Museu Nacional da UFRJ (Quinta da Boa Vista)

Página 11 de 11 Anterior  1, 2, 3 ... 9, 10, 11

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

John Montecchio (Crinos/Lupino) - JUNIOR/ TODOS

Mensagem  John Montecchio em Ter Abr 08, 2014 8:49 pm

John vinha correndo quando logo em sua frente viu um dos recém-chegados de pernas curtas (Junior) tropeçar em algo e dar um peixinho de cara no chão. O novato havia conseguido cair tão feio a ponto de ficar esparramado feito um saco de bosta. Provavelmente aquilo era o resultado do desespero do Garou, o que entendia perfeitamente, já que aquela estrutura caindo assustava até mesmo o Andarilho. Daria muita risada se aquilo não colocasse a vida de seu irmão que mal conhecia em risco.

Ainda correndo o mais rápido que podia em Crinos, decidiu ajudar. Era parte do feitio de John ser bondoso quando queria, mesmo sabendo que aquilo poderia custar sua vida. Depressa, evitando perder o máximo de tempo possível, pegou pelos ombros de Junior o levantando de forma brusca e depois dando uma forte bicuda em sua bunda para que aquilo servisse de impulso para ganhar velocidade. Já se preparando de novo para partir na corrida, gritou histericamente e exageradamente no pé do seu ouvido de seu irmão recém-chegado que nem conhecia.

- CORREEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE! CORREEEEEEEEEEEEE DUROOO PORRA! NÃO PARA! CORREE COMO SE TIVESSE UM ESTUPRADOR NO SEU FUNGANDO NO SEU CANGOTE, SE NÃO VAI MORRER ESMAGADO!

Esperava que aquilo pudesse motivar o Garou a ponto de correr como se não houvesse amanha, ou talvez correr mais que o Forrest Gump. Nem esperou para ver a reação de Junior. Rapidamente se transformou em Lupino para ficar mais ágil e continuou sua corrida. Por ajudar Junior, tinha perdido um tempo precioso e estava iniciando sua corrida agora, mas acreditava que poderia dar tempo. Tinha que dar tempo. Se Junior caísse de novo, não iria socorre-lo dessa vez.

_______________________
OFF GAME:
John 02 de Fúria.
Teve 02 sucessos.




_________________
Ahroun - Andarilhos do Asfalto - Cliath - Espertinhos

Aparência 05
Fúria 05
Magnetismo Animal / Ambidestria.
Cicatriz no pescoço em formato de "S".[/b]


"Apenas é digno da vida aquele que todos os dias parte para ela em combate."
avatar
John Montecchio

Mensagens : 250
Data de inscrição : 13/04/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Predador-da-Cidade

Mensagem  Narrador em Qua Abr 09, 2014 12:12 am

O Chão tremia e a ação é rápida demais para ser processada. Predador-da-Cidade tinha que lutar com sua própria destreza para conseguir manter o equilíbrio.

OFF GAME: Predador-da-Cidade tem que passar num teste de Destreza + Esportes com dificuldade 9 para não cair no chão. Falha crítica indica que a queda foi de cara.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Júnior Garth (Crinos) - Matilha Arautos do Trovão

Mensagem  Júnior Garth em Qua Abr 09, 2014 11:50 am

Predador ainda não tinha noção de onde estava depois da queda. Levantava a cabeça, ainda meio confuso, acima dos corpos quando sente alguém lhe puxar do meio deles. Antes que pudesse identificar quem fizera aquilo e agradecer, o desgraçado sem coração o aponta em direção à longínqua saída e, para sua surpresa, lhe dá um chute no traseiro.

"- AAAAAAAAAAAAAAAAAIII... SEU FILHO DA P..." - O roedor voava rapidamente como uma bola em direção ao gol, ou melhor, à saída. Porém, antes que pudesse terminar a frase ele é obrigado a se concentrar numa acrobática manobra para não enfiar a cara no chão novamente. O bico não foi o suficiente e predador, ainda com a bunda latejando, tem que se concentra e consegue, tirando energia não sabe de onde, ajeitar o corpo no ar e cair praticamente de pé. Era uma imagem digna, mantendo o clima futebolístico, dos melhores goleiros do mundo e numa fração de segundos a voz de Tadeu Schmidt passa pela sua mente: *COMO UM GATO!!!*

O Roedor estava novamente de pé correndo desesperadamente e antes que suas pernas voltassem a atrapalhá-lo ele assume a forma lupina e acelera o passo rumo à salvação. Com um palmo de lígua pra fora e o coração querendo sair pela boca, ele estava finalmente a salvo do lado de fora do prédio. Agora, longe do perigo, seu sangue esfria, a adrenalina baixa e ele começa a mancar. Sua bunda ainda doía tanto que ele não conseguia nem sentar pra descansar. Mas o pior era o orgulho ferido.

OFF: 1 FV para cair COMO UM GATO
1 FV para não virar patê

_________________
Júnior Garth (Homínideo)
Cliath - Ragabash - Roedor de Ossos

Aparência: 2
Fúria: 1
Baixa Estatura
avatar
Júnior Garth

Mensagens : 55
Data de inscrição : 03/02/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

John Montecchio (Lupino) - Junior / Ethan / Todos / Já fora do Museu

Mensagem  John Montecchio em Qua Abr 09, 2014 1:09 pm

Depois da bicuda que deu na bunda do recém-chegado que nem sabia o nome, John saiu em disparada já estando na forma Lupina. Por mais incrível que parecesse, Junior caiu lá na frente COMO UM GATO e também partiu na correria. Ficou feliz por além de ter dado um impulso significativo no Garou, ainda o incentivando para correr como se não houvesse amanhã. Sentiu orgulho de si mesmo por ser um excelente estrategista. Junior tinha dado um grito, mas John nem levou em consideração, talvez o recém-chegado tivesse assustado com a bicuda na bunda, o que era normal, já que aparentava estar desesperado por causa da queda que havia sofrido.

John correu até sair do Museu e para seu espanto, lá fora, encontrou Ethan. O desgraçado havia sido ligeiro chegando na frente de todos e John não deveria estar espantado, já que era um negão e os negões eram foda na corrida.

" Será que Ethan é descendente de Queniano?... Deve ser... Vou dar a ideia dele participar da São Silvestre..."

Deixou estar. Se limitou acenar positivamente para Ethan e quando ia dirigir a pergunta para o irmão se estava tudo bem, nota que o recém-chegado que havia 'bicudeado' chegou junto. Havia corrido duro e John abriu um sorriso de felicidade quando viu Junior chegar quase na mesma velocidade. Cumprimentou o garou se apresentando e dizendo.

- Êêêêêêêê cara, se não fosse eu te ajudar, hein? Haha...

Sorriu para Junior.

- Seja bem-vindo. Sou John Montecchio, "Punhos-de-Aço", Ahroun Cliath dos Andarilhos dos Asfalto do campo dos Espertinhos.

Vendo que Junior tava até de língua de fora, comentou puxando assunto com o novato.

- Correu duro, gostei de ver...

Sorria sendo simpático enquanto olhava para os lados não notando qualquer sinal de perigo.


Última edição por John Montecchio em Qua Abr 09, 2014 1:47 pm, editado 1 vez(es)

_________________
Ahroun - Andarilhos do Asfalto - Cliath - Espertinhos

Aparência 05
Fúria 05
Magnetismo Animal / Ambidestria.
Cicatriz no pescoço em formato de "S".[/b]


"Apenas é digno da vida aquele que todos os dias parte para ela em combate."
avatar
John Montecchio

Mensagens : 250
Data de inscrição : 13/04/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Matilha Arautos do Trovão

Mensagem  Narrador em Qua Abr 09, 2014 1:17 pm

Do primeiro grupo que tinha saído do museu, somente o Galliard Vento-Cortante-do-Lobo-Diabólico ainda não tinha conseguido sair do museu.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aman (telefone)

Mensagem  Aman Ubuntu em Qua Abr 09, 2014 5:02 pm

O telefone de Danniel toca.

_________________
Aparência: 3
Carisma: 3
Fúria: 3
Peregrinos Silenciosos - Philodox - Hominídeo
Idade aparente: 20 e poucos
avatar
Aman Ubuntu

Mensagens : 247
Data de inscrição : 03/04/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Sylvia - Michell / Arautos

Mensagem  Sylvia Capuleto em Qui Abr 10, 2014 8:56 am

Com o gasto de um ponto de Fúria, a Theurge corre como se não houvesse amanhã desesperada para salvar sua vida. Alguns pedaços do teto caíam e conforme corria sem olhar para trás, a Senhor das Sombras acaba se distanciando de Decodificador-de-Espíritos, uivando para ele a ouvir e tentando incentivá-lo a lutar por sua própria vida (uma vez que não seria ela quem arriscaria a dela por alguém que acabou de conhecer):

- Rápido! Corra! Use toda sua Fúria e corra!

A Theurge corria, saltava entre os escombros, pulava de uma pilha à outra e no ápice da sua destreza salta por entre uma das janelas que já estava quebrada pelos tremores e cai do lado de fora do prédio, revertendo imediatamente à forma humana e ao notar que os demais já ali estavam, foca no lado de dentro, na expectativa pela saída do Theurge que lhe seguia.

*Anda, Andarilho... você consegue.*

A Theurge torcia mentalmente para que o novato saísse, mesmo sem ter nada para apreciá-lo, não tinha também porque desejar sua morte. Não tem como não pensar como seria bom se John se perdesse na saída do prédio, mas Gaia não iria ser tão boa assim com ela. Tudo para Sylvia tinha que ser mais difícil e John nem era um obstáculo tão grande assim para ser contornado...

_________________
Sylvia Capuleto "Feiticeira das Sombras"
Adren / Hominídeo / Theurge / Senhores das Sombras
Voz Encantadora / Magnetismo Animal
Aparência 05
Raça Pura 05
Fúria 02
avatar
Sylvia Capuleto

Mensagens : 408
Data de inscrição : 28/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Museu Nacional da UFRJ (Quinta da Boa Vista) - em Lupus/Hominídeo

Mensagem  Michell Corbeill em Qui Abr 10, 2014 5:09 pm

Interações com Sylvia Capuleto/Matilha Arautos do Trovão.
Em Lupus/Hominídeo

O uivo da Theurge é ouvido pelo Andarilho. Diante disso, ele aperta o passo, utilizando da Fúria que possuía para aumentar suas possibilidades de fuga. Tentava se concentrar apenas em seu objetivo, esquecendo-se dos escombros que iam ao chão a milésimos de distância de seus pelos. Pulava a cada passo como se sua vida dependesse disso. E como dependia!

Quando já não achava mais que conseguiria, o lua crescente encontra uma saída entre os primeiros escombros da fachada principal. O Museu realmente entraria para história, mas não levaria o jovem francês junto. Em um pulo nada acrobático, o lobo avança sobre um monte de pedras, atravessando uma pequena passagem que antes fazia parte de uma janela. Logo encontrou um grupo reunido, identificando uma mulher de longos cabelos dourados dentre os lobos que ali estavam. Evidentemente, aquela era a Theurge de habilidades magistrais.

O lobo de pelagem descolorida em alguns pontos parou diante da Senhor das Sombras, transmutando para a forma humana novamente. Os cabelos platinados estavam com uma aparente camada de fuligem, o que faz o francês balançá-los rapidamente.


- O que você fez lá dentro foi realmente incrível! Acho difícil sobrar algo de pé depois disso. Estão todos bem? Eu fui o último a sair? -
O Andarilho se direcionou primeiro a Sylvia, para depois questionar todo o grupo que ali estava. Entretanto, a presença da Senhor das Sombras instigava os olhos do Impuro a sempre decaírem sobre ela. Era tão bela quanto ele, mas parecia exalar algo que mexia com os "brios" de qualquer um, inclusive os do francês.
________________________________________________________________________________________________________
11/10. Uhullll

_________________
avatar
Michell Corbeill

Mensagens : 264
Data de inscrição : 03/02/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Matilha Arautos do Trovão

Mensagem  Narrador em Qui Abr 10, 2014 8:32 pm

Somente Vento-Cortante-do-Lobo-Diabólico não havia saído. Coração-Impiedoso olha para todos e diz:

'- Fiquem aqui.'

O Senhor das Sombras encara Danniel que assente com a cabeça e entra para ver se encontrava o Wendigo. O Senhor das Sombras na forma lupina começa a uivar tentando guiar com seu uivo o Wendigo até a saída ao mesmo passo que seguia o rastro de Damian pelo cheiro.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

John Montecchio (Lupino/Hominídeo) - Sylvia/ Ethan/ Steven / Demian / Junior / Michell / Todos

Mensagem  John Montecchio em Sex Abr 11, 2014 2:28 pm

O resto do bando ia chegando do lado de fora do Museu. Sylvia havia aparecido e naquele momento já era difícil imaginar o quão sortudo poderia ser caso ela pudesse ser consumida pelas próprias lavas que criará, não era atôa que havia apelidado de Vaso-Ruim. Não morria fácil. Sua atenção foi quebrada quando Steven diz para Danniel que era para todos ficarem ali e entrou correndo dentro do museu uivando na intenção de guiar o Wendigo que havia ficado para trás. Isso lhe faz pensar:

" Porque a porra do Wendigo não saiu!? Deve ter se perdido... só pode!"

Não sabia, mas o fato era que estava muito mais próximo da morte agora. Enquanto aguardava a resposta de Junior, voltou rapidamente para sua forma humana .

_________________
Ahroun - Andarilhos do Asfalto - Cliath - Espertinhos

Aparência 05
Fúria 05
Magnetismo Animal / Ambidestria.
Cicatriz no pescoço em formato de "S".[/b]


"Apenas é digno da vida aquele que todos os dias parte para ela em combate."
avatar
John Montecchio

Mensagens : 250
Data de inscrição : 13/04/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Museu Nacional da UFRJ (Quinta da Boa Vista)

Mensagem  Convidado em Sex Abr 11, 2014 2:51 pm

Todos, com excessão do Wendigo estavam alí, e o garou fica se perguntando o pq disso por um tempo, mas então decide que aquilo era de menor relevância.

A ordem fora para ficar alí, e alí ele ficaria, estava pensando nas coisas que aconteceram e em qual o próximo passo e lhe veio uma unica palavra à mente

*Iluminado...*

Teria que ter uma conversa assim que saísse dalí que mudaria mais um pouco a vida dele...

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Predador-da-Cidade (hominídeo) - Montecchio

Mensagem  Júnior Garth em Sab Abr 12, 2014 7:16 am

O roedor acabara de conseguir salvar sua vida e antes que pudesse respirar direito ele vê o autor da "ajuda". Ele assume sua forma hominídea para cumprimentar Punhos-de-aço. Mesmo sendo bem menor do que o Ahrou, Predador não se intimida e responde em tom bem sério ao sujeito.

"- Seu maluco Filho da Puta!" Finalmente Júnior conseguira terminar de "agradecer" aquele desgraçado. "- O que você tinha na cabeça pra sair bicando os outros? Já não era o bastante ter a porra do prédio caindo em cima da gente?" Nesse momento Júnior sente um incomodo na bunda e não consegue evitar de fazer uma leve careta de dor e de esfregar com a mão a área ainda dolorida.

Apesar da loucura do filho da puta ele tinha realmente ajudado Júnior a sair daquele inferno e o Roedor não era um Garou mal agradecido. Meio contrariado ele, do seu jeito, reconhece a ajuda de Punhos-de-aço.

"- Me chamo Júnior Garth, Predador-da-cidade, Ragabash Cliath dos Roedores de Ossos." O semblante de Júnior vai desanuviando e já mais desarmado comenta: "- Estuprador fungando no cangote? De onde você tirou isso?" É nesse momento que mais dois Garous conseguem sair do prédio. Rapidamente Júnior identifica a fêmea e Decodificador. Ele tenta puxar pela memória pra saber se faltava alguém e procura com os olhos o Alpha para saber o que fariam agora.

_________________
Júnior Garth (Homínideo)
Cliath - Ragabash - Roedor de Ossos

Aparência: 2
Fúria: 1
Baixa Estatura
avatar
Júnior Garth

Mensagens : 55
Data de inscrição : 03/02/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

John Montecchio (Hominídeo) - Junior Garth / Demais pro lado de fora do Museu

Mensagem  John Montecchio em Sab Abr 12, 2014 11:10 am

Junior então o cumprimenta respondendo em um tom sério e depois vai amolecendo suas palavras. As primeiras era de tom mais duro onde apresentava um visível desconforto pela bicuda que havia levado no rabo, sem falar também na ingratidão. Aquilo havia salvado a vida dele e o Ahroun não conseguia entender como ele poderia ser tão míope. As outras já era de uma conversa típica de entrosamento. O infeliz não tinha a consciência que aquilo tinha salvado a vida dele, mas enfim, talvez ele não tivesse percebido que era melhor um chute no rabo do que uma pedra esmagando sua cabeça.

No final das contas John prefere levar aquilo tudo na esportiva, até porque estava claro que era uma situação incomum pela qual não valia a pena se estressar. Disse sorrindo para o Ragabash enquanto apertava sua mão.

- Você que é um ingrato Filho da Puta! - Riu abertamente mostrando se divertir com aquilo - Se não fosse eu chutar esse seu rabo de formiga como uma bola de leite, você ainda estaria lá dentro, então me agradeça por ser um irmão prestativo e cuidadoso. Sem falar que eu fui o único que se preocupou em te ajudar quando caiu de cara no chão entre aqueles corpos e também sem falar que é melhor ter o "pôpô" doendo do que ter a cabeça esmagada por um concreto gigante, não é?... Hahaha...

Riu novamente lembrando da própria cena e o desespero que implantou em Junior para que ele corresse mais que Forrest Gump. Soltou a mão do cumprimento e deu dois tapas no ombro de Roedor como se aquele fosse o começo de uma amizade sincera. Completou notando que há algum tempo Junior já massageava o "bumbum":

- E outra, quem não correria feito um maluco igual você correu se tivesse um estuprador fungando no cangote? Poderia ser pior... Poderia ter te dito que tinha um negão estuprador fungando no seu cangote... O que importa é que você saiu vivo sem ser estuprado... haha...

Ria ao passo que também mantinha um semblante descontraído. John no final das contas acabou explicando involuntariamente sua estratégia usada para que o Roedor saísse ileso do Museu.

_________________
Ahroun - Andarilhos do Asfalto - Cliath - Espertinhos

Aparência 05
Fúria 05
Magnetismo Animal / Ambidestria.
Cicatriz no pescoço em formato de "S".[/b]


"Apenas é digno da vida aquele que todos os dias parte para ela em combate."
avatar
John Montecchio

Mensagens : 250
Data de inscrição : 13/04/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração | Bardo-Forasteiro (NPC Temporário) - Matilha Arautos do Trovão

Mensagem  Narrador em Sab Abr 12, 2014 1:32 pm

A estrutura do prédio estava abalada e antes que Coração-Impiedoso consiga sair de lá com o Wendigo, o prédio cai. No entanto não é uma queda comum. O prédio não cai para fora como de costume em uma queda, ele cai como se fosse engolido pela terra. Uma enorme nuvem de fumaça faz com que os Garous foram com dificuldades para respirar.

Sério, Danniel apenas diz seco depois da cena:

'- Vamos partir. Eu vou pegar minha moto. Feiticeira-das-Sombras, cuide para que todos cheguem bem. Sem mais baixas.'

O Fianna estava nitidamente irritado e se retira para buscar sua moto e seguir ao Ponto de Encontro - que não era longe dali.


OFF GAME: Se o jogador do personagem Vento-Cortante-do-Lobo-Diabólico ainda estiver jogando, ele deve procurar a Narração para instruções.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

John Montecchio (Hominídeo) - Junior Garth / Demais pro lado de fora do Museu

Mensagem  John Montecchio em Sab Abr 12, 2014 3:15 pm

Antes que o Roedor pudesse responder suas palavras, vê diante de seus olhos o Museu cair, mas cair de forma diferente, sendo engolido pela terra levando tudo consigo para baixo do solo e fazendo uma enorme nuvem de poeira onde fez o Ahroun passar vários segundos tossindo sem parar.

" Agora foi... Adeus filhos das puta..."

Danniel visivelmente irritado logo diz para Sylvia que todos precisavam partir e encarregou a Theurge de cuidar de todos. Deixou claro que não queria mais baixas. O Alpha logo sai e John se limita a ficar quieto por alguns instantes aguardando qual fosse as instruções da Theurge e também a resposta do recém-chegado que havia bicudeado. Se Sylvia quisesse, poderia até fazer o favor de buscar o carro para ela e ser seu motorista particular... mas só se ela quisesse.

_________________
Ahroun - Andarilhos do Asfalto - Cliath - Espertinhos

Aparência 05
Fúria 05
Magnetismo Animal / Ambidestria.
Cicatriz no pescoço em formato de "S".[/b]


"Apenas é digno da vida aquele que todos os dias parte para ela em combate."
avatar
John Montecchio

Mensagens : 250
Data de inscrição : 13/04/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Museu Nacional da UFRJ (Quinta da Boa Vista) - em Hominídeo

Mensagem  Michell Corbeill em Sab Abr 12, 2014 9:51 pm

Interações com Matilha Arautos do Trovão.
Em Hominídeo

A resposta a pergunta do Andarilho vem na forma de uma ação inusitada de um dos Senhores da Sombra. Alguém havia ficado para trás, alguém que Michell não conseguia lembrar quem era. Não havia contado quantos eram e não reconhecia a todos para lembrar de cada um. O Garou de pelos negros que levava uma escopeta entrou novamente do Museu em ruínas, isso era fato. Infelizmente, o francês temia que ele não fosse retornar.

O lamento silencioso do Theurge só é quebrado quando o pequeno Roedor começa a rodar a baiana diante de toda a matilha, reclamando com um outro Garou, que aparentemente o havia chutado. O cara volta para a forma hominídea, revelando um homem atraente que produzia o mesmo efeito sedutor que a sua irmã de augúrio. Um belo rosto, um corpo deliciosamente esculpido. E só! Aquela criatura de ego superinflado era apenas um vaso muito bem trabalhado que servia apenas para carregar esterco. Assim se resumia aquele que parecia ter nascido sobre a lua cheia.

Tipicamente Ahroun… E daqueles bem difíceis de suportar.

Mas o francês não gastaria seu tempo com idiotas. Tentaria evitar qualquer tipo de atrito inicial com o guerreiro. Tentaria. Entretanto, um sorriso de canto brota no rosto de Michell ao pensar:

Mas que ele é superb, isso eu não posso neg....

Os pensamentos do Theurge são quebrados com o tormento que o local se torna. Uma cortina de poeira sobe, fazendo com que o Andarilho tossisse diversas vezes. Quando as coisas se acalmam, ele olha rapidamente para o local onde antes havia o museu, olhando mais um vez para a Senhor das Sombras. O trabalho estava feito. E os dois Garous não haviam retornado.

O Alpha fica visivelmente estressado com a situação. Perder dois companheiros não era algo que se esperava com ansiedade. Mas acontecia. Michell sequer os conhecia, mas sentia um pesar dentro de si. A morte daqueles que ainda lutavam pela causa da Mãe era pesarosa. Mesmo assim, eles precisavam continuar. Precisavam sair dali. O francês ouve o Fianna dar ordem de retirada, esperando que a Theurge fizesse aquilo que o mesmo havia ordenado.
________________________________________________________________________________________________________
.

_________________
avatar
Michell Corbeill

Mensagens : 264
Data de inscrição : 03/02/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Sylvia - Arautos

Mensagem  Sylvia Capuleto em Dom Abr 13, 2014 11:55 am

O prédio cai e a nuvem de poeira faz com que a Theurge apenas use o braço para proteger seus olhos. Era o fim daquele lugar maldito, um fim necessário, porém caro. O Wendigo e Steven haviam caído lá dentro e não havia nenhum motivo para acreditar que os dois continuavam vivos. Danniel demonstra-se irritado, Sylvia no entanto é fria e apenas olha para o prédio pensando nas consequências do que havia acabado de acontecer.

*Danniel é novato, John inútil e com isso somos uma matilha sem poder de fogo e sem um Galliard para contar nossos feitos*

Não haviam, na lógica da Theurge, justificativa para ela e Michell terem saído e o Wendigo ter ficado. Não havia, na cabeça da Senhor das Sombras, motivação para Steven dar uma de super-herói e tentar salvar o retardatário. Mas o alfa consentiu e ele fez. Não sentia sangue em suas mãos, a morte era resultado apenas de estupidez coletiva. E ela não fazia parte desse coletivo.

Sem muito o que dizer, a Senhor das Sombras apenas fala para os que ficam após a partida do Alfa:

- Vamos.

A Senhor das Sombras segue até o carro. No caminho, em sua forma humana, aproveita para mandar uma mensagem a um de seus parentes para que limpassem o local. A preocupação com o véu era fundamental e provavelmente ninguém ainda tinha pensado nisso e ela, como sempre, resolveria as pendências ignorada pelo coletivo.

Ao chegar no carro, Sylvia entra no banco do carona e deixa a disposição dos sobreviventes por conta deles. Não estava preocupada com isso, focava sua mente nos próximos passos. Havia ainda um sanguessuga para caçar. Um não, três. E as noites deles estavam mais do que contadas.

_________________
Sylvia Capuleto "Feiticeira das Sombras"
Adren / Hominídeo / Theurge / Senhores das Sombras
Voz Encantadora / Magnetismo Animal
Aparência 05
Raça Pura 05
Fúria 02
avatar
Sylvia Capuleto

Mensagens : 408
Data de inscrição : 28/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

John Montecchio (Hominídeo) - Sylvia/ Junior Garth / Demais pro lado de fora do Museu

Mensagem  John Montecchio em Seg Abr 14, 2014 10:40 pm

Junior persistia quieto ante suas palavras. Não soube bem o motivo, mas deixou estar. Após Danniel partir e o prédio cair, Sylvia da a ordem para a partida. John dá dois tapinhas no ombro de Junior e diz:

- Bora pra casa...

Seguiu até o carro e notando que Sylvia havia sentado no banco da carona, John deu a volta no veículo e assumiu a direção. Era melhor assim. Ainda bem que Sylvia tinha consciência que não era apta a dirigir, porque tinha que confessar: tinha mais medo da Theurge no volante do que aquele prédio caísse em sua cabeça.

Ligou o carro aquecendo o motor enquanto aguardava o restante de seus irmãos entrar. Não tinha muito o que dizer, mas pensava profundamente na morte de Steven e do Wendigo. Havia conhecido os dois a pouco tempo, mas não era fácil de imaginar os dois sendo mortos de uma forma tão... estúpida. Dizia isso mais por Steven por ser um excelente combatente. Wendigo por ser um completo idiota e ter se perdido dentro do Museu e Steven por arcar com uma responsabilidade perdida. Ainda mais Steven, que por mais difícil que fosse admitir, era mais forte que si próprio.

" Em todo caso eu tiro o chapéu pra coragem dele... Não sei se entraria pra salvar alguém com aquela porra caindo na minha cabeça..."

Ainda olhando para o volante, disse sem nenhum alvo a vista, como se fosse um desabafo que compartilhava com Sylvia e os demais a respeito do que tinha acontecido com seus irmãos.

- Como se já não fosse complicado o suficiente ver Steven praticamente se matar, perdemos também o Galliard e agora não temos ninguém do Augúrio pra pelo menos relatar dignamente o quanto ele foi corajoso... Ou herói... - Balançou a cabeça negativamente deixando transparecer um sorriso torto e completou - O destino é mesmo muito irônico...

Sylvia se mostrava impenetrável ou parecia simplesmente não se importar com quem havia morrido.

_________________
Ahroun - Andarilhos do Asfalto - Cliath - Espertinhos

Aparência 05
Fúria 05
Magnetismo Animal / Ambidestria.
Cicatriz no pescoço em formato de "S".[/b]


"Apenas é digno da vida aquele que todos os dias parte para ela em combate."
avatar
John Montecchio

Mensagens : 250
Data de inscrição : 13/04/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Museu Nacional da UFRJ (Quinta da Boa Vista) - em Hominídeo

Mensagem  Michell Corbeill em Ter Abr 15, 2014 12:17 pm

Interações com Matilha Arautos do Trovão.
Em Hominídeo

Todos começam a marcha funesta que os levariam até o carro da matilha. Evidentemente, o Theurge seguiria junto a eles, já que o carro que o havia guiado até ali já não estava mais em condições. Ele se lembra do Parente talvez ter dito algo sobre a devolução do carro, o que o faz sorri rapidamente. A probabilidade de sobrar alguma coisa em uma situação caótica como aquela eram quase nulas.

Assim, ele se acomoda em um dos bancos traseiros. Restavam o Roedor e o outro Senhor das Sombras do lado de fora. Logo que entrassem, o Andarilho de mente pequena arrancaria rumo ao novo lar do lua crescente. Estava ansioso por conhecer a área de convivência de sua matilha. Entretanto, ele tinha outras coisas para resolver até lá. Ele pega mais uma vez o seu tablet, digitando uma mensagem instantânea para Maverick, o Theurge Andarilho de seu Campo que lhe guiaria naquela cidade extremamente insana.
[via MP]
________________________________________________________________________________________________________
.

_________________
avatar
Michell Corbeill

Mensagens : 264
Data de inscrição : 03/02/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Júnior - Arautos

Mensagem  Júnior Garth em Ter Abr 15, 2014 4:29 pm

Júnior ainda ria da resposta do Senhor das Sombras quando o prédio desaba. Ele logo é envolvido pela poeira do desmoronamento e enquanto tosse, lembra que um Garou entrara novamente no prédio. A ação que passara despercebida anteriormente vem a sua mente, levando o Roedor a procurar com os olhos o Alpha na busca por alguma explicação. A Matilha perdera mais um membro. Não sabia ao certo o que motivara o Garou a retornar para dentro do prédio, mas sabia, agora, que não tinha sido uma boa ideia.

Antes que pudesse abrir a boca o Alpha dá o comando para que partissem dali. Seu semblante falava por si só e não cabia ao Roedor questionar uma ordem direta com divagações sobre motivações alheias. Ele vê o Alpha partir e colocar a fêmea no comando que parte em direção ao carro. Júnior, chamado pelo Ahrou, acompanha, se acomoda em um banco vago na parte de trás e espera que aquele doido os tirassem dali. Sua mente já estava em outro lugar quando o Senhor das Sombras solta mais uma das suas que ele nem escuta direito.

_________________
Júnior Garth (Homínideo)
Cliath - Ragabash - Roedor de Ossos

Aparência: 2
Fúria: 1
Baixa Estatura
avatar
Júnior Garth

Mensagens : 55
Data de inscrição : 03/02/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ethan (hominídeo) - Sylvia

Mensagem  Convidado em Ter Abr 15, 2014 9:35 pm

O primeiro sentimento que sentia era de raiva.

Raiva pq o inútil do wendigo provavelmente custara a vida de um Senhor das Sombras, mas ele engole aquele sentimento.

Precisava aprender a conviver com aquilo, fora bom enquanto durou, e não queria deixar aquela sensação de não se importar passar, e então um riso começa a querer brotar de seu rosto, e, enquanto voltava para sua forma hominídea ele permite que o riso morrra e simplesmente ouvindo a ordem de Sylvia, conferida pela autoridade do alpha, segue em direção ao carro.

Jhon se apressa em pegar a direção, e o Senhor das Sombras acho que não seria mal ter um chofer depois de uma noite agitada como aquele.

Cada um deveria saber sua posição, e fica feliz em notar que o Andarilho sabia que sua função era servir.

Aquela idéia lhe agradava de uma maneira que ele não entendia, não conseguia compreender o pq de pensar aquilo era tão gratificante, mas volta sua atenção ao que importava e vira para Sylvia e fala com esta.

- Tenho um parente delegado, embora seja do centro, posso pedir para ele dar uma segurada nas pontas... ou você já tem algo em mente Feiticeira?

E fica ali sentando aguardado o que deveria ou poderia ser feito.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Sylvia - Arautos

Mensagem  Sylvia Capuleto em Qua Abr 16, 2014 8:43 pm

Ethan se mostrava prestativo e fazia as ponderações que ela aguarda de um Ragabash. Era bom saber que aquela página estava virada. Ainda iria fazer um ou outro teste em sigilo mas, no fundo, cria que aquilo era coisa do passado. Sem maiores emoções e com um tom de voz cansado de quem estava no limite de suas forças:

- Eu vou mandar meu staff cuidar disso. Não se preocupe. Tem muita coisa pra ser limpa lá dentro.

A Theurge esboça o que seria um bocejo. O dia havia sido cansativo e, como John não partia com o carro Sylvia dá a ele o incentivo que ele precisava:

- Vamos, John. Todos estamos muito cansados.

Provavelmente tudo que ele queria era ouvir uma ordem. Ou melhor, a ordem dela já que ele tinha algum tipo de fixação na Theurge. Olhando para o ambiente externo, a Senhor das Sombras esperava que o carro partisse. Era hora de ir pra casa.

_________________
Sylvia Capuleto "Feiticeira das Sombras"
Adren / Hominídeo / Theurge / Senhores das Sombras
Voz Encantadora / Magnetismo Animal
Aparência 05
Raça Pura 05
Fúria 02
avatar
Sylvia Capuleto

Mensagens : 408
Data de inscrição : 28/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ethan - Sylvia/Jhon

Mensagem  Convidado em Qui Abr 17, 2014 8:21 pm

O garou concorda com a cabeça para Sylvia, e simplesmente se limita a recostar a cabeça e fechar os olhos enquanto fala para Jhon.

- Tu ouviu a dama fera... bora pra casa, que eu preciso de um banho, comida e cama.

E fica alí aguardando para que Jhon cumpra com o que ele se propôs a ser, no momento em que tomou o lugar de chofer.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

John Montecchio (Hominídeo) - Sylvia / Ethan / Junior / Michell / #partiupontodeencontro

Mensagem  John Montecchio em Sex Abr 18, 2014 12:11 pm

Após seu desabafo, os Garou iam se acomodando no carro da matilha. Não esperava uma resposta de alguém, por isso não se importou por ninguém ter continuado o assunto. Deixou estar. Não passou de um comentário passageiro ou um pensamento que escapou alto demais. Ethan então sugere para Sylvia algo com um parente relacionado à proteção do Véu. Realmente era algo que a matilha devia se preocupar. Não que não estivesse preocupado, mas já ia dirigir, então cabia à seus irmãos resolver essa treta.

Sylvia então responde dizendo que ia mandar cuidar disso e pede para John ir logo dizendo que todos estavam cansado demais. E realmente estavam. John acena positivamente e dá um sorriso rápido e discreto para Sylvia, depois volta sua atenção para o volante.

" Se quiser, posso te fazer uma massagem, Capuleto... Daquelas que vai te deixar duas horas de perna bamba e nunca mais vai esquecer... Nunca mais..."

De alguma maneira um flash de memória consumiu o pensamento de John lembrando do que de tudo que havia passado à pouco com Sylvia. O corpo a corpo, o desejo, o prazer, a mão deslizando pela sua perna, sua cintura, suas costas, o cheiro do pescoço, do perfume, o cabelo e a cabeça pendendo de lado quase se entregando totalmente, seus suspiros, sua respiração ofegante, seus movimentos, a cotovelada e as ameaças que não surtiram efeito... a vontade de querer mais apesar de não poderem continuar. De tudo que havia passado, era isso que no final fez a diferença para John.

Perdido em suas próprias lembranças sem dizer nada, seguiu pelas ruas do Rio de Janeiro que levava ao ponto de encontro da matilha.

________________
OFF GAME:

Segue no
Casarão em São Cristóvvão (Base de Operações dos Arautos do Trovão)

_________________
Ahroun - Andarilhos do Asfalto - Cliath - Espertinhos

Aparência 05
Fúria 05
Magnetismo Animal / Ambidestria.
Cicatriz no pescoço em formato de "S".[/b]


"Apenas é digno da vida aquele que todos os dias parte para ela em combate."
avatar
John Montecchio

Mensagens : 250
Data de inscrição : 13/04/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Museu Nacional da UFRJ (Quinta da Boa Vista)

Mensagem  Narrador em Qua Abr 23, 2014 8:00 am

avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Museu Nacional da UFRJ (Quinta da Boa Vista)

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 11 de 11 Anterior  1, 2, 3 ... 9, 10, 11

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum