Mansão Lyon - Jardim Botânico - Refúgio de Vincent Lyon

Página 9 de 13 Anterior  1, 2, 3 ... 8, 9, 10, 11, 12, 13  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Mansão Lyon - Jardim Botânico - Refúgio de Vincent Lyon

Mensagem  Natanael Lacerda em Dom Jul 20, 2014 10:56 am

Apesar de não aparentar, Natanael não era tão fraco a ponto de se incomodar com o aperto mais forte de Guille. Na verdade, depois da resposta, o Toreador gargalha e põe a mão no ombro de Guille:

_Meu amigo, se está tão ansioso por receber esses ataques por trás, não precisa esperar eu te contratar. Você tem meu número, não tem?

Dá uma piscada para o lutador que estava ansioso por um encontro homossexual e continua:

_Mas não precisa ficar chateado, Guille, sua amizade já é uma das mais caras para mim aqui na cidade. Essa implicância toda não acomoda nenhum tipo de ódio, eu bem sei. Quando você precisar de mim, estarei lá para ajudá-lo.

Retira sua mão e sorri de forma amigável. Apesar das farpas, gostava do lutador e só por isso permitiu que ele lhe chamasse de Natan, sendo que nem mesmo Vincent tratava o Primógeno desse jeito informal na frente dos outros.

Mas ficou realmente surpreso com o fato de Guille estar interessado em levar os ataques que Natanael receberia pela retaguarda...

_________________
Natanael Lacerda - Toreador
Aparência 5
Rubor de Saúde

Status 2
Prestígio de Clã 2
Senhor de Prestígio - Victoria Ash


"A poesia é decerto uma loucura." (Sêneca)
avatar
Natanael Lacerda

Mensagens : 152
Data de inscrição : 04/02/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bruno - Toreadores

Mensagem  Bruno Modenesi em Ter Jul 22, 2014 1:53 pm

Bruno estava sentado com uma das primas de Vicent no colo quando escuta a doce provocação de sua futura concubina. Ele olha para a toreadora mapeando cada palmo de seu corpo e já pensando nas fantasias de sex shop que compraria para a neguinha. *Empregada...Enfermeira...Policial...* Definitivamente as possibilidades eram muitas. Só não poderia esquecer a coleira para amarrá-la no pé da cama. Bruno não era muito afeito a compartilhar o que lhe pertencia. Com uma das mãos segurando o copo de uísque e a outra apalpando a prima, Bruno desvia por um momento o olhar para baixo na busca por seu pênis encoberto por sua saliente barriguinha e voltando a mirar Xica, responde:

“Deu pra ver daí o tamanho de minha sorte?” A frase é acompanhada por um malicioso sorriso e uma piscadela. Era praticamente um galã de novela mexicana.

Natanael então resolve dizer algo que Bruno se resume a acenar positivamente com a cabeça.

Pequeno Guille é o próximo que lhe dirige a palavra e Bruno, como sempre, retribui:

“Xá comigo”

_________________
Aparência: 2
Carisma: 5
Voz Encantadora
Vulgar

"O tempo ruge e a Sapucaí é grande"
avatar
Bruno Modenesi

Mensagens : 155
Data de inscrição : 13/04/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mansão Lyon - Jardim Botânico - Refúgio de Vincent Lyon

Mensagem  Xica da Silva em Qua Jul 23, 2014 7:30 am

Xica, continuando com a conversa com o bicheiro, caminhou na direção dele e sentou-se no colo do balofo. Ia criar uma fama, ia reproduzir uma lenda. Ela escolhia o que e com quem fazia e, daria corda até pescar.

_________________
Aparência: 5
Carisma: 5
avatar
Xica da Silva

Mensagens : 181
Data de inscrição : 20/02/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Guille - Natanael

Mensagem  Guille França em Qui Jul 24, 2014 2:42 pm

Aquela troca de farpas era interessante, distraia Guille de tudo que ocorrera mais cedo, mas também trazia uma pontada de dúvida, se as palavras de Natanael eram sinceras ou não, mas sem demonstrar nada disso, com uma risada seguida de um sorriso aberto o toreador responde seu colega.

"- Digo o mesmo meu querido, se precisar estou ao seu dispor."

Ainda sorrindo e rindo daquela troca de farpas com um momento sentimental/cheio de maldade, o lutador sai da Mansão, corre até onde estava estacionado seu carro e parte diretamente para a Academia novamente, é ai então que nosso colega grandalhão e lutador quase dá de cara em um poste, pois a figura de costas, com longos cabelos negros surge em sua mente e ele desvia, assim que se recupera do choque e do quase acidente, o carro sai, cantando pneu e derrapando bastante na pista molhada.

_________________
Carisma: 4
Aparência: 3
avatar
Guille França

Mensagens : 293
Data de inscrição : 04/02/2014
Idade : 25
Localização : Sâo Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mansão Lyon - Jardim Botânico - Refúgio de Vincent Lyon

Mensagem  Natanael Lacerda em Sex Jul 25, 2014 11:21 am

Guille vai saindo e logo estão apenas três Toreador ali na sala. Viu Xica se assentando no colo de Bruno e sentiu saudades de Vincent ou de Victoria. Talvez dos dois. Olha para o relógio, passava poucos minutos das onze. Ele então resolve enviar uma mensagem para a príncipe Linda.

(Mensagem)_Majestade, peço perdão por contactá-la diretamente, mas não sei o número de algum secretário seu. Peço que marquemos nossa reunião para a uma da manhã, caso seja possível. Aguardo, ansioso, sua resposta. Att. seu Natanael.

Se assenta novamente. Precisava encontrar um modo de fazer contato com algum Ventrue, mas não sabia nem por onde começar e essa tempestade lá fora não ajudava. Resolveu se esquecer um pouco do que acontecia ao redor enquanto tentava pensar em algum plano.

Lá em cima, passos de criança lhe chamaram a atenção...

Off: me alimentei dos mortais há alguns posts atrás e esqueci de deixar claro em off. :p (3 pontos)

_________________
Natanael Lacerda - Toreador
Aparência 5
Rubor de Saúde

Status 2
Prestígio de Clã 2
Senhor de Prestígio - Victoria Ash


"A poesia é decerto uma loucura." (Sêneca)
avatar
Natanael Lacerda

Mensagens : 152
Data de inscrição : 04/02/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bruno - Xica

Mensagem  Bruno Modenesi em Sab Jul 26, 2014 9:02 am

Bruno acompanhava os passos de Xica com cara de pidão até que ela se aproxima e senta em seu colo. Automaticamente a humana que ali se encontrava é posta, gentilmente, pra fora do paraíso. Aquele lugar tina uma nova dona agora. Poucos segundo após se sentar, Xica sente algo se mexer embaixo dela. O gordinho dá uma leve ajeitada para que Xica possa sentir o que a espera. Bruno permanece quieto olhando para a toreadora com cara de tarado.


OFF: 1 ponto de sangue pra ligar o parque de diversões e dar uma Cutucada na pretinha.

_________________
Aparência: 2
Carisma: 5
Voz Encantadora
Vulgar

"O tempo ruge e a Sapucaí é grande"
avatar
Bruno Modenesi

Mensagens : 155
Data de inscrição : 13/04/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Natanael Lacerda

Mensagem  Narrador em Dom Jul 27, 2014 2:39 pm

O Toreador recebe uma mensagem que diz: 'Venha à Casa de Chá. Assim que possível lhe atenderei. Meus sentimentos pela perda do Sr. Haulot.'
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mansão Lyon - Jardim Botânico - Refúgio de Vincent Lyon

Mensagem  Xica da Silva em Ter Jul 29, 2014 4:31 pm

Ao perceber no que Modenesi estava desperdiçando a preciosa vitae, a vampira sorriu. Embora não tenha ficado claro qual era o motivo do seu sorriso. Xica se moveu no colo dele, como se estivesse abrindo espaço para que os dois melhor se encaixassem. A negra acariciou-no no rosto e levou seus lábios acetinados em direção aos dele, envolvendo-o em um beijo voluptuoso.

_________________
Aparência: 5
Carisma: 5
avatar
Xica da Silva

Mensagens : 181
Data de inscrição : 20/02/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bruno - Xica

Mensagem  Bruno Modenesi em Qua Jul 30, 2014 8:48 am

Do jeito que o gordinho estava ele permanece. Bruno se entrega ao tão esperado beijo de sua futura concubina.

_________________
Aparência: 2
Carisma: 5
Voz Encantadora
Vulgar

"O tempo ruge e a Sapucaí é grande"
avatar
Bruno Modenesi

Mensagens : 155
Data de inscrição : 13/04/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mansão Lyon - Jardim Botânico - Refúgio de Vincent Lyon

Mensagem  Natanael Lacerda em Qua Jul 30, 2014 11:35 am

Ao receber a mensagem de Linda, o relógio anuncia a meia noite. O carniçal já deveria estar chegando para buscá-lo e ainda deviam passar no refúgio de sua Senhora. Natanael então se levanta e ia dirigir a palavra a Bruno quando vê que os dois Toreador entediados conseguiram algo para fazer. Suspira fundo, pois deveria esperar, e resolve entrar em contato com Vincent através da telepatia. Precisava de saber quando seu cônjuge pretendia retornar...

_________________
Natanael Lacerda - Toreador
Aparência 5
Rubor de Saúde

Status 2
Prestígio de Clã 2
Senhor de Prestígio - Victoria Ash


"A poesia é decerto uma loucura." (Sêneca)
avatar
Natanael Lacerda

Mensagens : 152
Data de inscrição : 04/02/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mansão Lyon - Jardim Botânico - Refúgio de Vincent Lyon

Mensagem  Xica da Silva em Sex Ago 01, 2014 6:39 am

A toreador comandava a brincadeira. Eram as suas mãos que passeavam por Modenesi, eram seus lábios que o tocavam em pontos estratégicos fazendo com que ele se arrepiasse de tesão. Sua mente que corria na velocidade da luz enquanto se concentrava para deixa-lo no mais sensual dos transes de prazer. Era o sucubus prestes a dar o bote.

OFF: Xica usa transe.

_________________
Aparência: 5
Carisma: 5
avatar
Xica da Silva

Mensagens : 181
Data de inscrição : 20/02/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Natan - Toreador

Mensagem  Natanael Lacerda em Sab Ago 02, 2014 10:48 am

A mente de Vincent se abre para receber Natanael e uma imagem vem à mente do poeta. Era o vinculi. Natanael logo se deu conta do que a mensagem queria dizer, mas também sabia que aquilo era custoso e perigoso. Como o pintor conseguira tal proeza?

Ele então responde ao seu amado.

Enquanto isso, se levanta e dá alguns passos à frente, notando o enlace amoroso dos dois vampiros. Não queria atrapalhar, mas precisava sair. Ele então começa a subir as escadas e se depara com a carniçal de Vincent. Qual era mesmo o nome dela? Ele havia esquecido, obviamente. Seja como for, ela trazia o belo Júlio que havia chegado para levar o poeta ao encontro com a Príncipe, conforme haviam combinado.

_Ma cherie, - se dirige à carniçal de Vincent - por favor, cuide dos nossos convidados até que nosso anfitrião retorne. Estamos de saída. A propósito, obrigado pela recepção, foi muito gentil da parte de vocês.

Sorri de forma encantadora e beija a mão da carniçal. Imaginou que um sexo grupal entre ele, Vincent e seus belos lacaios pudesse ser arranjado.

Depois, se volta para Júlio e sorri. Desce novamente e se dirige aos dois pombinhos depois de um pigarro:

_Hum hum... peço perdão por interrompê-los, meus amigos, mas a noite avança e logo precisamos chegar ao local indicado por Sua Majestade. Antes ainda preciso pegar minha Senhora em casa.

Olha para Bruno e depois para Xica:

_Virá mesmo conosco senhor Modenesi? E senhorita Xica, por favor, permita-me levá-la em segurança até o seu refúgio.

Sorria novamente. Sabia que era perigoso sair em um comboio com praticamente todo o Clã das Rosas da cidade, mas a etiqueta vinha em primeiro lugar.

_________________
Natanael Lacerda - Toreador
Aparência 5
Rubor de Saúde

Status 2
Prestígio de Clã 2
Senhor de Prestígio - Victoria Ash


"A poesia é decerto uma loucura." (Sêneca)
avatar
Natanael Lacerda

Mensagens : 152
Data de inscrição : 04/02/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Xica da Silva | Bruno Modesini

Mensagem  Narrador em Ter Ago 05, 2014 10:51 am

Xica acha que lançou o poder do Transe sobre Bruno. A vontade do Toreador no entanto faz com que o dom não o afete (0 Sucessos). Bruno não sabe que houve a tentativa de uso da disciplina. Xica não sabe que a disciplina não surtiu efeito.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bruno - Xica

Mensagem  Bruno Modenesi em Ter Ago 05, 2014 9:50 pm

Bruno estava completamente entregue às carícias da neguinha, mas num sinal de empolgação resolve inverter os papéis. Num rápido movimento ele se levanta da poltrona onde estava sentado para colocar lá seu objeto de desejo. Sem demora o bicheiro começa a beijar todo o corpo da ex-escrava até alcançar seu pescoço. Ele beija, lambe, arranha com os dentes enquanto vai espremendo a toreadora contra a poltrona com o peso de seu redondo corpo. Coloca uma de suas mãos na nuca de Xica e puxa seu cabelo para trás expondo ainda mais o pescoço da crioula. Nesse momento ele para e contempla.

_________________
Aparência: 2
Carisma: 5
Voz Encantadora
Vulgar

"O tempo ruge e a Sapucaí é grande"
avatar
Bruno Modenesi

Mensagens : 155
Data de inscrição : 13/04/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mansão Lyon - Jardim Botânico - Refúgio de Vincent Lyon

Mensagem  Xica da Silva em Qua Ago 06, 2014 6:14 am

A toreador se deixa levar pelas carícias de Bruno. Que ele haja da forma como achar melhor. No momento em que Modenesi põe o pescoço da negra à mostra ela sorri, enlaçada pelo peso do vampiro.

- Vai ficar só assim, garoto?

_________________
Aparência: 5
Carisma: 5
avatar
Xica da Silva

Mensagens : 181
Data de inscrição : 20/02/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bruno - Xica

Mensagem  Bruno Modenesi em Sab Ago 09, 2014 8:30 am

Bruno fica simplesmente parado diante da provocação da toreadora.

_________________
Aparência: 2
Carisma: 5
Voz Encantadora
Vulgar

"O tempo ruge e a Sapucaí é grande"
avatar
Bruno Modenesi

Mensagens : 155
Data de inscrição : 13/04/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Vincent - Francisca - Bruno

Mensagem  Vincent Lyon em Ter Ago 12, 2014 6:31 am

O Toreador consegue finalmente chegar à sua residência em segurança e sem ser afogado pela chuva eu continuava a cair. Estaciona seu automóvel e se dirige à sala no subsolo onde deveriam estar Guille, Natanael, Francisca e Bruno. Mas seu olhar consegue identificar apenas Bruno e Francisca no local. Os outros mortais haviam sido retirados da sala como Vincent havia pedido à sua carniçal.

Não se impressiona nem um pouco da cena de luxúria que presencia. Se aproxima de Bruno e Francisca e profere, educado:

-Onde está o Primógeno e o Secretário do clã?

Cruzou os braços. Não estava bravo pela cena, pelo contrário. Era aquele tipo de Toreador que ele estava procurando em seu clã, aqueles que seduziam, que se entregavam às carícias alheias e quem sabe ele até poderia participar da brincadeira, mas somente depois de saber a localização de Natanael.

_________________
Aparência - 5
Carisma - 5
Status na Corte - 3
Prestígio de Clã - 3
avatar
Vincent Lyon

Mensagens : 363
Data de inscrição : 28/10/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mansão Lyon - Jardim Botânico - Refúgio de Vincent Lyon

Mensagem  Xica da Silva em Ter Ago 12, 2014 6:34 am

A toreador acelera-se novamente, enlaçando seus braços no corpo balofo de bruno Modenesi. Sem permitir tempo para reflexos ela fere seu dedo indicador direito, levando-o até a boca do gordo gelatinoso enquanto a esquerda arrebentava os botões da calça dele e começavam a brincar com o que ele tinha no meio das pernas.

_________________
Aparência: 5
Carisma: 5
avatar
Xica da Silva

Mensagens : 181
Data de inscrição : 20/02/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bruno - Xica - Narração

Mensagem  Bruno Modenesi em Qua Ago 13, 2014 8:11 am

Definitivamente a mulher é uma figura fascinante. Muito do que sou hoje e das lembranças que tenho eu devo às mulheres que passaram por minha vida. A primeira, obviamente, foi minha mãezinha querida. Aquela que me deu de comer naquele par de peitos caídos; que me deu remédio quando a barriga tava inchada de tanto verme; que passava creolina na minha cabeça pra matar os piolhos e que me educou apenas com uma vara de goiaba ou um cabo de vassoura (esses negocio de psicologia infantil é coisa de fresco).

Quando ela se foi outras continuaram a me ensinar. A descoberta do sexo com aquela puta velha e barata que meu pai me levou pra ter certeza de que seu filho não era viado. A descoberta da putaria com aquela vizinha piranha casada com um corno que passa dias na estrada e que dá pra toda a garotada do bairro. Ótimas lembranças.

Pra ninguém me acusar de falta de romantismo o que dizer daquela namoradinha. Noites e mais noites dando beijinho no portão. Noites e noites conversando com os pais dela sentado no sofá da sala. Noites e mais noites ouvindo ela falar sobre alguma coisa que não me lembro agora, até conseguir, finalmente, comê-la. Adolescente se fode pra conseguir dar umazinha.

E já adulto? Aquela amiga de trabalho que me fez gastar todo o meu salário na noitada com a esperança de deixar ela bêbada e dela me dar. Aquela figura que com bem menos me embebedou e quando acordei vi que só muito bêbado mesmo pra pegar aquela desgraça. A famosa idade do urubu.

Entre idas e vindas uma coisa essas figuras sempre tiveram em comum: tem sempre a hora em que uma filha da puta doida acaba estragando tudo. E, definitivamente, Xica não conseguiu fugir à regra.

O bicheiro junta o sangue que a negrinha tinha tentado colocar em sua boca e cospe tudo na cara da vadia.

"- TA MALUCA!!!"

OFF: Produção...favor testar o olhar aterrorizaste do gordinho na Nêga Maluca.


Última edição por Bruno Modenesi em Qua Ago 13, 2014 10:59 am, editado 1 vez(es)

_________________
Aparência: 2
Carisma: 5
Voz Encantadora
Vulgar

"O tempo ruge e a Sapucaí é grande"
avatar
Bruno Modenesi

Mensagens : 155
Data de inscrição : 13/04/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Bruno Modesini | Xica da Silva

Mensagem  Narrador em Qua Ago 13, 2014 8:43 am

Como vampiros não produzem catarro (lembre-se suas funções biologicamente humanas só funcionam com o gasto de sangue), Bruno cospe o sangue na cara de Xica e o olhar que ele emite à Toreador é o mais aterrorizante (6 sucessos) para cima da negra.

OFF GAME: Para mensurar o nível do olhar aterrorizante segue trecho da descrição da disciplina no livro básico: "um sucesso indica que a vítima foi acovardada, enquanto que uma falha significa que o alvo está surpreso pelo olhar, mas não apavorado. Três ou mais sucesso. -. Indicam que a vítima foge com um medo miserável; e as vítimas que não têm para onde fugir, escalam as paredes, esperando cavar um caminho ao invés de enfrentar o vampiro."
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Vincent - Francisca - Bruno

Mensagem  Vincent Lyon em Sex Ago 15, 2014 10:03 am

Vincent observa a cena que se segue. O cuspe de Bruno em Francisca e os dois o ignorando em sua própria casa. É claro que deixaria os acontecimentos se desdobrarem antes de invocar a lei da hospitalidade. Olhou em volta procurando sua carniçal ou os mortais que antes povoavam aquele aposento e nenhum deles estava presente.

”Menos mal. Assim não há quebra de máscara e não terei que findar a vida dos mortais pelas minhas próprias mãos.”

Continuou de braços cruzados aguardando a resposta dos irmãos de clã que se cuspiam entre si. Nunca tinha visto uma cena de luxúria com aquele tipo de situação. Seria escaloteria? Talvez Bruno em breve iria urinar em Francisca e Francisca por sua vez iria defecar em Bruno. Já ouvira falar do ato da escaloteria, mas nunca tinha participado de um, ainda.

_________________
Aparência - 5
Carisma - 5
Status na Corte - 3
Prestígio de Clã - 3
avatar
Vincent Lyon

Mensagens : 363
Data de inscrição : 28/10/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Vincent Lyon

Mensagem  Narrador em Sex Ago 15, 2014 10:46 am

Um dos lacaios de Vincent entrega para ele uma carta escrita com sangue. A caligrafia era perfeita, mesmo com a inscrição sanguínea. Era a letra de Natanael, embora vincent não a conhecesse e dizia na carta que por motivos que ele não poderia revelar, teve que deixar a cidade. Natanael pede a Vincent que tente organizar as coisas enquanto ele não está e comenta com o Toreador que deixa a Primogenia nas mãos dele e que aquele documento de sangue era a prova que todos teriam que o cargo havia sido passado. A carta termina com um simples "te amo do seu Natanael". O perfume do Toreador emanava do papel.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mansão Lyon - Jardim Botânico - Refúgio de Vincent Lyon

Mensagem  Xica da Silva em Sex Ago 15, 2014 11:42 am

O cuspe. O terror! Ali estava selada uma relação de ódio entre o misógino gordo e a voluptuosa negra. Assim estava escrito, mas não era o que a languida toreador conseguia pensar naquele momento. Tudo que lhe restava era o medo. Puro e simples medo que a obrigava a se afastar. Bruno estava em cima dela, que o empurrou com força. Afastou-se tentando correr, descontrolada, pelo caminho que fosse possível.

_________________
Aparência: 5
Carisma: 5
avatar
Xica da Silva

Mensagens : 181
Data de inscrição : 20/02/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bruno - toreadores

Mensagem  Bruno Modenesi em Sex Ago 15, 2014 12:32 pm

O bicheiro sai de cima de Xica ao primeiro sinal do medo que toma conta da toreadora. De pé e ainda muito puto pelo acontecido, o bicheiro acompanha o desenrolar da cena protagonizada pela performática neguinha e esbraveja:

"- NÃO ME LEVOU NEM PRA COMER SUSHI E JÁ QUER ME FUDER!!!"

É então que Bruno vê o anfitrião e, tentando se acalmar, caminha em sua direção.

"- Qual o problema das mulheres? O cara deixa a doida brincar nesse Parque de Diversões e aí ela tenta colocar sangue na minha boca? Sou muito mais romântico do que isso. Espero que agora ela entenda." - a voz do bicheiro deixa transparecer para Vicent sua irritação com o acontecido.

_________________
Aparência: 2
Carisma: 5
Voz Encantadora
Vulgar

"O tempo ruge e a Sapucaí é grande"
avatar
Bruno Modenesi

Mensagens : 155
Data de inscrição : 13/04/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Vincent - Francisca - Bruno

Mensagem  Vincent Lyon em Sex Ago 15, 2014 1:19 pm

Alanys logo aparece e entrega uma carta à Vincent. Ele sorri para a carniçal:

-Obrigado querida. Pode nos deixar a sós por gentileza? Prepare os mortais...os laçarei daqui a pouco.

E imediatamente ela deixa o trio ali. Vincent se afasta um pouco com a carta na mão e a vira umas duas ou três vezes antes de abri-la. Estava deveras desconfiado e antes de lê-la ele olha para Bruno e Francisca que aparentemente estavam se divertindo.

Por fim baixa os olhos para a carta e a abre com cuidado. A letra era perfeita, como as letras em textos antigos de épocas que já estavam esquecidas no passado pela maioria das pessoas. Caligrafia perfeita, mas era possível perceber que estava escrita em sangue. Mas sangue de quem? Não soube realmente distinguir de quem era o sangue e então deixou esta possível investigação para depois.

Começou a ler a carta e não reconheceu a caligrafia de pronto, nem poderia, afinal de contas nunca tinha visto a letra de seu amante. Lia sobre a saída de Natanael da cidade por motivos desconhecidos e emocionado ele cai em uma poltrona próxima, completamente em choque por seu amor tê-lo deixado na cidade sozinho.

A carta em sua mão direita encontrara o braço da poltrona enquanto que os olhos de Vincent fitavam o vazio daquele aposento. Estava desconsolado, desconcertado e completamente triste. Seu coração morto recomeçara a ganhar vida no momento em que vira Natanael no Elísio e o fogo no Elísio apenas selara o laço de amor entre os dois. Francisca da Silva e suas ações para se desvencilhar de Bruno eram nada aos olhos do pintor.

A carta retornara novamente à frente de sua face com a ajuda de sua mão e ele continuava a ler. Era possível perceber que fios rubros riscavam a face cândida do Toreador. Lia e parecia que a única coisa que realmente importava naquela carta era a despedida de Natanael. Primógeno? Vincent primógeno? Isso não importava. Ele daria sua não vida para poder estar ao lado de Natanael novamente nem que fosse por apenas cinco minutos. Estava abandonado, destruído por dentro e aquela chama que ardia por Natanael não parecia mais arder com paixão, parecia começar a machucá-lo.

Depois de terminar de ler a carta, Vincent dobrou-a com o cuidado que tratava as suas pinturas. Ao ver de Vincent, Natanael ainda vivia ali, naquele pedaço de papel escrito com sangue e perfumado com o melhor dos perfumes. Levou a carta às suas narinas com cuidado extremo e o aroma de Natanael ainda estava ali. Um meio sorriso em meio às lágrimas de sangue nascera na face do Toreador, mas fora breve, muito breve. Poderia utilizar a convocação para trazer Natanael de volta, mas tinha este direito? Poderia caçar Natanael na face da Terra inteira, mas não achou isso plausível.

Deixou os fios rubros permanecerem em sua face e se perguntava o porquê de Natanael não ter pedido a sua ajuda para qualquer que fosse a situação. Talvez fosse algum segredo ou talvez a senhora de Natan estivesse envolvida. Resolveu acatar as palavras de seu amante, mas elas foram acatadas com pesar imenso.

Ainda com cuidado guardou a carta no bolso interno de seu paletó como se fosse seu tesouro mais precioso e se levantou. Olhou Bruno e percebeu que Francisca estava fazendo o máximo possível para se libertar dele, parecia com medo, com extremo terror. Algo não estava correto ali. A Primogenia não era algo que ele desejava para si, já que as responsabilidades eram muitas e ele só queria aproveitar a vida.

Pigarreou alto para chamar a atenção tanto de Bruno quanto de Francisca, esta última meio desesperada por alguma coisa. E então proferiu:

-Mademoiselle da Silva e monsieur Modenesi.....o que está havendo aqui?

Encarou Francisca e depois Bruno alternadamente. Bruno responde logo depois. Alguma coisa havia acontecido, mas Vincent achou que era tudo parte da brincadeira do casal. Bruno podia ver os fios de sangue na face de Vincent.

-E o que monsieur fez a ela?


Última edição por Vincent Lyon em Sab Ago 16, 2014 10:58 am, editado 1 vez(es)

_________________
Aparência - 5
Carisma - 5
Status na Corte - 3
Prestígio de Clã - 3
avatar
Vincent Lyon

Mensagens : 363
Data de inscrição : 28/10/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mansão Lyon - Jardim Botânico - Refúgio de Vincent Lyon

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 9 de 13 Anterior  1, 2, 3 ... 8, 9, 10, 11, 12, 13  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum