Capela Tremere - Chácara em Vargem Grande

Página 4 de 34 Anterior  1, 2, 3, 4, 5 ... 19 ... 34  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Capela Tremere - Chácara em Vargem Grande

Mensagem  Fátima Mansur em Qui Mar 13, 2014 8:44 am

Ali estava. Bianca levara alguns instantes para refletir nas perguntas feitas por Fátima, o que satisfez à tremere recém chegada. Aparentemente ocupar o principado não era algo que tinha sido muito bem pensado antes. É claro que isso poderia ser apenas impressão e que a irmã de clã estivesse atuando. Ela esperava que não. As políticas da corte, fora do clã, não deviam merecer sutilezas dentro da própria capela. Ali, quanto mais diretas as palavras, melhor para que as estratégias fossem definidas e a estrutura funcionasse afinada.

Fátima acreditava que os feiticeiros deviam agir em sintonia fina, sem que palavras ou gestos fossem trocados. Apenas um olhar e a compreensão como resposta. Um corpus unificado, apesar das particularidades de cada um dos membros.

- Não apenas essa corte, Bianca. – ela finalmente abriu um sorriso, desde que se encontrara com a primeira das irmãs na cidade, Eva – Os feiticeiros são os únicos capazes de manter esse trem chamado camarilla nos trilhos. Na coxia ou no palco.

Não disse nada a Meisner, além de um cumprimento cortês. Kramer tinha dito tudo o que era necessário a respeito dos questionamentos da regente. Tinham sido bem informadas e gastar saliva com palavras desnecessárias não fazia parte de suas rotinas.

- Agradecida pelos cumprimentos, Magus Verlanghieri! Estávamos discutindo o papel proeminente que nossa família ocupa na camarilla. A liderança que assumimos em todas as cidades. Bianca sugeriu que precisamos ser como titereiros, controlando aquele que ocupará o trono. Isso se não for, realmente, um de nós, a sentar-se na cadeira.

_________________
Aparência: 3
Carisma: 4
Prestígio de clã: 5
avatar
Fátima Mansur

Mensagens : 152
Data de inscrição : 22/02/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Eva Kramer - Clã Tremere

Mensagem  Narrador em Qui Mar 13, 2014 1:58 pm

Eva cumprimenta Beatrice quando ela chega na sala mas não opina nas questões referentes ao principado. Mantém-se reservada ou por não ter nada a acrescentar, ou porque preferia ouvir naquele momento.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Telefone toca.

Mensagem  Ragnar em Sex Mar 14, 2014 7:37 pm

O telefone toca na capela Tremere...
avatar
Ragnar

Mensagens : 87
Data de inscrição : 28/08/2013
Idade : 27
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Johanna - Escola de Bruxinhas

Mensagem  Johanna Meisner em Sab Mar 15, 2014 12:01 am

Johanna estava pronta para responder Bianca, mas obrigou-se a parar por alguns segundos para admirar a aparência resplandecente de Beatrice. Admitidamente não era das pessoas mais preocupadas com beleza física ou traços simétricos, mas "aquilo" era completamente fora de qualquer realidade. Recompôs-se alguns segundos depois, ainda levemente embriagada com a sensação de perfeição que emanava da irmã.

- Magus Mansur, creio que você não tenha ainda conhecido os nossos companheiros de corte. - parou, olhando para Bianca e Beatrice, a expressão de desgoto nitidamente estampada no rosto - São o pior que a Camarilla tem a ofertar. Ineptos, boçais, crianças irresponsáveis incapazes de coordenar um Ellisium, quem me dirá uma cidade. Veja bem, é por culpa da estupidez Toreador e da péssima percepção Ventrue que Val Casanova, uma de nossas irmãs, encontrou sua morte final. - parou uns instantes, o lábio superior contraído - Quem traz Assamitas para um Ellisium? É inacreditável que isso efetivamente tenha acontecido. Lembrarei de tamanha estupidez até o último dos meus dias.



A húngara não lidava bem com suas falhas, mas conseguia lidar pior ainda com as dos outros. Ainda mais se tratando de falhas que haviam culminado na morte de um dos seus; abominava a possibilidade de ver um membro da Camarilla cair por atitudes tolas. Um Tremere, então...

- Sendo assim, Magus Mansur, concordo em gênero, número e grau com você quando diz que apenas os feiticeiros são capazes de manter a Camarilla no caminho certo. Precisamos garantir que essa corte volte a funcionar ou estaremos condenadas às repetidas falhas que os outros cometem.

Se seu sobrenome não fosse Meisner, certamente seria Eficiência. Johanna daria até a última gota de seu sangue para garantir que tudo saísse exatamente como deveria sair: sem obstáculos, sem desvios repentinos e especialmente, sem Assamitas no Ellisium.

off. Aparência 7 é apelar, Carlinha, até a Jô tem que parar para admirar a Bea hahahahaha!

_________________
Aparência: 2
Carisma: 3
Qualidades Notáveis: Voz Encantadora

"Sempre passa a impressão de segurança e eficiência"
avatar
Johanna Meisner

Mensagens : 37
Data de inscrição : 20/11/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Eva Kramer - Clã Tremere

Mensagem  Narrador em Sab Mar 15, 2014 12:28 pm

Diante da fala de Johanna, Eva comenta:

'- E nossa candidata seria... você? Magus de Nice? ou Magus Verlanghieri?'
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bianca de Nice: Sistahood e agregadas

Mensagem  Bianca de Nice em Sab Mar 15, 2014 9:29 pm

- Agora estamos todas aqui. Beatrice querida, você está deslumbrante! Acho que já me acostumei a vê-la linda, mas há algo na sua pele que encanta absolutamente. Seja o que for continue. Sabia muito bem o ritual que sua irmã havia realizado, mas precisava admitir que ficava melhor nela. Tirou um minuto para admira-la e depois continuou:

- Queridas membros dos feiticeiros. Estamos com uma cidade problema nas mãos. Entre rebeldes do nosso próprio clã e traidores e estúpidos nos outros, precisamos nos posicionar. Acho que precisaremos de uma corte Tremere. Os Ventrue daqui já tiveram sua chance e a perderam, os Toreador são desprezíveis. Os outros clãs ou não se interessam, ou não são dignos. Recomendo que assumamos o principado até resolvermos a questão do Sabá e da Ordem de Wyrm. Depois podemos devolver para os clãs aliados que tiverem interesse em manter o controle dessa cidade maravilhosa -completou com tom sarcástico.

- Sugiro Magus Meisner. Ela tem o perfil necessário para o controle de uma cidade que não tem rédeas. E a palavra é essa: controle. Chega de palhaços trazendo Assamitas e Ellisium montado em uma ilha quase sem saídas. Aceite irmã e poderemos sair dessa cidade o quanto antes.

_________________
Aparência 3
Carisma 6

"Sempre com um largo sorriso no rosto"
avatar
Bianca de Nice

Mensagens : 98
Data de inscrição : 20/11/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Quem vai ser a bruxa má?

Mensagem  Fátima Mansur em Dom Mar 16, 2014 10:31 am

- Por tudo o que tenho ouvido nesse pouco tempo que estou convosco, Magus Meisner, a minha vontade é sequer conhecer os membros dessa corte em formação. Perder tempo em relacionamentos fúteis com membros tão boçais provavelmente atrasaria nossas pesquisas. - ela respondeu à regente, mas não conseguia outrar pra outro lugar que não fosse a face magnificente da primogena. Fátima não era toreador, mas não podia deixar passar em branco o brilho que a irmã de clã emanava. Era uma jogada de mestre, diante do fato de que a corte se reuniria na capela. As rosas não teriam tempo para refletir no que fosse falado, enquanto estivessem presos em sublime contemplação.

- Não que eu a recrimine, Bianca. - ela continuou suas palavras dirigindo-se a senhora de Nice. - Precisamos de membros que consigam se manter em contato com os seres inferiores sem se contaminarem e sem ter o desejo de transforma-los imediatamente em gárgulas. Apenas não consigo ser tão calma e tão sublime. Prefiro a companhia do nosso coven e dos tomos ancestrais.

Ficou em silêncio ante a pergunta de Eva sobre quem seria a candidata ao principado. Logo teve a resposta, partindo de Bianca, mas não era a que melhor lhe aprecia. Embora talvez surgissem vantagens se Joahana ocupasse o cargo de príncipe. A turca não imaginava Bianca ocupando a regência da capela, nem o desconhecido Magus Tokunaga. Magus Fritzen e Magus Kramer eram assistentes pessoais de Vladimirovich e provavelmente não se incumbiriam da função. E o uso magistral que Beatrice fizera do ritual de Aparência impressionante ressaltava suas qualidades para ocupar a cadeira dos tremere no Conselho de Anciãos.

- Bianca concordo absolutamente que Johana é o nome perfeito para sentar-se diante da corte, como príncipe tremere do Rio de Janeiro. Pelo menos segundo as nossas próprias concepções. Entretanto acredito que a praticidade e o modo direto de Magus Meisner agir pode gerar adversários fora da capela, não que eu tema qualquer dos tipos que se fixaram na cidade, mas mesmo pequenos obstáculos geram inconvenientes. Se considerarem minhas palavras dignas de se ouvir proponho que você ocupe o trono, Bianca de Nice. A face encantadora dos feiticeiros no Rio de Janeiro.

_________________
Aparência: 3
Carisma: 4
Prestígio de clã: 5
avatar
Fátima Mansur

Mensagens : 152
Data de inscrição : 22/02/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Petrus - Fátima

Mensagem  Petrus Müller em Dom Mar 16, 2014 8:36 pm

Ligação para Fátima.

_________________
Petrus Müller
Aparência: 3
avatar
Petrus Müller

Mensagens : 73
Data de inscrição : 16/03/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Eva Kramer - Clã Tremere

Mensagem  Narrador em Seg Mar 17, 2014 10:03 am

Eva olha com curiosidade para Fátima e indaga:

'- E por acaso estamos preocupadas em agradar a alguém? Estamos preocupadas em colocar essa cidade como uma cidade forte e inabalável e, para isso, não podemos ficar preocupados em exibir sorrisos falsos para lá e para cá.'

A Tremere olha para Bianca e diz:

'- Sem ofensas, Bianca. Suas habilidades diplomáticas a precedem, mas considero o argumento da face encantadora dos Tremeres da Magus Mansur o pior argumento que já ouvi em minha vida e não tive como não me calar. Nada tenho contra vosso nome caso seja escolhida, mas não acho que o critério do sorriso deva ser o critério que baseia as escolhas do clã Tremere.'

Pela primeira vez Eva era mais incisiva. Demonstrava claramente a linha que seguira e aprendera com Jülich ao longo das últimas décadas.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Maximillian Gevalion - François Durrieux

Mensagem  Beatrice Verlanghieri em Seg Mar 17, 2014 10:18 pm

Logo o telefone é atendido pela mesma voz de homem que o atendera mais cedo:

- Oui?

_________________
Aparência: 5 / 7
Carisma: 5


"Não existe o bem e o mal, só existe o poder... e aqueles que são demasiadamente fracos para conquistá-lo."
avatar
Beatrice Verlanghieri

Mensagens : 84
Data de inscrição : 11/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

François | Maximiliam

Mensagem  Ragnar em Seg Mar 17, 2014 10:21 pm

Quando François ouve a voz do mesmo carniçal que falara mais cedo responde:

- Oiu, por favor, a senhorita Beatrice, preciso muito saber se ela está bem.

François aguarda desesperado a resposta do carniçal.
avatar
Ragnar

Mensagens : 87
Data de inscrição : 28/08/2013
Idade : 27
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Beatrice Verlanghieri - Clube da Luluzinha

Mensagem  Beatrice Verlanghieri em Seg Mar 17, 2014 10:54 pm

Como a mais velha e de maior status no local, Beatrice não era só responsável por aqueles membros mas também pela maneira como as coisas seriam conduzidas. Ela olhava Bianca de forma quase terna... não importava quantos anos se passassem de separação, o trabalho de Otto esculpira uma sintonia perfeita nas três. Isso faz com que a feiticeira abra um ligeiro sorriso: quem poderia contra elas, agora que estavam novamente unidas?

E então Fátima expõe sua opinião e então Eva Kramer coloca todos os pontos que deveriam ser colocados, com eficácia e precisão. Aquela era uma das coisas que mais gostava em Julich, a maneira como ele doutrinava os mais jovens era ímpar... Eva seria um ótimo reforço no plano que Beatrice estava traçando. Ela pondera sobre a colocação de Fátima por um segundo, decidindo se a colocaria a par ou não dos planos reais do clã, mas decide por fim que não. Aquela não era a hora, se é que um dia chegaria.

Tranquilamente com a voz suave, a Beatrice diz para as três.

- O Clã Tremere não está aqui para agradar aos outros membros. Estamos aqui para salvá-los... de si mesmos, principalmente. Magus Meisner - faz questão de usar a formalidade pois sabia o quanto Johanna adorava aquelas coisas -, é a escolha perfeita como bem disse magus Mansur, ela deverá assumir o Principado. E os outros clãs terão a chance de concordar com isso esta noite... ou poderão se opor e então concordarão quando estiverem necessariamente desesperados.

A Primógena falava de uma forma despreocupada, como se aquilo fosse uma coisa óbvia e não uma ponderação.

- Nosso clã deverá assumir o controle da cidade até que os outros consigam andar ao invés de rastejar de quatro. E enquanto, mais uma vez, teremos que fazer o trabalho real, podemos deixá-los ocupados com seus jogos infantis para que não nos atrapalhem. Quando finalmente a corte for de fato montada nesta cidade poderemos deixar que outro assuma o Principado sob a vigília de nosso clã enquanto nos dedicamos à coisas mais importantes.

Ela faz uma breve pausa, mas logo diz:

- Agora o que precisamos definir é com quem iremos dividir o nosso fardo...

_________________
Aparência: 5 / 7
Carisma: 5


"Não existe o bem e o mal, só existe o poder... e aqueles que são demasiadamente fracos para conquistá-lo."
avatar
Beatrice Verlanghieri

Mensagens : 84
Data de inscrição : 11/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Johanna - Girl Power!

Mensagem  Johanna Meisner em Ter Mar 18, 2014 9:19 am

O choque de Johanna à sua indicação forçada por Bianca havia passado desapercebido pelas outras. Contraindo suas sobrancelhas por um segundo, a húngara pôs-se a ponderar sobre as implicações daquilo. Não tinha a pretensão de ser príncipe, ainda mais de uma corte como aquela. Sim, gostava de coordenar as coisas e sim, considerava ser a única apta para controlar um bando de idiotas disfarçados de cainitas, mas daí a ser a líder daquele local? Não, não, isso podia causar muitos problemas para ela. Esperou que as outras terminassem seus discursos, conjecturando possibilidades mentalmente. Por um lado, ser príncipe implicaria em possíveis perigos à frente. Por outro, poderia finalmente organizar aquele antro de retardados sob sua égide infalível, mantendo todos na linha e punindo os que ousassem agir de forma estúpida - um refresco para os dias que estivesse mais irritada.

- Magus Mansur, devo concordar com Magus Kramer, De Nice e Verlanghieri. Não precisamos de um príncipe que sorria e encante as pessoas. Esse não é o papel dos feiticeiros e muito menos de um líder da Camarilla. - disse, séria, porém educada - Precisamos de alguém de pulso firme, para controlar os néscios que povoam essa cidade. Precisamos de alguém que coloque ordem, limites e garanta que não ocorram mais baixas. Precisamos de alguém que consiga assegurar que não hajam mais erros, mesmo no que diz respeito a clãs... mais propensos a eles, como os Toreador. - continuou, entretida com a idéia das punições - Sendo assim, posso concordar com minha candidatura. Porém, tenho algumas cláusulas para isso.

Johanna não dava um passo sem pensar trinta vezes antes e não era nenhuma dúvida para as que a conheciam que já tivesse um plano de ação completo em sua mente. Antes de proferir a última sentença, já havia criado em sua mente toda a estratégia de governo que seguiria.

- Se for nomeada príncipe, serei por período provisório, o bastante para organizar essa cidade e nos livrar da ameaça do Sabá. A partir daí, colocamos um aliado em meu lugar e mantemos os feiticeiros próximos dele. - não tinha a menor pretensão de passar o resto dos seus dias em uma cidade como aquela. Mas o dever vinha em primeiro lugar e precisava ao menos colocar as coisas no seu devido lugar antes de partir - Além disso, quero François Carlent, o ancião Nosferatu, como meu Senescal. Conversamos ontem e hoje e ele é o único dessa corte - além de nós - que parece usar o cérebro para pensar. Além disso, os Nosferatu recolhem informações melhor que qualquer um e, no momento em que vivemos, informações são essenciais para nossa sobrevivência.

Fez uma pausa longa, pensando na possível oposição de outros membros. Sim, eles podiam discordar de sua candidatura e sim, podiam até lançar outros candidatos à posição. Mas estava bem óbvio que nenhum deles tinha a capacidade de gerir uma cidade de forma prática e focada em resultados como ela.

- E se os outros clãs tentarem se opôr a nós, bem. - riu maliciosamente, deixando as palavras no ar por alguns segundos - Bem, aguardo ansiosamente suas propostas de governo e sugestões de candidatos. Toreadores e Ventrue não estão em posição de falar qualquer coisa, Brujahs tiveram um recente incidente com os Nosferatu e Malkavianos... quem seria inconsequente ao ponto de confiar em um lunático?

Considerando os membros daquela corte, ela não duvidava de nada.

_________________
Aparência: 2
Carisma: 3
Qualidades Notáveis: Voz Encantadora

"Sempre passa a impressão de segurança e eficiência"
avatar
Johanna Meisner

Mensagens : 37
Data de inscrição : 20/11/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Eva Kramer - Clã Tremere

Mensagem  Narrador em Ter Mar 18, 2014 11:25 pm

O telefone de Eva toca e a Tremere apenas diz para as irmãs:

'- Com licença, preciso atender. Pode ser importante.'

Elegantemente deixa a sala por um instante para falar ao telefone.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bianca de Nice: Brazilian Horror Story - Coven

Mensagem  Bianca de Nice em Qua Mar 19, 2014 4:46 pm

Fátima parecia direta e eficiente. Gostava disso. Jamais admitiria em público, mas se comportar de forma diferente das outras Tremere era motivo de orgulho para ela. Já havia sido subestimada, amada e até ignorada por sua forma de ser. E normalmente era julgada da forma como queria ser.
Mas a respeitada Tremere tinha chegado no Rio naquela noite e não conhecia o treinamento das irmãs. Sem nem mesmo uma única palavra já tinham tudo definido e Johanna seria príncipe do Rio de Janeiro.

- Obrigado pelo voto de confiança Fátima, mas cada um de nós tem um papel a seguir, e o meu ainda será definido pela nossa regente. Bem como o seu. Eu e Beatrice receberemos os outros membros da corte aqui, eu como o Tremere que esteve junto com eles em um momento de dor, e Beatrice como um anjo de beleza imaculada que veio para salvar a todos nesse momento de desespero. Johanna será o ponto forte que dará a segurança para os membros da cidade. Era difícil se concentrar na presença da irmã com sua já impressionante beleza ampliada pelo ritual, podia apenas imaginar o efeito disso nos tolos Toreador.

- Suspeito que pela sua fama tem a intenção de ser da linha de frente contra o Sabá. Apenas lhe sugiro aguardar as definições de nossa regente. Não temos a pretensão de perder nenhum membro nessa corte e mesmo nossos Magi mais agressivos devem ficar atrás dos clãs mais belicosos. Ian precisará ser repreendido querida Johanna, pois tive a impressão que ele iria sair com Fillipi e Emilie para caçar o Sabá pelas ruas sem nenhum plano. Pensou por um momento e continuou:

- Devemos agir como se precisássemos deles, e os estimássemos. O que de certa forma é verdade. Vamos trabalhar juntas, nós 5 seremos uma equipe coesa. Nenhum outro clã pode se vangloriar disso.

_________________
Aparência 3
Carisma 6

"Sempre com um largo sorriso no rosto"
avatar
Bianca de Nice

Mensagens : 98
Data de inscrição : 20/11/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Fátima - Show das Poderosas

Mensagem  Fátima Mansur em Qua Mar 19, 2014 6:06 pm

Ela não era a mais diplomática das vampiras, entretanto também não era completamente a favor da imposição e do autoritarismo. Não fora do clã. Fátima sabia que os tremere eram preparados para caminhar em uma única direção, obedecendo a uma vontade ancestral que os fazia funcionar como um corpus militar. E ela respeita isso. E agia estritamente dentro da hierarquia. Mas ela também sabia que os outros clãs não foram talhados para isso. Existiam para servir aos feiticeiros? Sim. Só que ela era da opinião de que eles precisavam acreditar que comandavam.

Dentro do próprio clã tremere surgiam traições shakespearianas. Que o digam Goratrix e a Ordem da Wyrm. O que a feiticeira podia esperar dos outros? Não ia contrariar a indicação de Bianca, nem as palavras de Kramer, Verlanghieri e Meisner, mas não podia ficar sem respondê-las ao preço de depois não poder usar uma pequena frase. Torcia para que não fosse preciso, mas temia estar certa.

- Só temo, e a prudência nunca foi uma má conselheira, que assumir a confusão com rédeas curtas pode criar ao longo do tempo, mais inimigos do que seria necessário caras irmãs. E todas sabemos o quão pérfida é a raça de Caim. Não tenho a menor dúvida de que Magus Meisner fará um principado irrepreensível, especialmente com François Carlent como seu Senescal, mas isso irá ferir o ego de muitos, que podem permanecer séculos remoendo essas intrigas.

Não houvera uma única alteração na expressão ou no tom de voz de Fátima. Ela permanecia tão direta quanto possível. Não elevava uma oitava sequer o volume de sua fala. Nem um levantar de cílios. Algumas vezes fora chamada aé mesmo de ciborgue, por sua ausência de reações. Quando Magus Kramer retirou-se para atender o telefone, Fátima aproveitou a deixa e pediu licença para fazer o mesmo. Seu telefone estava tocando há alguns instantes.

- Se me permitem, Magus Meisner, Magus Verlanghieri, Bianca... também tenho uma ligação na linha. - enquanto pedia licença, pegou o aparelho e verificou o interlocutor. Em seguida, continuou a falar com as feiticeiras - e acredito tratar-se de um outro irmão chegando na cidade.

Assim que obteve o consentimento das superioras, Fátima afastou-se até o corredor e atendeu o telefone.

- Fátima Mansur, boa noite? Veja só quem resolveu me ligar. Magus Müller já está no Rio de Janeiro? - ela já tinha falado com ele. Sabia que viria ao Rio, mas precisava de cuidado. Na situação em que a cidade se encontrava o tremere poderia ter sido atacado e substituído. O que, naquele caso específico, ela duvidava que tinha acontecido. Fátima confiava, plenamente, em suas escolhas.

_________________
Aparência: 3
Carisma: 4
Prestígio de clã: 5
avatar
Fátima Mansur

Mensagens : 152
Data de inscrição : 22/02/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Petrus - Fátima

Mensagem  Petrus Müller em Qua Mar 19, 2014 6:33 pm

Fátima finalmente atente ao telefone. Petrus fica contente ao ouvir sua voz, mas tenta não transpassar os sentimentos em sua resposta que vai, em árabe, a língua que havia aprendido com ela:

_Boa noite, Magus Mansur. Sim, cheguei há pouco tempo. Gostaria de saber se podemos nos encontrar ainda esta noite. Há muito para ser dito.

_________________
Petrus Müller
Aparência: 3
avatar
Petrus Müller

Mensagens : 73
Data de inscrição : 16/03/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Maximillian Gevalion - François Durrieux

Mensagem  Beatrice Verlanghieri em Qua Mar 19, 2014 10:33 pm

Prontamente o francês responde:

- E quem gostaria de falar com mademoiselle Beatrice?

_________________
Aparência: 5 / 7
Carisma: 5


"Não existe o bem e o mal, só existe o poder... e aqueles que são demasiadamente fracos para conquistá-lo."
avatar
Beatrice Verlanghieri

Mensagens : 84
Data de inscrição : 11/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capela Tremere - Chácara em Vargem Grande

Mensagem  Beatrice Verlanghieri em Qua Mar 19, 2014 11:27 pm

Beatrice apenas abre um rápido e lindo sorriso diante das palavras de Fátima.

Estava aí uma Tremere que não tinha noção de seu lugar.

Mesmo após, uma após a outra, suas irmãs de clã indicarem a decisão do clã, mesmo após a de posto mais elevado sacramentar a decisão, ela insistia em argumentar à favor dos dementes daquela cidade e se importar - mesmo dizendo que não - com seus pobres e frágeis corações. Feliz ou infelizmente para ela, Beatrice havia pouca ou nenhuma vontade de ensinar aos indisciplinados o seu lugar, por isso quando a feiticeira saí para atender o telefone, Beatrice volta-se para suas irmãs e calmamente lhes diz:

- Acho que encontrou uma boa candidata à bibliotecária da Capela, Johanna... sem dúvida um afastamento de qualquer membro a fará repensar antes de discutir as decisões de seus superiores outra vez.

Mais um membro descartável...Era incrível quantos existiam nestas noites estranhas. Certamente teria que informar seu clã da tendência insubordinada daquela infeliz, mas ao menos sabia quais ovos quebrar quando precisasse fazer um omelete. Beatrice respira fundo - algo que insistia em fazer quando estava irritando-se com alguma coisa - e faz um breve silêncio antes de dizer:

- Mas, continuando com as decisões que importam enquanto ela não volta: Eu acho que deveríamos dividir a corte entre membros úteis e inúteis. Deixar os inúteis distraídos com eles mesmos para que não nos atrapalhem e separar em grupos os úteis para que possamos combater o Sabá fogo contra fogo. O ideal seria um ataque massivo imediato...mas ainda preciso de algumas informações para decidir por onde devemos começar.

_________________
Aparência: 5 / 7
Carisma: 5


"Não existe o bem e o mal, só existe o poder... e aqueles que são demasiadamente fracos para conquistá-lo."
avatar
Beatrice Verlanghieri

Mensagens : 84
Data de inscrição : 11/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

François | Carniçal

Mensagem  Ragnar em Qua Mar 19, 2014 11:48 pm

O carniçal pede para François que estava falando, naquele momento o toreador apenas pensava em como poderia estar Beatrice, então responde:}

- Desculpe a gafe, é François do clã das Rosas novamente, apenas a informação de se está tudo bem como ela já me deixa mais despreocupado, o ataque no Elisium eu não sei como foi, mas tentaram me matar e falharam, poderia me dizer apenas se ela está bem? Eu gostaria de me encontrar com ela, ela está disponível?

François aguarda a resposta do carniçal.
avatar
Ragnar

Mensagens : 87
Data de inscrição : 28/08/2013
Idade : 27
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Clã Tremere

Mensagem  Narrador em Qui Mar 20, 2014 4:17 pm

Evandro chega à porta, pede licença e avisa:

'- Senhora, o Sr. Carlent do Clã Nosferatu acaba de chegar e está aguardando na Sala de Estar.'
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Maximillian Gevalion - François Durrieux

Mensagem  Beatrice Verlanghieri em Qui Mar 20, 2014 10:49 pm

- Monsieur François... Mademoiselle Beatrice está em reunião no momento. Ela informou aos membros que a reunião será na Capela esta noite e perguntar se precisam de auxilio para chegar até aqui...

_________________
Aparência: 5 / 7
Carisma: 5


"Não existe o bem e o mal, só existe o poder... e aqueles que são demasiadamente fracos para conquistá-lo."
avatar
Beatrice Verlanghieri

Mensagens : 84
Data de inscrição : 11/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

François | Max

Mensagem  Ragnar em Sex Mar 21, 2014 8:06 am

o Toreador responde para o carniçal:

- Não tenho o endereço, pode me passar por favor?

Off.: Mudei o post anterior, pois não tinha certeza de que tinha o endereço no tablet e o player Evaldo me avisou que não havia, vlw Evaldo =)
avatar
Ragnar

Mensagens : 87
Data de inscrição : 28/08/2013
Idade : 27
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Filippi - todos

Mensagem  Luiz Filippi em Sex Mar 21, 2014 10:40 am

*Dois carros se aproximam da entrada da chácara, Filippi abre um pouco a janela - o suficiente para que seu rosto seja visível* - e busca identificar-se, bem como aos demais, para quem quer que a esteja guardando*

_________________
Carisma 4
Aparência 2
Qualidade: bad boy
Idade aparente: 43
Altura: 1,90 m
avatar
Luiz Filippi

Mensagens : 216
Data de inscrição : 26/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Luiz Filippi | Emilie Blanc | Guille França

Mensagem  Narrador em Sex Mar 21, 2014 11:36 am

A passagem é aberta, o carro poderia seguir até próximo à porta onde Filippi podia notar que havia um homem em pé esperando pelo grupo.

avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capela Tremere - Chácara em Vargem Grande

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 34 Anterior  1, 2, 3, 4, 5 ... 19 ... 34  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum