[Alto Leblon] Mansão Kennedy

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Marie-Amélie - todos

Mensagem  Marie-Amélie Bourdon em Qui Jan 23, 2014 8:36 am

*Marie-Amélie engole a desfeita feita pelo desconhecido alto, que a deixara no vácuo, ignorando sua apresentação ao ver a chegada de Leon. Mas não se esqueceria daquilo; um ventrue mal-educado era uma desgraça para o clã, em sua visão, e não tolerava bajuladores dos mais poderosos, sujeita que fora a eles pelas posições que ocupava na corte de Nantes.*

*Senta-se elegantemente em uma das poltronas, com os joelhos juntos, em seu tailleur Chanel preto e branco, elegante e discreto. Recusa o uísque com um breve gesto, sem chamar atenção para si. Hora de ser política, de fazer os outros descobrir as cartas antes de mostrar as suas. Por isso, manifesta-se gesticulando, num tom  direto e sensato, como se dissesse uma coisa evidente*

- Quanto ao nosso candidato ao principado, está decidido, não está? O senhor será nosso príncipe.

*Cumprimenta Lucas com um suave "boa noite" e observa os demais, suas reações. Tem orgulho de, em anos como zeladora do turbulento elísio de Nantes, haver se tornado uma boa julgadora de caráter. Aquela Jéssica, por exemplo. Marie-Amélie a classificaria na categoria de atriz. Tem certeza de que nenhuma emoção, nenhum gesto, talvez até nenhuma palavra dela é espontânea ou mesmo verdadeira. Muito se esconde em cima daquelas pernas compridas. Rurik, por exemplo, revelara-se num instante: impulsivo, orgulhoso, individualista, incapaz de esquecer sua monomania em benefício do coletivo, talvez pudesse se beneficiar das lições que Marie-Amélie recebera de seu senhor sobre a importância para um líder do serviço e da humildade.*

*Leon fala sobre os lupinos e o Sabá, e Marie-Amélie encosta os dedos no queixo e apenas escuta. Na selvagem Bretanha, meter-se com lupinos e outras criaturas jamais era uma boa ideia; aqui, nessa cidade maior que Nantes, acreditava que um acordo era muito mais benéfico que um confronto - enquanto eles não se metessem nos negócios dos membros. Por fim, espera um instante de silêncio e prossegue.*

- Quanto ao praetor... Creio que muitos de nós temos as qualidades necessárias para isso, mademoiselle Jéssica, monsieur Price ou eu, por exemplo.

*Inclui Lucas num breve sorriso, como a dizer que ele não estava excluído, mas não se volta para Eugênio - afinal, não fora apresentada a ele; de sua parte, podia ser um malkaviano ou um carniçal naquele instante*

_________________
Carisma: 5
Aparência: 4
Idade aparente: 38
Altura: 1,65 m

Kentoc'h mervel eget bezañ saotret
avatar
Marie-Amélie Bourdon

Mensagens : 181
Data de inscrição : 16/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leon Smith Kennedy | Jéssica Montecchio - Clã Ventrue

Mensagem  Narrador em Qui Jan 23, 2014 8:14 pm

'- Minha candidatura será um fato consumado quando este Diretório a apoiar, Sra. Bourdon' - Diz Leon com um sorriso. Não haviam objeções e o Ventrue iria iniciar a reunião e para tal, toma a palavra dizendo:

'- Um breve histórico de como chegamos aqui para que os senhores compreendam como nossa Casa tem atuado nessa cidade.'

Leon faz uma pausa e passa o olho por cada Ventrue ali e inicia sua explanação:

'- O Círculo Van Hagen, que creio que todos aqui conheçam pelo menos de nome, foi encarregado pelo alto escalão de nosso Clã para nos abrir portas nesta cidade, que havia sido perdida. O trabalho começou com uma aproximação com os Lobisomens que combatiam infernalistas na cidade. Um objetivo comum que abriu um diálogo que evoluiu a um pacto de não-agressão.'

Leon faz sinal de aspas com os dedos ao falar do pacto de não-agressão e segue falando:

'- O pacto estabelecia dois termos: a não quebra da máscara, garantindo que não nos revelaríamos para os humanos, a não-morte de humanos por nossos hábitos alimentares e que não fizéssemos crias.'

Leon abre um sorriso e comenta com o grupo:

'- Como que eles iriam regular esse acordo, eu não sei, mas se a Máscara for mantida eles não tem como saber de nenhuma ação em desagravo ao restante.'

Uma nova pausa e Leon prossegue:

'- Jéssica Montecchio, especialista na arte de entender como funcionam as Bestas da Lua, foi chamada para cá. E vem desempenhando um trabalho brilhante e desde que cheguei se tornou meu braço direito nessa cidade.'

Leon sorri para Jéssica e, então, volta-se para o grupo seguindo a dizer:

'- Ainda pelos Van Hagen fui apresentado aos líderes dos lobisomens e forjamos uma aliança nos mesmos termos do pacto de não-agressão, o que me pareceu muito vantajoso para nós e, no encontro de ontem, reafirmamos o acordo e com uma certa colaboração pontual dos Tremeres e dos Nosferatus ainda convencemos os Lobisomens que o Sabá é um inimigo a ser repelido da cidade.'

Nesse momento a atenção de Leon se volta para Rurik e, o Ventrue encerra dizendo:


'- Bom, isso foi resumidamente o que aconteceu para chegamos até essa reunião, mas antes de entramos nos debates mais organizativos, eu gostaria de saber se até aqui há alguma dúvida ou se algum detalhamento maior é necessário.'
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Eugênio - Todos

Mensagem  Eugênio de Beauharnais em Qui Jan 23, 2014 9:30 pm

As falas dos demais membros, enquanto o Sr. Kennedy definia a pauta da reunião, chamou a atenção de Eugênio e, em sua percepção, revelou muito dos outros membros do clã presentes na cidade. *Voluntarioso*, pensou nosso Ventrue sobre as colocações do Sr. Price. Era um elogio já que Eugênio tinha esse traço como necessário para qualquer um que quisesse se estabelecer no Rio de Janeiro. *Ele só precisa perceber, rapidamente, que estamos lutando sozinhos*

No caso Da Sra. Bourdon a impressão não foi tão positiva assim. Achou extremamente deselegante ela colocá-lo como príncipe da cidade, desprezando os processos que o clã possuía e que o próprio Sr. Kennedy resgatava ao propor colocar em discussão este assunto. Agora, o pior foi sua candidatura ao cargo de Praetor. Isso nem faria parte, necessariamente, da pauta e ela já estava se colocando como candidata. *É uma criança ansiosa por um brinquedo novo*.

A abertura da reunião realizada pelo anfitrião tira Eugênio de seus pensamentos. De saída Eugênio percebe quem era o Sr. Kennedy. Depois de dizer a primeira frase, Eugênio olha para o chão próximo da Sra. Bourdon na esperança de encontrar ali o que restava da cara dela. *Começamos bem esta reunião*.

O Sr. Kennedy continua sua fala e começa a fazer sentido o silêncio da Sra. Montecchio até aquele momento. Quando pergunta ao final se havia ainda algo a ser esclarecido, Eugênio balança, em silêncio, levemente a cabeça de um lado para o outro.

*Prossiga Sr. Kennedy* pensa Eugênio enquanto procura identificar na fisionomia dos outros presentes se haveria alguma questão pendente para eles.
avatar
Eugênio de Beauharnais

Mensagens : 101
Data de inscrição : 16/01/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Rurik Price - Clã Ventrue

Mensagem  Rurik Price em Sex Jan 24, 2014 12:11 pm

Após o acordo de Eugenio era a vez de Bourdon se manifestar. As palavras da Ventrue eram certas. Definitivamente Kennedy era a escolha obvia, no máximo podendo ser substituída por Jéssica.

Quando o assunto do Praetor entra em jogo, no entanto, Rurik não tinha certeza se os outros dois Ventrue tinham a competência para o cargo. Só havia ouvido falar das histórias de Bourdon e Jéssica era a Veterana do Clã. Aos olhos de Price ela era a escolha obvia. Quanto aos demais, poderiam se mostrar interessantes, mas o Ventrue não gostaria de arriscar poder demais nas mãos erradas.

Leon então decide contar sobre a história do Clã e Price apenas apoia o cotovelo esquerdo sobre o braço direito enquanto analisava o que era dito. Definitivamente era ótimo ver que Leon teve a ideia de jogar os lobos contra nossos verdadeiros inimigos.

Visivelmente contente com o que tinha acabado de ouvir o Ventrue apenas balança a cabeça em sinal de negação, permitindo que Leon continuasse com a narração.

_________________
Carisma: 5
Aparência: 5
Qualidades Notáveis: Rubor da Saúde e Voz Encantadora.
avatar
Rurik Price

Mensagens : 21
Data de inscrição : 30/11/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Alto Leblon] Mansão Kennedy

Mensagem  Lucas Boaventura em Sex Jan 24, 2014 6:46 pm

Lucas junta-se à seus irmãos de sangue para a primeira reunião do diretório. Não via o duque de caxias no recinto. deixou os julgamentos para serem feitos no andar da conversa. Ao ser questionado por Leon, Boaventura responde:

"Nenhuma até aqui. Com exceção do motivo da ausência do duque de caxias."

_________________
Lucas Boaventura - Ventrue
Voz Encantadora
Aparência: 4
Status: 3
avatar
Lucas Boaventura

Mensagens : 81
Data de inscrição : 27/08/2013
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leon Smith Kennedy | Jéssica Montecchio - Clã Ventrue

Mensagem  Narrador em Sab Jan 25, 2014 7:47 am

Jéssica abre um sorriso diante da pergunta de Lucas e responde sem dar muito tempo para que a pergunta ficasse no ar:

'- O Senhor Luís Alves ficou sentido por não aceitarmos a hospitalidade dele e fazermos a reunião aqui e disse que tinha alguns assuntos para resolver fora da cidade, mas afirmou que voltaria em breve.'

Leon acena positivamente diante da explicação de Jéssica e volta sua atenção par todos comentando:

'- Sempre eficiente.'

O Ventrue sorri e segue falando:

'- Don Montecchio poderia muito bem ser nossa Primógena ou nossa Praetor mas sua função nessa cidade é muito mais importante. Ela conhece as Bestas da Lua mais do que qualquer um, monitora cada passo, sabe de cada código e, com a anuênica do coletivo, ela ficará com a função de manter seu trabalho, se focando nele, sem responsabilidades na corte. Além de tudo isso, é bom que todos saibam, que em tempos de Máscara frágil, Don Montecchio é uma ótima fornecedora de rebanho, controlando esse mercado humano com Maestria nessa cidade. Sugiro que os que tiverem problemas com alimentação, antes de se arriscarem, encomendem uma peça com Don Montecchio e evitem colocar suas não-vidas em risco.'

Jéssica concorda com a cabeça e Leon volta sua atenção para os demais, seguindo com a explicação:

'- Diante desse breve histórico que passei há pouco, é hora de começarmos a nos organizar. Vocês podem não se conhecer bem, mas eu já recebi relatórios de todos vocês e vejo Ventrues bem qualificados na minha frente. Gostaria de oficalizar minha candidatura à Príncipe e para tal, conto com o apoio de todos vocês, assim como gostaria de dizer que minha opinião pessoal é que o Senhor Price deveria sentar-se em nome do nosso clã na Cadeira dos Primógenos e que a experiência da Senhorita Bordon poderia ser o bastião que irá guiar esse clã sob o título de Praetor.'

Leon olha para os dois indicados por ele e acena em positivo. Jéssica Montecchio logo se manifesta em apoio:

'- Acho os dois excelentes nomes, Sr. Kennedy. Apoio incondicionalmente as indicações e quero dizer aos que precisarem dos meus serviços será um prazer prestá-los.'

Leon sorri mais uma vez para Jéssica, havia cumplicidade entre eles e, o Sangue Azul olha pra os presentes e diz:

'- Alguém tem alguma objeção a essa trinca: Minha candidatura à Príncipe, Marie-Amélie Bourdoun assumindo nosso Diretório na função de Praetor e Rurik Price sendo o nosso representante no Conselho de Primógenos?'

Um breve silêncio corta a sala, era hora dos outros se manifestarem.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Marie-Amélie - todos

Mensagem  Marie-Amélie Bourdon em Seg Jan 27, 2014 9:06 pm

*Marie-Amélie não se dá ao trabalho de fingir surpresa com a indicação. Também evita cuidadosamente qualquer mostra de arrogância, felicidade ou qualquer outra emoção: isso caberia a um brujah ou toreador, não a um ventrue. Dignitas é algo a ser merecido, em sua opinião, e não há motivo para ficar eufórico por algo que se fez por merecer.*

*Então, é com o tom mais profissional e plácido que responde*

- Agradeço a menção de meu nome, e aceito essa honra, se nossos irmãos concederem. Também considero que não pode haver escolhas mais perfeitas que a do sr. e a de monsieur Price. Não levanto nenhuma objeção.

_________________
Carisma: 5
Aparência: 4
Idade aparente: 38
Altura: 1,65 m

Kentoc'h mervel eget bezañ saotret
avatar
Marie-Amélie Bourdon

Mensagens : 181
Data de inscrição : 16/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Alto Leblon] Mansão Kennedy

Mensagem  Lucas Boaventura em Ter Jan 28, 2014 5:24 am

Leon confirma sua já esperada candidatura ao principado da cidade e afasta a ideia de ter Montecchio em um cargo que lhe ocupe mais tempo, ao mesmo tempo indicando dois nomes aos cargos de Praetor e Primógeno. Não foi surpresa para Boaventura que seu nome não fosse indicado, mas desconhecia o currículo de qualquer outro membro naquela sala que não fosse o próprio Smith Kennedy.

Lucas então põe suas indagações na mesa, sempre com um sorriso no rosto.

"- Nenhuma objeção à sua candidatura ao principado sr. Kennedy, tão pouco às vossas indicações. Contudo, devo pedir desculpas por não conhecer o currículo da Senhora Bourdon e do Senhor Price para a ocupação dos cargos. Seria demais pedir-lhes um breve histórico?"

_________________
Lucas Boaventura - Ventrue
Voz Encantadora
Aparência: 4
Status: 3
avatar
Lucas Boaventura

Mensagens : 81
Data de inscrição : 27/08/2013
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Rurik Price - Clã Ventrue

Mensagem  Rurik Price em Ter Jan 28, 2014 10:28 am

O Ventrue ouvia atentamente o que era dito por Leon e Jessica. A informação de que ela tinha conhecimento suficiente sobre os lobos deixa um ar de misterio sobre quem era realmente Jessica Montecchio, mas que Price acreditava desvendar com o tempo.

Após sua indicação para representar o Clã como Primógeno o Ventrue sorri em sinal de agradecimento. Imaginava a possibilidade disso acabar acontecendo já que não haviam muitos Ventrues antigos na cidade, mas ainda assim trabalhava com a ideia de que acabaria sendo indicado a Secretário ou algo do tipo. Após a pergunta de Lucas ele apenas diz com seu tipico ar tranquilo e sua bela voz:

- Em primeiro lugar agradeço a indicação para um cargo de tamanha importancia em nosso Clã... Em segundo lugar, Sr Boaventura, certo?

O Ventrue queria ter certeza do nome do vampiro que estava diante dele, já que o mesmo não havia se apresentado quando Rurik tentou cumprimenta-lo, e então prossegue:

- Meu "currículo" está voltado ao combate contra a Espada de Caim, desde sua fundação. Atuei por muito tempo na Inglaterra e Itália e esta é a primeira cidade nas Américas que venho... Nunca assumi um cargo de Primógeno, devo adimitir, mas ja ajudei muitos a representar o Clã em momentos de crise... Resumidamente, para não atrapalharmos a reunião, é isso... Mas fique a vontade de quiser conversar mais depois que terminarmos aqui... Com certeza é de grande importancia que conheçamos bem para passar por estes tempos difíceis na cidade.

_________________
Carisma: 5
Aparência: 5
Qualidades Notáveis: Rubor da Saúde e Voz Encantadora.
avatar
Rurik Price

Mensagens : 21
Data de inscrição : 30/11/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Eugênio - Todos

Mensagem  Eugênio de Beauharnais em Ter Jan 28, 2014 4:45 pm

*Preciso me acostumar ao ritmo das coisas por aqui.* Esse pensamento dominava a cabeça de Eugênio diante das proposições do Sr. Kennedy. Ficava a clara sensação de que as coisas, pelo menos no futuro imediato, já estavam definidas. O Sr. Kennedy, com a colaboração da Sra. Montecchio, tinha as cordas a serem puxadas nas mãos e provavelmente o papel (e destino) de todos naquela sala já estava inicialmente traçado. 

Assim que o Sr. Price responde ao questionamento do Sr. Boaventura, Eugênio pede a palavra com um leve gesto e diz:

"- Confesso que não tenho os elementos necessários para uma opinião mais balizada sobre a organização de nosso clã na cidade e o papel desempenhado por cada um de nós no estabelecimento da Camarilla. A Sra. Bourdon, por exemplo, ainda não tivemos a oportunidade nem mesmo de sermos apresentados."


Nesse momento vem à mente de Eugênio a gafe que tinha praticado ao não ter retribuído o cumprimento da Sra. Bourdon no momento em que o Sr.Kennedy entrara na sala. *No final da reunião me desculpo com ela.*

"- Já com o Sr. Price trocamos um aperto de mãos apenas." Eugênio faz uma pequena pausa como que para respirar (como se ainda fosse necessário), faz uma leve menção aos citados e prossegue:

"- No entanto, o fato do Sr. Kennedy propor a esses membros as funções que propôs e da Sra. Montecchio concordar, para mim, são o suficiente para ver que tratam-se de irmãos capazes e com as qualidades necessárias para gozarem da confiança de nosso clã." Eugênio fala de forma pausada e olha rapidamente para todos os citados, buscando identificar a reação de cada um a suas palavras. E completa:

"- Sendo assim, não tenho nenhuma objeção à proposta e me coloco a inteira disposição para ajudar naquilo que for preciso."
avatar
Eugênio de Beauharnais

Mensagens : 101
Data de inscrição : 16/01/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Marie-Amélie - todos

Mensagem  Marie-Amélie Bourdon em Ter Jan 28, 2014 8:55 pm

*Marie-Amélie observa com interesse o ventrue quieto. Não se ofende com a pergunta de Lucas, antes considera sinal de cautela e inteligência. Mas simplesmente não se volta para Eugênio, como se não o ouvisse falar. Recita num tom didático, atrapalhando-se um pouco no português*

- Tenho sido... fui primógena de Nantes durante mais de cem anos, zeladora do Elísio principal do Chatêau des Ducs de Bretagne, e conselheira privada do duque Mikael da Bretanha, do clã brujah *ressalta a palavra*, ele mesmo conselheiro privado de François Villon. Vim ao Rio de Janeiro como observadora e para ajudar na construção da corte da cidade -


*Para a frase de repente, apenas com tempo para mudar a inflexão para um final. Acaba engolindo o restante dela - de que fora enviada a pedido do Diretório. Parece que afinal fora contaminada pela modéstia do bem-amado Mikael e de sua linhagem. Não é a melhor qualidade para um ventrue, decerto, mas naquele momento, Marie-Amélie simplesmente não consegue usar essa carta. Talvez fosse para melhor: guardar um trunfo para o caso de sua quadra de reis não dar certo*

_________________
Carisma: 5
Aparência: 4
Idade aparente: 38
Altura: 1,65 m

Kentoc'h mervel eget bezañ saotret
avatar
Marie-Amélie Bourdon

Mensagens : 181
Data de inscrição : 16/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Alto Leblon] Mansão Kennedy

Mensagem  Lucas Boaventura em Ter Jan 28, 2014 9:27 pm

Lucas maneava positivamente a cabeça enquanto Price lhe dava seu histórico. Parecia uma escolha sensata.

Ouviu então o vampiro que não conhecia cometer alguns deslizes. Alguns simplesmente não nasceram pra isso. Um Ventrue que diminui suas próprias dignitas era algo raro.

Então a Senhora Bourdon elencou suas referências para o cargo, mostrando que carregava experiência. Lucas julgou satisfatório. As reais competências dos indicados se mostrariam quando fosse a hora. Voltou-se para ela e disse:

"- Tem excelentes referências Senhora Bourdon."

Dirigiu a palavra então para Price:

"- Desculpe-me sr Price, mas não ficou muito claro como exatamente você atuou no combate à Espada de Caim. Poderia me elucidar?"

Lucas era o mais direto e objetivo possível. Não gostava de arrodeio ou enrolação.

"-

_________________
Lucas Boaventura - Ventrue
Voz Encantadora
Aparência: 4
Status: 3
avatar
Lucas Boaventura

Mensagens : 81
Data de inscrição : 27/08/2013
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Clã Ventrue

Mensagem  Narrador em Qua Jan 29, 2014 6:06 am

Leon e Jéssica olham para Rurik que tinha uma nova pergunta lançada por Lucas. Pareciam querer ouvir a resposta do Sangue Azul que poderia se tornar o novo Primógeno do Rio de Janeiro.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Rurik Price - Lucas Boaventura

Mensagem  Narrador em Sex Jan 31, 2014 3:39 pm

O Ventrue, com a expressão séria e bem mais fechada do que na sua última fala, responde à Lucas:

'- Eu passei boa parte da minha não-vida combatendo o Sabá na Costa Oeste dos Estados Unidos, Sr. Boaventura. Lutei ao lado do meu senhor contra eles no Velho Mundo. Servi como Xerife no Principado de Berlim durante décadas. Minha experiência na luta contra o Sabá é o que faz meu nome ser conhecido entre os de nosso sangue.'

Fala sério e ao terminar de falar olha para todos, aguardando reações.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Eugênio - Todos

Mensagem  Eugênio de Beauharnais em Sex Jan 31, 2014 6:44 pm

Eugênio permanecia quieto, concentrado nas perguntas e respostas que ocorriam na reunião. Era uma oportunidade para conhecer um pouco melhor os atributos de seus concorrentes...digo irmãos. Os currículos apresentados pelo Sr. Price e Sra. Bourdon são realmente de fazer inveja a qualquer um, mas Eugênio ficava com uma estranha sensação de que eles diziam respeito a outro tempo em uma outra terra. O Rio de Janeiro era outra coisa e com certeza exigiria muito mais de todos.

Aquilo martelava na cabeça de Eugênio e o fazia pensar sobre a utilidade de estender aquela reunião buscando respostas para as perguntas erradas. Tentou então, fitando o semblante de seu anfitrião, perceber se era apenas ele que achava que estavam dando voltas. Tinha a esperança de que a pauta avançasse para aquilo que realmente importava, pelo menos para ele que não estava sendo indicado a nenhum cargo.
avatar
Eugênio de Beauharnais

Mensagens : 101
Data de inscrição : 16/01/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Marie-Amélie - todos

Mensagem  Marie-Amélie Bourdon em Sex Jan 31, 2014 8:50 pm

*Marie-Amélie escuta todos falarem e, assim que Rurik termina - talvez até um pouco cedo demais - diz para Leon*

- Parece que existe então um consenso, monsieur Kennedy?

_________________
Carisma: 5
Aparência: 4
Idade aparente: 38
Altura: 1,65 m

Kentoc'h mervel eget bezañ saotret
avatar
Marie-Amélie Bourdon

Mensagens : 181
Data de inscrição : 16/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Jéssica Montecchio | Rurik Price | Leon Smith Kennedy - Eugênio Beauharnais | Lucas Boaventura | Marie-Amélie Bourdon

Mensagem  Narrador em Sab Fev 01, 2014 8:06 am

Rurik, logo após o comentário de Marie-Amélie, se manifesta surpreendendo a todos:

'- Na verdade, não temos Madamme Bourdon, eu não tenho interesse no posto de Primógeno. Gostaria de colaborar com o clã em outra função, e, quem sabe, alcançar o Xerifado dessa cidade um dia.'

A fala de Rurik pega todos de surpresa. Leon, então, olha para Marie-Amélie e comenta com a Ventrue:

'- Acho que temos pelo menos o consenso da nomeação da Praetor e da minha candidatura. Temos agora que definir nosso Primógeno para que que eu possa passar as informações sobre a conjuntura política e passar a condução da mesma à nossa Praetor, que a tem por direito.'

Jéssica olha para Leon. Havia cumplicidade no olhar e, então ela diz para todos ouvirem:

'- Temos o Senhor Boaventura e o nosso irmão recém-chegado como opções para a Primogenia então, visto que minhas tarefas são outras e o Senhor Price cometeu a deselegância de recusar servir ao seu clã... gostaria de saber os feitos dos senhores Beahaurnais e Boaventura e, é claro, se os mesmos teriam interesse no posto...'

Leon assente em positivo e obsereva Marie-Amélie. Era nela que o foco do candidato à Príncipe estava.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Alto Leblon] Mansão Kennedy

Mensagem  Lucas Boaventura em Seg Fev 03, 2014 8:17 pm

Lucas fica surpreso com a renúncia de Rurik à indicação ao cargo de Primôgeno. Uma desfeita dessas é uma coisa rara de se ver em séculos. Jessica então abre margem para que Lucas e o outro Ventrue se apresentarem como candidatos ao cargo. Lucas toma a palavra:

"- Certamente. Antes de vir para o Rio de Janeiro, eu era membro ativo no elísio de Porto Alegre, já tendo sido, entre outras coisas, Zelador daquele mesmo elísium. Além disso, a família Boaventura tem tradição na Torre de Marfim do sul do país, e uma rede de influência que vai muito além das terras gauchas. Dentre outros, meu irmão Enrico ocupa hoje o cargo de Senescal em PoA. Confesso que representar o clã na corte do Rio de Janeiro seria um desafio que eu teria o prazer de aceitar, se for da vontade desse clã."

Boaventura, como de costume, tentou não fazer rodeios. Ele ajeitou-se em sua poltrona, abrindo o botão do palitó, e como sempre, sorrindo.

_________________
Lucas Boaventura - Ventrue
Voz Encantadora
Aparência: 4
Status: 3
avatar
Lucas Boaventura

Mensagens : 81
Data de inscrição : 27/08/2013
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Marie-Amélie - todos

Mensagem  Marie-Amélie Bourdon em Seg Fev 03, 2014 9:44 pm

*Beauharnais? Um canto da boca de Marie-Amélie se inclina de indignação. Ela conhecera o verdadeiro Eugène de Beauharnais, o filho adotivo de Napoleão, quando o imperador dos franceses estivera em Nantes, em 1808. Era um homem lindo, elegante, gentil, adorável - definitivamente não tinha nada a ver com esse genérico dos trópicos. Quanto a Rurik, provara seu ponto: não passa de um individualista, incapaz de agir por seu clã. Não merecia mais nenhum segundo de sua atenção*

*Não se precipita, porém, declarando seu apoio a Lucas. Apenas inclina-se para a frente na direção dele, apoiando o queixo na ponta dos dedos, deixando que a linguagem corporal fale por si.*

_________________
Carisma: 5
Aparência: 4
Idade aparente: 38
Altura: 1,65 m

Kentoc'h mervel eget bezañ saotret
avatar
Marie-Amélie Bourdon

Mensagens : 181
Data de inscrição : 16/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Eugênio - Todos

Mensagem  Eugênio de Beauharnais em Ter Fev 04, 2014 7:55 pm

Eugênio tentava identificar o que teria mudado do início da reunião para aquele momento. Com certeza o Sr. Kennedy já tinha em mão as informações sobre todos os presentes naquela reunião e a Sra. Montecchio, com certeza, compartilha dessas informações. Logo, Eugênio tenta perceber o que está por trás desse questionamento.

*Teatro!!! Afinal, o show deve continuar* conclui Eugênio. Mantendo-se calmo e sentado no mesmo lugar ele responde:


"- Antes de voltar ao Rio desenvolvia minhas atividades nos EUA, mais especificamente em Nova York, Sra. Montecchio. O Sr. Buffet, que imagino todos conheçam, delegou a mim a supervisão de uma parte de seus interesses e, mesmo combatendo Anarquistas e o Sabá, penso ter sido bem sucedido."
avatar
Eugênio de Beauharnais

Mensagens : 101
Data de inscrição : 16/01/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leon Smith Kennedy | Jéssica Montecchio - Clã Ventrue

Mensagem  Narrador em Qua Fev 05, 2014 5:49 am

Rurik segue em silêncio. Jéssica sorri ao fim das palavras dos dois possíveis Primógenos e, comenta de forma aberta com todos ali:

'- Vejo que temos talentos promissores no nosso clã, uns com mais experiência do que outros, mas talentos promissores.'

Leon concorda com a cabeça, mas se posiciona de forma mais incisiva:

'- Promissores, mas experiência é fundamental. Tenho certeza que o Senhor Beauharnais irá compreender mas o Senhor Boaventura me parece muito mais apto para a função...'

E Leon olha para Maria-Amélie e comenta:


'- Mas eu queria muito saber o que pensa nossa Praetor sobre nossas opções.'
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Marie-Amélie - todos

Mensagem  Marie-Amélie Bourdon em Qua Fev 05, 2014 8:26 pm

*Calmamente, Marie-Amélie volta-se para Leon, seu sotaque francês bem evidenciado nos nomes que pronuncia*

- Concordo perfeitamente com isso, monsieur Kennedy. Monsieur Boaventura parece ter as qualidades para liderar nosso clã na primigênie, e será um prazer estar ao lado dele e aconselhá-lo no que estiver ao meu alcance.

*Dá um sorriso adorável de incentivo para Lucas*

_________________
Carisma: 5
Aparência: 4
Idade aparente: 38
Altura: 1,65 m

Kentoc'h mervel eget bezañ saotret
avatar
Marie-Amélie Bourdon

Mensagens : 181
Data de inscrição : 16/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Filippi - Rurik (SMS)

Mensagem  Luiz Filippi em Qua Fev 05, 2014 8:52 pm

*Filippi manda um SMS para Rurik*

_________________
Carisma 4
Aparência 2
Qualidade: bad boy
Idade aparente: 43
Altura: 1,90 m
avatar
Luiz Filippi

Mensagens : 216
Data de inscrição : 26/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leon Smith Kennedy | Jéssica Montecchio - Lucas Boaventura | Marie-Amélie Bourdon

Mensagem  Narrador em Qui Fev 06, 2014 9:37 am

'- Com licença, eu tenho que me retirar.' - diz Rurik que se levanta e vai embora. Jéssica e Leon ficam olhando e quando o Sangue Azul sai porta a fora, o possível futuro Príncipe apenas balança a cabeça de forma negativa e então volta-se para os presentes e diz:

'- Então, Sr. Boaventura, aceita ser o Primógeno Ventrue no Rio de Janeiro?'
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Alto Leblon] Mansão Kennedy

Mensagem  Lucas Boaventura em Sex Fev 07, 2014 6:24 am

Lucas levanta as sobrancelhas diante da atitude de Rurik. Alguém não dava muito valor às dignitas. Os outros membros de colã se voltam para Lucas quando esse é indagado sobre aceitar o cargo de primógeno. Lucas como sempre responde com um sorriso no rosto. O semblante do ventrue parecia sempre calmo e otimista.

"- Aceito com muito prazer Sr. Kennedy. E agradeço a confiança."

Ele passa o olhar rapidamente pelos outros membros.

"- Os conselhos de nossa Praetor, Segnorina Bourdon, serão muito bem vindos, assim como o de todos os membros desse diretório."

_________________
Lucas Boaventura - Ventrue
Voz Encantadora
Aparência: 4
Status: 3
avatar
Lucas Boaventura

Mensagens : 81
Data de inscrição : 27/08/2013
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Alto Leblon] Mansão Kennedy

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum