Centro Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas (Feira de São Cristóvão)

Página 1 de 6 1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Centro Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas (Feira de São Cristóvão)

Mensagem  Narrador em Qua Mar 05, 2014 10:24 am












Locais Próximos: Ponto de Encontro da Matilha Arautos do Trovão; Museu Nacional da UFRJ
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Paolo Auristos - Lampião

Mensagem  Convidado em Sex Mar 07, 2014 11:33 am

Paolo desce do carro junto com Lampião, deixando sua mochila no assoalho atrás do banco do carona. Enquanto segue o cangaceiro, o recém-chegado Brujah observa o local que várias vezes já havia visitado enquanto vivo. Jamais cogitaria naquela época a existência de vampiros ou mesmo, se tornar um deles. E assim com certeza era a mentalidade da avassaladora maioria que frequentava aquele local.

Em meio a estes pensamentos, Paolo se lembra que a cidade sofreu um ataque justo no Elísio, um local que deveria oferecer segurança aos presentes, por isto, ele mantém-se alerta e observador. Não gostaria de ser pego de surpresa, ainda mais em sua primeira noite de volta ao Rio.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Lampião - Paolo Auristos

Mensagem  Narrador em Dom Mar 09, 2014 3:26 pm

Paolo é guiado até o que parece ser um escritório. Não era luxuoso, mas não era algo bagunçado. Lampião entra no lugar e se serve de uma cachaça artesanal que avia ali, tomando a bebida como um hábito que devia manter desde que era um mortal e fala com o seu irmão de clã olhando ao celular e respondendo uma mensagem:

'- Tem mais uma novata na cidade. Joana. Tá vindo pra cá agora.'

Tenta fazer uma ligação por duas vezes e, sem conseguir desliga o telefone e diz:

'- O telefone do Jorge não atende.'

O Brujah chama um lacaio que se apresenta. Era um homem nordestino bem forte fisicamente. O Brujah diz:

'- Localiza Jorge e Luiz Filippi, vê se eles tão bem e diz que tamu bem e indu pra Capela Tremere. Passa esse enderçu pra eles.'

Lampião escreve um endereço no papel e segue dizendo:

'- Traz reforçu pra cá e pro Porto. O Sabá tá nas ruas, vamu defende o qui é nossu.'

O homem concorda e se retira já ao telefone. Paolo e Lampião estavam novamente sozinhos.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Paolo Auristos - Lampião

Mensagem  Convidado em Seg Mar 10, 2014 12:38 pm

Calado e bastante observador, Paolo presta bastante atenção no que se seguia. Memoriza o mencionar de uma novata chamada Joana, e também o fato de ter de seguir certamente em breve para um "centro de macumba" o que, dadas as circunstâncias, negar está fora de cogitação.

Assim que se vê sozinho novamente com Lampião, Auristos enquanto observa a sala do mesmo diz:

"- Qual seu palpite?"

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Lampião - Paolo Auristos

Mensagem  Narrador em Ter Mar 11, 2014 6:11 am

Lampião apenas responde ao mesmo tempo que o carniçal informa que o telefone de Luiz Filippi também não funcionava. O Brujah irritado se levanta e anda de um lado pro outro, falando com Paolo:

'- Não sei. Espero que não seja o pior. Já somos poucos...'

O nordestino estava irritado e não escondia isso em suas palavras:


'- Começô a Guerra. E espero qui não fiquem di palhaçada na reunião di hoji.'
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Paolo Auristos - Lampião

Mensagem  Convidado em Ter Mar 11, 2014 10:03 am

Paolo finalmente se assenta, apoiando os cotovelos sobre os joelhos, com as mãos unidas e pensativo. Seus olhos se erguem para Lampião enquanto diz:

"- Entenda, eu ainda não sou um homem de confiança sua. Não sei quanto tempo isto pode levar para se tornar realidade ou até mesmo se isto chegará a ser uma realidade, mas, meu interesse é ficar no Rio. Chega de "raparigas" e "ora pois" por um bom tempo..."

Após uma breve pausa, ele finalmente recosta-se na poltrona e prossegue:

"- Eu já vi um pouco da Camarilla, acredito que ainda muito pouco, mas vi. Meu senhor já compartilhou muita coisa comigo e uma coisa é certa... Não há muita ênfase nos Elísios europeus, ao menos segundo o que ouvi, em relação ao continente sul-americano." Uma coçada na barba, uma ajeitada nos óculos geram mais uma pausa:

"- Logo, espero que tenhamos um bom contingente apto para descer o braço e chutar aqui no Rio, pois de fora, ajuda não deve vir..."

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Lampião - Paolo Auristos

Mensagem  Narrador em Qua Mar 12, 2014 7:00 am

Lampião responde Paolo com uma frase seca, mas significativa:

'- Nossa corti é uma corti de fracus e imbecis. Si Jorgi e Filippi também tiverem caídu, estamus com muito problemas... muito...'
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Paolo Auristos - Lampião

Mensagem  Convidado em Qua Mar 12, 2014 9:38 am

Após a resposta Paolo detém-se um pouco a apenas observar o cangaceiro. Em seguida seus olhos se retiram do mesmo, voltando-se para o nada. Com o mesmo semblante fechado, o Brujah não tinha mais nada a comentar. Calado, permanece a aguardar o desenrolar que se dará com a chegada da tal Joana citada por Lampião.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas (Feira de São Cristóvão)

Mensagem  Convidado em Qui Mar 13, 2014 11:29 am

Caminhando a passos largos Joanna saiu da estação com mão nos bolsos, atenta a todos os arredores, em uma rua cheia de indigentes e todo tipo de biltres, logo chegou a Feira de São Cristóvão tendo aquela música típica invadindo seus tímpanos, realmente era um lugar onde ela por suas vestimentas chamava muita atenção e isso a incomodava, sua defesa era retribuir os olhares de aversão com um semblante de "Te mato!"
Após algum tempo olhando em volta, ela recostou-se em um canto menos movimentado e sacou o seu fiel tijolão, onde mandou uma mensagem para Lampião escrita: "Já cheguei"

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Lampião - Paolo Auristos | Joana D'Arc

Mensagem  Narrador em Qui Mar 13, 2014 2:01 pm

Nem bem termina de enviar a mensagem, um homem forte se aproxima de Joana e diz:

'- É por aqui, mi segui. Virgulino tá esperando ocê.'

O homem caminha até o escritório onde estavam Paolo e Lampião. O Cangaceiro ao ver a chegada do homem com Joana diz:

'- Então ocê é a novata na cidadi né? Eu sô Lampião e aquele ali é o Paolo...'

Diz apresentando já os dois Brujahs. O homem que guiou Joana segue embora, deixando os três Brujahs a sós.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Paolo Auristos - Joana e Lampião

Mensagem  Convidado em Qui Mar 13, 2014 2:12 pm

Assim que Joana entra no recinto junto com o "pau-mandado" do cangaceiro, Paolo fica de pé, fitando os recém-chegados. Após as apresentações, Paolo faz um breve movimento com a cabeça, num cumprimento comedido, sem sair de próximo da poltrona onde está assentado. Apesar do semblante do Brujah não mudar, ele estranha a aparência da tal Joana.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas (Feira de São Cristóvão)

Mensagem  Convidado em Qui Mar 13, 2014 2:57 pm

Joanna faz um aceno com a cabeça para os ali presentes, com um semblante de mau humor, e sem tirar as mãos dos bolsos ela fala de maneira decidida:

" - Nunca mantive muito contato com a Camarilla dos séculos que estive aqui, mas pretendo fazer o nome Joanna D'arc ser tão temido entre os vermes do Sabá daqui quanto na Europa..."

Ela retira as mãos dos bolsos e encara Lampião e logo após Paolo firmemente nos olhos, como se estivesse tentando decifrar o que cada um estava pensando pelo brilho dos olhos, desejava em seu íntimo que soubessem de todos os seus feitos e tivessem certeza que ela não estava de brincadeira

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas (Feira de São Cristóvão)

Mensagem  Convidado em Qui Mar 13, 2014 8:46 pm

A menção do sobrenome, puxa antigas memórias de Paolo. Apesar de não ser assíduo historiador, o Brujah em sua vida humana já passou por aquele nome revolucionário. Um discreto ar de curiosidade é ressaltado em meio ao olhar firme e sério por causa do levantar de uma das sobrancelhas.
Paolo meneia positivamente a cabeça ao término da declaração vigorosa da Brujah de visual punk, brevemente e quase que involuntariamente demonstrando que gostou do que ouviu.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Lampião - Paolo Auristos | Joana D'Arc

Mensagem  Narrador em Sex Mar 14, 2014 9:43 pm

Lampião ia responder Joana, mas seu telefone toca e ele pega o aparelho e diz à dupla:

'- Já vorto... podi sê importanti...'

Deixando os dois sozinhos, ele sai feira adentro.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas (Feira de São Cristóvão)

Mensagem  Convidado em Sab Mar 15, 2014 9:04 am

Paolo então se assenta novamente, olhando em seguida para o relógio e demonstrando certo ar de impaciência.

* Mas que droga... Que hora boa para atender chamada em privacidade...*

Pensa o Brujah que aparenta um senhor por volta de seus 50 anos com rugas características da idade.

Em seguida ele olha para Joana e por estar tão dependente quanto ela da iniciativa do cangaceiro, assim pensava, não sabia e nem sequer queria dizer nada. Ele tira os olhos da Brujah punk e se recosta novamente na poltrona, aguardando Virgulino voltar.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas (Feira de São Cristóvão)

Mensagem  Convidado em Sab Mar 15, 2014 1:20 pm

Joanna olhou para o cangaceiro saindo com um ar de curiosidade, não pela ligação, mas pelo o que ele ia dizer sobre seu comentário.
Logo ela voltou o seu olhar para Paolo encarando-o nos olhos durante algum tempo, ainda com o seu ar de poucos amigos, ela diz:

" - Parece incomodado, posso te perguntar o que te trouxe a cidade?"

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas (Feira de São Cristóvão)

Mensagem  Convidado em Dom Mar 16, 2014 2:02 pm

"- Duas coisas..."

Após estas palavras Paolo volta seus olhos para Joana e ignorando o comentário que ela fez sobre o óbvio, responde apenas a pergunta:

"- Primeiro, eu sou daqui. Não de nascimento, mas minha vida se deu no Rio até entrar em minha quinta década de existência. Segundo, eu cansei do ambiente lusitano."

Uma breve pausa e após dar uma olhada para a porta, é ele quem pergunta:

"- E você? Joana D'arc?"

Ao contrário dá pergunta de Joana, Paolo demonstra curiosidade quanto ao nome da Brujah.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Stevie

Mensagem  Stevie Armstrong em Ter Mar 18, 2014 7:08 am

O Brujah chega ao Centro de Tradições Nordestinas, procurando encontrar seu companheiro de clã, o tal Lampião, uma celebridade para os humanos, uma figura histórica.

Stevie estaciona seu carro, termina de escutar a música que estava ouvindo, tranca as portas do seu veículo e se dirige até a portaria do lugar, onde encontrando alguém que pareça trabalhar lá pergunta se forçando para falar bem o português.

"- Com licensa, estou procurandou o senhor Virgulinou, por favor?"

_________________
Carisma: 5
Aparência: 5
Voz Encantadora
Rubor Sanguíneo
avatar
Stevie Armstrong

Mensagens : 237
Data de inscrição : 16/03/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas (Feira de São Cristóvão)

Mensagem  Convidado em Ter Mar 18, 2014 12:25 pm

" - Sou da França, passei séculos da minha não vida travando batalhas contra o Sabá, vim para o Brasil para buscar vingança contra uma integrante da coroa Portuguesa que foi o motivo de minha captura. E não, eu não sou louca, eu sou a real Joanna D'Arc, da guerra dos cem anos..."

Por um momento se deu conta que o rapaz podia não acreditar em seu discurso, afinal existiam várias loucas achando que eram Joanna D'Arc, só esperava que não fosse essa a questão, era uma das coisas mais estressantes para ela.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Paolo Auristos - Joanna D'arc

Mensagem  Convidado em Ter Mar 18, 2014 12:46 pm

A menção de vingança faz Paolo já listar mentalmente que não seria muito bom ter muita conexão com a Brujah. Ela mencionou a coroa portuguesa, e Paolo prefere não levar em frente este ponto da resposta dela. Atém-se ao que ela falou sobre ser a própria Joanna D'arc histórica, da guerra dos cem anos e um símbolo na história francesa.

" - É um prazer conhecê-la, e mais uma vez o... Vampirismo me apresenta surpresas interessantes. Eu não tenho nada relevante sobre mim. Tenho pouco tempo... Disse referindo-se à própria idade vampírica.

Ele novamente dá uma olhada nas horas. Estava impaciente e não podia esconder isto. Ele torna a olhar para Joanna e sem ter o que falar, silencia-se apenas meneando a cabeça positivamente por um brevíssimo momento, se sentindo totalmente deslocado enquanto aguarda

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas (Feira de São Cristóvão)

Mensagem  Convidado em Ter Mar 18, 2014 4:32 pm

Joanna colocou as mãos na cintura e se aproximou dois passos na direção de Paolo, podia ver que não era um homem de muitas palavras, mas ela adorava falar, e ainda mais sobre si mesma, e não foi dificil relacionar o fato do "ambiente lusitano" com o que ela acabara de dizer, não queria se aprofundar mais no assunto, mas ela não resistia:

" - A infanta D. Isabel, filha de D. João I e duquesa de Borgonha... Infelizmente quando me libertei do laço de sangue do meu senhor, ela já estava morta, então resolvi me vingar contra a coroa Portuguesa inteira, afetando sua maior fonte de renda na época, a sua promissora colônia..."

Ela faz uma pausa para avaliar a reação de Paolo e fala de uma maneira estranhamente suave:

" - Mas isso é Passado, o golpe já foi dado..."

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas (Feira de São Cristóvão)

Mensagem  Convidado em Ter Mar 18, 2014 5:38 pm

Ela menciona algo que chama a atenção de Paolo. Mas por educação, e dá sequência ao assunto:

" - Sua sede de vingança já foi saciada?"

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Stevie Lee Armstrong

Mensagem  Narrador em Ter Mar 18, 2014 11:28 pm

Um dos homens, já avisados, guia Stevie pelos corredores da Feira até uma sala onde não entra. Ele apenas informa que outros dois "irmãos" estão lá e que Lampião já vai voltar para falar com eles. Restava à Stevie seguir, entrar e esperar.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Stevie - Auristos/Joanna

Mensagem  Stevie Armstrong em Ter Mar 18, 2014 11:37 pm

Stevie agradece ao seu "guia" e adentra a sala, onde esperava encontrar dois irmãos de clã. O Brujah estava vestido com uma camisa de manga longa enrolada até os cotovelos, na cor azul escura, e uma calça jeans de um azul bem escuro, seu olhar era fixo, porém carismático, e sempre tinha um sorriso no rosto, ele olha para Joanna e seu visual mais rebelde, e Auristos e seu visual mais carrancudo, que anos de vida dura quando humano parecia ter trazido, Stevie não deixa de reparar na postura dos dois, um sentado meio que desinteressado e a outra de pé e com uma atitude mais pró-ativa, o Brujah estava em sua mente entre as duas atitudes, mas ultimamente se inclinava a ser mais reflexivo.

Os outros Cainitas podem reparar que ele tinha um tom de pele normal para um humano, não era nem um pouco pálido, e então o Brujah, que era muito belo e imponente, alto, porém não muito "bombado", fala com seus novos companheiros de Clã, com uma voz altamente encantadora, uma voz perfeita e feita para os palcos, bastante grave e com bastante determinação em suas palavras, que traziam um certo sotaque gringo.

"- Boa noite companheiros. Sou Stevie Lee Armstrong, o novo Brujah daqui do Ryo de Janeirou. Nice to meet you both."

Termina sua frase em inglês dizendo que era um prazer conhecê-los, e de fato era, pois nos ultimos 10 anos mais ou menos estivera um pouco isolado do mundo, em certos estudos e batalhas mentais, somente com a presença de seu Senhor. A voz encantadora misturada com o sotaque podia estragar um pouco do encanto para alguns e para outros adicionar um charme maior ainda.

O Brujah olha seus dois companheiros nos olhos, esperando a reação de cada um deles.

_________________
Carisma: 5
Aparência: 5
Voz Encantadora
Rubor Sanguíneo
avatar
Stevie Armstrong

Mensagens : 237
Data de inscrição : 16/03/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Paolo - Armstrong e D'arc

Mensagem  Convidado em Qua Mar 19, 2014 10:11 am

Antes que Joana respondesse, a presença de Stevie chama a atenção de Paolo para a porta. Nunca o havia visto e a boa aparência e voz do Brujah são para Paolo um chamativo inusitado. Assim que o recém chegado (na sala) Brujah se apresenta, mesclando o português arrastado com um inglês perfeito no final, Paolo responde ainda assentado:

" - Boa noite. Me chamo Paolo."

Em seguida se levanta, estendendo a mão para Stevie, cumprimentando-o educadamente.

" - O prazer é todo meu..."

Os pensamentos do Brujah vão para o óbvio. Era bom ter mais novatos na cidade. Não seria a única carne fresca a ter de mostrar seu valor, caso as coisas com o Sabá fervessem antes do que ele esperava.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas (Feira de São Cristóvão)

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 6 1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum