Ruas - Zona Oeste

Página 6 de 28 Anterior  1 ... 5, 6, 7 ... 17 ... 28  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Vingança-de-Arawn - Mãos-que-Curam

Mensagem  Narrador em Seg Out 07, 2013 10:11 am

O Fianna entra no carro e ri da discussão que assolava o grupo e indaga ao Andarilho que quase infartara com sua chegada:

'- Vocês são sempre divertidos assim?'

Não ia se meter na briga de uma matilha que não era a sua e apenas fica quieto tomando sua vodka e esperando para ver se alguma providência ia ser tomada.

avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mayra (Glabro) - Esquadrão da Fùria + Angus

Mensagem  Mayra Hildebrand em Seg Out 07, 2013 11:19 am

O bafafá continua com um show de Pedro e um espetáculo de Ellen. Mayra não queria mais disucssões e antes que a porra toda saísse de controle, se preparava para se manifestar quando chega uma mensagem em seu celular e muda totalmente seus planos. Já saindo do carro, a Ahroun diz para todos:

- Acabou a discussão, a matilha Filhos do Sol já entrou no Hospital e falou que ele tá vazio. Eles vão manter guarda na saída dos fundos e vão vasculhar os andares superiores. Deixaram os subsolos para nós, então vamos que já perdemos tempos demais por aqui. Se o Térreo está vazio, entramos todos juntos mesmo. Não podemos deixar os irmãos que vieram para cá nos ajudar correndo riscos sozinhos lá dentro enquanto nós não conseguimos chegar a um consenso.

A Ahroun então indica a formação:

- Angus, você vem comigo na linha de fente. Logo atrás, Pedro, Amir e Ellen irão formar a segunda linha, com os Ragabashs na retaguarda. Todos em Glabro até nova orientação. Alguém tem alguma dúvida?


Ao lançar o questionamento, Mayra já estava fora do carro e pronta para seguir para entrar no Hospital.

_________________
Mayra Hildebrand - Voz de Taranis
Hominídeo / Fianna / Ahroun / Tuatha de Fionn
(Aparência 5 / Fúria 7 / Raça Pura 5)
**** Voz do Rouxinol ****
**** Magnetismo Animal ****

Cicatrizes de Batalha
* Cegueira dos Dois Olhos (provocada por um Rastejante Nexus)
* Cicatriz Profunda na altura do abdômen (provocada por um Ancião dos Dançarinos da Espiral Negra)
avatar
Mayra Hildebrand

Mensagens : 429
Data de inscrição : 28/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas - Zona Oeste

Mensagem  Anksu Nanm em Ter Out 08, 2013 1:06 am

E mais uma vez a matilha começa a se estapear do nada... E de novo é um Philodox e um Auhron, isso já estava começando a virar moda. Ellen entra na guerra também...
Quando jogam a decisão para nós Ragabash penso um pouco e logo depois que Balik fala eu dou minha resposta.
-Bom se é para ser furtivo acho q só eu e Balik devemos entrar. E eu acho o plano da Ellen efetivo já que o meu papel e de Balik é extrair informação. Rápidos e rasteiros.

E quando parecia que o circo e começar a apresentar o espetáculo Mayra nos fala da Mensagem e já sai do carro.

Como eu não queria mais confusão apenas falo.
-Vamos com calma pois isso pode ser uma emboscada e podem querer nos encurralar lá dentro. Vamos todos preparados para o combate e eu gostaria de pedir sua autorização para que eu e Balik acompanhemos vocês já na furtiva e invisíveis para sermos elementos surpresas também. Mais vamos não temos tempo a perder, as pistas podem esfriar e com isso não saberemos para onde eles foram...

Caminho seguindo Mayra de perto.

_________________
Aspecto-do-Invisível
Hominídeo - Ragabash - Peregrino Silencioso - Cliath
Carisma 1
Aparência 2
Raça Pura 2
Fúria 1
avatar
Anksu Nanm

Mensagens : 106
Data de inscrição : 29/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ellen - Todos na cena.

Mensagem  Pedro Neto em Ter Out 08, 2013 6:54 am

O philodox olha para a impura e responde:

- Muito obrigado, não estamos precisando dos seus serviços de papagaio... Quando estiver precisando eu te aviso.

Após, volta-se para o Fianna e responde em tom baixo:

- Apenas alguns problemas com a liderança que não aceita concelhos de um philodox...

Após o momento todo de asneira e chilique de Ellen que nada tinha a ver com a situação, e que parecia estar com a TPM aflorada, o Philodox resolve não falar mais nada e apenas se concentra, deixando Ellen e Mayra de lado e já bolando uma estratégia em caso de um ataque surpresa, porém, somente falaria e tomaria a frente caso a "líder" fosse abatida, ou se isto salvasse um dos outros membros... Sabia que era asneira entrar daquela forma, fora treinado para situações como aquela, não estava falando por falar, mas tudo bem, agora tinha que seguir ordens de uma mulher com TPM que se vestia para a guerra como se estivesse indo para uma balada...
Pedro resolve que a partir de agora, não iria mais ouvir nenhuma das duas em relação ao que havia acontecido e iria apenas se concentrar no ataque, o resto seria ignorado como se uma mosca estive zumbindo em seu ouvido.

_________________
_________________
Pedro Nascimento Neto - "Paciência-tem-Limite"
Philodox - Filho de Gaia - Cliath


Aparência 2
Fúria 5
Raça-Pura 3
avatar
Pedro Neto

Mensagens : 30
Data de inscrição : 13/07/2013
Idade : 27
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ruas da zona Oeste [Proximidades do Hospital]

Mensagem  Amir Su'ud Al em Ter Out 08, 2013 8:24 pm

Interações com o Matilha Esquadrão da Fúria.
Em Hominídeo/ Glabro

As coisas pareciam que iam começar a andar, quando um dos Philodox começou a criticar os planos minutos antes de iniciarem a missão. Mas o problema não era simplesmente criticar, mas sim achar que a razão estava sobre ele só porque Luna o definiu como o juiz! Mayra o confronta num primeiro momento, mas o Meia Lua parece que não aprende.

Quem se estressa dessa vez é a sinuosa Galliard que, com seu jeito malandro de Roedora, dá uns toques para o Filho de Gaia. Infelizmente a sabedoria parecia passar longe da mente vazia daquele Garou. Ele permanecia na vontade ensandecida de arranjar confusão, até que Mayra dá um fim àquela discussão idiota e começa a dividir o grupo numa formação. Nesse instante, Angus faz um rápido comentário com o Andarilho, que é impossibilitado de comentar graças ao Philodox bocudo. Naquele instante, Amir fuzila o Garou com seus olhos castanhos, a fim de evitar de “fuzilá-lo” com a sua Colt.

O Andarilho suspira, retornando sua atenção para Mayra, que terminava de compor a formação. Ele ficaria ao lado do Philodox falastrão e de Ellen. A Galliard já tinha mostrado um ótimo papel na batalha da Colmeia. A única incógnita era aquele que tanto criticava, mas que nada havia mostrado. Independentemente desses pensamentos, Amir também se retira do carro, já tomando a forma Glabro para enfrentar aquela empreitada, como a Beta tinha feito. Ele rapidamente faz rápidas preces a Grande Mãe e pede a proteção da Doninha, para que ela desse coragem suficiente a todos.
________________________________________________________________________________________________________
.

_________________
Amir Su'ud al - Mãos que Curam - Aparência 4 - Raça Pura 0 - Fúria 2
Cliath - IHominídeo - Theurge- Andarilhos do Asfalto
avatar
Amir Su'ud Al

Mensagens : 148
Data de inscrição : 28/01/2013
Idade : 27
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Vingança-de-Arawn - Matilha Esquadrão da Fúria

Mensagem  Narrador em Qua Out 09, 2013 6:05 am

Diante do comentário do Filho de Gaia, o Ahroun Fianna sem cerimônias apenas responde para ele sem se preocupar se alguém ouviria ou não seu comentário:

'- O que eu vejo aqui é um Philodox que não respeita a liderança, não respeita Garous de Posto mais alto e ainda por cima, pelos relatos, só se manifesta fora da presença do líder da matilha. Vejo um Philodox que não consegue aceitar que sua ideia no mínimo é fora de hora e questiona uma liderança em momento de Guerra. Quem eu vejo errado aqui, nem de longe, é a Mayra. Antes de falar mal de uma Garou honrada e gloriosa da minha tribo, lave a boca Filho de Gaia.'

Diz isso e desce do carro, dando um último recado para Pedro:

'- E ainda quer ser respeitado como Juiz fazendo esse nível de fofoquinha...'

Fora do carro, Angus já se posiciona ao lado de Mayra e diz:


'- Vamos?'

OFF GAME: O próximo post já deve ser feito no tópico do Hospital Italiano de Santa Cruz.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mayra (Glabro) - Esquadrão da Fúria + Angus

Mensagem  Mayra Hildebrand em Qua Out 09, 2013 10:57 am

Vendo que o juiz da matilha não tinha bom senso para aceitar que sua ideia não fora aceita pela liderança, Mayra apenas olha na direção do mesmo após as palavras de Angus e diz:

- Philodox, você terá todo tempo do mundo para querer discutir suas diferenças comigo após sairmos daqui. Se não gostou de eu ser a líder dessa missão, problema. Se acha que eu não lhe dou ouvidos apenas porque não acatei a sua ideia, problema. Nós vamos entrar lá agora e você vem conosco. Não se desafia o líder em tempos de guerra, nossos irmãos estão lá dentro e não temos mais tempo para discussões bobas. Esse debate acaba aqui e agora.

A Fianna olha para todos e, para Anksu diz:

- Anksu, melhor vocês entrarem pela retaguarda. Mais seguro. Não posso me dar ao luxo de colocá-los na linha de frente em uma possível armadilha. Entrem invisíveis e com toda a segurança que puderem. Lá dentro estão livres para agir, mas mantenham contato via sms como foi sugerido, já que não temos comunicadores.


MAyra olha para Ellen, Pedro e Amir e pro fim diz:

- À minha esquerda, Pedro. Ao centro Amir. À direita, Ellen. Ragabashs na retaguarda. Eu e Angus na frente. Hora de partir irmãos. A Glória nos aguarda! Todos em Glabro até estarmos lá dentro. Agora vamos!

E, assim, a Fianna, em Glabro, parte rumo ao hospital.

Off: Continua no hospital.

_________________
Mayra Hildebrand - Voz de Taranis
Hominídeo / Fianna / Ahroun / Tuatha de Fionn
(Aparência 5 / Fúria 7 / Raça Pura 5)
**** Voz do Rouxinol ****
**** Magnetismo Animal ****

Cicatrizes de Batalha
* Cegueira dos Dois Olhos (provocada por um Rastejante Nexus)
* Cicatriz Profunda na altura do abdômen (provocada por um Ancião dos Dançarinos da Espiral Negra)
avatar
Mayra Hildebrand

Mensagens : 429
Data de inscrição : 28/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Umbra Rasa [Penumbra] - Em Crinos/ Glabro

Mensagem  Amir Su'ud Al em Sex Nov 08, 2013 3:43 pm

Interações com a Narração.
Em Crinos/Glabro

Fora do hospital, Amir sentia total auto-repulsa, por estar agora ali e não lá dentro. Aparentemente, quebrava o dogma do Totem da Esquadrão, mas deixar o Ragabash sem os devidos cuidados também não parecia justo.

O Theurge pausa a caminhada atrás de algo suficientemente grande para se esconder, deixando o Wendigo sobre o chão. Ele analisava a região a fim de aperceber a situação do local. Não poderia sair andando pelas ruas sob a pele de batalha como se estivesse indo comprar pão, mas não teria condições de levar o Lua Nova na sua forma racial. Analisava a situação, enquanto se mutava para uma de suas forma interaciais, a Glabro.
________________________________________________________________________________________________________
.

_________________
Amir Su'ud al - Mãos que Curam - Aparência 4 - Raça Pura 0 - Fúria 2
Cliath - IHominídeo - Theurge- Andarilhos do Asfalto
avatar
Amir Su'ud Al

Mensagens : 148
Data de inscrição : 28/01/2013
Idade : 27
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Mãos-que-Curam

Mensagem  Narrador em Sab Nov 09, 2013 11:38 am

As ruas estavam desertas, ao que parecia o local havia sido realmente limpo pelos contatos do falecido Paciência-Tem-Limite.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ruas da zona Oeste [Proximidades do Hospital] - Glabro

Mensagem  Amir Su'ud Al em Sab Nov 09, 2013 12:00 pm

nd Rtoskr

Interações com a Narração.
Em Glabro

Com tudo limpo e já na forma Glabro, Amir toma o Ragabash novamente no colo, levando-o para onde tinham deixado o carro da matilha. Estava atento a qualquer ruído que acontecesse, ainda não estavam seguros. O pequeno peso do Wendigo não deveria ser um problema, se não fosse a gravidade dos ferimentos do Theurge. Amir andava a passos lentos, desejando infinitamente de alcançar seu objetivo

Se conseguisse chegar no carro sem problemas, o Garou colocaria o companheiro deitado nos bancos traseiro. Ele mudaria para sua forma racial a fim de analisar a sua situação, se era realmente confiável dirigir da forma em que estava.
________________________________________________________________________________________________________
.

_________________
Amir Su'ud al - Mãos que Curam - Aparência 4 - Raça Pura 0 - Fúria 2
Cliath - IHominídeo - Theurge- Andarilhos do Asfalto
avatar
Amir Su'ud Al

Mensagens : 148
Data de inscrição : 28/01/2013
Idade : 27
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Mãos-que-Curam | Ferida-do-Vento

Mensagem  Narrador em Qua Nov 13, 2013 10:33 am

Confiável, não era. Mas quais as opções? Tanto Amir quanto Balik estavam muito feridos e sair dali não parecia que seria tão simples como deveria ser. No banco de trás, Balik começa a despertar...
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ferida-do-Vento (homindeo)/ Amir

Mensagem  Balik Samir em Qui Nov 14, 2013 8:54 am

Os olhos lentamente se abriam e em um estalo Balik se curva  projetando seu tronco para cima - A Espada, destruam a Espada! Argh! - a dor voltara. Levando sua mão a barriga, retorna a deitar no banco do carro.

Duas tossidas fortes e uma respiração ofegante ecoam no banco traseiro do carro. - Amir, - ele pondera, estava com medo da resposta que iria ouvir - Eu, realmente, fiz aquilo? - Um lágrima escorria pela lateral de seu rosto enquanto seu braço recostava-se em sua testa e o outro repousava em sua barriga. A dor em seu corpo era forte, mas a dor em seu coração,

era devastadora.

_________________
Hominídeo Ragabash Wendigo - Cliath
Carisma 3
Aparência 2
Fúria 5
avatar
Balik Samir

Mensagens : 130
Data de inscrição : 30/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ruas da zona Oeste - Hominídeo

Mensagem  Amir Su'ud Al em Dom Nov 17, 2013 7:47 am

Interações com Balik Samir.
Em Hominídeo

A dor se espalhava por todo o corpo do Garou, resultado da série de raios que lhe acertaram. Os olhos piscavam involuntariamente várias vezes, fazendo Amir clamar por todas as forças que lhe restavam. Precisava chegar ao Caern rapidamente.

Ainda na rua onde tinham estacionado o carro, o Andarilho escuta a voz penitente do Wendigo. Ele ainda se lembrava do ocorrido. O Theurge o olhou pelo retrovisor rapidamente, voltando sua atenção para o trânsito.
– Não, Balik. Você não fez nada! Quem fez foi essa que se esconde como um covarde! Mas descanse... eu vou... eu vou te levar no Caern, onde poderemos fazer um ritual de purificação, caso algo ainda esteja em você...

O Andarilho sentia dificuldades até para falar. A dor lhe era profunda e a precaução lhe batia a porta. Volta e meia ele olhava pelo retrovisor a fim de perceber o que Balik fazia, afinal não tinha certeza se era seguro estar em sua presença ainda. Mesmo assim, quando param no primeiro sinal, o Theurge desloca o seu braço e concentra sua Gnose para curar os ferimentos do companheiro de matilha. Balik sente um forte calor, precedido de uma sensação boa. Seus ferimentos sumiam aos poucos e ele se sentia muito melhor.

Com o companheiro curado, o Theurge retorna a atenção ao trânsito que tinha acabado de se moviemntar novamente.
________________________________________________________________________________________________________
- 1 ponto de Gnose para utilizar Toque da Mãe.
Todos os ferimentos de Balik são curados..

_________________
Amir Su'ud al - Mãos que Curam - Aparência 4 - Raça Pura 0 - Fúria 2
Cliath - IHominídeo - Theurge- Andarilhos do Asfalto
avatar
Amir Su'ud Al

Mensagens : 148
Data de inscrição : 28/01/2013
Idade : 27
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ferida do Vento / Narração

Mensagem  Balik Samir em Seg Dez 02, 2013 11:24 am

Amir e Balik chegaram no carro, mas Amir decidiu que deveriam passar em frente ao Hospital para caso Mayra e os demais tivessem saindo e precisassem de uma carona. Uma ideia estúpida, mas que foi posta em prática. Ao chegarem perto, os sensores de segurança do hospital - ativados desde a falha de Amir - fizeram feixes de energia serem lançados do que seriam as câmeras de vigilância do hospital e atingir o carro que explode.

Balik, por sorte, acaba não morrendo mas está muito ferido e com várias queimaduras pelo corpo (cicatriz superficial - marcas de queimadura). O corpo de Amir seguia sendo carbonizado no carro. Balik até tenta se aproximar mas não consegue tendo que fugir a pé do local...

Longe do hospital depois de ter conseguido se afastar, mas com muitas marcas de queimaduras por todo o corpo, semi-nú e sem dinheiro, Balik caminhava desamparado até o Caern.

_________________
Hominídeo Ragabash Wendigo - Cliath
Carisma 3
Aparência 2
Fúria 5
avatar
Balik Samir

Mensagens : 130
Data de inscrição : 30/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas - Zona Oeste

Mensagem  Narrador em Qua Dez 25, 2013 6:37 am

avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Tolerância-Zero - Sussurros-dos-Espíritos

Mensagem  Narrador em Sex Jan 24, 2014 5:02 pm

Depois de uma viagem de cerca de 15 minutos de moto, Amanda estaciona em uma rua pouco movimentada. O local era uma região bem pobre e havia o que parecia ser uma comunidade pobre mais à frente. A Fúria Negra tira o capacete, deixando-o preso na moto e diz para Sussurros-dos-Espíritos:

'- O lixão é no final da favela, acho que não devemos sair dos limites da comunidade se não quisermos problemas. Ali deve ser arriscado até para os Dançarinos atacarem sem danificar o véu.'

A Philodox olha para o Theurge e diz:

'- Mas não adianta nada eu divagar aqui sobre possibilidades se você não me disser o que precisa para avaliar as defesas espirituais desse local.'

Fala e espera pela manifestação do Theurge. Estava nitidamente com olhos atentos a tudo e sua postura demonstrava isso.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Sussurros-dos-Espíritos: Tolerância Zero

Mensagem  Sussurros-dos-Espíritos em Sab Jan 25, 2014 7:43 am

O jovem Xamã viajou animado. Nunca tinha andado de moto e no começo era difícil saber onde tocar. A proximidade do corpo de Amanda era perturbadora. Continuava não gostando dela, mas tinha que admitir que era bonita. Teve que escolher entra as costas de Amanda e a parte de trás da moto. Escolheu a última, pois tinha menos chance de arrancar sua cabeça.
A medida que as ruas iam passando o Uktena foi memorizando a cidade e ficou impressionado com as belezas. Apesar da pobreza e da quantidade excessiva de pessoas, era um local privilegiado. Seu choque foi maior quando a parte mais pobre e o lixão ficaram evidentes. Achava que já tinha visto o pior que a Wyrm poderia oferecer, mas a favela e o lixão eram uma combinação macabra de Wyrm e Weaver. Engoliu em seco, será que Gaia ainda tinha alguma chance?

-Esse local fede. Os humanos degradam o ambiente e ainda vivem nele. É nojento.

Voltou a se concentrar na missão, agora não era hora de chorar por Gaia, e sim de curá-la.

- Amanda, sou um Xamã, não um Trapaceiro. Não tenho dons de me esconder em qualquer local, mas tenho maiores habilidades na umbra. Vamos procurar um local seguro, longe de olhares humanos para entrar na umbra. De lá confio que encontraremos espíritos dispostos a ajudar Gaia.

_________________
Theurge Uktena
Aparência 1
Carisma 3
Fúria 2
Característica notável:
Marca de Suspeita (algo parece errado com o Garou atraindo certa desconfiança)
avatar
Sussurros-dos-Espíritos

Mensagens : 80
Data de inscrição : 20/11/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Tolerância-Zero - Sussurros-dos-Espíritos

Mensagem  Narrador em Sab Jan 25, 2014 7:54 am

'- Essas pessoas não moram aqui porque degradaram o lugar, Sussurros. É muito pior. São pessoas pobres, sem condições de morar em outro lugar. Aqui é onde grande parte da cidade, das pessoas que moram em casas bonitas e cheirosas, jogam seus lixos. E é somente aqui que essas pessoas tem condições de viver, sendo maculadas pela Wyrm sem nem ter ideia do que está acontecendo.' - Havia pesar nas palavras da Philodox que respira fundo, olha para o Theurge e diz:

'- Bom, vamos ao lugar seguro'

A Philodox começa imediatamente a caminhar prara o lado oposto à favela, convidando com um gesto Sussurros a seguir com ela enquanto falava:

'- Eu sou uma Juíza, mas tenho um dom que pode talvez ajudar a lhe manter escondido ou pelo menos dificultar que nos vejam quando entrarmos na umbra.'

Havia um grande prédio aparentemente abandonado no fim da rua e a Fúria Negra indaga ao Theurge:

'- Aquele prédio parece abandonado, podemos entrar nele para lá entrarmos na umbra sem que sejamos vistos. O que acha?'

Parecia realmente apenas um prédio abandonado, o que não surpreendia de existir naquele local.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Sussurros-dos-Espíritos: Tolerância Zero

Mensagem  Sussurros-dos-Espíritos em Sab Jan 25, 2014 8:11 am

Sussurros ouviu a explicação de Amanda com pesar. Nunca tinha convivido na sociedade humana e conhecia melhor os pensamentos dos Garou que os dos homens. Mas achava que os humanos dominavam a Terra, e era difícil aceitar que a raça dominante vivesse em um local como aquele. Com a explicação de Amanda, entendeu que os humanos se dividiam entre senhores e uma espécie de servo. Não conseguia imaginar um líder Garou desejando algo assim para um dos seus subordinados, mas bem, ele poderia ser inocente demais...

- Me parece ótima idéia. Vamos tentar invadi-lo sem chamar a atenção. É seguro deixar sua moto aqui? Seguirei atrás de você, ainda tenho um pouco de dificuldade de saber o que posso ou não fazer na sociedade humana. Amanda, desde que nasci tenho a habilidade de me guiar na umbra, depois que atravessarmos eu possivelmente saberei para que lado devemos ir encontrar os espíritos e informações que buscamos.

Se sentiu exposto naquele local, muitas pessoas passando e ele gostaria de se mesclar ao povo mais facilmente. Seguiu Amanda em direção ao prédio, confiando nas habilidades de camuflagem da Pacificadora.

_________________
Theurge Uktena
Aparência 1
Carisma 3
Fúria 2
Característica notável:
Marca de Suspeita (algo parece errado com o Garou atraindo certa desconfiança)
avatar
Sussurros-dos-Espíritos

Mensagens : 80
Data de inscrição : 20/11/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Tolerância-Zero - Sussurros-dos-Espíritos

Mensagem  Narrador em Sab Jan 25, 2014 8:35 pm

Era um prédio antigo com a porta fechada. Tinha cinco andares e um terraço, mantendo as alturas dos prédios da região. De seu terraço, provavelmente, daria para avistar a favela que antecedia o lixão. A grande porta de madeira, estilo antiga, parecia trancada. Amanda para, olha para os lados verificando que ninguém prestava atenção e força a porta com firmeza até que sua maçaneta cede. A Philodox comenta:

'- Estava só emperrada. Vamos!'

A Philodox entra no prédio e, assim que Sussurros também entra, fecha a porta. O local estava bem empoeirado, alguns estilhaços de madeira quebrada pelo chão. Restos de comida e manchas de sangue podiam ser vistos por todos os lados. Ratos e baratas passavam de um lado para o outro. Amanda parecia não ligar, estava séria e faz sua espada surgir em suas costas, mantendo a mão direita no cabo da mesma o tempo todo enquanto falava com Sussurros:

'- Esse local fede... mas é o que temos... e agora Theurge, do que você precisa para fazer seu trabalho?'

Amanda estava bem atenta a tudo, parecia pronta para o combate embora mesmo com o ambiente sombrio, o local não parecesse alimentar maiores riscos para os Garou. O prédio não era muito grande. Tinha um corredor pequeno e duas escadas, uma que subia e uma que descia. Um elevador desativado também podia ser encontrado no prédio. O modelo era bem antigo.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Sussurros-dos-Espíritos: Tolerância Zero

Mensagem  Sussurros-dos-Espíritos em Dom Jan 26, 2014 12:48 pm

Sussurros seguia Amanda de perto. O cheiro de velho e sujo era forte no prédio. Muitos vidros quebrados e a impressão de que alguém tinha dormido por ali há não muito tempo. Andou com cuidado desviando-se dos entulhos até chegar à escada.

- Amanda, vamos procurar um quarto no segundo andar. De lá entraremos na umbra e faremos o que tem que ser feito.

Continuou subindo as escadas atrás de Amanda e com muita atenção.

Off: Ativo o dom sentidos aguçados.

_________________
Theurge Uktena
Aparência 1
Carisma 3
Fúria 2
Característica notável:
Marca de Suspeita (algo parece errado com o Garou atraindo certa desconfiança)
avatar
Sussurros-dos-Espíritos

Mensagens : 80
Data de inscrição : 20/11/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Tolerância-Zero - Sussurros-dos-Espíritos

Mensagem  Narrador em Seg Jan 27, 2014 8:31 am

Sem o dom ativo, Sussurros-dos-Espíritos e Tolerância-Zero subiam as escadas. O local parecia bem abandonado, mas os sinais de que alguém havia passado por ali eram inúmeros e quando estão para chegar no segundo andar, um barulho, vindo do primeiro andar faz com que Amanda pare no meio das escadas e fale em tom baixo com Sussurros-dos-Espíritos:

'- Não estamos sozinhos...'

A Philodox segura com mais firmeza sua espada e começa a descer silenciosamente as escadas, buscando alcançar o primeiro andar para ver o que tinha causado o barulho que lhes chamara atenção.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Sussurros-dos-Espíritos: Tolerância Zero

Mensagem  Sussurros-dos-Espíritos em Seg Jan 27, 2014 9:04 am

Sussurros assumiu a forma de Glabro e agradeceu a si mesmo por sempre usar roupas frouxas e com capuz. Apesar das roupas dedicadas serem absorvidas pela forma Crinos, essa iria chamar muito a atenção nesse local. Ficou imediatamente evidente que não estava preparado para ação na rua quando percebeu não ter nenhum tipo de arma. Depender apenas da sua forma original e dos seus dons poderia ser de pouca utilidade ali. Estava um pouco desapontado por não ter entrado na umbra ainda, mas concordava com Amanda que precisavam manter o ponto de saída limpo. Resolveu seguir Amanda de longe, para não chamar atenção para si mesmo. Agiria se fosse necessário.

_________________
Theurge Uktena
Aparência 1
Carisma 3
Fúria 2
Característica notável:
Marca de Suspeita (algo parece errado com o Garou atraindo certa desconfiança)
avatar
Sussurros-dos-Espíritos

Mensagens : 80
Data de inscrição : 20/11/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração | Tolerância-Zero - Sussurros-dos-Espíritos

Mensagem  Narrador em Seg Jan 27, 2014 10:01 am

Amanda também assume a forma Glabro e segue bem à frente de Sussurros. O barulho vinha do final do corredor e quando a Fúria está se aproximando, o Theurge sente algo se mover atrás de você e antes que pudesse se virar é atingido por uma barra de ferro que, mesmo sem causar dano, o arremessa para uma parede e permitem que o Theurge note dois Vampiros, com presas expostas e barras de ferro na mão rindo na direção dele.

Amanda, por instinto, olha na direção e dois tiros são disparados e atingem a Theurge pelas costas e a jogam no chão. Eram mais três vampiros que Sussurros-dos-Espíritos pode notar a presença ali. Estavam cercados. Imediatamente após Amanda cair no chão, uma névoa começa a tomar conta do local e dificulta a visão de todos. Sussurros-dos-Espíritos, antes da névoa se consolidar ouve o grito de Amanda que dizia:

'- SUSSURROS, SE PROTEJA!'

Gritos e vultos é o que o Theurge pode enxergar nesse momento, apesar de ainda poder notar por vultos a proximidade dos vampiros que se aproximavam dele...
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Sussurros-dos-Espíritos: Tolerância Zero e FangClub

Mensagem  Sussurros-dos-Espíritos em Seg Jan 27, 2014 12:35 pm

Seus reflexos eram de um Xamã, e com isso dito, ele foi arremessado facilmente por uma parede. Podia agradecer à Gaia não ter se ferido e ficou mais atento aos seus arredores. Naquela situação era muito difícil se lembrar dos seus conhecimentos sobre criaturas da Wyrm. Preferiria conversar, mesmo após o golpe da barra de ferro, mas um tiro resolveu suas dúvidas. Amanda fora atingida. Algo no fundo de sua memória lembrou: vampiros e fogo não combinam. Sabia que ele e Tolerância teriam mais chances contra as chamas que os monstros da Wyrm e decidiu por equiparar a luta. A névoa que chegava poderia tanto ser de Tolerância Zero como dos vampiros, amaldiçoou Kiba mentalmente por não ter ouvido sua sugestão de conhecer melhor a matilha. Mas lembrava-se que ela descia a escada, então se concentrou nos vultos que estavam no local dos vampiros segundos antes e criou chamas.

Off: Uso o dom criar elemento: fogo

_________________
Theurge Uktena
Aparência 1
Carisma 3
Fúria 2
Característica notável:
Marca de Suspeita (algo parece errado com o Garou atraindo certa desconfiança)
avatar
Sussurros-dos-Espíritos

Mensagens : 80
Data de inscrição : 20/11/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ruas - Zona Oeste

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 6 de 28 Anterior  1 ... 5, 6, 7 ... 17 ... 28  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum