Cobertura na Lagoa - Refúgio Público de Paul G.

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Cobertura na Lagoa - Refúgio Público de Paul G.

Mensagem  Narrador em Qua Ago 13, 2014 8:35 am

avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Eugênio - Sr. G

Mensagem  Eugênio de Beauharnais em Sex Ago 15, 2014 7:11 pm

Eugênio é conduzido por uma carniçal a sala onde havia um homem de costas apreciando a tempestade que se batia sobre a cidade. Ele entra na sala e permanece em silêncio observando o anfitrião. Obviamente que o famoso Sr. G já sabia quem ele era e que estava ali.
avatar
Eugênio de Beauharnais

Mensagens : 101
Data de inscrição : 16/01/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Paul G - Eugênio de Beauharnais

Mensagem  Narrador em Sab Ago 16, 2014 8:52 am

O homem se vira assim que Eugênio chega na sala. Paul G. tinha uma presença impressionante. Era um belo homem de cabelos grisalhos mas que só de se olhar já se sentia a aura de altivez. Caminhava com um copo de Whisky nas mãos e com um gesto convida Eugênio a se sentar:

'- Acomode-se Sr. Beauharnais... eu poderia estar muito incomodado com seu atraso, mas a visita inesperada da Príncipe fez com que o tempo passasse e eu quase não notasse a espera.'

O Ventrue se acomoda em uma das poltronas e indaga apontando para a bebida:


'- Bebe algo?'

avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Eugênio - Sr. G

Mensagem  Eugênio de Beauharnais em Ter Ago 19, 2014 10:48 am

Eugênio, embora se mantenha parado, não tem como ficar indiferente à presença do anfitrião. *Então esse é Paul G*. Sem rodeios o anfitrião o convida a se sentar, chama sua atenção e lhe oferece uma bebida. Sem rodeios Eugênio procura uma poltrona vaga para se sentar depois que o Sr. G se senta primeiro; finge que nem ouviu a reprimenda (como todo bom Ventrue não ia ficar se explicando, mesmo para outro Ventrue) e recusa gentilmente a bebida.

"- Não obrigado."

Seguindo o protocolo, estava a postos para ouvir as palavras do anfitrião.
avatar
Eugênio de Beauharnais

Mensagens : 101
Data de inscrição : 16/01/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Paul G - Eugênio de Beauharnais

Mensagem  Narrador em Qua Ago 20, 2014 8:19 am

'- Que seja.' - comenta o Ventrue que ordena a um de seus lacaios que não deixe ninguém interromper a conversa ou entrar na sala.

Sentado elegantemente, o Sangue Azul tinha um copo de Whisky em sua mão e falava olhando nos olhos de Eugênico com absoluta tranquilidade:

'- Muito bem, eu vou ser direto porque odeio perder tempo e já perdi muito esperando você averiguar se era seguro me encontrar. Eu sei que você é um peão. Gosto de peões. Não se ganha um jogo sem mover seus peões na direção certa. E jogando bem com os peões, eles até ascendem a títulos de nobreza no fim do tabuleiro.'

Paul G olha para Eugênio e segue falando:

'- Eu sei que existem aqueles que nasceram para ser peões e também aqueles que são peões por uma ambição maior. Até agora vejo você com história na economia, mas não acha que chegou a hora de pensar um pouco maior? Eu tenho planos para essa cidade e ficar nela não é um deles. Mas quando sair, gostaria muito de ter um dos meus peões dando as cartas, como acontece em toda cidade por onde eu passo. E isso me faz lançar a você duas perguntas: você tem interesse em ser esse peão e, o mais importante, se acha capaz de encarar isso?'

O Sangue Azul coloca seu copo de Whisky em cima da mesa, faz um corte com suas presas na ponta do seu dedo indicador da mão direita e deixa que algumas gotas caiam junto à bebida, deixando o copo à mesa e fechando a ferida em seu dedo.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Eugênio - Paul G

Mensagem  Eugênio de Beauharnais em Qua Ago 20, 2014 8:07 pm

A vida sempre foi uma coisa difícil. Uma família tradicional, de vultuosas posses e larga influência é, com certeza, uma fortaleza. Mas tudo que é sólido desmorona no ar. A prisão, os biscates e as novas amizades são, talvez, uma retomada. A vida sempre foi uma coisa difícil. A não vida é pior ainda.

Cansado de tentar subir pelas escadas, estava na hora de pegar um elevador.

Eugênio, olhando nos olhos de seu anfitrião, responde:

"- Agradeço a distinção do Senhor me fazer essas perguntas, mas tenho certeza de que já tem suas respostas. Se o Senhor tivesse alguma dúvida eu não teria recebido nenhuma ligação e muito menos estaria aqui tomando seu tempo. Sendo assim, a questão é: o que eu tenho que fazer?"

*- Qualquer Poder é melhor do que Poder nenhum.*
avatar
Eugênio de Beauharnais

Mensagens : 101
Data de inscrição : 16/01/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Paul G - Eugênio de Beauharnais

Mensagem  Narrador em Qui Ago 21, 2014 6:25 am

Paul G. olha para o copo, olha para Eugênio e empurra o copo pela pequena mesa de centro na direção do outro Sangue Azul enquanto diz:

'- Todo contrato tem uma assinatura de lealdade, meu caro... pensei que fosse perspicaz ao ponto que eu não precisasse cometer a deselegância de ser mais claro do que fui agora.'
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Eugênio - Paul G

Mensagem  Eugênio de Beauharnais em Qui Ago 21, 2014 11:39 am

Se pudéssemos resumir a situação e os pensamento de Eugênio em uma frase essa seria: Tá no inferno, abraça o capeta.

"- Nunca confundi clareza com deselegância... senhor."

Eugênio pega o copo e bebe seu conteúdo de um único gole.

"- E agora?"
avatar
Eugênio de Beauharnais

Mensagens : 101
Data de inscrição : 16/01/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Paul G - Eugênio de Beauharnais

Mensagem  Narrador em Sex Ago 22, 2014 7:22 am

'- Agora podemos começar a trabalhar.' - diz o lendário Sangue Azul.

Paul G. continua confortavelmente sentado em sua cadeira e começa a falar com Eugênio:

'- O primeiro passo para que nossa ascensão comece é colocar ordem no nosso clã. Pelo que sei nossa Praetor e Primógena pode não ser a jóia mais rara da coroa, mas tem talentos. Temos aqui também a tarefeira Jéssica Montecchio, que pode nos ser útil e um membro conhecido como Guillermo que não tenho grandes referências. Um clã com potencial mas sem liderança e nós seremos essa liderança a partir de agora.'

Paul G. chama um lacaio que já traz mais um copo de Whisky para o sangue azul. Era uma mania, talvez, mas ele parecia gostar de mexer o gelo no copo com Whisky enquanto falava e segue dizendo:

'- Não leve o laço a mal, se bem que com ele dificilmente você levaria, mas eu acho que é importante que fique claro que lealdade, em nosso meio, é algo raro e isso é apenas uma medida de segurança.'

Toma um gole e segue dizendo:


'- Vamos começar os trabalhos... quanto você tem para investir? Eu acabei de adquirir a maioria das ações de uma rede de comunicação, a maior do País. Um setor estratégico já está com um dedo nosso, precisamos nos estender pelos demais. Como você está de influências nessa cidade?'
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Eugênio - Sr. G

Mensagem  Eugênio de Beauharnais em Ter Ago 26, 2014 10:05 am

Eugênio escuta atentamente as palavras de seu novo Senhor e repsponde quando lhe é perguntado:

"- Apesar de certo conhecimento na aréa de petróleo, infelizmente não tenho nenhuma influência consolidada nessa cidade, Senhor. Já recursos, possuo algo entre 400 ou 500 mil disponiveis para invstimentos."
avatar
Eugênio de Beauharnais

Mensagens : 101
Data de inscrição : 16/01/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Paul G - Eugênio de Beauharnais

Mensagem  Narrador em Qua Ago 27, 2014 10:58 am

'- Recursos não serão problema.' - Comenta Paul G. que abre um discreto sorriso e levanta.

O Ventrue caminha até uma mesa onde aperta um botão em um dispositivo e fala com o aparelho:

'- Alana, localize o Sr. Anderson e ordene que ele trace uma estratégia de engenharia financeira que coloque uma gorda fatia de ações da Petrobrás no nome de Eugênio de Beauharnais. Procure esse nosso novo sócio e agende uma reunião dele com políticos que lucrem com a empresa e tenham influência na política da cidade.'

Uma voz feminina responde apenas um "sim, senhor" e Paul G fala com Eugênio:

'- Se você entende de Petróleo não existe justificativa para você não transformar o seu diferencial em uma ferramenta de poder.'
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Eugênio - Sr. G

Mensagem  Eugênio de Beauharnais em Sab Ago 30, 2014 7:32 am

Eugênio observa quieto os encaminhamentos de seu novo senhor, tentando aprender algo que lhe sirva no futuro. Acena positivamente com a cabeça diante do comentário do Sr. G e aguarda suas ordens.
avatar
Eugênio de Beauharnais

Mensagens : 101
Data de inscrição : 16/01/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Paul G - Eugênio de Beauharnais

Mensagem  Narrador em Sab Ago 30, 2014 9:01 am

O Ventrue olha para Eugênio e diz:

'- Nada a dizer, Sr. Beauharnais? Não é porque o senhor é meu peão que sua opinião não merece chegar aos meus ouvidos. Se meu conselho for bem vindo, aproveite esse momento para aprender e para isso, não se avassale, se permita iniciativa pois senão será tedioso.'

As palavras finais tinham um quê de de boche, em especial o tedioso.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Eugênio - Paul G.

Mensagem  Eugênio de Beauharnais em Ter Set 02, 2014 2:13 pm

Eugênio escuta a repreenda de Paul G.

"- Claro, senhor. Perdoe minha passividade, mas ainda preciso me acostumar com os últimos acontecimentos."

O Ventrue se ajeita na poltrona em que estava sentado, cruza as pernas e despeja:


"- De fato é sempre positivo potencializar aptidões já existentes e agradeço a confiança depositada em mim. O senhor não vai se arrepender ainda mais em se tratando de um ramo tão significativo nessas terras. A Petrobrás, senhor, não é uma simples empresa é a empresa mais importante deste país e sua cúpula está situada nessa cidade. A quantidade de informações, conhecimentos e recursos humanos de alto gabarito é descomunal. Engenheiros, geologos, advogados, comunicologos, biológos, entre tantos outros estão  a disposição do comando da empresa. Além disso, ela possuí um braço dentro da maior universidade federal daqui: a UFRJ. O peso de sua atuação ali dentro pode ser capaz de ganhar o conjunto da universidade para algo de nosso interesse."

O Ventrue confere a reação do Sr. G. diante de sua demonstração do conhecimento necessário e prossegue:

"Se quisermos tratar de uma influência mais sutil, além da universidade, temos o peso da propaganda institucional da empresa. Não deve ter nenhum meio de comunicação insensível a um pedido. Como já é do conhecimento do senhor o fato da Petrobrás ter seu capital aberto também coloca sob nossa influência sócios de peso do setor financeiro nacional. Como se isso não bastasse ainda temos a peãozada que a empresa mobiliza em suas operações. Sem esquecer, é claro, da parte de distribuição.

Tenho certeza que sob as ordens de alguém dotado de visão estatégica encontrará bom uso para tudo isso que acabei de falar. Inclusive dominar uma cidade inteira."

Ao terminar Eugênio permanece em silêncio para ver a reação de G. Não se contendo ele prossegue.

"- Infelizmente ainda falta a outra parte dessa equação. A noite anterior, devido às atribulações, não me permitiu interagir com os membros locais. E a falta dessa informação me impede de ter uma visão mais clara sobre passos nesse sentido"
avatar
Eugênio de Beauharnais

Mensagens : 101
Data de inscrição : 16/01/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Paul G - Eugênio de Beauharnais

Mensagem  Narrador em Qua Set 03, 2014 6:58 am

O Ventrue ouve atentamente as palavras de Eugênio e, já se levantando, diz ao Ventrue:

'- Então enquanto meus homens cuidam para que você tenha uma boa fatia dessa empresa que demonstra conhecer tão bem o potencial, é hora de nos movermos na outra ponta o tabuleiro...'

O Sangue Azul mais uma vez usa o dispositivo e manda que preparem seu carro para partir. Paul G diz:


'- Vamos ao Centro Cultural Banco do Brasil. O ellisium está sendo na Casa de Chá e é uma boa chance de conhecermos os outros membros da cidade e de você se soltar. Evite ficar preso à mim em público, é bom que nosso nível de entrosamento não seja público por enquanto...'
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Eugênio - Sr. G.

Mensagem  Eugênio de Beauharnais em Qua Set 03, 2014 7:13 am

Eugênio acena positivamente, se levanta e acompanha o anfitrião em silêncio.
avatar
Eugênio de Beauharnais

Mensagens : 101
Data de inscrição : 16/01/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Paul G - Eugênio de Beauharnais

Mensagem  Narrador em Qui Set 04, 2014 7:12 am

O Ventrue ajeita seus trajes. Não usava gravata, mas mesmo assim estava elegante e seguia com seu novo peão até a Garagem onde entra e assume o volante de um Porsche de cor prata e, assim que Eugênio entra, dá a partida no carro e no caminho vai conversando com o Sangue Azul:

'- Me fale um pouco de você... como foi que chegou até aqui, Sr. Beauharnais? Sei de algumas passagens da sua trajetória mas nada como beber da própria fonte... '

OFF GAME: Próximo post deve ser feito no tópico das Ruas da Zona Sul.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

FIM DE TEMPORADA

Mensagem  Narrador em Qua Nov 19, 2014 7:50 am

A noite se encerra no Rio de Janeiro. Duas tempestades acabam por deixar milhares de mortos e desabrigados. Populações pobres sofrem como nunca sofreram com os fenômenos tropicais da cidade maravilhosa. O Exército e todas as polícias passam a ser coordenadas pelas Forças Especiais de Segurança Nacional depois de "organizações terroristas" matarem diversas lideranças políticas e empresários da cidade. Vereadores (mais da metade), Deputados (mais da metade da bancada federal e estadual do RJ), Desembargadores, Juízes, o Prefeito, o Governador e lideranças de variados setores da sociedade figuram entre os mortos. Líderes do tráfico e grandes nomes do crime também acabaram mortos . Foi uma noite e uma manhã de Caos. O clima é de insegurança total e com forte patrulhamento das forças policiais e do exército.

O Comitê Olímpico Internacional confirmou que os Jogos de 2016 continuam na cidade, mas exigem medidas rápidas para não reverem a decisão. O novo Governador e Prefeito Interino, o ex-Presidente do TJ-RJ Desembargador Henrique Castro, assume concomitantemente os postos com o discurso de convocar eleições no fim do ano e de cooperação com as Forças de Segurança Nacional. Faz um discurso pedindo para a cidade tomar o seu rumo normal e enfatiza que as medidas imediatas já iam refletir no dia a dia da sociedade.

Aquela noite tempestuosa mudou a cidade do Rio de Janeiro para todo o sempre. A Aliança Independente, organização com fins de ajudo mútuo que reúne os Ravnos, os Seguidores de Set e os Giovannis da cidade, declarou guerra aos lobisomens e colocou qualquer acordo de paz em risco. O Sabá já está pronto para, e sempre desejou, a Guerra. Os caçadores são atraídos pelos fatos e vão tentar limpar a cidade. O famoso "bando do Chuck", caçadores mercenários e temidos mundialmente, desembarcou no fim da tarde. Os demônios e infernalistas encontram o solo fértil para suas atividades no sopro de terror que tomou conta do Rio de Janeiro. A FESN, como representante dos interesses do Governo Federal também parte para a Guerra. Os Anarquistas se proliferam. A ordem é inexistente e forças ainda desconhecidas se movem nas sombras. Ou nem tão nas sombras assim.

Em meio a tudo isso, a Camarilla não tem opção. Ou vai à Guerra, ou cairá vítima dela. Os Garous sobreviventes, menos de um terço do efetivo anterior, lamberão suas feridas com sede de vingança. A cidade não é mais dos Lobisomens, a cidade não é da Camarilla. A cidade não é do Sabá, muito menos dos anarquistas. A cidade não é de ninguém, todos a reivindicam.

Todos estão em guerra. Todos são caça e caçador. A Guerra Civil começou.



Bem-Vindos à VII Temporada da Crônica Segredos do Apocalipse
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Eugenio - Narração

Mensagem  Eugênio de Beauharnais em Seg Dez 29, 2014 7:49 am

O carro com Eugenio finalmente chega ao seu destino e aguarda que os esmorecidos de seu senhor o conduzam.
avatar
Eugênio de Beauharnais

Mensagens : 101
Data de inscrição : 16/01/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Paul G - Eugênio de Beauharnais

Mensagem  Narrador em Seg Dez 29, 2014 12:21 pm

Eugênio é encaminhado até Paul G que já o esperava na sua sala de estar. O Sangue Azul estava com alguns jornais em cima da mesa e usando o laptop quando Eugênio se aproxima e já vai dizendo:

'- Sr. Beauharnais ... que bom que veio... pensei que iria demorar mais para falar com você essa noite por conta dos preparativos da reunião dos primógenos. Estou surpreso que tenha convocado todos e tudo esteja pronto tão cedo...'

Somente então olha para o Sangue Azul com quem já fala:

'- Acabei de falar com Nathan Schrulle do Diretório de Berlim e vamos conseguir uma considerável cota para início da sua inserção na Petrobrás. Parece que ela tem muito mais coisas interessantes do que imaginamos...'

Paul G sempre passava convicção no que dizia e encerra comentando:


'- Alguma novidade que eu deva saber, Sr. Beauharnais?'
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Lupinatti - Eugenio

Mensagem  Lupinatti em Seg Dez 29, 2014 1:34 pm

O telefone de Eugenio começa a tocar.

_________________
Christopher Lupinatti - Tremere - 7ª Geração
Aparência: 3
Idade Aparente: 32 anos
Altura: 1,75m
Peso: 75kg
Qualidades Notáveis: Voz Encantadora
Prestigio do Clã: 7
Status na Camarilla: 2
avatar
Lupinatti

Mensagens : 186
Data de inscrição : 26/10/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Paul G - Eugênio de Beauharnais

Mensagem  Narrador em Ter Dez 30, 2014 6:51 am

Ao ouvir o telefone de Eugênio tocar, Paul G apenas comenta com o Sangue Azul:

'- Seu telefone...'

Dava espaço para que Eugênio atendesse enquanto voltava a se concentrar no laptop.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Eugenio - Paul G - Lupinatti

Mensagem  Eugênio de Beauharnais em Ter Dez 30, 2014 8:17 am

Eugenio se deixa levar pelos empregados de seu senhor até sua presença. Ele encontra o Ventrue acomodado em seu escritório e os jornais abertos sobre a mesa lhe dão a certeza de que ele já sabia sobre as mudanças na cidade.

"- Boa Noite, Sr. G."

Após o cumprimento ele escuta o comentário do anfitrião sobre a reunião que ficará sob sua responsabilidade de convocar. Em sua mente havia tempo suficiente já que ainda estavam no início da noite. Por via das dúvidas Eugenio confere as horas e, seu Rolex e percebe que o tempo passava rápido naquele início de noite.

Meio constrangido e pensando em como resolver aquilo o telefone de Eugenio toca. Paul G. Lhe deixa a vontade para atender e Eugenio aproveita.

"- Com licença." - Eugenio se afasta até um local em que possa atender o telefone sem atrapalhar seu anfitrião.

"- Poi não?" - atende o Sangue Azul com voz amistosa.
avatar
Eugênio de Beauharnais

Mensagens : 101
Data de inscrição : 16/01/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Lupinatti - Eugenio

Mensagem  Lupinatti em Ter Dez 30, 2014 1:20 pm

Assim que Eugenio atende o telefone Lupinatti responde:

- Boa noite, senhor Beauharnais, me chamo Christopher Lupinatti e cheguei de Vienna na noite passada para representar o Clã Tremere de hoje em diante. Preciso saber quando a Principe estará disponivel e para quando teremos uma reunião de Primógenos?

_________________
Christopher Lupinatti - Tremere - 7ª Geração
Aparência: 3
Idade Aparente: 32 anos
Altura: 1,75m
Peso: 75kg
Qualidades Notáveis: Voz Encantadora
Prestigio do Clã: 7
Status na Camarilla: 2
avatar
Lupinatti

Mensagens : 186
Data de inscrição : 26/10/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Lupinatti - Eugenio

Mensagem  Lupinatti em Seg Jan 05, 2015 12:30 pm

Lupinatti continua aguardando uma resposta.

_________________
Christopher Lupinatti - Tremere - 7ª Geração
Aparência: 3
Idade Aparente: 32 anos
Altura: 1,75m
Peso: 75kg
Qualidades Notáveis: Voz Encantadora
Prestigio do Clã: 7
Status na Camarilla: 2
avatar
Lupinatti

Mensagens : 186
Data de inscrição : 26/10/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cobertura na Lagoa - Refúgio Público de Paul G.

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum