Reino do Campo de Batalha

Página 6 de 27 Anterior  1 ... 5, 6, 7 ... 16 ... 27  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Uli - Iurd/Draven

Mensagem  Uli Jon Roth em Qui Maio 22, 2014 1:12 am

Uli é derrubado em meio a sua fala com Iurd ao chão pelo tiro que aparentava ser de um submarino, então o Presa de Prata Athro começa sua discussão com o Cria de Fenris, que finalmente se apresenta, era um Theurge como imaginavam, mas não parecia ter muito controle sobre suas criações, e cada vez que abria a boca falava mais merda.

O Presas continua vendo a discussão dos dois, que é mais Iurd mostrando o lugar de Draven e o Cria falando baboseiras, e então fala. Algo quanto a um desafio do irmão de Draven e Iurd, aquela era uma lenda que Uli não tinha escutado, na verdade, escutara apenas o básico da seita, apenas o mais conhecido por todos, o começo da Devastadores da Wyrm, por isso conhecia Iurd de nome.

Uli pensou em intervir, mas aquele trabalho seria mais para um Philodox, e por mais que ele quisesse se meter no meio daquela briga, e aceitar o desafio que legalmente Iurd não era obrigado a aceitar, aqueles de fato eram tempos de guerra, e realmente o alemão tinha problemas mais urgentes a discutir com Águia-Real.

Mas então o Theurge vira as costas para Iurd e o deixa falando sozinho, por mais que soubesse que Iurd quereria resolver aquilo ele mesmo, a Fúria era grande em Uli, que não queria deixar um Cria de Fenris ofender uma lenda de sua tribo daquela maneira, ainda mais um Cliath, ele deveria saber o seu lugar. Uli muda para sua forma Crinos e uiva para Draven.

"- Iurd não precisa pelas leis Garou aceitar seu desafio, pois ele já mostrou seu valor e já atingiu o posto de Athro, mas eu cansei dos seus desrespeitos, para com minha tribo e para com os espíritos! Eu, Uli Jon Roth, Sacrifícios-dos-Ancestrais, Cliath, Galliard, dos Presas de Prata, O DESAFIO! E que tenha a consciência de que estamos em batalha, que o Philodox da Matilha indique a hora e o lugar que eu vou enfiar seu rabo por entre suas pernas, caso você ainda tenha pernas, ou um rabo."

Uli rosnava de Fúria, e estava irritado com aquele Theurge que se achava o pica das galáxias e era tão pinto quanto o próprio Uli.

_________________
Presas de Prata - Fostern - Hominídeo - Galliard - Sacrifício-dos-Ancestrais
Aparência: 3
Carisma: 5
Raça Pura: 4
Fúria: 6
Qualidades: Reputação (último membro da Garra Conquistadora, forte ligação com os ancestrais de sua familia)
avatar
Uli Jon Roth

Mensagens : 239
Data de inscrição : 10/04/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Draven (Crinos) - Uli

Mensagem  Draven Fangs em Qui Maio 22, 2014 3:00 am

O Cria de Fenrir já havia se concentrado no que era realmente importante, mas aparentemente outro Presa de Prata resolveu se meter no meio da guerra.

Sera que o Fenrir era o unico ali que dava a devida atenção ao fato do navio estar sendo bombardeado?

Ja sem muita paciencia para os choramingos dos Presas o Fenrir rosna de volta de forma rapida:

- PELO FOGO DE NIFLHEIM... OK PRESA DE PRATA! EU ACEITO SEU DESAFIO! AGORA PRESTE ATENÇÃO INFELIZ! ESTAMOS NO MEIO DE UMA GUERRA!

O Fenrir não acreditava que no meio daquilo tudo eles ainda tinham tempo pra parar e berrar em seu ouvido. Era uma pena, aos olhos de Draven, ver que a tribo que um dia liderou a Nação Garou inquestionavelmente chegou ao estado em que chegou.

_________________
Hominídeo - Theurge - Cria de Fenrir - Trovão de Mijonir
Carisma 03
Aparência 02
Raça Pura 03
Fúria 05
Idade: 22 anos
Altura: 1,90
Peso: 100kg
avatar
Draven Fangs

Mensagens : 274
Data de inscrição : 08/05/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ingrid (Crinos) - Vingadores & Agregados

Mensagem  Ingrid Reis em Qui Maio 22, 2014 8:45 am

Apesar de concentrada em acompanhar a evolução dos espíritos é inevitável ouvir mais um xilique do Fenris. Menos mal que Henker estava ali, pois assim não precisaria ser enganosa para fazer o que tinha que ser feito. Do jeito que as coisas rumavam não podiam continuar e então Ingrid pede à Benção de Gaia:

- Miguel, por favor, assuma o controle dos espíritos que eu vou tentar colocar ordem nessa zona.

Nada a irritaria mais do que um xilique em um reino umbral. A Uktena caminha na forma crinos e com ar de decisão diz:

- Basta!

Olha para Henker, alheio à discussão até o momento e diz:

- Henker, me desculpe pelo que eu vou fazer, mas se suas palavras me foram verdadeiras no que passamos há pouco, me perdoe e por Gaia coloque algum juízo nesse filhote.

Obviamente que o filhote era Draven, a Theurge se aproxima de Iurd e coloca a mão no ombro do Presas de Prata apertando-o com sua força que deveria representar nada além de um beliscão no poderoso Ahroun. Ingrid fita Draven e olhando para ele diz:

- Nós precisamos colocar as coisas em ordem. Do jeito que estão, não podem continuar. Encontramos novos membros no caminho, que vieram somar e já foram abraçados pelos Vingadores. Você reencontra seu caminho, e está a cada segundo mais perto de ser um ancião. Acho que é hora de reassumir a liderança desta matilha e colocar as coisas em seu devido lugar. Temos o potencial e precisamos continuar de onde paramos um dia e para as coisas voltarem a funcionar da maneira certa, você tem que reassumir seu destino.

A Uktena olha para Draven e diz:

- Quem faz o que quer e decide por si só são os Rorins. Garous vivem em matilha e Theurges mais novos servem muito bem como assistentes dos Theurges mais experientes. Viver em matilha pressupõe respeito. Você acabou de chegar e consguiu apenas trazer desgosto. Se quiser correr sozinho, que o faça, ninguém vai lhe impedir. Mas se for correr conosco será do nosso jeito. Uma matilha inteira não via mudar por sua causa, cabe a você se adaptar a essa matilha para dela fazer parte.

A Uktena olha para Iurd e completa:

- E eu acredito que se o Theurge decidir servir à matilha e não servir de acordo com a liderança da mesma, a mesma pode decidir que a missão dele será ficar em casa lavando a louça.


E, para finalizar olha para Draven e fala:

- E se isso não funcionar eu posso cuidar pessoalmente para que o desgosto de todos os espíritos recaiam sobre você. Mas eu tenho certeza de que você não vai querer isso...

_________________
Ingrid Reis - Elo Espiritual
Impura - Athro - Theurge - Uktena - Devoradores de Demônios
Deformidade de Impura -> Propensa à Crueldade
Qualidades -> Magnetismo Animal
Raça Pura 4
Aparência 5
Fúria 2
avatar
Ingrid Reis

Mensagens : 394
Data de inscrição : 28/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Draven (Crinos) - Vingadores e Agregados

Mensagem  Draven Fangs em Qui Maio 22, 2014 12:10 pm

Era o fim da picada, realmente. Novamente a Uktena vem até Draven no meio da guerra e faz um discurso sobre como correr em matilha. O Theurge em momento algum havia ofendido qualquer um daqueles Garous, mas todos pareciam se doer a cada gesto do Cria de Fenrir.

Certamente o grande corvo havia se enganado. Aquela não poderia ser a matilha na qual encontraria sua grande batalha e a morte que tanto havia sonhado. Na melhor hipotese encontraria a morte no frenesi de algum desmiolado Presa de Prata.

Ao termino das palavras da Uktena e vendo que ali ninguem se importava pelo fato de terem sido atingidos e sim de bater boca enquanto estavam no meio da guerra o Fenrir diz pra Uktena:

- Ameace o quanto quiser filha de Uktena, não tenho medo de você. Vim me juntar a vocês, pois Hrafn, o corvo, me disse que encontraria minha tão sonhada luta de vida ou morte nesta matilha. Fui treinado pelos Theurges da Amazonia e não é um Ahroun que vai me ensinar como lidar com os espiritos. Não faltei com respeito a nenhum de vocês, mas choram como se tivesse feito... Se não quiserem me aceitar, paciencia. Se quiserem... Será uma honra correr com vocês.

_________________
Hominídeo - Theurge - Cria de Fenrir - Trovão de Mijonir
Carisma 03
Aparência 02
Raça Pura 03
Fúria 05
Idade: 22 anos
Altura: 1,90
Peso: 100kg
avatar
Draven Fangs

Mensagens : 274
Data de inscrição : 08/05/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ingrid (Crinos) - Draven

Mensagem  Ingrid Reis em Qui Maio 22, 2014 12:19 pm

Já imaginava que o Fenris iria retrucar, mas estava determinada em por um ponto final naquilo que já lhe enchera a paciência. Não gostou da maneira como ele abordou o Espírito que falara consigo e, por mais que entendesse que nem sempre os espíritos surgem bem humorados (vide o Dragão do Mar), sabia que cada um era responsável pelos danos que os espíritos que invocou causaram e o Dragão de Draven tinha jogado três membros da matilha ao mar. Podia até concordar que um Ahroun não deve ensinar um Theurge como lidar com espíritos, mas a postura de afronta a tudo e todos sendo um recém-chegado incomodavam Ingrid que sabia que se um limite não fosse colocado naquele momento, não seria colocado em momento algum. Lamentava por Henker que acabava sendo a maior vítima da situação, mas não podia esperar. Aquela insubordinação tinha que ter um fim e era imediato.

- Suas opiniões pouco me importam filhote. Eu não ameaço, eu faço. Se Iurd não quiser assumir essa matilha eu mesma a assumirei. Essa matilha não precisa de um Theurge que não somou em nada desde que chegou. Não me interessa quem lhe treinou e nem onde. O Ahroun do qual você fala é um Athro e lidera essa missão enquanto você ainda cheira a leite e tem que aprender muito para começar a escrever sua própria história. Se você não é capaz de se submeter ao líder em tempos de guerra e nem de se submeter ao de posto mais elevado, volte pro lugar de onde nunca deveria ter saído. Pra correr com essa matilha tem que trabalhar do jeito que ela trabalha. Ela funcionava muito bem até você aparecer. A matilha não vai mudar por você, ou você muda seu comportamento para correr com essa matilha ou pode pular desse barco que não fará a menor falta.

_________________
Ingrid Reis - Elo Espiritual
Impura - Athro - Theurge - Uktena - Devoradores de Demônios
Deformidade de Impura -> Propensa à Crueldade
Qualidades -> Magnetismo Animal
Raça Pura 4
Aparência 5
Fúria 2
avatar
Ingrid Reis

Mensagens : 394
Data de inscrição : 28/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Draven (Crinos) - Vingadores e Agregados / Ingrid

Mensagem  Draven Fangs em Qui Maio 22, 2014 1:06 pm

O Fenrir cruza os braços enquanto escuta as novas falas de Ingrid e ao termino delas diz:

- A sua opinião pouco me importa... Alguem que manda o espirito do vento me atacar e agora se faz de vitima pra mim vale menos do que os que estão morrendo naqueles navios... Não neguei ordens dos de posto mais alto... Se Águia Real for assumir esta matilha e não quiser me aceitar nela, eu volto meu caminho assim que este barco ancorar.

E com a mesma naturalidade que começou sua fala Draven termina. Agora era esperar apenas que o Ahroun falasse o que tinha para falar para saber qual seria seu destino.

_________________
Hominídeo - Theurge - Cria de Fenrir - Trovão de Mijonir
Carisma 03
Aparência 02
Raça Pura 03
Fúria 05
Idade: 22 anos
Altura: 1,90
Peso: 100kg
avatar
Draven Fangs

Mensagens : 274
Data de inscrição : 08/05/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ingrid (Crinos) - Draven / Henker / Ceifador / Iurd

Mensagem  Ingrid Reis em Qui Maio 22, 2014 2:00 pm

As palavras do Fenris só demonstram mais quem ele era e como ele era desnecessário naquela matilha. Tudo, absolutamente tudo estava bem até a chegada do mesmo e agora ele além de dizer que Ingrid valia menos que os inimigos lhe acusava de se fazer de vítima por ter mandado o espírito lhe ensinar bons modos. Sem paciência para aquela situação, Ingrid diz:

- Não me importa o que você me considera ou deixa, importa o que a minha matilha pensa e eu tenho certeza que ela confia muito em mim e não em qualquer bostinha que aparece para trazer discórdia. Mandei o espírito lhe ensinar boas maneiras enquanto você gritava histericamente com ele por ele falar comigo com todo o respeito que pauta a relação entre um Theurge e um espírito, mas acho que isso eles não lhe ensinaram na Amazônia. Talvez você precise de um Theurge com paciência para lhe ensinar a se comportar de forma decente. Não tenho culpa se a lição que o espírito considerou justa fosse um ataque, embora eu não negue que eu tenha adorado assistir a isso.

A Theurge olha para Henker e Ceifador, a quem tinha se superado para ajudar há pouco e diz para os dois Fenris:

- Sabem, eu pensei que o incidente no caminho a este reino mudaria minha relação com os Crias de Fenris, mas sempre tem um imbecil para estragar tudo não é mesmo?


Volta a sua atenção para Draven e conclui:

- Se você não baixar a crista, não tem espaço para você nessa matilha se você não mudar sua postura. Ou aceita e se adapta a como a matilha funciona, respeitando os Garous de posto mais alto e a hierarquia da matilha, ou procure seu rumo bem longe de nós. Se Iurd não assumir, eu assumirei e já sabe da minha decisão, embora eu acho que o melhor nome para essa matilha voltar aos eixos.

Ao final da sua fala, olha para Iurd. Esperava que ele se manifestasse e botasse um fim naquele carnaval.

_________________
Ingrid Reis - Elo Espiritual
Impura - Athro - Theurge - Uktena - Devoradores de Demônios
Deformidade de Impura -> Propensa à Crueldade
Qualidades -> Magnetismo Animal
Raça Pura 4
Aparência 5
Fúria 2
avatar
Ingrid Reis

Mensagens : 394
Data de inscrição : 28/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Henker (Crinos) - Draven/Iurd/Ingrid/Yuri/High-Tech/Demais

Mensagem  Convidado em Qui Maio 22, 2014 3:13 pm

- BASTA!

O garou estava preocupado com Nathan que estava sozinho e com água subindo e o tiro que acertara o casco aumentava ainda mais a sua preocupação com o ragabash na sala de máquinas.

- QUE EU ME RECORDE A LUTA AINDA NÃO ACABOU.

Ele então se vira para Draven e segue em sua direção...

- HENKER VON FENRIRSULFR... ALGOZ DE EINHERJAR... MODI... HOMEM... CRIA DE FENRIS... MÃO DE TYR...

E quando finalmente está a frente do theurge finaliza.

-... ALPHA DA VINGADORES...!

Ele aponta o dedo para Iurd e para Ingrid

- Eles são Vingadores, são meus irmãos e a pouco tempo eu acabei de sangrar com eles... e não fosse a sua tribo ser a minha, e ao que parece, seu irmão ser meu líder, eu pessoalmente resolveria o seu problema.

Havia raiva genuína na voz do ahroun...

- Iurd, athro, líder dessa missão e Vingador assim como Ingrig, athro, sua superior como theurge e mestre de rituais da Vingadores... e vc irá respeitá-los... por ser um Fenris eu irei relevar o seu problema inicial... ao que parece existe algum problema comportamental com os membros da minha tribo e irei resolver isso, mas enquanto você não se retratar com os meus irmãos que estão lutando para manter este seu traseiro insolente inteiro...

Ele aponta para o mar...

-... sinta-se livre.

Volta novamente o olhar para o garou e continua...

- Você lembra do que dizem de nós?

- "Não pense que seu status entre os Crias te dá o direito de fazer o que quiser entre os humanos, ou entre os Garou, ou na verdade entre quaisquer crianças de Gaia... a Mão está observando, e irá destruí-lo se você esquecer seu lugar." Eu tenho certeza de que você ouviu muito bem isso

- Eu sou da Mão de Tyr e não me importo em quem é o seu irmão. Eu conheço Ira-de-Thor... eu o tenho como irmão, eu o respeito pois ele é meu líder, eu o respeito pelo seu posto... mas eu não conheço você... Iurd é meu irmão assim como Ingrid, e você os desrespeitou...  nesse momento Nathan, que é meu irmão, está sozinho lá embaixo tentando não deixar esse barco afundar... e está sozinho por determinação dele mesmo pq ele entende que a matilha é maior do que apenas um, e estamos perdendo tempo porque tem um pequeno pedaço de carne achando que é alguém... eu não te conheço, meu totem não te conhece, e se vc quiser fazer parte dessa matilha e ter seu nome cantado é bom você saber que foi o garou que você ofendeu, o Inimigo da Wyrm do Caern Coração de Gaia é um dos que lidera essa missão.

Ele aponta para Iurd e fala

- Eu sou seu alpha, e ainda sim, me submeto à liderança dele em respeito à quem ele é,ao seu nome, e ao seu posto. Foi seu irmão quem o desafiou e ganhou, não foi você... não foi nenhum outro Cria de Fenris então cuidado da próxima vez que falar isso, enquanto em minha presença... Retrate-se agora com a minha matilha ou lance-se ao mar.

- Ingrid é uma impura, que se provou e é a lider de sua tribo, os Uktenas e ela me salvou... assim como salvou Ceifador, que também é um Cria de Fenris... ela nos livrou de um feitiço de um Rastejante Nexus trazido por uma maldita... e pelo que eu entendi, você sequer conseguiu controlar o espirito que vc invocou...

O garou não piscava, estava implacável em suas palavras.

- Eu não preciso de um garou que não saiba respeitar e que não obedeça simples ordens...!

Sem tirar os olhos do theurge ele continua...

- Ingrid tem minha palavra, tem minha gratidão e confiança e ela não volta...

Ainda encarando o garou, esperando pela decisão do mesmo ele fala mais alto...

- Agora... Curto-Circuito ficou lá embaixo... se não há mais inimigos aqui em cima, eu peço que o ajudem a terminar aquilo lá em baixo... Yuri... Hich-Tech... e quem mais que, se não estiverem fazendo nada melhor desçam para ajudá-lo... Se estiver ok para você Iurd.

E nesse momento ele volta os olhos para o Presa de Prata mostrando para o mesmo que respeitava e honrava o acordo que o mesmo fizeram com ele e então volta os olhos para o Theurge...

- Eu estou esperando pela retratação faça algo que não seja se curvar, ou pular... e seu problema será comigo...!

O garou exalava ferocidade, e derramava sua fúria contra o theurge, deixando claro qual era a terceira opção.


Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

CRINOS

Mensagem  Iurd Byron em Qui Maio 22, 2014 3:55 pm

Águia Real - Draven / Ingrid / Henker / Todos

Falar com um Cria de Fenris era o mesmo que falar com uma pedra, simplesmente inútil, tudo que era falado, fosse por Iurd ou por Ingrid, era totalmente ignorado pelo Theurge, era cabeça dura e imbecil.

Ingrid tentava ser paciente e explicava o b a BA da situação como se explicava à um filhote recém transformado, explicava de forma simples e ao mesmo tempo dava a Iurd um toque sobre a assunção da matilha e diz que se ele não o fizesse, ela o faria. Totalmente justo e compreensível diante dos recentes acontecimentos.

Quando a Theurge termina de falar, Águia Real iria tomar a palavra porém Henker o faz antes. O Alpha da matilha arrancava a pele do Fenris sem dó nem piedade e aquilo agradava o Presas de Prata, não que aquilo o fizesse ser o cara mais feliz do planeta, o moleque era um cliath e pelo visto era recém promovido.

Enquanto Henker falava, Iurd toca no ombro de Ingrid, se poe na altura do ouvido da garou e diz para somente ela ouvir:

-'Quero conversar cntg a sós quando isso terminar.'

Dito isso, ele voltava a prestar atenção nas palavras do Alpha, se Draven tomasse tal atitude, Iurd iria continuar desgostando do Filhote, mas pelo menos iria colocar o garou em seu devido lugar.

Em respeito as palavras de Henker, Iurd opta por não falar nada agora mas não deixaria passar quieto o que havia falado para Ingrid, não deixaria que ele dissesse que o inimigo é mais confiável que ela quando ele quem não se demonstrou de confiança.

_________________
Hominídeo - Ahroun - Presa de Prata - Anjos Guardiões - Inimigos da Wyrm - Cabana da Lua
Aparência 04
Raça Pura 05
Fúria 07
Características notáveis: Magnetismo Animal, Coragem Infecciosa
Cicatrizes evidentes: Cicatriz profunda em forma de [ / ] no peitoral
avatar
Iurd Byron

Mensagens : 329
Data de inscrição : 27/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Draven (Crinos) - Henker / Vingadores

Mensagem  Draven Fangs em Qui Maio 22, 2014 11:29 pm

Draven estava para responder a Uktena quando um outro Garou vem se manifestar como sendo um Fenrir. No primeiro instante em que bateu os olhos sobre o Fenrir o Theurge achou que ele estava brincando. Uma brincadeira muito da sem graça, mas não.

O Theurge descruza os braços a cada palavra dita pelo "Alpha" da Vingadores até que no fim fica com um dos punhos fechados e o matelo sendo segurado firme na outra não.

Os olhos do Fenrir queimam com raiva. Raiva que não havia sido dirigida sobre nenhum dos membros daquela matilha (ao menos não com tanta intensidade). Ao final das palavras do Ahroun Henker larga o martelo e diz com a voz visivelmente irritada:

- Eu fui o UNICO aqui a questionar o fato de estarmos em GUERRA seu imbecil. EU NÃO DESRESPEITEI NINGUEM até ser desrespeitado mais de uma vez... E o que vejo aqui é um Cria de Fenrir, não como eu, mas um Fenrir... Se arrastando por um cargo de Alpha?

Draven abaixa e pega seu martelo mais uma vez enquanto diz:

- Eu não desrespeitei NENHUMA ordem dada... Salvo a ordem imbecil de ficar no canto e assistir... EU NÃO ME GABEI de qualquer vitória tida por meu irmão nem qualquer outra conquista...

Draven começa a caminhar em direção a borda do navio e diz enquanto anda:

- Eu não vou me retratar a ninguem... E quanto a você... "Fenrir"... Golgol saberá o que foi feito aqui hoje, não se preocupe...

Sem olhar pra trás o Theurge para na beira do navio e completa:

- Espero que viva pra sempre Garou... E boa sorte a Vingadores.

Dito isso o Garou se lança ao mar, desaparecendo da vista de todos.

_________________
Hominídeo - Theurge - Cria de Fenrir - Trovão de Mijonir
Carisma 03
Aparência 02
Raça Pura 03
Fúria 05
Idade: 22 anos
Altura: 1,90
Peso: 100kg
avatar
Draven Fangs

Mensagens : 274
Data de inscrição : 08/05/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Matilha Vingadores

Mensagem  Narrador em Sex Maio 23, 2014 10:07 am

Os navios se afundavam um a um, no entanto o próprio barco onde estavam os Garous começa a demonstrar instabilidade. Ryan nota que as luzes de emergência indicavam que a casa de máquinas principal havia sido comprometida pelo novo torpedo e que com isso o barco corria risco de começar a afundar.

Um novo torpedo atinge o navio, mas destroços de submarinos destruídos pela Dragonesa do Mar (que logo depois de destruir dois submarinos vai embora com Draven que sobe nela e segue rumo ao horizonte), pelo Kraken e pela Hidra começam a voar por todos os lados. Não havia mais inimigos, mas havia um navio com sérios prejuízos à sua estrutura.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ingrid (Crinos) - Vingadores & Agregados

Mensagem  Ingrid Reis em Sex Maio 23, 2014 3:25 pm

Gosta da postura de Henker. Autoridade e firmeza no apoio aos membros da matilha e colocando o irmão de tribo em seu devido lugar. Simpatizava com ele depois disso, mas a verdade é que ela estava convencida que os problemas eram fruto da hierarquia irregular. Garous tinham posto por um motivo e um Cliath era para ser liderado por Athros, não o contrário. A Theurge imaginava que Draven não aceitaria a ordem de Henker e enquanto esperava sua resposta ouve a fala de Iurd e comenta:

- Quando quiser.

Estava disponível e essa conversa adia seus pensamentos. Henker seguiria como Alfa, mas Iurd deveria assumir para evitar que aquilo se repetisse. A Vingadores havia caído muito depois que Ryan foi embora. Não por conta do novo Alfa, isentava Henker disso, mas porque aquela loucura hierárquica não duraria muito tempo. Os pingos deveriam voltar pros is, mas antes que Ingrid concluísse seu raciocínio, Draven pulou no mar e seguiu nadando e Ingrid comenta:

- Já foi tarde, que os ventos lhe amaldiçoem por todos os dias.

Uma brisa gélida corre o navio após a maldição estática ter sido entoada e imediatamente a Theurge volta sua atenção pra os demais, porém quando ia falar, um novo torpedo atinge o navio e em seguida os destroços dos inimigos voavam por todos os lados. Não sabia o que fariam agora e, então, olha para Iurd esperando que algum norte fosse dado. Sem inimigos, a Theurge se sentia meio perdida em um barco. Não era seu habitat e não sabia como colaborar naquela situação.

_________________
Ingrid Reis - Elo Espiritual
Impura - Athro - Theurge - Uktena - Devoradores de Demônios
Deformidade de Impura -> Propensa à Crueldade
Qualidades -> Magnetismo Animal
Raça Pura 4
Aparência 5
Fúria 2
avatar
Ingrid Reis

Mensagens : 394
Data de inscrição : 28/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Henker (Crinos) - Draven/Iurd/Ingrid-Vingadores

Mensagem  Convidado em Sex Maio 23, 2014 8:39 pm

- GOZA COM O PAU DO IRMÃO, FOGE DE DESAFIOS E CHORA NO COLO DO PAI... VOCÊ É UMA DESGRAÇA PARA O SANGUE QUE CARREGA E PARA TRIBO QUE ÉS...!

O garou grita ante as ultimas palavras do garou que saia nadando enquanto concorda com a cabeça ante as palavras de Ingrid.

Nos olhos dela via aceitação, mas o dano à sua liderança estava causado, olha para Iurd, mas nada fala, o direito residia nos dois, ele só tentava fazer o seu serviço, e se pergunta se as palavras do maldito nadador era uma constante na matilha.

Decide que não, não impusera sua liderança, mas aquilo não era hora, pois um novo ataque viera, e ele lembra-se de Curto-Circuito.

- Iurd, se não tiver mais nada a fazer aqui, preciso de ajuda com o Nathan lá embaixo... ele está sozinho e tem muita água...

Esperava tão somente que ainda desse tempo para ajudar o ragabash...!

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

CRINOS

Mensagem  Iurd Byron em Sab Maio 24, 2014 1:41 am

Águia Real - Todos

Era engraçado como o Cliath preferia morrer a colaborar com a matilha que ali estava, Henker havia dado a chance do garou se redimir perante os de posto mais alto e perante a matilha que havia "lutado" ao lado do retardado mas mesmo assim ele preferia enfrentar o reino da batalha sozinho a ajudar os garou a resgatar o Ancião de sua própria tribo que se encontrava perdido, vítima da armadilha de traidores do Caern.

Tinha falado com Ingrid que precisava falar com ela, ela apenas confirmava dizendo que falariam quando ele quisesse, ele sabia o que tinha que fazer, assumiria a matilha e faria aquilo mais cedo ou mais tarde, apenas não queria que ficasse um clima pesado na matilha por conta de Henker, apesar de que o Feris havia presenciado e ouvido todo discurso da Uktena.

Após Draven pular ao mar o navio era atingido por alguma coisa e ao que aprecia estava seriamente danificado, só então que henker atualiza Iurd a respeito da condição da embarcação e de como Curto Circuito precisava de apoio, imediatamente, o Presas de Prata diz:

-'High Tech, Sem Nome e Yuri, desçam junto com Henker para ajudar Curto Circuito!! Vocês são os que são mais safos e os que podem auxiliar o Andarilho disso!! Contamos com vocês!! High Tech, deixe o navio travado para seguir em frente, na direção que Edwin disse, precisamos continuar navegando à oeste. Ingrid, por favor, tem como pedir o auxílio temporário desses espíritos que aqui estão para que possamos manter a estabilidade do navio?? Se tiver como, faça-o por favor, precisamos nos manter acima do nível da água!'

Iurd não sabia o que seriam capaz de fazer aquilo mas era o que conseguia pensar no momento, não pensava em liderança de matilha, ou qualquer outra coisa, pensava só em tirar seus irmãos dali com vida para que prosseguissem na missão.

_________________
Hominídeo - Ahroun - Presa de Prata - Anjos Guardiões - Inimigos da Wyrm - Cabana da Lua
Aparência 04
Raça Pura 05
Fúria 07
Características notáveis: Magnetismo Animal, Coragem Infecciosa
Cicatrizes evidentes: Cicatriz profunda em forma de [ / ] no peitoral
avatar
Iurd Byron

Mensagens : 329
Data de inscrição : 27/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ryan McDougall "High-Tech" (Glabro) - Todos

Mensagem  Ryan McDougall em Sab Maio 24, 2014 5:57 am

* Ryan percebia a confusão que se desenrolava no deck e meramente soergue uma sombrancelha antevendo que o assunto seria apenas alguma babaquice de indivíduos desprovidos de muita inteligencia. Nem ao menos se digna a acompanhar a confusão, se os demais estavam de bobeira, ele não estava. Tinha uma banheira velha para navegar. *

" Seus tempos de líder tao pra traz.. Essa pica não é mais sua.. "

* Independente de quaisquer pensamentos que cortassem sua mente, continuava manobrando o navio e operando uma centena de outros mecanismos ao mesmo tempo, sua mente era abençoada mente superior e não sofria com as limitações comuns. Observa de canto de olho que o Peregrino Silencioso que havia se tornado um irmão de caçada aparece subitamente na sala de comando e estava prestes a dar alguma coisa para ele fazer quando um torpedo atinge o navio e joga o próprio andarilho violentamente de encontro ao painel. Agarra-se onde consegue e se levanta resmungando: *

- É por isso que pararam de fabricar essa merda. Lento demais, pesado demais, caro demais.. E esses viadinhos de submarino custam bem menos grana e mesmo assim afundam a gente. Filhos da puta..

* Os alarmes agora tocavam em níveis alarmantes e Ryan começa a programar os painéis para entender a extensão dos danos e tentar minimiza-los. Gostaria de poder fecha as comportas dos locais onde a agua vazava, mas sem comunicação com a casa de maquinas não correria o risco de afogar Curto-Circuito. No momento que pensa em perguntar sobre o que acontecia na casa de maquinas, IURD grita lá de baixo e pede ajuda do Andarilho. Rapidamente programa o navio no piloto automático e trava o remo-leme na direção que já seguiam. Deixa o Philodox e o Theurge na sala de comando com um comentário satírico: *

- Fiquem de olho aqui, e se muita coisa começar a apitar e o painel ficar vermelho, não chorem.. Normalmente o capitão guarda um whisky forte em algum lugar por aqui pra esses momentos..

* Sem mais, deixa-os com o que deveria ser uma piada e simplesmente desce para a casa de maquinas sem esperar por ninguém. Se alguem podia resolver esse problema alem do próprio Nathan e impedir a banheira de afundar, esse alguem era High-Tech. *

_________________
Ryan McDougall - "High-Tech"
Ahroum - Andarilhos do Asfalto - Alfa da Vingadores - Cliath

Aparência 5
Fúria 6
Raça-Pura 0
avatar
Ryan McDougall

Mensagens : 134
Data de inscrição : 28/01/2013
Idade : 28
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Matilha Vingadores

Mensagem  Narrador em Sab Maio 24, 2014 11:15 am

Sem-Nome desce da torre e já toma o rumo da casa de Máquinas. O caminho estava todo escuro pois não havia mais iluminação. Os circuitos elétricos do navio estavam todos em pane e várias mini-explosões vão acontecendo até que em dado local do caminho até onde estava Yuri os Garous se deparam com tudo destruído. A passagem era bloqueada por chapas de aço, pedaços de escombros e tomada pela água que, se avançassem, teriam que mergulhar. Todas as casas de Máquinas estavam comprometidas não havia como ter acesso e se Nathan ainda estivesse lá já deveria estar afogado.

'- Fodeu!' - exclama o Ragabash ante a situação.

Areias-da-Justiça estava na cabine com Oráculo-do-Abismo quando todos os painéis começam a piscar. E um alarme ecoa. Alguma coisa não caía bem e, enquanto o Theurge continuava concentrado para manter a pedra caçadora apontando na direção do destino, só Amphw podia tentar fazer algo, embora fossem necessários muitos conhecimentos náuticos para tentar algo ali.

No convés, a instabilidade do navio é sentida. Benção-de-Gaia ordena que a Hidra mantenha o navio estável e as cabeças da Hidra começam a segurar o Navio a a empurrá-lo na direção. Havia estabilidade, mas quem controlava o navio agora era a Hidra de Benção-de-Gaia.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Uli (Crinos)

Mensagem  Uli Jon Roth em Sab Maio 24, 2014 5:30 pm

O Presa de Prata vê a partida daquele Fenris que trouxera apenas problemas, e o navio parecia em pior estado depois da partida do Garou. Aquele maldito Theurge tinha fugido e não cumprira com sua palavra em aceitar o desafio de Uli, e o Galliard percebia o quão desonrado era aquele Garou que partia.

O tal de Henker, possível alfa da matilha, mas que era Cliath chega dando ordens a Iurd, que mesmo assim mantem sua postura de liderança, que era óbvia ali na matilha, mais do que pelo seu Posto e sim pela sua personalidade. Uli apenas aguardava para poder falar com Iurd pessoalmente, se não conseguisse entregar sua mensagem rápido ela perderia sua utilidade. O Crinos rosna em desaprovação à partida de Draven, e apenas observa a Hidra carregar o navio em direção à Oeste.

_________________
Presas de Prata - Fostern - Hominídeo - Galliard - Sacrifício-dos-Ancestrais
Aparência: 3
Carisma: 5
Raça Pura: 4
Fúria: 6
Qualidades: Reputação (último membro da Garra Conquistadora, forte ligação com os ancestrais de sua familia)
avatar
Uli Jon Roth

Mensagens : 239
Data de inscrição : 10/04/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ingrid (Crinos) - Kraken

Mensagem  Ingrid Reis em Sab Maio 24, 2014 7:24 pm

A Hidra de Bênção de Gaia ia dando a estabilidade que Iurd havia pedido mas só havia uma maneira de manter uma estabilidade naquelas condições, era saindo da água. Ingrid tinha dois espíritos ali para comandar e imediatamente convoca o grande Kraken para ajudar a matilha:

- Poderoso Kraken, erga o navio e o mantenha acima do nível do mar!

Era o que podia fazer mediante o pedido de Iurd. Os espíritos do vento teriam que usar muita força para erguer o navio, o Kraken parecia ser o mais indicado para a tarefa.

_________________
Ingrid Reis - Elo Espiritual
Impura - Athro - Theurge - Uktena - Devoradores de Demônios
Deformidade de Impura -> Propensa à Crueldade
Qualidades -> Magnetismo Animal
Raça Pura 4
Aparência 5
Fúria 2
avatar
Ingrid Reis

Mensagens : 394
Data de inscrição : 28/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Matilha Vingadores

Mensagem  Narrador em Seg Maio 26, 2014 8:31 am

Estabilizado pela Hidra, o navio é erguido pelo Kraken, ficando em sua totalidade acima do nível do mar e sem riscos de afundamento. O Kraken seguia carregando o navio na direção em que o mesmo seguia.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reino do Campo de Batalha

Mensagem  Convidado em Seg Maio 26, 2014 8:34 am

Estava um caos realmente, aquela batalha, mas era tudo o que Ceifador queria, afinal era um fenrir. SObre o outro, não iria falar nada, estava preocupado apenas em ser obstinado em sua missão, em perder a punição que fora infringido e claro quem sabe um dia encontrar Hrist, ou morrer lutando. Ceifador por enquanto não queria estar perto de problemas e liderança não era algo que lhe chamava atenção, por hora iria respeitar solenemente seus companheiros e mudar sua postura, seguir conselhos dos mais velhos e claro, se mostrar o mais forte. o mais sábio.

-QUEREM VIVER PARA SEMPRE!????


Grita Ceifador agarrado em uma corda no convés, sorrindo, o grito não saira conforme queria, afinal sua voz de coiote deixava tudo meio cômico, mas valia pelo espirito, e vamos prosseguir na peleja, que Ceifador estava com a máxima vontade.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reino do Campo de Batalha

Mensagem  Convidado em Seg Maio 26, 2014 9:12 am

Toda aquela parafernalia eletronica era de um campo ao qual o Philodox nunca participara... Se estivessem em um barco puxado por remos e vela talvez os grandes espirtos da IBIS ou do CROCODILO o ajudassem a sair daquela enrascada mas aquilo era muito mais avançado que os espiritos que abençoavam o Peregrino....

Não ajudava tambem ver os olhos vazios do Theurge... Estava em outro Mundo... Sabia.

No entanto aquelas maravilhas umbrais mais uma vez haviam ajudado... Viu a linha do horizonte se alterar e percebia que o navio estava sendo erguido... Não só erguido mas, tambem, carregado... Talvez agora tivesse paz para raciocinar, já que desde o primeiro momento tudo tinha sido um grande amalgama de guerra e desordem...

Sentindo que podia parar por um tempo, se vira para o Theurge e finalmente pergunta.

Tem alguma ideia para onde vamos meu caro Lua Crescente?

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ingrid (Crinos) - Vingadores & Agregados

Mensagem  Ingrid Reis em Seg Maio 26, 2014 4:04 pm

Andar em um barco carregado não era a melhor sensação do mundo, mas era a possível. A Theurge mantinha uma expressão séria e concentrada, indo a uma das bordas do navio e observando o horizonte enquanto seguiam. Sabia que mais perigos estavam por vir e se mantinha alerta.

_________________
Ingrid Reis - Elo Espiritual
Impura - Athro - Theurge - Uktena - Devoradores de Demônios
Deformidade de Impura -> Propensa à Crueldade
Qualidades -> Magnetismo Animal
Raça Pura 4
Aparência 5
Fúria 2
avatar
Ingrid Reis

Mensagens : 394
Data de inscrição : 28/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Crinos

Mensagem  Iurd Byron em Seg Maio 26, 2014 5:09 pm

Águia Real - Vingadores / Agregados

O Presas de Prata estava preocupado com a situação do Navio porém, graças a Gaia os espíritos conseguiram estabilizar a banheira e logo em seguida seguir com ela acima do nível do mar a pedido de Benção de Gaia e de Elo Espiritual, ali a situação era menos pior, esperava que não fossem atacados por enquanto, achava que o navio não aguentaria mais ser atacado se não conseguissem consertar o mesmo lá nas salas inferiores.

Ainda alerta ao redor de tudo ali, Iurd chega até Uli e diz para Ingrid e Benção de Gaia:

-'Obrigado pessoal, acredito que isso dê tempo até para que os reparos nos andares de baixo sejam feitos.'

Então olha para o Galliard e diz:

-'Tudo tranquilo cntg?'

_________________
Hominídeo - Ahroun - Presa de Prata - Anjos Guardiões - Inimigos da Wyrm - Cabana da Lua
Aparência 04
Raça Pura 05
Fúria 07
Características notáveis: Magnetismo Animal, Coragem Infecciosa
Cicatrizes evidentes: Cicatriz profunda em forma de [ / ] no peitoral
avatar
Iurd Byron

Mensagens : 329
Data de inscrição : 27/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Uli (Crinos) - Iurd

Mensagem  Uli Jon Roth em Seg Maio 26, 2014 7:35 pm

O Galliard vê e sente o navio ser levantado e guiado, e então Iurd se aproxima dele e pergunta se está tudo bem, Uli acena com a cabeça, e percebe que aquele seria o último momento que teria antes que mais algum raio os atingisse, então decide que seria ali e agora que entregaria a mensagem.

"- To legal. Aquele ali que saiu nadando era irmão de alguém pica entre os Fenris? Porque tenho uma notícia não tão boa quanto a essa Tribo. Sombra-do-Rei escreveu isso pra você, e para Falcão-de-Prata, e disse que era absolutamente urgente, quando apareci naquele campo de batalha tinha certeza que aquele anão viado tava me trollando, mas dai achei vocês e percebi que ele me mandou no lugar certo."

Uli estica sua mão para sua perna em Crinos, dela ele retira um pergaminho dobrado, então reverte para sua forma hominídeo e entrega o pergaminho, lacrado com o símbolo da tribo dos Presas de Prata, para Iurd, neste, estavam escritas as seguintes notícias.

O texto informa que o Rei-Byron perdeu o desafio pela liderança temporária para Ira-de-Thor e foi expulso da Seita. Aguia-Real e Falcão-de-Prata devem ir para Chicago ao terminar o desafio, o mais breve possível, e retornar imediatamente para a Seita, pois a tribo precisa deles lá

"- A coisa tá fedendo lá na seita, eles não me deixaram nem falar com o líder, o tal do Ira-de-Thor, me interceptaram e mandaram direto pra Vingadores te achar."

OFF: se tiver mais algum detalhe ou algo assim o Zero te informa, isso foi o que ele me passou

_________________
Presas de Prata - Fostern - Hominídeo - Galliard - Sacrifício-dos-Ancestrais
Aparência: 3
Carisma: 5
Raça Pura: 4
Fúria: 6
Qualidades: Reputação (último membro da Garra Conquistadora, forte ligação com os ancestrais de sua familia)
avatar
Uli Jon Roth

Mensagens : 239
Data de inscrição : 10/04/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

CRINOS

Mensagem  Iurd Byron em Seg Maio 26, 2014 11:46 pm

Águia Real - Uli / Ingrid

Olhava tudo ao redor enquanto conversa com Uli, estava atento e não iria relaxar até que tivessem saído daquele mar, aquela batalha marítima não era a praia de Iurd, não sabia navegar e nem sabia usar direito aquelas armas de fogo, apesar de se sair muito bem utilizando elas.

Uli tinha algo para falar com Águia Real, ao que parecia era algo urgente, algo que envolvia a Seita. O Galliard entrega um pergaminho ao Ahroun, sem enrolar, Iurd já abre o pedaço de papel e começava a ler, era difícil acreditar no que estava escrito, como assim seu pai havia perdido para o Ira de Thor? Como assim, expulso da seita? Eram poucas informações mas o que ele sabia era que tinham que ir logo, tinham que correr e resgatar logo os Anciões e terminar a missão.

Terminando de ler, ouvia as outras palavras de Uli, fizeram o certo não permitindo que o Galliard falasse com alguém da seita, foi bom ter apressado Iurd a terminar logo aquela missão e ir logo a Chicago. O garou não tinha muito o que falar, então olha para Uli e diz:

-'Obrigado pelo recado meu irmão... Por favor, mantenha-se a postos aí nessa arma que eu já volto para te ajudar.'

Dizia de maneira calma mas ainda assim Uli podia notar que havia tensão em sua voz e ao ver que o pergaminho, antes intacto, estava completamente amassado pelas garras de Iurd. o garou terminava de falar e caminhava até Ingrid, ao chegar perto da Uktena, o Presas de Prata diz:

-'Será que temos como acelerar as coisas e achar logo esse Fenris maldito?'

_________________
Hominídeo - Ahroun - Presa de Prata - Anjos Guardiões - Inimigos da Wyrm - Cabana da Lua
Aparência 04
Raça Pura 05
Fúria 07
Características notáveis: Magnetismo Animal, Coragem Infecciosa
Cicatrizes evidentes: Cicatriz profunda em forma de [ / ] no peitoral
avatar
Iurd Byron

Mensagens : 329
Data de inscrição : 27/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reino do Campo de Batalha

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 6 de 27 Anterior  1 ... 5, 6, 7 ... 16 ... 27  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum