Centro Cultural Banco do Brasil

Página 19 de 20 Anterior  1 ... 11 ... 18, 19, 20  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Eugênio - todos

Mensagem  Eugênio de Beauharnais em Sex Nov 14, 2014 6:28 pm

Eugênio tinha coisas a tratar e parece que não conseguiria seu intento naquela noite. No momento em que consegue um pouco da atenção da Zeladora para conversarem sobre a reunião do próxima noite um dos membros que ainda estava no Elisium começa a verter lágrimas de sangue. No entanto, o mais estranho foi ver sua Primogena sair em disparada para dar colo à chorona. O Ventrue fica estático olhando. *Não sabia que ela era afeita a esses sentimentalismos.*

Eugênio observa a todos ali acudindo a menina e se aproxima com cautela para conferir se tudo estava bem.
avatar
Eugênio de Beauharnais

Mensagens : 101
Data de inscrição : 16/01/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Emilie - Marie-Amélie, Guilermo, Xica

Mensagem  Emilie Blanc em Sex Nov 14, 2014 7:20 pm

Emilie entrega-se ao abraço confortador de Marie-Amélie, ainda que isso não diminuísse sua angústia, nem parasse suas lágrimas.

- Não está... - lamuria ela em francês - um apocalipse está por vir e eu estou sentindo-o, Marie-Amélie. Está me afetando, o caos deixa suas marcas em mim...

Observa, atônita, o lenço que Guilhermo oferece. Não fazia ideia de quem ele era, nem porque queria ajudá-la, e apenas abraçou mais forte sua amiga ventrue. O toque do celular, porém, a sobressalta ainda mais, em meio aos braços de Marie-Amélie.

- O caos! O caos está chamando...

Ela tenta em vão enxugar as lágrimas que caem sem trégua, molhando ainda mais suas mãos de sangue. Atende sem ver quem era, apenas colocando-o na orelha e dizendo, em português, com sua voz perturbada.
- A chuva... é um sinal.

_________________
Aparência: 5 (Rosto de bebê)
Carisma: 5
avatar
Emilie Blanc

Mensagens : 433
Data de inscrição : 02/09/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Marie-Amélie - Emilie e Guillermo

Mensagem  Marie-Amélie Bourdon em Sex Nov 14, 2014 9:03 pm

- Oh, Emilie, eu não entendo essas coisas de Matelin *lamuria-se ainda em francês a ventrue* O que eu posso fazer? Calma, calma, se acalme, ou você não vai conseguir pensar direito...

*Lança um olhar surpreso para Guillermo, que logo se torna frio. Faz um ligeiro gesto negativo com a cabeça para ele*

_________________
Carisma: 5
Aparência: 4
Idade aparente: 38
Altura: 1,65 m

Kentoc'h mervel eget bezañ saotret
avatar
Marie-Amélie Bourdon

Mensagens : 181
Data de inscrição : 16/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro Cultural Banco do Brasil

Mensagem  Convidado em Sab Nov 15, 2014 8:44 pm

Guillermo recolhe seu lenço resignado, apos o olhar da Praetor Bourdon. Ele cuidadosamente checa o horario em seu Cartier e comenta após perceber que a Cainita carregava malas

Madame Bourdon. Esta Jovem tem onde pousar? Não tarda o inexoravel fato de Helios vir beijar a terra com a Maldição de nossa espécie

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Emilie - Marie-Amélie, Guilermo

Mensagem  Emilie Blanc em Sab Nov 15, 2014 10:23 pm

A lembrança de Guilhermo faz Emilie se dar conta do perigo do avanço da hora. Seus olhos insanos e em desespero cravam-se nos da ventrue, e ela abaixa o telefone, abafando-o contra suas roupas.

- Só você pode me ajudar a conter o Apocalipse! Deixe-me passar o dia em seu refúgio...

_________________
Aparência: 5 (Rosto de bebê)
Carisma: 5
avatar
Emilie Blanc

Mensagens : 433
Data de inscrição : 02/09/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Marie-Amélie - Emilie e Guillermo

Mensagem  Marie-Amélie Bourdon em Sab Nov 15, 2014 10:30 pm

*Marie-Amélie olha nos olhos de Emilie, depois olha para Guillermo, compreendendo o raciocínio do ventrue. Acaba sorrindo para ele*

- Tem agora, merci.

Volta a fixar o olhar no da malkaviana, passando para o português*

- É claro, petite, que você pode ficar comigo quanto tempo quiser. Chamei Martine para vir me buscar, minha casa não é longe daqui, estaremos lá num instante. Fique calma, logo estaremos lá, e amanhã me contará tudo, va bien?

_________________
Carisma: 5
Aparência: 4
Idade aparente: 38
Altura: 1,65 m

Kentoc'h mervel eget bezañ saotret
avatar
Marie-Amélie Bourdon

Mensagens : 181
Data de inscrição : 16/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Emilie - Marie Amélie

Mensagem  Emilie Blanc em Dom Nov 16, 2014 2:14 am

Emilie acena obediente em concordância.

- Va bien... Obrigada, Marie-Amélie.

Seu rosto relaxa sobre o colo da ventrue, com os olhos vidrados encarando o vazio, e as lágrimas saindo sem parar.

_________________
Aparência: 5 (Rosto de bebê)
Carisma: 5
avatar
Emilie Blanc

Mensagens : 433
Data de inscrição : 02/09/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Xica - Emilie (Telefone)

Mensagem  Xica da Silva em Dom Nov 16, 2014 7:58 am

- Sim, a chuva é mais um dos sinais, pequena. - a toreador respondeu imediatamente. Parecia que a lunática estava em meio a uma das crises de sua família. Não era um bom momento para que Xica pudesse marcar o encontro, mas precisavam fazer isso.

- Viu a Floresta da tijuca, Emilie? - continuou falando, sem ter percebido que a bailarina tinha abafado o telefone. - Ah, desculpe-me a falta de educação. Boa noite, é Xica da Silva quem vós fala e gostaria de, se possível, me encontrar convosco amanhã, primogena.

_________________
Aparência: 5
Carisma: 5
avatar
Xica da Silva

Mensagens : 181
Data de inscrição : 20/02/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro Cultural Banco do Brasil

Mensagem  Convidado em Dom Nov 16, 2014 8:01 am

Vendo que a jovem cainita ja estava encaminhada Guillermo se empertiga e com um movimento mecânico se despede.

Madame Bourdon, perfeito então. Espero ve-la bem na próxima noite. Terei um enorme prazer e reencontrar Vossa Senhoria para continuarmos nossas discussões. Deixo-a aos cuidados dessa jovem. Tenha um ótimo fim de noite.

Ele aguarda por alguns segundos para ouvir a resposta de Marie Amelie

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Marie-Amélie - Emilie e Guillermo

Mensagem  Marie-Amélie Bourdon em Dom Nov 16, 2014 4:29 pm

*Sem notar o telefone nas mãos de Emilie, Marie-Amélie a ampara, enquanto volta-se para Guillermo com uma reverência*

- Tenha uma boa noite, monsieur. Nos vemos na próxima noite.

*Logo em seguida, Martine chega ao Elísio, e a ventrue conduz Emilie para o carro, na direção de seu refúgio*

_________________
Carisma: 5
Aparência: 4
Idade aparente: 38
Altura: 1,65 m

Kentoc'h mervel eget bezañ saotret
avatar
Marie-Amélie Bourdon

Mensagens : 181
Data de inscrição : 16/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro Cultural Banco do Brasil

Mensagem  Convidado em Dom Nov 16, 2014 5:07 pm

Guillermo replica a reverência com uma similar se vira e deixa o salão de chá do CCBB em direção ao seu veículo que aguardava pacientemente.

A chuva lavava a lataria do veículo, molhando o caro impermeável q vestia por cima do seu terno.

Para casa Nicolas. Temos alguns pontos a discutir antes de adormecer.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Emilie - Marie Amélie, Guilermo, Xica

Mensagem  Emilie Blanc em Dom Nov 16, 2014 6:58 pm

Os olhos de Emilie acompanham a postura de despedida de Guilermo, embora não houvesse expressão neles mais do que em uma boneca inanimada. Apenas quando Marie-Amélie a conduz até o carro que a bailarina enfim começa a reagir, caminhando ao lao dela.

Se recompondo na entrada do salão, lembra-se que havia deixado sua mochila no guarda-volumes, atendendo a exigência de não entrar com armas no Elísio, e pede um minuto à Marie-Amélie para pegá-la de volta. No caminho, se dá conta de que havia uma ligação em curso no telefone que segurava, e enquanto seus pertences lhe eram devolvidos coloca mais uma vez o aparelho no ouvido, com a sensação de que a mensagem poderia dar a ela mais uma pista para desvendar o caos que antecipava o Apocalipse.

- Desculpe. Quem é você, e o que quer de mim?

_________________
Aparência: 5 (Rosto de bebê)
Carisma: 5
avatar
Emilie Blanc

Mensagens : 433
Data de inscrição : 02/09/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro Cultural Banco do Brasil

Mensagem  Xica da Silva em Seg Nov 17, 2014 8:11 am

- Xica da Silva, primogena. - a toreador não se importou com a aparente falta de atenção da malkaviana. - A chuva foi mais um dos sinais, apenas mais, pequena. Você viu a Floresta da Tijuca?

Esperou um instante antes de prosseguir.

- Gostaria de me encontrar contigo na próxima noite, senhora.

_________________
Aparência: 5
Carisma: 5
avatar
Xica da Silva

Mensagens : 181
Data de inscrição : 20/02/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Emilie - Xica

Mensagem  Emilie Blanc em Seg Nov 17, 2014 11:53 am

Emilie não conhecia bem a toreadora, não se lembrava de ter falado com ela pessoalmente antes, porém, seu nome era marcante o suficiente. Não podia imaginar o que ela podia querer, e ao ouvir sobre a Floresta da Tijuca, a voz da malkaviana sai confusa.

- Não… o que houve lá?


Lembra-se de raios, trovões, chuva, esplosão. Estariam todos esses misterioso fenômenos relacionados a floresta?

Nitidamente interessada por aquelas informações, ela diz.
- Claro! Precisamos conversar assim que possível. Posso entrar em contato com a senhora amanhã?

_________________
Aparência: 5 (Rosto de bebê)
Carisma: 5
avatar
Emilie Blanc

Mensagens : 433
Data de inscrição : 02/09/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro Cultural Banco do Brasil

Mensagem  Xica da Silva em Seg Nov 17, 2014 6:10 pm

- Provavelmente não ligou a televisão, primogena. Mas logo vai saber... algo que atinge a todos nós em cheio de uma forma que sou incapaz de conceber. Com proporções tão grandes quanto o massacre do Engenhão, o ataque na Ilha Fiscal, na Cidade de Deus e no Orfanato. Talvez maior. Zepellins sobrevoando a floresta, derramando fogo e bala. Caos instaurado.

Fez uma pausa dramática. Tinha dado a deixa, mas será que a bailarina perceberia? Xica não acreditava, mas também não duvidava.

- Claro que pode. Esperarei por sua ligação, senhorita Blanc.

_________________
Aparência: 5
Carisma: 5
avatar
Xica da Silva

Mensagens : 181
Data de inscrição : 20/02/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Marie-Amélie - Emilie

Mensagem  Marie-Amélie Bourdon em Seg Nov 17, 2014 7:27 pm

*Marie-Amélie espera que Emilie pegue suas coisas e, passando o braço por seu ombro, sem esperar que desligue o telefone, mas virando o rosto para tentar prestar atenção em qualquer outra coisa, a conduz para o carro*

_________________
Carisma: 5
Aparência: 4
Idade aparente: 38
Altura: 1,65 m

Kentoc'h mervel eget bezañ saotret
avatar
Marie-Amélie Bourdon

Mensagens : 181
Data de inscrição : 16/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Emilie - Xica, Marie-Amélie

Mensagem  Emilie Blanc em Seg Nov 17, 2014 8:20 pm

Como poderia ter ligado a televisão onde sequer havia uma? Porém, a provocação da toreador deixou Emilie com vontade de fazer isso. A descrição deixa a malkaviana ainda mais alarmada alarmada, sabendo que mais um enorme passo em direção à Gehenna havia sido dado. Por isso seriam suas lágrimas?

- Um fato que merece a atenção de todos nós, Xica da Silva. Infelizmente, não temos tempo de discutí-lo hoje, mas entrarei em contato com a senhora assim que possível...

Despedindo-se, Emilie desliga, olhando para Marie-Amélie desamparada assim que ela passa o braço por seu ombro, entregando-se à demonstração de apoio para desabafar.
- Está ficando cada vez pior...

_________________
Aparência: 5 (Rosto de bebê)
Carisma: 5
avatar
Emilie Blanc

Mensagens : 433
Data de inscrição : 02/09/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

EugÊnio - todos

Mensagem  Eugênio de Beauharnais em Ter Nov 18, 2014 8:27 am

Eugênio observa tudo aquilo com um misto de surpresa e dúvida. Ouvia a malkaviana resmungar aos prantos algo que ele não entendia e ser consolada, isso mesmo, consolada, por sua primogena que proferia palavras que ele também não conseguia entender. Mas não havia mais tempo para tentar entender aquilo tudo. Não havia nem tempo para tratarem da reunião. O sol estava perto de nascer e Eugênio recebe a ligação de seu lacaio avisando que estava o esperando do lado de fora. Ele observa a todos se despedindo e retribui os cumprimentos enquanto também caminha para for do CCBB.

O Ventrue entra no carro, onde além de seu motorista estava sua secretária com cara de sono.

"- Componha-se meu bem. Teremos um longo dia." Suas palavras são gentis.

O carro parte rumo à seu refúgio.
avatar
Eugênio de Beauharnais

Mensagens : 101
Data de inscrição : 16/01/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bruno - Todos

Mensagem  Bruno Modenesi em Ter Nov 18, 2014 8:30 am

O bicheiro olhava para aquela viagem toda com cara de confuso quando seu telefone toca. Do outro lado da linha era seu lacaio que o aguardava do lado de fora do CCBB.

"- Por que demorô?"

O bicheiro desliga o celular e, aproveitando que alguns membros se retiravam, também parte de volta para seu refúgio.

_________________
Aparência: 2
Carisma: 5
Voz Encantadora
Vulgar

"O tempo ruge e a Sapucaí é grande"
avatar
Bruno Modenesi

Mensagens : 155
Data de inscrição : 13/04/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro Cultural Banco do Brasil

Mensagem  Xica da Silva em Ter Nov 18, 2014 1:11 pm

Ela despede-se da malkaviana e desliga o telefone.

_________________
Aparência: 5
Carisma: 5
avatar
Xica da Silva

Mensagens : 181
Data de inscrição : 20/02/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Marie-Amélie - Emilie

Mensagem  Marie-Amélie Bourdon em Ter Nov 18, 2014 6:17 pm

*Marie-Amélie olha para a tempestade com um certo fatalismo e finge um suspiro*

- Se quiser, quando estivermos seguras... e secas... você pode me contar tudo. Não prometo que vá entender, mas vou ouvir...

*E assim as duas entram no carro e partem para o refúgio da ventrue*

OFF: segue ruas do centro

_________________
Carisma: 5
Aparência: 4
Idade aparente: 38
Altura: 1,65 m

Kentoc'h mervel eget bezañ saotret
avatar
Marie-Amélie Bourdon

Mensagens : 181
Data de inscrição : 16/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

FIM DE TEMPORADA

Mensagem  Narrador em Qua Nov 19, 2014 7:51 am

A noite se encerra no Rio de Janeiro. Duas tempestades acabam por deixar milhares de mortos e desabrigados. Populações pobres sofrem como nunca sofreram com os fenômenos tropicais da cidade maravilhosa. O Exército e todas as polícias passam a ser coordenadas pelas Forças Especiais de Segurança Nacional depois de "organizações terroristas" matarem diversas lideranças políticas e empresários da cidade. Vereadores (mais da metade), Deputados (mais da metade da bancada federal e estadual do RJ), Desembargadores, Juízes, o Prefeito, o Governador e lideranças de variados setores da sociedade figuram entre os mortos. Líderes do tráfico e grandes nomes do crime também acabaram mortos . Foi uma noite e uma manhã de Caos. O clima é de insegurança total e com forte patrulhamento das forças policiais e do exército.

O Comitê Olímpico Internacional confirmou que os Jogos de 2016 continuam na cidade, mas exigem medidas rápidas para não reverem a decisão. O novo Governador e Prefeito Interino, o ex-Presidente do TJ-RJ Desembargador Henrique Castro, assume concomitantemente os postos com o discurso de convocar eleições no fim do ano e de cooperação com as Forças de Segurança Nacional. Faz um discurso pedindo para a cidade tomar o seu rumo normal e enfatiza que as medidas imediatas já iam refletir no dia a dia da sociedade.

Aquela noite tempestuosa mudou a cidade do Rio de Janeiro para todo o sempre. A Aliança Independente, organização com fins de ajudo mútuo que reúne os Ravnos, os Seguidores de Set e os Giovannis da cidade, declarou guerra aos lobisomens e colocou qualquer acordo de paz em risco. O Sabá já está pronto para, e sempre desejou, a Guerra. Os caçadores são atraídos pelos fatos e vão tentar limpar a cidade. O famoso "bando do Chuck", caçadores mercenários e temidos mundialmente, desembarcou no fim da tarde. Os demônios e infernalistas encontram o solo fértil para suas atividades no sopro de terror que tomou conta do Rio de Janeiro. A FESN, como representante dos interesses do Governo Federal também parte para a Guerra. Os Anarquistas se proliferam. A ordem é inexistente e forças ainda desconhecidas se movem nas sombras. Ou nem tão nas sombras assim.

Em meio a tudo isso, a Camarilla não tem opção. Ou vai à Guerra, ou cairá vítima dela. Os Garous sobreviventes, menos de um terço do efetivo anterior, lamberão suas feridas com sede de vingança. A cidade não é mais dos Lobisomens, a cidade não é da Camarilla. A cidade não é do Sabá, muito menos dos anarquistas. A cidade não é de ninguém, todos a reivindicam.

Todos estão em guerra. Todos são caça e caçador. A Guerra Civil começou.



Bem-Vindos à VII Temporada da Crônica Segredos do Apocalipse
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro Cultural Banco do Brasil

Mensagem  John Smith em Sex Abr 10, 2015 8:56 am

O malkaviano, refletindo a respeito da mensagem da Fesn, chegou até o Centro Cultural. Em sua cabeça, uma possibilidade. Refletiria sobre ela, antes de completar o telefonema.

_________________
Não mexe comigo, que eu não ando só
Eu não ando só, que eu não ando só
Não mexe não!
avatar
John Smith

Mensagens : 180
Data de inscrição : 26/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - John Smith

Mensagem  Narrador em Sab Abr 11, 2015 8:02 am

O Centro Cultural estava pouco movimentado naquela noite. Haviam poucas pessoas acompanhando as exposições e a programação noturna do lugar. Não havia sinal de membros.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro Cultural Banco do Brasil

Mensagem  John Smith em Ter Abr 28, 2015 4:28 pm

Silêncio e pouca movimentação. O que estava acontecendo, naquele momento, no Centro Cultural Banco do Brasil? Não deveria ser ali o elísio da cidade, pensou o malkaviano.

_________________
Não mexe comigo, que eu não ando só
Eu não ando só, que eu não ando só
Não mexe não!
avatar
John Smith

Mensagens : 180
Data de inscrição : 26/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro Cultural Banco do Brasil

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 19 de 20 Anterior  1 ... 11 ... 18, 19, 20  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum