[CAERN] Cabana do Forjador

Página 5 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Bardo-Forjador - Uivo-Inspirador

Mensagem  Narrador em Sex Jun 26, 2015 11:04 am

'- Adoraria ouvir...' - responde o Ragabash.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

[CAERN] Cabana do Forjador - em Hominídeo

Mensagem  Thristan Vestrich em Ter Jun 30, 2015 9:39 am

Interações com Bardo Forjador.
Em Hominídeo

A resposta positiva do líder rouba um sorriso do Galliard, que sempre gostava de contar histórias que envolvessem batalhas, sangue, honra e glória. Eram as melhores na opinião dele. Assim, o Fianna toma mais um gole da cerveja preta, já pensando em como ele poderia começar a sua narrativa.

-
Segundo os Galliards da Tri-Espiral, o meu sangue pereceu às margens do Reno a muito tempo atrás. Vestrich é apenas um nome atual para uma linhagem de Garous que lideravam um dos tantos grupos que deram origem a nossa Tribo... é tão interessante perceber como éramos diversificados antigamente, apesar disso demonstrar a individualidade dos clãs. Tinha os Mastin do Conífero, os Cantores Celestiais, os Garras da Noite... eram tantos, mas o mais importante para a minha história eram os Caçadores Vermelhos. Me disseram que era um grupo promissor, abençoado pela Deusa Morrigu, a deusa da guerra e do caos. Bem, Majestade Rubra foi o último líder dos Caçadores Vermelhos e, apesar do nome, não, ele não era ruivo. O clã disputava os domínios do Reno com os Crias de Fenrir na grande maioria das vezes, mas também havia sempre aquela troca de Parentes em momentos de paz... enfim, é justamente por isso que eu e minha irmã temos essa cara empapada de germânicos.

O Fianna faz uma pausa para mais um gole em sua cerveja.

-
Mas houve um dia em que Fenris e Caçadores Vermelhos se uniram... controlar o Reno saiu de suas prioridades para dar lugar a proteção do mesmo contra o monstro que comandava o Império Romano. Demônios, meu colega, era disso que eles falavam! Os clãs invadiram aquela porcaria de império destinados a expurgar o mundo daqueles adoradores do capeta e seus patrões infernais! As matilhas fizeram um trabalho do caralho, matando tudo o que viam pela frente, até que elas finalmente encontraram o pior inimigo que poderiam ter. Majestade Rubra foi um dos melhores Ahrouns que aquele tempo teve a oportunidade de ter e ele não mediu esforços para chegar até o demônio que comandava aquelas terras, cheio de truques sujos. Muitos dos nossos morreram naquela incursão, poucos foram os que de fato sairam dali com viva. O meu ancestral foi um deles, sendo o próprio o responsável por acabar de vez a expurgar do mundo o último dos demônios que ainda estava de pé na batalha. Mas o último precisava ser o mais perigoso e traiçoeiro.

Finalmente, Thristan termina sua cerveja, repousando o copo próximo a garrafa de vinho que trouxeram. Precisava terminar a sua história.

-
O demônio amaldiçoou Majestade Rubra e a nossa linhagem ainda com suas últimas forças. Ele roubou o direito de nosso clã procriar-se, destinando os Caçadores Vermelhos ao fim. Quando o meu ancestral saiu dali, com a vitória, ele sabia que precisaria resolver aquilo. E ele tentou até seu último suspiro descobrir como reverter aquilo! A cada dia que passava mais um dos seus morria nas batalhas, diminuindo mais ainda o contigente dos Caçadores. Nenhuma criança Garou voltou a nascer naquele tempo e Majestade Rubra, em seu leito de morte, pensou que havia falhado miseravelmente. Mas nem a morte o impediu de continuar sua jornada! Na verdade, apenas morto foi que ele realmente descobriu o que precisava ser feito. Matar o que ainda restava do demônio era a solução! Ele o caçou por séculos incansavelmente, até que encontrou um último fiapo de sua existência em algum reino do outro lado da Película. Ele o destruiu, aparentemente nos livrando da maldição. Se não fossem os esforços de Majestade Rubra, eu e minha irmã teríamos morrido dentro do ventre de nossa mãe, arruinados graças a maldição de nosso sangue.

Uma nova pausa faz o Galliard meditar suas últimas palavras.

-
Eu agradeço sua atenção a minha história Bardo-Forjador. Foi graças a ela que eu e minha irmã decidimos vir para cá. Se Majestade Rubra possibilitou o nosso nascimento é para que lutássemos bravamente pela causa de nossa Mãe e não há lugar melhor para fazer isso do que nas terras onde há o prenûncio do Apocalipse.
.

_________________
avatar
Thristan Vestrich

Mensagens : 44
Data de inscrição : 17/05/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bardo-Forjador - Uivo-Inspirador

Mensagem  Narrador em Ter Jun 30, 2015 9:55 am

O Fianna ouvia a história tomando cerveja e, ao final da mesma diz para o Galliard:

'- É uma bela história... mas eu me pergunto, você sabe o que isso significa? Sabe da atual situação do inferno e dos Demônios?'
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

[CAERN] Cabana do Forjador - em Hominídeo

Mensagem  Thristan Vestrich em Ter Jun 30, 2015 10:58 am

Interações com Bardo Forjador.
Em Hominídeo

A pergunta final de Bardo-Forjador o coloca em meditação por algum tempo. Nesse meio tempo, ela nota o uivo do seu novo Alpha. O que teria ocorrido?

-
Bem, ouvi dizer que os portões foram abertos e que os demônios andam soltos. Antes de vir pra cá também escutei algumas histórias sobre o Caern e como o seu antigo líder foi dominado por uma dessas coisas do capeta. Você acha que isso pode ter relação com a minha história? Segundo os anciãos e meu próprio ancestral, o demônio foi destruído. Ele poderia voltar depois dessa confusão que se instalou?

A pergunta de Adryan deu margem para esses questionamentos. Thristan começa a imaginar uma possível ressureição do antigo demônio que amaldiçoou sua família. Se ele voltasse, com certeza iria querer vingança. Estaria ele pronto para enfrentá-lo? O fato era que esses questionamentos talvez tivessem que ficar para outra hora:

-
Bem, acho que o meu Alpha quer me rever mais uma vez antes da Assembleia.
.

_________________
avatar
Thristan Vestrich

Mensagens : 44
Data de inscrição : 17/05/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bardo-Forjador - Uivo-Inspirador

Mensagem  Narrador em Qua Jul 01, 2015 7:42 am

O Fianna comenta:

'- Demônios renascem no inferno e com as portas do inferno abertas, seu amigo Demônio pode estar por aí novamente e isso coloca você e sua irmã em risco...'

Não tem como terminar pois Kiba chama a Esquadrão da Fúria e o Ragabash apenas diz:


'- Vá encontrar sua matilha, mas tome cuidado. Não baixe a guarda.'
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [CAERN] Cabana do Forjador

Mensagem  Declan Konietzko em Qua Jul 01, 2015 11:15 pm

Pelo Caern, garous ouvem o anuncio de chegada de um garou:

-'Sombra da Noite, Fostern, Ragabash dos Senhores das Sombras, anunciando sua chegada ao Caern.

_________________
Sombra da Noite Ragabash Senhor das Sombras
Aparência 5
Raça Pura 5
Carisma 5
Magnetismo Animal
avatar
Declan Konietzko

Mensagens : 169
Data de inscrição : 19/04/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

[CAERN] Cabana do Forjador - em Hominídeo

Mensagem  Thristan Vestrich em Qui Jul 02, 2015 12:03 pm

Interações com Bardo Forjador.
Em Hominídeo

"Puta que pariu!"

É a única coisa que vem a mente de Thristan quando Adryan lhe lembra algo tão importante. Com o portão do inferno aberto, o demônio, renascido depois da proeza de seu antepassado, estaria a solta, pronto para encontrá-lo. E a sua irmã também. E eles estavam justamente na cidade onde os capetinhas estavam agindo de vento em proa.

"Perfeito! Eu espero ter a força do meu antepassado quando encontrá-lo. Assim eu posso ferrar com a cara desse maldito uma segunda vez."

As coisas ficariam feias dali para frente, isso o Lua Gibosa tinha certeza. Ele devolve o copo vazio para Adryan, se levantando.

-
Valeu pela cerveja, cara! E, pode deixar: não baixarei a guarda. Se esse miserável aparecer, pode ter certeza que eu vou tentar ferrá-lo. Ou morrerei tentando. Até a Assembleia.

Thristan, então, vai se afastando da cabana do forjador com sua garrafa vazia, seguindo para a clareira central, onde talvez encontrasse os membros da matilha. O uivo parecia vir de mais longe, mas Thristan pouco conhecia o Caern, o que o levaria um pouco mais de tempo.

_________________
avatar
Thristan Vestrich

Mensagens : 44
Data de inscrição : 17/05/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

FIM DE NOITE

Mensagem  Narrador em Qua Jul 22, 2015 9:32 am

avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [CAERN] Cabana do Forjador

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 5 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum