Reino do Campo de Batalha

Página 5 de 27 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6 ... 16 ... 27  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Yuri Kraken - Todos

Mensagem  Yuri Kraken em Sab Maio 17, 2014 1:03 pm

Uma potente corrente de ar joga Yuri e os que estavam na água de volta. O Ragabash olha aquilo com certa surpresa e satisfação. Finalmente estava livre daquela água gelada, e seus irmãos que havíam caído, também. Agora poderiam ajudar a derrotar os inimigos. Rapidamente, ao cair no navio, Yuri sai rolando no chão, se levanta, e parte de novo correndo para a torre onde estava. Pegou o binóculo que estava e começou a visualizar de novo os inimigos para passar a informação para o Andarilho completando já o que Sem-Nome havia dito.

- É isso aí, High-Techa! To de volta! Avante com essa porra que agora eh a nossa vez! Eles estão caindo! Pra cima deles!

Continuava olhando no binóculo vendo um a um dos inimigos caírem com os tiros de Wolfhere e os ataques dos espíritos invocados.

_________________
Yuri Kraken - Sombra-de-Gelo
Ragabash / Hominídeo / Presas de Prata
_________
Aparência 05
Raça Pura 05
Fúria 02
Ascendência Notável / Magnetismo Animal


"Nunca tente conquistar um homem com roupas curtas, conquiste ele sem roupa."
avatar
Yuri Kraken

Mensagens : 100
Data de inscrição : 03/02/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Uli - Vingadores

Mensagem  Uli Jon Roth em Dom Maio 18, 2014 12:45 am

Uli vê que Iurd havia caído também, todos os Presas de Prata tinham ido ao chão com aquela invocação, e apenas os Theurges tinham durado, aquela dragonesa tinha sido invocada e causado muito mais problemas que soluções, e agora ela parecia a mais ferida pelos navios inimigos, o Presas de Prata imediatamente depois de cair no convés do navio, levantado por uma corrente de vento, corre para uma das armas, eles não podiam perder a ajuda espiritual de nenhum daqueles espíritos, e principalmente do elemental dos ventos, que tinha atrapalhado eles no mar, mas também os tinha resgatado lá de dentro.

Com a ajuda de seus ancestrais Uli dá um tiro de cobertura para a Dragonesa, tentando a proteger do inimigo que mais a feria, então se volta para o convés, e vendo o Fenris tacado numa pilastra pela força do vento grita.

"- CUIDADO COM ESSES POKEMONS! Se não tem insígnia suficiente não brinca com lvl alto caralho!"

_________________
Presas de Prata - Fostern - Hominídeo - Galliard - Sacrifício-dos-Ancestrais
Aparência: 3
Carisma: 5
Raça Pura: 4
Fúria: 6
Qualidades: Reputação (último membro da Garra Conquistadora, forte ligação com os ancestrais de sua familia)
avatar
Uli Jon Roth

Mensagens : 239
Data de inscrição : 10/04/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ingrid (Crinos) - Espírito do Vento

Mensagem  Ingrid Reis em Dom Maio 18, 2014 10:00 am

A missão havia sido concluída. O espírito do vento lhe servia tal como o grande Kraken que afundava os navios. A Theurge sentia a situação sob controle e se concentrando agora na batalha em si, a filha do Vento do Norte dá uma nova ordem ao espírito:

- Afunde aqueles navios, faça com que as armas deles não acertem nem esse navio e nem os espíritos que lutam contra eles!

Aponta para os navios da matinha inimiga. Acreditava que com o exército de espíritos que tinham a batalha já estava sob controle e, diante disso fica na torcida para que Ryan e Nathan estivessem sendo bem sucedido em suas tarefas para que pudessem seguir logo até o local de destino.

_________________
Ingrid Reis - Elo Espiritual
Impura - Athro - Theurge - Uktena - Devoradores de Demônios
Deformidade de Impura -> Propensa à Crueldade
Qualidades -> Magnetismo Animal
Raça Pura 4
Aparência 5
Fúria 2
avatar
Ingrid Reis

Mensagens : 394
Data de inscrição : 28/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Matilha Vingadores

Mensagem  Narrador em Dom Maio 18, 2014 1:33 pm

Imediatamente após o comando de Ingrid, o Espírito do Vento parte e o mar, na parte onde estavam os navios inimigos, começa a ficar muito agitado, causando mais problemas para os navios da marinha inimiga que começavam a afundar um a um... a vantagem da marinha britânica era considerável naquele combate com tantos espíritos envolvidos.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Yuri Kraken - Todo

Mensagem  Yuri Kraken em Dom Maio 18, 2014 6:39 pm

Yuri não tinha respostas de High-tech, mas talvez nem esperava por uma. Com os olhos pregados no binóculos, escuta Ingrid dar outra ordem para o espírito do Vento e o mesmo fazer ondas enormes em direção da frota inimiga derrubando um por um. Aquilo deixa Yuri extasiado pela performance do Theurge.

- Tão caindo, High-Techa! Tão afundando! Um a um! Haha...

Falava com certo tom de satisfação em ver os inimigos afundarem.

_________________
Yuri Kraken - Sombra-de-Gelo
Ragabash / Hominídeo / Presas de Prata
_________
Aparência 05
Raça Pura 05
Fúria 02
Ascendência Notável / Magnetismo Animal


"Nunca tente conquistar um homem com roupas curtas, conquiste ele sem roupa."
avatar
Yuri Kraken

Mensagens : 100
Data de inscrição : 03/02/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ryan McDougall (Glabro) - Oraculo-das-Sombras / Curto Circuito / Todos

Mensagem  Ryan McDougall em Seg Maio 19, 2014 8:10 am

* Ryan dominara o leme do navio como costumava fazer com qualquer coisa que pudesse ser operada mecanicamente: com genialidade. Não percebia, mas estava sorrindo ligeiramente enquanto puxava alavancas, apertava botões e tangia o leme. Não era sequer nascido quando aquela maquina naval havia sido construída, mas nem precisava.. de alguma forma estranha, na sala de controle se sentia em casa. Conseguia deduzir a função lógica da maioria dos mecanismos apenas ao observa-los, e a velocidade de assimilação de sua mente era tamanha que nem isso demandava tempo demais. Lógico que dava trabalho e que ainda não se considerava um perito naval da segunda guerra mundial, mas acreditava sinceramente que mais 1 ou 2 horas de pratica o tornaria capaz de pilotar uma esquadra inteira. Analisava pelas vidraças o que se passava ao redor mas não tinha tempo para captar tudo, simplesmente por estar pilotando sozinho um navio de guerra que normalmente deveria ser guiado por uma dezena de tripulantes de comando. Com alguma força, dada a inépcia hidráulica da banheira de guerra, vira o leme na direção Oeste, conforme indicado pelo Theurge que, para o pasmar de Ryan, guiava a expedição com um cordão e uma pedra. Volta-se para ele dizendo enquanto observava os scaners e telas de navegação: *

- Essa banheira aqui é velha, mas corda com pedra imantizada não é das coisas mais modernas que já ví ...

* Tencionava rir mas nesse instante o navio se choca com algo maciço que faz toda a embarcação ranger e balançar, embalado pelo som característico do aço se retorcendo. Firma o pé e amaldiçoa mentalmente a situação, apenas para notar quando recobra o equilíbrio que os seus "olhos" nas torres dos navios haviam despencado, sendo que o grande falastrão amante de mastros rodopiava no ar e gritava tanto quanto uma bela dama recém deflorada. Esperava sinceramente que alguém no convés pudesse ajuda-los, porque agora não podia fazer muito por eles além de torcer pelo melhor. Não sabia o que havia causado o impacto violento, e nem havia tempo para averiguar. Via os grandes espiritos de monstros marinhos desempenhando um papel brilhante na batalha e recebia constantemente os alertas sobre a vantagem temporaria que estavam levando, bem como conseguia ver nos paineis que os canhões disparavam continuamente. De uma forma estarrecedoramente inesperada para todos, menos para o próprio Andarilho, que se considerava capaz de operar qualquer coisa, estavam conseguindo! Um alerta sobre a aproximação de submarinos vindo das torres de observação faz com que High-Tech rapidamente confira o radar e o sonar, apenas para descobrir que a informação era perigosamente verdadeira. Sem muito tempo, apenas segura o leme com uma das mãos enquanto estica todo o corpo para operar com a mão livre uma série de comandos nos painéis internos.

" Onde caralhos fica o contra-torpedeiro dessa porra velha?! "

* Demora pouco mais do que pretendia, mas logo um sorriso lupino se forma em seu rosto, porque havia descoberto que os submarinos estavam condenados. Aperta o botão de disparo apenas para acompanhar no radar o deslocamento de um missil submerso que segue precisamente em direção à um dos submarinos de abordagem. Tinha quase certeza de que iria acertar um deles e comenta, confiante, com o theurge ao lado enquanto recobrava o controle total do leme: *

- Fica de olho no radar pra mim, brother, e me avisa quando um desses pontos sumir.. e vai sumir! Porque uma mão só é o suficiente pra foder bem de jeito esses filha da puta!

* Sorri e percebe que os homens caídos ao mar haviam arranjado um jeito de retornar, menos mal! Não tinha, no entanto, tempo para se ater à qualquer tipo de alivio. Simplesmente pega o alto falante e, sem ter tempo de direcionar a mensagem aos pontos exatos do navio, diz de modo geral, de forma que sua voz podia ser ouvida por todos: *

- Tem umas vadias de submarino na nossa cola, mas eu pretendo terminar de foder com eles em breve. Se preocupem com os otros. Ganhem tempo o suficiente pra mim, que eu já coloquei essa banhera no rumo certo e agora é só não deixar a parada afundar! Curto-Circuito, como tá o lance todo aí em baixo!? Preciso de uma porcentagem de danos, pra não fundir essa porra pisando muito fundo.

_______________________
OFF
1 submarino atingido e fornicado

_________________
Ryan McDougall - "High-Tech"
Ahroum - Andarilhos do Asfalto - Alfa da Vingadores - Cliath

Aparência 5
Fúria 6
Raça-Pura 0
avatar
Ryan McDougall

Mensagens : 134
Data de inscrição : 28/01/2013
Idade : 28
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Oráculo-das-Sombras - High-Tech

Mensagem  Narrador em Seg Maio 19, 2014 11:23 am

O Ahroun não recebe resposta de Curto-Circuito ao passo que ele mesmo pode notar que um dos submarinos no radar desaparece. Provavelmente os sistemas de comunicação falhavam com a casa de máquinas. Oráculo-das-Sombras, no entanto, olha para Ryan, num esforço hercúleo de manter a concentração responde sem se preocupar em ser bem educado com Ryan:

'- O que você chama de corda com pedra imantizada é um ritual místico que deve ser respeitado e eu agradeceria se você cuidasse das coisas da Weaver e me deixasse concentrado em encontrar o caminho que devemos seguir.'

A corda seguia apontando para o oeste, a direção a seguir era aquela.


Última edição por Narrador em Seg Maio 19, 2014 9:27 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Draven (Crinos) - Vingadores e Agregados / Espirito do Vento

Mensagem  Draven Fangs em Seg Maio 19, 2014 8:46 pm

O Cria de Fenrir ve o sorriso no rosto da Uktena. Aquele tom sarcastico só dava um sentimento ao Theurge: "nojo". Draven não tinha tempo para perder com aquela estupidez, pois tinham uma guerra para vencer.

Antes que pudesse terminar de girar seu corpo o Fenrir é atingido por uma rajada de ar vinda do espirito a mando da Uktena. Sem acreditar mais uma vez no que estava acontecendo o Theurge rosna enquanto se choca contra uma das pilastras.

Ninguem ataca um Fenrir sem esperar receber o troco, isso é uma lei basica que todas as Tribos deveriam saber. Com um novo rosnado Draven começa a se recompor enquanto segura com mais força ainda seu martelo, mas, para a sorte do espirito, ele havia fugido como um covarde para junto dos demais.

O Fenrir acerta com força a pilastra usando seu martelo enquanto grita para o espirito do vento:

- VOLTE AQUI SEU COVARDE DE MERDA!!!

Mas o espirito ja estava longe de seu alcance. Um olhar novo é lançado sobre a Uktena e, sem dizer uma palavra sequer, o Fenrir apenas cospe no chão e volta a se focar no combate que estavam vivendo. Estavam vencendo, não graças aos Garous daquela embarcação, mas sim graças aos espíritos convocados para a guerra.

_________________
Hominídeo - Theurge - Cria de Fenrir - Trovão de Mijonir
Carisma 03
Aparência 02
Raça Pura 03
Fúria 05
Idade: 22 anos
Altura: 1,90
Peso: 100kg
avatar
Draven Fangs

Mensagens : 274
Data de inscrição : 08/05/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

CRINOS

Mensagem  Iurd Byron em Seg Maio 19, 2014 9:38 pm

Águia Real - Narração / Todos

Quando se preparava para nadar até a boia, uma rajada de vento arremessa todos que estavam na água direto de volta ao convés. Já lá em cima, o garou tinha que fazer algo além de ficar dando ordens, então com o pouco conhecimento que detinha sobre armamento de fogo, o Presas de Prata sobe em uma das armas que estavam vazias e começava a atirar demonstrando um pouco de habilidade naquela arte de atirar.

_________________
Hominídeo - Ahroun - Presa de Prata - Anjos Guardiões - Inimigos da Wyrm - Cabana da Lua
Aparência 04
Raça Pura 05
Fúria 07
Características notáveis: Magnetismo Animal, Coragem Infecciosa
Cicatrizes evidentes: Cicatriz profunda em forma de [ / ] no peitoral
avatar
Iurd Byron

Mensagens : 329
Data de inscrição : 27/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Uli (Glabro) - Vingadores/Draven

Mensagem  Uli Jon Roth em Seg Maio 19, 2014 10:10 pm

Uli via que os inimigos estavam em maus lençóis, e que Iurd agora também atirava, ele era um bom líder, feito para liderar, e sabia o que fazia, mas agora tinha ficado quieto, mesmo com a revolta daquele Garou com o martelo, que ninguém parecia conhecer exatamente, ou já teriam o mandado parar de causar.

O Galliard então se volta para Draven e fala para o Garou que estava em Crinos.

"- Quer parar de causar com a porra do espírito antes que ele volte aqui e coma nossas bundas coletivas, PORRA!?"

_________________
Presas de Prata - Fostern - Hominídeo - Galliard - Sacrifício-dos-Ancestrais
Aparência: 3
Carisma: 5
Raça Pura: 4
Fúria: 6
Qualidades: Reputação (último membro da Garra Conquistadora, forte ligação com os ancestrais de sua familia)
avatar
Uli Jon Roth

Mensagens : 239
Data de inscrição : 10/04/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Draven (Crinos) - Uli

Mensagem  Draven Fangs em Seg Maio 19, 2014 10:25 pm

O Fenrir olhava para o mar pensando no que poderia fazer quando novamente outro Presa de Prata grita com ele.

"Qual o problema desses caras?"

O Theurge encara Uli por um instante e fala com naturalidade:

- Não se preocupe Presa de Prata... Se ele voltar eu te protejo.

E olha novamente para o mar enquanto assistia os navios afundando.

_________________
Hominídeo - Theurge - Cria de Fenrir - Trovão de Mijonir
Carisma 03
Aparência 02
Raça Pura 03
Fúria 05
Idade: 22 anos
Altura: 1,90
Peso: 100kg
avatar
Draven Fangs

Mensagens : 274
Data de inscrição : 08/05/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Uli (Glabro) - Vingadores/Draven

Mensagem  Uli Jon Roth em Ter Maio 20, 2014 9:41 am

Uli ouve a resposta do Fenrir e gira o dedo indicador direito ao redor de sua orelha, lembrando da célebre frase do Obelix:

Esses Fenris são todos loucos

Então o Presas de Prata volta sua atenção a arma que manejava, a batalha estava quase ganha, o problema era eles chegarem onde precisavam chegar, que Uli não sabia onde era. Com sorte as coisas ficariam mais tranquilas e ele poderia finalmente entregar sua mensagem e se ver livre daquilo, e Iurd precisava ser informado do que rolava no Caern.

_________________
Presas de Prata - Fostern - Hominídeo - Galliard - Sacrifício-dos-Ancestrais
Aparência: 3
Carisma: 5
Raça Pura: 4
Fúria: 6
Qualidades: Reputação (último membro da Garra Conquistadora, forte ligação com os ancestrais de sua familia)
avatar
Uli Jon Roth

Mensagens : 239
Data de inscrição : 10/04/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ingrid (Crinos) - Draven / Benção de Gaia

Mensagem  Ingrid Reis em Ter Maio 20, 2014 10:32 am

O olhar do Fenris é respondido apenas com um beijinho que a Theurge dá em seu próprio ombro para que o recalque passe bem longe. Não ia perder tempo com ele e tentava buscar algo de útil que pudesse fazer ali. Já havia tido problemas demais com aquela tribo insana e esperava que Ceifador e Henker pudessem colocar juízo naquele que parecia ter chegado para causar. Sua megalomania era irritante e para ser sincera, Ingrid não gostava de dividir o palco com estranhos.

Tenta ignorar o Fenris depois da troca de olhares e ironias, mas quando ele dá uma de superman e fala em proteger o Presas de Prata a Theurge não se contém e apenas pensa *mas nem de si mesmo ele consegue cuidar, vai querer cuidar de quem?*. Opta por não comentar para não tumultuar mais o ambiente embora esperasse de Iurd a ação que veio do outro estranho. Iurd era o líder e se a situação corria risco de sair do controle por conta da inexperiência do estranho era dele que Ingrid esperava uma atitude, mas o outro novato ganhara pontos com Ingrid por pelo menos mostrar atitude.

A Uktena segue para a parte do barco onde estava Benção de Gaia, deixando as conversas dos dois novatos para trás e se aproximando do Filho de Gaia ao passo que diz:

- Isso aqui até que foi tranquilo... mas uma dúvida não sai da minha cabeça... o que você estava fazendo aqui? Com tanto lugar na Penumbra pra você vagar, o Campo de Batalha é o último lugar no qual eu esperava encontrar um Filho de Gaia...

Comenta como se já tivesse acabado a batalha. Pelo nível dos espíritos em ação não acreditava em nenhuma reviravolta.

_________________
Ingrid Reis - Elo Espiritual
Impura - Athro - Theurge - Uktena - Devoradores de Demônios
Deformidade de Impura -> Propensa à Crueldade
Qualidades -> Magnetismo Animal
Raça Pura 4
Aparência 5
Fúria 2
avatar
Ingrid Reis

Mensagens : 394
Data de inscrição : 28/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Uli - Iurd

Mensagem  Uli Jon Roth em Ter Maio 20, 2014 12:57 pm

Vendo que o combate estava bem encaminhado pelos espíritos o Garou percebe que sua oportunidade poderia ser agora, e além do mais ele aproveitava para ver se Iurd estava livre para conversar também. O Presas de Prata se aproxima do que para ele deveria ser o Alfa daquela matilha, sendo um Presas, experiente e com aquela Raça Puta descendente dos maiores heróis, mais forte que a dele, o Garou fala em sua forma Glabro com Iurd, em tom de voz normal, mas tentando não ser escutado por muitos ouvidos ali.

"- Iurd, cara, eu tenho uma mensagem muito importante pra você e pro Falcão-de-Prata, coisa da seita, Sombra-do-Rei e Asa-Noturna me fizeram vir atrás da Vingadores no minuto que pisei no Caern, antes mesmo de falar com o novo líder da seita. Tenho um pergaminho dedicao a mim, se tiver disposição para lê-lo agora, o combate aqui parece plenamente encaminhado."

Uli olhava discretamente para os lados e para trás para ver se alguém estava especificamente em posição de escutá-lo.


_________________
Presas de Prata - Fostern - Hominídeo - Galliard - Sacrifício-dos-Ancestrais
Aparência: 3
Carisma: 5
Raça Pura: 4
Fúria: 6
Qualidades: Reputação (último membro da Garra Conquistadora, forte ligação com os ancestrais de sua familia)
avatar
Uli Jon Roth

Mensagens : 239
Data de inscrição : 10/04/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Henker (Crinos) - Nathan/Vingadores e agregados na parte de cima do navio

Mensagem  Convidado em Ter Maio 20, 2014 4:09 pm

O Cria de Fenris se limita a acenar positivamente com a cabeça para então falar...

- Tu ainda não tá dispensado não cara, é bom eu ver esses seus tênis voando sobre a matilha, pq eu não to a fim de perder um bom batedor como vc... ok!?

Era o máximo que conseguia falar naquele momento, não tinha problemas com o Andarilho, e reconhecia o seu valor, e mais que tudo, era seu irmão, mas reconhecia a lógica nas palavras do mesmo, e por isso sai do local.

Logo, o Fenrir em crinos surge novamente onde estavam os demais garous e lança voz para que quem precisasse fizesse uso.

- O Andarilho está resolvendo os problemas lá embaixo, há algo que se possa fazer para ajudar aqui encima?

Era direto... precisava saber da situação para então agir, e passa os olhos para ver se compreende, enquanto ninguém o respondesse, em que pé as coisas estavam naquele momento.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Benção-de-Gaia - Elo-Espiritual

Mensagem  Narrador em Ter Maio 20, 2014 5:25 pm

O Theurge apenas responde para Ingrid:

'- Não havia melhor maneira de limpar menu nome do que resgatando os que estavam perdidos por minha culpa.'
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reino do Campo de Batalha

Mensagem  Convidado em Ter Maio 20, 2014 8:18 pm

Na agua ainda o peregrino ouve o pedido do andarilho. Sabia quando nao era util em algum lugar.... afinal um barco nao era um lugar para um filho do deserto.

Busca um lugar para se içar da água e vai ao encalço de Henker.

Chegando ao convés. Busca a sala de comando procurando saber o que poderia ser feito



Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Matilha Vingadores

Mensagem  Narrador em Qua Maio 21, 2014 8:19 am

Quando Henker e Amphw chegam ao convés o que se deparam é com uma cena surreal. Os navios inimigos afundavam um a um, havia uma Hidra gigante, um Kraken monstruoso e um Dragão do Mar incrível. Eles destruíam os inimigos que caíam também com o disparo dado por Iurd e pelos tiros dos canhões controlados por Falcão-de-Prata e Gavião-Prateado. Sem-Nome e Sombra-do-Gelo podiam ver que a batalha estava praticamente ganha, os espíritos faziam toda a diferença. Talvez houvesse algum tempo de paz para a matilha conversar até chegar no seu destino, ao menos era o que parecia até algo que ninguém vê atingir o navio e jogar todos ao chão no convés e na cabine de controle. Um dos submarinos havia acertado a embarcação com um torpedo...
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

HI-TECH - VINGADORES

Mensagem  Convidado em Qua Maio 21, 2014 10:25 am

O Peregrino chega ao convés e gosta do que vê... Nunca se acostumaria as maravilhas que o Mundo Espiritual pode proporcionar aos Garou... E mais uma vez seu coração em insuflado a combater as emanações da Wyrm e combater o Apocalipse que se assomava... Se um dia fosse cair sabia que a pena do MA'AT lhe proporcionaria na outra vida.

Procura a escadaria que levaria a sala de comando... Talvez fosse mais util lá, como navegador...

No meio do caminho a embarcação sacode como se uma lata de sardinha tentasse vencer as ondas...

Maldição, o Peregrino pensava, quando vamos pisar em terra firme? Seu corpo caia os poucos degraus que havia subido...

Na mesma velocidade que caira ele retoma sua inteção e chega a sala de comando.

O que faço para ajudar? pergunta aos garous que ali estavam


Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Yuri Kraken "Sombra-de-Gelo" (Crinos) - Todos

Mensagem  Yuri Kraken em Qua Maio 21, 2014 11:13 am

Yuri ia observando ainda com o binóculos nos olhos e ficava satisfeito com o que via. Os navios iam afundando um a um com ajuda dos espíritos. Graças a eles que fizeram a parte mais difícil do serviço e também aos tiros de Falcão-de-Prata e Iurd. Era até bonito de se ver. Um sorriso já transparecia no rosto do Ragabash que ainda estava molhado por causa da água.

" Já ganhamos essa..."

Pensava isso ao ver a batalha praticamente ganha e já pretendia avisar novamente passando tais informações para todos lá em baixo, mas era óbvio que todos estavam vendo, por isso não se preocupou tanto quando for surpreendido novamente por um impacto enorme que o jogou no chão. Rapidamente se levantou praguejando.

- Caralho! Que foi isso?!


Olhou para os lados, principalmente para baixo e logo a dedução foi óbvia. Haviam sido atingidos por um torpedo. Havia submarinos, era a única explicação lógica para aquilo. Além da preocupação do casco esta danificado e estarem afundando, havia a preocupação de outro daqueles vir podendo dar um fim em todos. Disse então em voz alta para todos, principalmente para High-Tech.

- Fomos atingidos por um torpedo! Tem submarino nesse caralho!

Dizia aquilo mas sem ter muitas ideias. Esperava que High-Tech pudesse usar algumas de suas artimanhas para evitar o pior, já que era o Andarilho e estava no controle da banheira. Para Yuri, só estava continuar observando com o binóculo por toda a cena tentando descobrir de onde estava partindo o torpedo.

_________________
Yuri Kraken - Sombra-de-Gelo
Ragabash / Hominídeo / Presas de Prata
_________
Aparência 05
Raça Pura 05
Fúria 02
Ascendência Notável / Magnetismo Animal


"Nunca tente conquistar um homem com roupas curtas, conquiste ele sem roupa."
avatar
Yuri Kraken

Mensagens : 100
Data de inscrição : 03/02/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ingrid (Crinos) - Kraken / Benção de Gaia

Mensagem  Ingrid Reis em Qua Maio 21, 2014 4:36 pm

A Uktena apenas diz:

- Justo.

Concordava com a lógica do Theurge e isso era digno de respeito. Antes que pudesse elaborar mais algo cai ao chão com algo atingindo o navio. O Grito de Yuri, no entanto, a alerta para o que os atacava e imediatamente Ingrid grita com o Kraken que havia invocado, dando uma nova missão a este:

- Poderoso Kraken, ataque os inimigos que estão embaixo d'água! Agora!

Fala isso já de pé e apontando na direção de onde podia sentir que o barco tinha que ser atingido. Esperava que o Kraken pudesse dar um fim nos inimigos que ela não era capaz de enxergar naquele instante.

_________________
Ingrid Reis - Elo Espiritual
Impura - Athro - Theurge - Uktena - Devoradores de Demônios
Deformidade de Impura -> Propensa à Crueldade
Qualidades -> Magnetismo Animal
Raça Pura 4
Aparência 5
Fúria 2
avatar
Ingrid Reis

Mensagens : 394
Data de inscrição : 28/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

CRINOS

Mensagem  Iurd Byron em Qua Maio 21, 2014 9:07 pm

Águia Real - Todos / Draven

Iurd começava a atirar e conseguia acertar algum navio, não que aquilo o surpreendesse, o Garou havia nascido para o combate e onde quiser que ele fosse posto, iria se sobressair e fazer diferença positiva. As coisas caminhavam bem, exceto por um detalhe, um garou desconhecido fazia questão de ficar esperneando e xingando espíritos, aquilo não seria tolerado.

Sem um pingo de paciência, Iurd salta da arma que utilizava e vai até o garou, chegando lá, Ele diz:

-'Quem é você moleque?! O que acha que está fazendo aqui?? Acha que pode chegar, invocar o espírito e pelo simples fato do espírito escolher seguir alguém infinitamente mais competente do que você, você sair xingando o espírito e acabou?? Você ponhasse no seu lugar, garoto! Aprenda a fazer as coisas direito e se alguém aqui vai defender o Presas de Prata, esse alguém não será você, você me ENTENDEU??'

Iurd crescia para cima do Theurge desconhecido, ouriçava seus pelos enquanto suas palavras saíam como rosnados para o Cria de Fenris, o Físico do Presas de Prata já era bastante impressionante e Iurd se esforçava para que ficasse mais ainda para que o Cria de Fenris soubesse que ele não estava ara brincadeiras, não iria admitir tais atitudes daquele Cliath, não iria admitir tamanho desrespeito com um espírito aliado e muito menos com um garou de sua tribo. Por fim ele diz:

-'Eu sou Iurd Byron, Águia Real, Ahroun, Athro dos Presas de Prata, se não gostou, me processa!! Agora vá tirar uma soneca ali no canto e deixe que os adultos tomam conta da situação aqui!'

_________________
Hominídeo - Ahroun - Presa de Prata - Anjos Guardiões - Inimigos da Wyrm - Cabana da Lua
Aparência 04
Raça Pura 05
Fúria 07
Características notáveis: Magnetismo Animal, Coragem Infecciosa
Cicatrizes evidentes: Cicatriz profunda em forma de [ / ] no peitoral
avatar
Iurd Byron

Mensagens : 329
Data de inscrição : 27/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Draven (Crinos) - Vingadores e Agregados / Iurd

Mensagem  Draven Fangs em Qua Maio 21, 2014 10:10 pm

O Fenrir olhava para o horizonte vislumbrando o fim de uma guerra sem graça. Não havia sujado as mãos, nem seu martelo e tudo parecia caminhar para o fim quando são atingidos por algo que faz Draven novamente ir ao chão.

Surpreso e irritado o Theurge se poe de pé para ver o que havia acontecido. O grito do Presa de Prata ressalta o obvio, mas ao menos é seguido de uma explicação do que atingiu o navio.

Já se preparava para agir, quando Anjo Guardião salta da arma que estava usando e começa a gritar para o Fenrir. Draven observa aquilo sem mudar sua expressão. Estava acostumado com gritarias, mas não esperava que o Ahroun quisesse ensina-lo a como agir com os espiritos. Ao final de sua fala Draven diz naturalidade:

- Será um prazer testar minha força contra você Águia Real, mas agora estamos em uma guerra... E dos espiritos que eu invocar cuido EU!

A ultima palavra do Fenrir é dita com tanta agressividade quanto todo o discurso do Presa de Prata. Não iria desviar o olhar, mas logo seu tom de voz normaliza e ele conclui:

- Orgulho de Fenrir, Godi... Theurge, Cliath dos Crias de Fenrir. Fico feliz de saber que já se recuperou da batalha contra meu irmão...

Sua frase final não é dita com ironia, mas o tom de voz era sério, pois a conversa ainda não era nada amistosa.

_________________
Hominídeo - Theurge - Cria de Fenrir - Trovão de Mijonir
Carisma 03
Aparência 02
Raça Pura 03
Fúria 05
Idade: 22 anos
Altura: 1,90
Peso: 100kg
avatar
Draven Fangs

Mensagens : 274
Data de inscrição : 08/05/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

CRINOS

Mensagem  Iurd Byron em Qua Maio 21, 2014 10:39 pm

Águia Real - Draven / Todos

Ao que parecia, tinham um cliath realmente que se achava muito melhor que os outros e que realmente queria testar forças contra Águia Real, era tão patético que chegava a ser engraçado e Iurd não segura as risadas diante dos comentários do jovem que só havia feito merda até o presente momento.

Mais uma vez os Fenris se gabavam de uma coisa que Ira de Thor havia feito, era incrível como nenhum deles tinham algum feito e só se vangloriavam por aquilo, eram muito patéticos, mas Iurd não iria se estressar com aquilo, era muito bom ver que logo logo os espíritos começariam a fuder com a vida dele uma vez que se ele tratasse todos os espíritos como tratou os outros, uma hora algum iria se voltar seriamente contra ele.

Quando para de rir, Iurd olhava sério para o pivete e diz:

-'Jovem, não me faça rir, estamos numa batalha, como você falou e graças a Gaia temos Elo Espiritual e Benção de Gaia como Theurges de verdade e que respeitam os espíritos, coisa que ainda não vi vinda de você, Quer falar sobre controlar os espíritos? VOCÊ?. Quer testar força comigo?? Não fique se achando tanto! Uma vez que você está gozando com o pau do seu irmão! O que você fez da sua vida até hoje? Conseguiu limpar o próprio rabo ou precisou que seu irmão limpasse o dele direito para que você se ovacionasse com o seu rabo sujo mas o dele muito limpo?? Cresce rapaz e pare de se vangloriar com histórias que não dizem o seu nome.'

Não ficaria ali discutindo com um Garou que recém abandonou as fraldas, tinha mais o que fazer, Uli queria falar com o Presas de Prata e assim que o Cria de Fenris terminasse suas palavras, Iurd sairia dali e iria falar com seu irmão de tribo.

_________________
Hominídeo - Ahroun - Presa de Prata - Anjos Guardiões - Inimigos da Wyrm - Cabana da Lua
Aparência 04
Raça Pura 05
Fúria 07
Características notáveis: Magnetismo Animal, Coragem Infecciosa
Cicatrizes evidentes: Cicatriz profunda em forma de [ / ] no peitoral
avatar
Iurd Byron

Mensagens : 329
Data de inscrição : 27/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Draven (Crinos) - Iurd / Serpente Marinha

Mensagem  Draven Fangs em Qua Maio 21, 2014 11:52 pm

Draven nota que o Iurd apenas cospia besteiras enquanto tentava crescer para cima do Fenrir. Aparentemente o Presa de Prata não estava 100% recuperado do desafio. Uma sequela mental visivelmente havia ficado.

- Depois Águia Real...

Assim que Iurd termina sua primeira frase o Theurge volta-se em direção ao mar e ignora TODO o resto do discurso do Presa de Prata. Ele estava certo em ressaltar o que Draven já havia feito, estavam em uma batalha, ao mesmo aquilo ele havia entendido.

Ao chegar proximo a beirada do barco o Fenrir olha em direção as águas. Se o ataque havia vindo por baixo era la que o novo inimigo estava. Erguendo então seu martelo o Fenrir volta a falar com a voz ressoando como um trovão:

- GRANDE SERPENTE MARINHA! OS NOVOS INIMIGOS ESTÃO ABAIXO! DESVIE SUA COLERA PARA ELES!


_________________
Hominídeo - Theurge - Cria de Fenrir - Trovão de Mijonir
Carisma 03
Aparência 02
Raça Pura 03
Fúria 05
Idade: 22 anos
Altura: 1,90
Peso: 100kg
avatar
Draven Fangs

Mensagens : 274
Data de inscrição : 08/05/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reino do Campo de Batalha

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 5 de 27 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6 ... 16 ... 27  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum