Pantaneiro não era suficiente para conter o infinito que parecia tomar conta daquele lugar.

*Por Gaia, como isso é possível.*

Estava chocada, mas não podia se dar ao luxo do choque. Precisavam de reforço e se não tinha como invocar uma verdadeira horda, traria àquela que por si só era mais do que um exército. A Theurge faz um desenho no chão de um símbolo que lembrava um machado e começa o processo de invocação:


- Isthmene, Dama do Machado, irmã mais nova das Górnoas, poderosa senhora da guerra e irmã em guerra das Fúrias negras, traga-nos a fúria do seu machado para derrotar aqueles que se deixaram corromper pela Wyrm! Traga-nos seu machado para que afastemos do solo sagrado a corrupção! Nos traga seu machado para lutar ao nosso lado em defesa da Mãe!


O processo de conjuração estava bem encaminhado e o espírito começava a ganhar contornos ali no cemitério. A Theurge tinha pela consciência dos riscos de invocar o totem ali, mas confiava que defender o solo de Gaia, naquele instante, era maior do que qualquer ato de prudência.

_________________
Selene Leukippes Valentine - Âmago de Medéia
Theurge - Fúrias Negras - Amazonas de Diana
Aparência 5 - Fúria 2 - Raça Pura 5
Ascendência Notável - Magnetismo Animal
avatar
Selene Leukippes

Mensagens : 306
Data de inscrição : 27/11/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Flavio (Crinos)

Mensagem  Flávio Brandão em Qua Nov 05, 2014 3:46 pm

O Ahroun chega ao cemiterio correndo em quatro patas. Sua grande forma negra estava furiosa e mais ainda ao ver o caos no qual caira. Varios zumbis estavam ali atacando Garous e filhotes. No entanto, Selene fazia uma invocação, o Crinos, ainda em quatro patas se posiciona ao lado dela, talvez instintivamente, sem perceber, ele mantem um rosnado do fundo da garganta, involuntario.

_________________
Flávio Brandão - Nunca-Mais

Cliath - Senhor das Sombras - Ahroun - Juiz do Destino

Aparência: 1 (aparência de idade na casa dos 30 para 40)
Carisma: 1
Fúria: 6

Cicatriz de Batalha:
Buraco de bala na lateral esquerda da cabeça, falta cabelo na região

Defeitos:
Marca do Predador
Salafrário
avatar
Flávio Brandão

Mensagens : 82
Data de inscrição : 03/10/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Lapada (Crinos) - Punhos - Sinfonia - Arautos - todos - Pr. Ciço

Mensagem  Severino de Araújo em Qua Nov 05, 2014 4:45 pm

A fumaça baixa e a cena que todos presenciam é a pior possível com zumbis por todos os lados devorando os filhotes do Caern. A sua frente a Arautos observa três filhotes serem cercados por uma tuia de famintos Garous mortos vivos. Antes que Lapada pudesse falar qualquer coisa o Garou que liderava o grupo se atraca com um dos zumbis que impedia a chegada deles aos filhotes. É nesse momento que a voz de Amam chega a seus ouvidos lembrando que precisavam garantir a vida dos filhotes.

Lapada foca nos filhotes e quando pensa que Sinfonia entendera a ordem, ele vê o Garou parar na barreira de mortos. A força do Galliard é grande e ele consegue dar cabo de dois dos famintos. O problema é que este não era o objetivo deles. De nada valia matar os malditos, e eram vários, se no final os filhotes fossem devorados antes que pudessem chegar perto. Esse é o pensamento que domina Lapada-na-Escuridão.

Era um Garou novo mandado para receber treinamento num dos mais importantes Caerns das Américas e, definitivamente, aquilo era treinamento na veia. Nem bem chegara e via aquilo que a seus olhos era tão grande e sólido se desfazer no ar. Ou melhor, nas chamas. Nos poucos segundos que o separam daqueles que um dia foram chamados de amigos e irmãos por aqueles que acabava de conhecer, um filme passa na mente do Uktena. A expectativa de seu povo; o sangue que tinha nas veias; a missão que tinha a cumprir em sua terra, tudo retorna em flashes na medida em que corria para o momento mais incerto de sua curta vida.

A frieza que tantos atribuem a sua tribo se misturava com seu sangue de sertanejo arretado e a fúria de seu augúrio para uma escolha que poderia ser sua última. O mundo parecia estar em câmera lenta aguardando ela, mas ele já sabia a decisão que tinha tomado. Precisava cumprir seu destino e mostrar que o sangue de Maria Coragem não dera origem a nenhum covarde.

A cena volta a acelerar diante de seus olhos que enxergam apenas os filhotes e um morto de fome em seu caminho. O pernambucano abaixa a cabeça e acelera o passo. Enquanto passava entre seus companheiros rumo a roda de mortos ele grita:

"- OS PIRRAIAS, TABACUDOS!!!!"

Foi o máximo que conseguiu dizer chamando seus companheiros a cumprir com seu dever, alimentando a esperança de que eles o seguiriam. O Pernambucano dá um encontrão tão potente num dos mortos que o arremessa no meio da floresta para finalmente se colocar entre os malditos, que já o atacavam, e os filhotes sobreviventes. Ele abre seus braços como quem cria um perímetro onde os filhotes pudessem ter alguma esperança de recuperar a segurança perdida.

"- VAMO SIMBORA."

A frase revela mais uma esperança do que uma certeza.

Off: 1 de FV pra chegar nos filhotes

_________________
Severino de Araújo (Bil)
Lapada-na-Escuridão
Ahrou - Cliath - Uktena - homínideo
Aparência 2
Glória 3
Honra 1
avatar
Severino de Araújo

Mensagens : 96
Data de inscrição : 13/10/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mayra (Crinos) - Esquadrão

Mensagem  Mayra Hildebrand em Qua Nov 05, 2014 5:08 pm

Mayra estava preparada. Sem enxergar tentava se manter atenta, mas as presenças à sua volta eram tantas que não tem como ficar alerta contra qualquer cosia que se aproximasse. Isso se transforma em uma fraqueza que era explorada pelos inimigos que avançam na sua direção e a jogam no chão começando a mordê-la. E eles conseguem feri-la:

*Desgraçados... eu vou arrancar suas cabeças.*

Mayra só pensava em coisas em como aniquilar ou destruir os malditos que a feriam até que alguma alma caridosa faz algo. Pela voz, fora Philip. Tinha que admitir que estava grata, embora sua racionalidade achasse ruim que ele estivesse agindo como sua babá por seu erro. Queria livrá-lo daquele fardo e faria isso de alguma maneira, mas naquele instante era hora de lutar.

Com um inimigo a menos em cima de si a Ahroun avança e com um único golpe rasga a criatura que a agarrava ao meio e se levanta já perguntando:

- Pra que lado devo atacar?

Realmente não sabia. Estava perdida e pelos barulhos cada vez maiores, pelos gemidos e pelas explosões achava que a situação ia de mal a pior.

_________________
Mayra Hildebrand - Voz de Taranis
Hominídeo / Fianna / Ahroun / Tuatha de Fionn
(Aparência 5 / Fúria 7 / Raça Pura 5)
**** Voz do Rouxinol ****
**** Magnetismo Animal ****

Cicatrizes de Batalha
* Cegueira dos Dois Olhos (provocada por um Rastejante Nexus)
* Cicatriz Profunda na altura do abdômen (provocada por um Ancião dos Dançarinos da Espiral Negra)
avatar
Mayra Hildebrand

Mensagens : 429
Data de inscrição : 28/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [CAERN] Cemitério

Mensagem  Hrist Thordsvedt em Qua Nov 05, 2014 5:45 pm

Finalmente seu alpha resolvera agir como um....talvez suas palavras tenham surtido algum efeito afinal, mas depois teria tempo para pensar naquilo.

Hrist se prepara para bater em auxílio dos filhotes como dissera Julian, mas jamais poderia estar preparada para o que vê quando a cortina de fogo abranda... os mortos do Caern devoravam os filhotes da seita em uma cena pavorosa e dantesca que faz seu coração desacelerar no peito e doer em seguida como se uma faca tivesse atravessado seu peito. E o pior... seu irmão estava entre eles.

- Ah Svenn...não.

Era um ganido choroso, de tristeza e desespero e tão logo o alpha segue pro meio do caos, para resgatar aqueles pequenos coitados do destino terrível que os espreitava, ela usa sua fúria para alcançá-lo e ao filhote ainda vivo que ele mutilava, ainda sem entender direito ou sequer imaginar o que faria. Hrist jamais levantara a mão para seu irmão e nem ele para ela... Como ela pararia seu corpo ainda em perfeito estado - que simplesmente lhe dava a ilusão de que estava vivo? Como ela poderia impidi-lo de cometer aquela insanidade, de manchar sua alma de forma tão profana?

E então, como se lesse sua mente, a critaura-Svenn fala com ela, pedindo que não o mate.

E só então ela realiza que aquela coisa não podia ser seu irmão. Ele tinha a dignidade de um guerreiro, ele jamais imploraria, ele jamais se humilharia, ele jamais se rebaixaria e, caralho, ele jamais machucaria uma criança. A noção de que aquilo, de alguma forma, profanava a imagem, o corpo, a memória de seu irmão, enche seu coração de fúria e Hrist avança contra o pedaço de carne com o ódio crescendo em seu peito. Ela rosna para o monstro e crava-lhe as garras na altura da cintura, abrindo seu corpo e fazendo as vísceras espalharem no chão enquanto a criatura-Svenn morria outra vez.

Quem fizera isso, não importava quem, o quê ou onde, iria pagar por ter mexido com seu irmão. Não importava se ela tivesse que correr até o Inferno, até o Abismo ou até Malfeas para isso...mas ela faria pagar. Pelo seu sangue e pela sua honra, pela alma de seu adorado irmão, ela faria com que eles se arrependem do dia em que tinham nascido, e se sentiriam tolos e se desesperariam ao saber que tinham mexido com a pessoa errada.

Ela pega o filhote ainda vivo no colo, segurando-o com uma única mão bem rente ao corpo para que nada pudesse separá-los e diz, da forma mais gentil que conseguia:

- Segura firme ai...vamos tirar você daqui.

_________________
Raça pura: 5 (Ascendente Notável: Filha de Gogol Fangs-First)
Aparência: 3 (Cicatriz na face esquerda, cega deste olho)
Fúria: 6
Qualidade Boa reputação (A de ser muito justa, porém muito rígida)

" Vingança não é um motivo valido, vingança é uma resposta emocional. Não, não é vingança: é punição."
avatar
Hrist Thordsvedt

Mensagens : 236
Data de inscrição : 19/04/2013
Idade : 30
Localização : Sampa City

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [CAERN] Cemitério

Mensagem  Convidado em Qua Nov 05, 2014 6:33 pm

Nycole ouve o grito de Kiba, imediatamente ela abandona o post e corre em direção ao ser que estava atacando o cabelinho, um rosnado grande era ouvido e assim ela se dirige, tentando morder com toda a força possível. Era algo surreal ver a aleijada tentando correr, desajeitada e sem total coordenação dos seus movimentos, na sua mente pensava: droga, se tivessem deixado a minha perna ficaria mais fácil.

então rapidamente ela morde, com toda a sua força, mas não causa muito efeito, é danoso, mas mesmo assim o maldito zumbi estava vivo, mas estava ferido.

OFF: 3 de dano no walker.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Pedro (Hispo)- Draven Pumba

Mensagem  Pedro coração-sereno em Qua Nov 05, 2014 7:41 pm

Pedro chega um pouco depois de Flávio no cemitério e ao ver Selene fazendo uma invocação pensa em ir na direção dela, porém Flávio é mais rápido e já se dispõe a proteger a Fúria, Pedro olha a dua volta e vê Draven Lutando contra alguns espíritos ao lado do totem, Pedro corre então para ajuda los e para ao lado de Draven com os olhos esbugalhados tentando entender tudo que acontecia ao redor.

_________________
Pedro - Coração-Sereno, Cliath, Filodox da tribo dos filhos de gaia.
Aparência 2
carisma 3
Furia 8
Coração calmo, Mentalidade de matilha
Marca do predador
     


"A magia me mantém vivo mais também me enlouquece e eu tenho que salvar você mas quem é que me salva, me perdoa pelo que eu possa fazer quando não lembrar de você..."
avatar
Pedro coração-sereno

Mensagens : 137
Data de inscrição : 25/08/2014
Idade : 23

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Nymmeria (crinos) - Caern Vermelho

Mensagem  Nymmeria em Qua Nov 05, 2014 7:48 pm

Nada que Nymmeria algum dia tivesse visto poderia tê-la preparado para aquela visão. Mortos, muito mortos, querendo arrastar todos os vivos para suas tumbas...
Não era uma batalha para se ganhar. Era uma batalha pra sobreviver.

Seu olhar desesperado corre por todos os lados, vendo focos de luta aqui ali. Um grupo reunido próximo de onde eles estavam, outros avançando. Ela não conseguia entender que estratégia estavam seguindo, se é que estavam seguindo alguma, e não pode evitar externar suas reflexões.
- ESTAMOS MUITO DIFUSOS, PRECISAMOS AGIR COM UNIDADE, FAZER UMA FORMAÇÃO DE BATALHA, PEGAR OS FILHOTES E SAIR DAQUI...

Falava pra quem quisesse ouvir, nem sabia se estava sendo muito sensata. Era mais fácil falar do que fazer. Selene invocava mais um espírito. Esperava que a Dama do Machado e o Javali conseguissem lutar contra os espíritos dos inimigos. O ideal seria que os Garou se focassem nos inimigos terrenos. Bem terrenos diga-se de passagem...

Chegou a pensar em tocar o Sino, pensando se poderia impedir os inimigos de trazerem mais espíritos ao Caern, mas não achou que esta seria sua atitude mais efetiva. Pensa em ajudar Voz-de-Taranis. A guerreira grávida, com um filhote tão importante, tinha que sobreviver, mas com um golpe a Fianna faz a Galliard testemunhar, impressionada, a força da Ahroun. Pensa em ajudar Draven a lutar contra aquele espírito, mas achou que aquilo era tarefa para a Dama do Machado, assim que ela se materalizasse.

Enfim, consegue achar algo que tinha condições de fazer. Avança por trás do inimigo que lutava contra a outrora Fúria Negra, expurgada de sua Tribo, e agora Roedor de Ossos. Não importava o que ele ou ela seriam a partir de agora. Ninguém tinha condições de dispensar um aliado naquela situação. Quem sabe poderia reunir aquele grupo com os recém chegados da Titãs mais devidamente?

Assim, Nymmeria ataca o Dimas-Zumbi lançando suas garras contra ele com força, e o efeito é bem melhor do que a pequena Galliard esperava. A Fúria Negra rasga completamente as costas do zumbi, expondo-lhe o sangue e as víceras. Levava o morto-vivo definitivamente para o mundo dos mortos.

Ela mesma fica um instante perplexa com o que havia feito, mas então, olha para Nycole e para o ruivo desmaiado, bem como para os que estavam por perto.
- Vocês estão bem?

_________________
Aryanne Sarmento - Nymmeria
Hominídea - Galliard - Fúrias Negras
Aparência: 4
Fúria: 4
Baixa estatura
Idade aparente: 15/16 anos.
avatar
Nymmeria

Mensagens : 298
Data de inscrição : 16/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Orixás x Orgulho-de-Fenris [2º Turno]

Mensagem  Narrador em Qui Nov 06, 2014 5:50 am

O Javali da Titãs parecia dar conta do Orixá que lutava contra ele e, é então, que um outro Orixá surge e começa a atacar o totem. Draven podia ver, mas nada podia fazer pois o outro Orixá lança um raio que atinge o Fenris e o joga no chão com o impacto do golpe. Eram espíritos estranhos, os quais Draven jamais tinha visto antes.

OFF GAME: Orgulho-de-Fenris tem que absorver 7 níveis de dano agravado.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Zumbis x Pantaneiro [2º Rodada]

Mensagem  Narrador em Qui Nov 06, 2014 5:52 am

Pantaneiro tentava ajudar Yasmine, mas pelas costas do Fianna, dois Zumbis o agarram e começam a morder cada um um dos ombros de Luke. O Ahroun sentia uma profunda dor com o golpe e notava que ele e Yasmine começavam a ficar cercados.

OFF GAME: Pantaneiro tem que absorver 4 e 6 de dano agravado.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Isthmene - Âmago-de-Medeia

Mensagem  Narrador em Qui Nov 06, 2014 6:02 am

Selene invoca Isthmene, a mais guerreira de todas as Górgonas. Ela surge com sua Labrys na mão direita (ignorem a espada da imagem e troquem por uma labrys) e olha para Selene e diz:

'- Para que invoca-me, Âmago-de-Medeia...'


avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Todos no Cemitério

Mensagem  Narrador em Qui Nov 06, 2014 6:43 am

As esperanças de vitória, no coração dos que ainda as tinham, diminuía a cada segundo. Um filhote ( 9 ) estava no colo de Hrist e outro ( 4 ) era salvo pelo Portador da Luz Interior Vento-Escarlate. O filhote olha para Hal e comenta com ele:

‘- Minha perna... não posso andar...’

Metade da perna do filhote havia sido dilacerada por Yao Fei. Caminhar não era uma opção para o filhote que ainda parecia assustado. Em dado momento, o Filhote recua e grita não, apontando para as costas de Hal. O Portador, por instinto, vira-se na direção e nota que um Zumbi se joga contra ele e o morde na clavícula.

Com uma criança no colo, Hrist enxerga que Ethan consegue acabar de arrancar a perna do filhote ( 10 ) que comia. O Senhor das Sombras estava avançando para terminar o serviço mas quando Hrist pensa em fazer algo, uma raja de tiros de munição explosiva atingem a Fenris e causam imensa dor à ela que tem que usar o corpo como proteção ao filhote.

Igor se levanta após seu ataque e presencia um cenário totalmente caótico. Muitos homens armados saíam da mata atirando e um deles descarrega sua metralhadora no Theurge que é projetado para trás com o maldito golpe. As balas explodiam no corpo de Igor que nunca tinha visto um ataque daquelas proporções e pode ver o sorriso sádico do inimigo.

Sendo mordida por Zumbis, a Garou Estrela-Cadente, como último recurso, faz surgirem borboletas de papel que começam a voar pelo local mas sem distrair ninguém. Naquele Caos, aquilo era o que menos importava. O Zumbi dá mais uma violenta mordida na Portadora da Luz Interior que não aguenta o tranco e cai desmaiada.

Cercados por 2 Impuros e não acudidos por ninguém, quatro Filhotes (5 , 6, 7, 8 ) começam a ser mutilados pelos inimigos e provavelmente não haveriam ais salvação para aqueles quatro que já não tinham como se mexer por perderem suas pernas e eram completamente devorados pelos mortos-vivos.

Uma bomba cai do céu e atinge em cheio onde estava o grupo de defesa. Mayra, Kiba, Flávio, Nycole, Phillip, Pedro e Nymmeria são atingidos pelo golpe. A situação pior é a do Presas de Prata que tem um Zumbi caindo sobre si e começando a arrancar os pedaços do seu corpo. Era Angus, logo ele, quem parecia ser o algoz do jovem Asa-Solitária. A águia de Igor tenta ajudar Kiba, mas é novamente atacada por um dos estranhos espíritos. Já estava bastante ferida, mas seguia lutando bravamente conforme ordenado pelo Theurge dos Presas de Prata.

Outros Zumbis atacam os corpos no chão de Voz-de-Taranis, Drink-no-Abismo e Nymmeria. Aman assiste tudo, mas antes de reagir é alvejada por um raio que um dos espíritos estranhos lança contra ela.

Mesmo no Caos, no entanto, todos podem ver um sopro de esperança. Ou talvez não. A Arautos do Trovão se misturava com um grupo de 15 zumbis dos quais apenas 3 haviam caído. Severino, na mais efetiva ação invade a formação e fica entre as crianças ( 1, 2 e 3 ) e os Zumbis. Dois Zumbis avançam e mordem Severino. Outros dois fazem o mesmo com John e três faziam isso com Adrian. Estavam praticamente perdidos, mas a escuridão começa a tomar forma.

Igor, Phillip, Selene e Draven sentem as energias da noite se movendo numa proporção que nunca tinham percebido antes (mas todos podem notar as formas que surgiam). As sombras da noite ganham um contorno próximo da Arautos do Trovão e simplesmente avança eliminando todos os Zumbis. Eram como um exército surgido das Sombras. Assim que terminam de ceifar os inimigos que cercavam a Arautos do Trovão, o líder das sombras se apresenta falando para os Arautos, mas de modo que todas as matilhas pudessem ouvir pois não sabiam exatamente com quem deveriam lidar:

‘ – ARAUTOS DO TROVÃO, FEITICEIRA-DAS-SOMBRAS NOS ENVIOU PARA AJUDAR. O QUE DEVEMOS FAZER?’

Eram muitos espíritos. Uma das maiores concentrações que demonstrava uma das maiores redes que a maioria ali vira. Os Theurges deviam imaginar que uma rede daquele porte e com aquela servidão era um poder impressionante. Eram entre 30 e 50 espíritos que surgiam para servir à Arautos, mas que mesmo assim mantinha os Garous em grande inferioridade numérica na situação. Sylvia não estava por perto, mas a tempestade e agora o exército de espíritos da noite demonstravam claramente que ela estava de olho no que acontecia no Caern.

Mesmo com o exército de Espíritos da Noite, a vantagem era total dos invasores. Eles vinham de todos os lados, os que morriam levantavam dos mortos e cada vez mais mortos apareciam. Bombas caíam dos céus, rajadas de tiros corriam por todos os lados. Aquele Caern nunca vivera uma tragédia como aquela que se anunciava.


OFF GAME: Vento-Escarlate tem que absorver 5 níveis de dano agravado. Fúria-da-Justiça-Implacável tem que absorver 7 níveis de dano agravado. Filho-da-Alvorada tem que absorver 7 níveis de dano agravado. Estrela-Cadente desmaia. Voz-de-Taranis. Asa-Solitária, Coração-Sereno, Drink-no-Abismo, Nunca-Mais, Filha-de-Ártemis e Nymmeria tem que absorver 7 níveis de dano agravado da explosão. Asa-Solitária tem que absorver 5 agravados da mordida de Angus. Voz-de-Tranis tem que absorver 6 níveis de dano agravado. Nymmeria tem que absorver 4 níveis de dano agravado. Drink-no-Abismo tem que absorver 7 níveis de dano agravado. Ubuntu tem que absorver 9 níveis de dano agravado. Lapada-na-Escuridão tem que absorver 4 e 6 níveis de dano agravado. Punhos-de-Aço tem que absorver 4 e 3 níveis de dano agravado. Sinfonia-Final-da-Morte tem que absorver 4, 4 e 6 níveis de dano agravado.

avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Draven Fangs (Crinos) - Espirito Estranho / Pedro / Todos na Cena

Mensagem  Draven Fangs em Qui Nov 06, 2014 7:38 am

O Cria de Fenris continuava sua luta contra o estranho espírito quando nota Pedro se juntar a ele no combate. Definitivamente o Filho de Gaia havia conquistado a simpatia de Draven e não teria melhor forma de morrer que morrer combatendo a Wyrm ao lado de um amigo.

O pensamento no entanto se desfaz quando o maldito contra quem lutava lhe acerta um poderoso raio que joga o Theurge no chão. Draven tosse sangue enquanto se colocava novamente de pé.

A dor era grande, mas nada que o Garou não pudesse lidar. E ao se colocar de pé novamente, aproveita a fúria que conquistou com o golpe de seu inimigo para devolver-lhe o favor. O Cria salta e acerta um poderoso golpe com o martelo na testa do maldito, o golpe era tão forte que fulmina o espírito de uma vez por todas, deixando uma explosão de essência tomar conta do lugar.

É nesse momento em que o Theurge nota a desgraça que se aproximava de Javali, que agora enfrentava dois malditos. Iria ajudar o grande espírito, mas aproveitando que Pedro estava ao seu lado comenta:

- Parece que vamos ter que deixar seu treinamento para uma outra vida.

O Fenris da um sorriso de canto de boca, mas seus olhos nunca desviaram do inimigo. Sabia que iam perder e não importava qual fosse do universo tentasse, pois ninguém tiraria Draven daquele combate. Ficaria e lutaria até seu ultimo suspiro, como um Fenris deve fazer.

Uma bomba cai logo em seguida, atingindo Pedro que estava bem perto dele. Tal cena faz o Fenris proteger o rosto instintivamente para evitar os destroços e quando volta a olhar espíritos da noite começavam a surgir atacar seus inimigos. Eram muitos, muitos mais do que Draven consideraria possível reunir de uma única vez. Aparentemente a Theurge da Arautos do Trovão os havia enviado.

“E onde diabos ela esta?”

Off:

Draven gastou 2 de força de vontade (1 para Resistencia a Dor);
Draven recebeu 4 agravados;
Draven ganhou 1 de fúria;
Draven gastou 1 de fúria;
Draven causou 6 de dano = Espirito Morto.

_________________
Hominídeo - Theurge - Cria de Fenrir - Trovão de Mijonir
Carisma 03
Aparência 02
Raça Pura 03
Fúria 05
Idade: 22 anos
Altura: 1,90
Peso: 100kg
avatar
Draven Fangs

Mensagens : 274
Data de inscrição : 08/05/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Crinos - AMAN - SEVERINO - JOHN

Mensagem  Convidado em Qui Nov 06, 2014 7:51 am

O Caos reinava naquele momento, explosões tumultos, sangue e o cheiro de morte. A corruptora estava atacando com força total e Adrian sentia medo. Nunca tinha vivido um ataque daquele jeito e agora sentia ter tido o frenesi e ter gasto sua fúria com ele, afinal, se estivesse "recarregado", poderia ser mais efetivo e ter levado mais do que dois zumbis, mas não era hora de pensar no "SE".

Adrian atacara os dois zumbis de maneira efetiva, tinha visto que severino tinha ido direto aos filhotes e viu que John e Aman estavam tentando abrir espaço.

-JOHN, SEVERINO, AMAN! - Berrou o jovem presas - ABRI UM ESPAÇO.

Nesse momento, três zumbis o atacam, e o mordem com uma violência típica de filmes de Romero, só que enfrentar zumbis garous era mais do que surreal, enfim, o clima era de pesar, naquele momento na mente de Adrian passava uma prévia do que tinha vivido, pensava em pelo menos que um filhote daqueles galliard, sobrevivesse e narrasse que um jovem presas de prata morreu, abrindo espaços de forma heroica, mas passou na mente do galliard: "tenho que falar pra eles não se importarem comigo."

No momento, o galliard estava desfalecendo, esvaindo sua consciência e tem suas últimas palavras antes de apagar, mesmo resistindo aos ferimentos.

-Peguem os filhotes e sumam!

O presas de prata desmaia.
____________________________________________________________________________________________
OFF:
Adrian foi atacado por três Zumbis
Tomou 4 de dano do 1° zumbi - Absorveu tudo
Tomou 4 de dano do 2°zumbi - Absorveu tudo
Tomou 6 de dano do 3° Zumbi - Tomou 5
Ganhou 1 de fúria
Desmaiado.


Última edição por Adrian Croce em Qui Nov 06, 2014 8:00 am, editado 1 vez(es)

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Hispo - KIBA

Mensagem  Convidado em Qui Nov 06, 2014 7:59 am

Meu deus!

Uma explosão acontecia e me pegava em cheio, tentar me defender sem a minha perna era foda, afinal, não tinha a mobilidade, não tinha costume, maldita hora para ter entrado em frenesi e maldita hora de ter perdido meu membro, eu só pensava: putaquepariu, putaquepariu!!!!!

Mas era o meu dever ajudar, tentei ajudar o cabelinho com o zumbi em cima dele, Kiba me alertou e depois da explosão vejo que tem um outro zumbi em cima dele, atacando, não poderia deixar, tinha que ajuda-lo até pra ele se levantar e se recompor, então pensei em atacar o zumbi, a melhor maneira de atacar era em hispo, então eu me dirijo, tento usar a maior velocidade que conseguiria e tento dar uma mordida para afastar um zumbi dali, era dificil correr, era dificil ver os movimentos e a falta da perna pesava.

E foi exatamente isso que falou, minha perna, ela fez tanta falta que não tive equilibrio, minha mordida que era direcionada para o zumbi não foi para ele e eu acabei mordendo..

O Kiba.

Não sabia que com o meu ataque e com o ataque do zumbi ele iria sobreviver, mas era fato que se ele partisse para o além, fora eu que o matei sem querer.

______________________________________________________________________________
OFF: Mordida, falha crítica
Kiba levou 5 de dano da Nycole.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Kiba Valentine (Crinos) - Todos na Cena

Mensagem  Kiba Valentine em Qui Nov 06, 2014 8:52 am

Kiba se preparava para agir novamente quando a Fúria Negra da matilha Titãs chega para ajudar Cabelinho de Fogo. Algo que o Presa de Prata agradece mentalmente.

Selene invocava alguma coisa de longe e já tinha seu guardião, mas os malditos homens armados surgiam da floresta aos montes e atiravam contra o grupo de ataque.

- Merda! ATENÇÃO TODOS! NÓS... : Nesse momento Kiba nota a bomba vindo em sua direção e a única coisa que tem tempo de gritar é: - CUIDADO!

A bomba atinge em cheio o grupo de defesa, jogando todos para o alto. O Presa de Prata rola inúmeras vezes e Excalibur é solta no processo, indo parar longe do campo de visão de Kiba. Quando pensa que as coisas não poderiam ficar piores o Ahroun sente um poderoso ataque atravessar-lhe o abdômen e um novo rosnado de dor é dado por Kiba. Seu pai era o responsável pelo ferimento, ou quem um dia foi seu pai.

O Garou que expulsou Kiba de Chicago, o Garou que nunca conseguiu entender o filhote, o Garou que traiu o tudo e todos e lançou uma horda de demônios sobre sua cidade natal. Seu pai.

Por mais que tivesse todos os motivos para odia-lo, o Presa de Prata não sente isso. Por mais irônico que aquilo pudesse ser, nunca havia dito a Angus tudo que pensava. Tudo que realmente queria dizer, e mesmo depois da morte do antigo rei, jamais invocou seu ancestral para conversarem sobre aquilo.

- Pai... Eu...

A frase é parada, pois uma poderosa mordida dada por Nycole ( ¬¬’) lhe traz para a realidade. O Ahroun rosna de raiva e atravessa a garra no pescoço de Angus, decapitando-o rapidamente.

Sem perder tempo ele se põe de pé e olha sério para Nycolle. A ferida em sua barriga doía bastante, mas de certa forma aquilo era bom, pois lhe deu a fúria que precisava. Usando-a rapidamente o Ahroun se lança novamente para ajudar Phillip, decapitando o zumbi que lutava com o mesmo com um rápido golpe com as garras.

Ainda se aproveitando da fúria ele chega até o zumbi que lutava contra Nymmeria e o parte praticamente ao meio com um golpe de garras.

Kiba estava cansado e bastante ferido, mas não podia parar, pois se parasse tudo estaria perdido:

- ATENÇÃO TODOS! AJUDEM NOSSOS ESPIRITOS ALIADOS! THEURGES, PRECISAMOS DAR CABO DOS INIMIGOS ARMADOS URGENTE! A GUERRA AINDA NÃO ACABOU!

Off:

Kiba recebeu 1 e 2 agravados = 5 total;
Kiba ganhou 3 de fúria;
Kiba gastou 3 de fúria;
Kiba matou zumbi 1 = 8 agravados;
Kiba matou zumbi 2 = 13 agravados;
Kiba matou zumbi 3 = 10 agravados.

_________________
Hominídeo - Ahroun - Presa de Prata - Anjos Guardiões - Inimigos da Wyrm - Cabana da Lua
Cicatrizes: Cicatriz profunda em forma de "/" no tórax e cicatriz superficial na altura do coração.
Carisma 03
Aparência 04
Raça Pura 05
Fúria 07
Idade: 17 anos
Altura: 1,70
Peso: 76kg
avatar
Kiba Valentine

Mensagens : 585
Data de inscrição : 28/01/2013
Idade : 30

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Pedro (Hispo)- Draven Pumba Todos no caern

Mensagem  Pedro coração-sereno em Qui Nov 06, 2014 9:36 am

Pedro vê  Draven ser atingido por um Raio no peito, tiros eram disparados, o seu totem luta com 2 espíritos,  zumbis comiam os filhotes que estavam ali, Pedro não sabia o que fazer, mas tem uma brilhante idéia e Grita para todos ouvir:

"-Os filhotes, levem os Filhotes para a umbra, levem os filho...

Uma bomba explode ao lado de Pedro o projetando para longe, um chiado ecoa dentro dos seus ouvidos,  por alguns segundos não ouvia mais nada além daquilo, tudo parecia perdido, mas nesse momento o jogo se equilibra, Pedro vê uma dezena de espíritos atacando os zumbis e os espíritos inimigos, um raio de esperança surge, os ouvidos de Pedro melhoram e ele ouve as palavras de Draven ao seu lado, os olhos dele ficam marejados, ele se lembra da conversa no início da noite, era quase uma profecia, Pedro se levanta ignorando sua dor, ele olha para o fenris com uma cara que era misto de dor e raiva e acena para seu amigo, se alguém iria morrer seria Pedro e não Draven,  ele parte para cima dos espíritos que atacavam o totem gritando:

"-Solta, Solta, Soooooolta...

Pedro morde o espírito com uma ignorância sem igual e arranca parte do espirito, Pedro se poe ao lado do Javali e Rosna para os espíritos dizendo com toda a Furia que ele conseguia encontrar dentro de si:

"-Larga ele, Saaaaai daaaaaqui!


OFF: Pedro está com 4 agravados
Gastou 3 de Furia e ganhou 1 (esta com 5 pelas minhas contas)
Gastou 1 de FV (Resistência a dor)
Esta tentando Imtimidar o espírito com toda sua Fofura... quero dizer Furia interior!

_________________
Pedro - Coração-Sereno, Cliath, Filodox da tribo dos filhos de gaia.
Aparência 2
carisma 3
Furia 8
Coração calmo, Mentalidade de matilha
Marca do predador
     


"A magia me mantém vivo mais também me enlouquece e eu tenho que salvar você mas quem é que me salva, me perdoa pelo que eu possa fazer quando não lembrar de você..."
avatar
Pedro coração-sereno

Mensagens : 137
Data de inscrição : 25/08/2014
Idade : 23

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [CAERN] Cemitério

Mensagem  Kevin Harper em Qui Nov 06, 2014 10:04 am

[Sombra Fatal - Selene / Todos

Kevin se levanta ajudado por Selene, novamente. O Garou sentia muita dor em sua perna mas tinha que continuar aquela batalha, tinha sua besta em sua mão, Selene invocava um espírito, provavelmente um espírito de sua tribo, o Ragabash lhe daria apoio, iria tentaria protege-la na medida do possível, então apenas empunha seu fetiche e tenta ativa-lo novamente.

Offgame: Solicito a narração o teste para ativar o fetiche novamente.

_________________
Hominídeo - Ragabash - Andarilhos do Asfalto - Cães Cibernéticos
Aparência 05
Fúria 04
Características notáveis: Magnetismo Animal
avatar
Kevin Harper

Mensagens : 204
Data de inscrição : 02/02/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Flávio (Crinos)

Mensagem  Flávio Brandão em Qui Nov 06, 2014 10:58 am

Nem bem o Senhor das Sombras se coloca ao lado da Theurge e uma bomba violentíssima cai do céu. Cai e atinge um grande grupo bem no meio, entre eles, vários estilhaços e calor da explosão, acertam Flávio em cheio, no entanto, sua resistência é alta, e ele consegue se manter vivo, levanta sacudindo a cabeça, então o pior acontece pela segunda vez consecutiva.

Seus olhos adquirem um fogo verde, sua pelagem começa a escurecer e se corromper, mais uma vez a Wyrm havia chamado Nunca-Mais para dançar, e mais uma vez ela que puxava a valsa. De súbito, e de um salto, ele cai, cravando suas presas nos ombros de Selene, com uma mordida violentíssima e que tinha tudo para matá-la de um golpe.

Sem titubear, o espírito Górgona que havia sido invocado pela Theurge reage, e com sua Labrys acerta um violento e furioso golpe no pescoço de Flávio, era um golpe praticamente fatal, acertado por um espírito que estava furioso e praticamente babando de ódio, afinal, um macho havia atacado sua invocadora, e pelas costas, tomado pela Wyrm ainda, a Górgona era implacável, e o Ahroun cai desmaiado.

OFF: Selene deve absorver 6 de dano agravado No

_________________
Flávio Brandão - Nunca-Mais

Cliath - Senhor das Sombras - Ahroun - Juiz do Destino

Aparência: 1 (aparência de idade na casa dos 30 para 40)
Carisma: 1
Fúria: 6

Cicatriz de Batalha:
Buraco de bala na lateral esquerda da cabeça, falta cabelo na região

Defeitos:
Marca do Predador
Salafrário
avatar
Flávio Brandão

Mensagens : 82
Data de inscrição : 03/10/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aman (Crinos)

Mensagem  Aman Ubuntu em Qui Nov 06, 2014 11:20 am

Aman via que a Arautos conseguia se aproximar dos filhotes, mas imediatamente são cercados e atacados. Uma explosão na retaguarda faz a Peregrino olhar para trás e é ai que um clarão a atinge, e a dor em seu peito queimado era muito forte. Maldito espírito que a tinha atacado.

Ela então vê a noite chegando, a ajuda de Sylvia estava ali, e tinham que ser espertos sobre o que fazer com isso.

A Philodox então, superando toda a dor que sentia naquele momento ordena aos espíritos da noite.

"- Sou Ubuntu, Juíza... dos Arautos do Trovão... Levem os filhotes que... podem... ser salvos... para Feiticeira-das-Sombras... ela saberá protegê-los... Os demais... Segurem... Os zum... zumbis!"

Ela sentia muita dor, e apenas fica ajoelhada, não tinha porque atacar, os zumbis próximos haviam sido derrotados, eles precisavam ir... Logo!

_________________
Aparência: 3
Carisma: 3
Fúria: 3
Peregrinos Silenciosos - Philodox - Hominídeo
Idade aparente: 20 e poucos
avatar
Aman Ubuntu

Mensagens : 247
Data de inscrição : 03/04/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Philip (Crinos)

Mensagem  Philip Telford em Qui Nov 06, 2014 11:32 am

Philip ajudava Mayra e já não ajudava mais, os zumbis caiam e mais surgiam. Então o mais inesperado acontece, o grupo recuado de proteção recebe uma bomba que cai na cabeça de todos, deixando-os desorientados e feridos. O ferimento da bomba nem é tão sério, porém o Zumbi que o morde na sequencia quase o faz desmaiar.

Rapidamente Kiba o salva do zumbi, e assim que Philip levanta percebe que já estava quase desmaiado, ele usa de sua vontade para ignorar os ferimentos, visto que precisava fazer uma ultima coisa antes de morrerem.

Ele grita.

"- OS FILHOTE QUE VÃO GUENTAR TRÁS PRA CÁ."

Ele não se deixa abalar, e percebe que naquele caos não teriam chances, provavelmente seria alvejado novamente, Kiba pedia para que ele cuidasse dos inimigos que atiravam de longe, aquilo seria impossível, a unica chance era pedir a ajuda de Luna, a única que poderia ajudá-los naquele momento.

Philip cai de joelhos e uiva para a Lua Gibosa, implorando em sua invocação.

"- Luna toda poderosa que olha por todos nós! Nos abençoe com sua clemência, salvando o futuro da Nação. Precisamos de um Luno que possa abrir uma ponte da Lua para o Caern mais próximo! Os filhotes precisam de sua misericórdia, eles devem sobreviver, por nós, por Gaia!"

Assim termina seu desesperado uivo por a última ajuda que poderia salvar alguma coisa daquele massacre.


OFF: Gasto 1 de FdV para ignorar os ferimentos.
Gasto 1 de FdV na invocação de um Luno

_________________
Drink-no-Abismo
Fianna - Theurge - Hominídeo - Cliath
Fúria: 2
Aparência: 4 (1,90 - 100kg)
Carisma: 1 (carrancudo)
Sempre com um frasco de whisky a mão, seu colete do moto-clube e um facão na cintura
avatar
Philip Telford

Mensagens : 218
Data de inscrição : 23/05/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Crinos

Mensagem  Danniel Jacks em Qui Nov 06, 2014 11:42 am

Bardo Forasteiro - Todos

Assim que chega no cemitério Danniel se depara com uma situação caótica, muitos zumbis atacavam a todos. Os heróis mortos da seita levantavam para atacar os irmãos que estavam carregando seu legado, a situação não era nenhum pouco favorável. Poucos filhotes eram os que sobreviviam, poucos tinham condições de se manterem vivos e aquilo era espantoso.

A chuva que tomava o céu da cidade era conhecida dos Arautos, provavelmente havia sido conjurada e não imaginava por quem até que chega no cemitério e vê a horda de espíritos da noite que vinha em socorro aos garous da seita, eles dizem ser enviados por Sylvia, dava para saber que talvez tivesse sido ela quem trouxe a chuva. Mais uma vez a Arautos vinha para ajudar o Caern.

Chega a tempo de ouvir as ordens que Ubuntu dava aos espíritos e levar os filhotes para Sylvia não era uma boa opção, não sabiam onde a Senhor das Sombras estava, se estivesse no meio da cidade não seria uma boa ideia ter espíritos daquele porte carregando filhotes pela cidade, sem contar que os bichos poderiam ser seguidos e levar o perigo até Feiticeira das Sombras. Imediatamente o Fianna brada:

-'Nobres Espíritos da noite, sou Bardo Forasteiro, Alpha da Arautos do Trovão, peço que não levem os filhotes para lugar nenhum, apenas salvem todos eles e nossos amigos que estão em combate! Matem o máximo de zumbis que conseguirem!!'

Depois de dar as ordens, o Fianna chega até Ubuntu e estende sua mão para ela, ele estava queimado, procurando ajuda-la:

-'Venha, não sabemos onde a Feiticeira das Sombras está, poderia dilacerar o véu caso ela estivesse no meio da cidade. Você tá bem?"

_________________
Hominídeo - Ahroun - Fianna - Irmandade de Herne
Aparência 05
Raça Pura 05
Fúria 05
Característica marcante: Voz do Rouxinol
avatar
Danniel Jacks

Mensagens : 359
Data de inscrição : 27/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [CAERN] Cemitério

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 20 de 22 Anterior  1 ... 11 ... 19, 20, 21, 22  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum