Centro Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas (Feira de São Cristóvão)

Página 3 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Stevie

Mensagem  Stevie Armstrong em Sex Maio 09, 2014 10:08 am

O Brujah termina seu riff e o celular toca, ele segura a guitarra no colo para ler a SMS, um sorriso imediatamente abre em seu rosto, e automaticamente a outra mão busca a moeda em seu bolso, ele da uma risada sozinho e responde a mensagem: "Não podia ter melhores notícias. Venha a Feira de Tradições Nordestinas quando possível."

Um dos maiores Brujahs que conhecera, e um companheiro de ideiais e bebidas estava chegando, e aquilo era um excelente sinal, Stevie já tinha certeza que virariam a mesa, essa notícia faz com que a vitória fosse ser certa e talvez trouxesse com ela os ventos da mudança.

_________________
Carisma: 5
Aparência: 5
Voz Encantadora
Rubor Sanguíneo
avatar
Stevie Armstrong

Mensagens : 237
Data de inscrição : 16/03/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas (Feira de São Cristóvão)

Mensagem  Convidado em Sex Maio 09, 2014 10:35 am

Joanna havia se arrastado ao primeiro quarto que encontrou na noite anterior, e dormiu sentada no canto do quarto com um braço abraçando o outro, sabia que iria começar o inferno...
E ela acordou em um lugar diferente, e não apenas o ambiente era detestável, mas como estava em queda, o lugar era quente, sentia que o destino inevitável no chão era o fogo!



No mundo real Joanna Gritava em desespero, enquanto Estigmas abriam por todo o seu corpo e sangravam bastante, ensopando sua roupa e molhando um pouco o chão.
A queda era aterrorizadora o bastante, e como se não fosse o suficiente, o maldito anjo envolto a Trevas voava ao seu lado, murmurando dizeres na lingua dos anjos que Joanna não entendia, o som era ecoante, ensurdecedor e perturbador, envolto a uma base sonora de milhões de almas desesperadas gritando ao fundo, vez ou outra Joanna podia entender algumas frases:

*Hoje é o seu Fim*
*Chegou a Hora de Pagar pelos seus Pecados*
*A chama eterna da danação te consumirá*

No mundo Real Joanna Gritou:

" - NÃO!! ANJO MALDITO!! ANTES QUE FAÇA ISSO ARRANCO-TE SUAS ASAS NEGRAS COM MEUS DENTES!!"

E quando estava Prestes a atingir um chão repleto de fogo, Joanna se põe para fora daquilo, abrindo abruptamente seus olhos, arregalando-os enquanto olhava em volta, para garantir que aquilo não tinha sido real, completamente Banhada em Sangue e com Estigmas por todo corpo.
Joanna fica quieta um tempo para tentar ouvir se alguém tinha percebido seu surto.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Stevie - Joanna

Mensagem  Stevie Armstrong em Sex Maio 09, 2014 10:46 am

Mas que porra era aquela? Estavam sendo atacados? Um grito descomunal de Joanna sai do quarto e faz Stevie levantar de um pulo, se nao fosse tao agul teria derrubado sua guitarra e talvez a quebrado, ele a salva, mas seu celular não tem a mesma sorte e vai pro chão, separando bateria, tampa e corpo, cada um pra um lado.

Stevie estava pronto para entrar no quarto do grito chutanndo tudo, quando lembra do que Joanna dissera na noite anterior e se acalma, tranquilamente mas a passos firmes ele vai para o quarto dela, chutando as partes do celular e recolhendo elas antes da porta para remonta-lo, então adentra no quarto e vê sua companheira no chão, ensanguentada, e com marcas nas mãos que parecia terem sido pregadas. Ela estava absolutamente coberta de sangue, lentamente o Brujah começa a andar em direção a ela, não queria que ela se sentisse ameaçada, mas tinha que garantir que estava tudo bem.

Com sua bela voz, calma como sempre e um sorriso empático ele fala.

"- Tá tudo bem Joanna, não tem ninguém aqui, principalmente com asas."

O Brujah estende sua mão para ajudá-la a levantar e continua falando enquanto a puxava para ficar de pé.

"- Relaxa que se alguem estivesse aqui eu seria o primeiro a arrancar a cabeça dele pra proteger uma companheira. Agora vai lá pro banheiro e se limpa do sangue, vou pedir pro Lampião uma muda de roupas, e talvez um pouco de vitae seria uma boa?"

_________________
Carisma: 5
Aparência: 5
Voz Encantadora
Rubor Sanguíneo
avatar
Stevie Armstrong

Mensagens : 237
Data de inscrição : 16/03/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas (Feira de São Cristóvão)

Mensagem  Convidado em Sex Maio 09, 2014 12:32 pm

Joanna se levanta apoiando-se nas paredes, deixando uma marca de mão de sangue nelas, ela retira o grosso do sangue do seu corpo e arremessa pra longe, logo após concentrando seu sangue e fechando os ferimentos, meia tonta de faminta pela perda de sangue, a mulher observa Stevie entrando e diz com um sorriso amarelo:

" - Valeu cara, o inferno me persegue até nos meus sonhos, isso é uma merda! Ainda bem que eu avisei vocês, senão isso ia dar um auê fudido!"

Olhando em volta, ela cospe no chão o sangue que se acumulou na sua boca e diz de maneira ranzinza:

" - Puta merda zaralhei esse quarto todo, não só vou precisar de roupas novas, mas como de um pano e um balde pra limpar essa cagada, isso aqui vai feder daqui a pouco! Fico ainda mais sem graça por não ter um tostão furado pra ajudar com essa porra, preciso sair da falência!"

Ela faz uma expressão de incomodo, estava faminta, já estava na hora de caçar, secar uma fonte seria maravilhoso, ela se dirige para o lado de fora, procurando um banheiro para tomar banho, chegando lá, ela lava suas roupas no chuveiro, e torce-as bastante para seca-la ao maximo, logo após lava-se demoradamente.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Lampião - Joana D'Arc | Stevie Lee Armstrong

Mensagem  Narrador em Seg Maio 12, 2014 11:27 am

Lampião chega no quarto pouco depois:

'- Diacho... qui marmota é essa qui tá acontecendu aqui?'
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Stevie - Lampião

Mensagem  Stevie Armstrong em Seg Maio 12, 2014 1:01 pm

Stevie vê Lampião entrando no quarto e já responde.

"- A Joanna teve um probleminha ao acordar, nada demais, ela precisa de uma muda nova de roupas e uns panos pra limpar aqui, tem?"

O Brujah então decide tirar outra duvida com Lampião e pergunta.

"- Virgulinou, outra pergunta, você conhece Uther Bergmann?"

_________________
Carisma: 5
Aparência: 5
Voz Encantadora
Rubor Sanguíneo
avatar
Stevie Armstrong

Mensagens : 237
Data de inscrição : 16/03/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Lampião - Joana D'Arc | Stevie Lee Armstrong

Mensagem  Narrador em Seg Maio 12, 2014 1:52 pm

O Brujah balança a cabeça negativamente. Nunca tinha ouvido falar de Uther, embora seu nome fosse muito conhecido entre os Brujahs. Joana, por exemplo, já havia ouvido falar sobre um Sábio Brujah muito antigo de nome Uther, mas nunca o conhecera ou conhecera alguém que já tivesse o conhecido.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas (Feira de São Cristóvão)

Mensagem  Jack Hayter em Seg Maio 12, 2014 4:53 pm

Jack descia de seu taxi, jogando uma nota de cinquenta reais para o taxista. Nem havia visto quanto havia sido, e provavelmente havia pago mais do que era necessário. Mas como diziam naquele país, foda-se. Ele adentrou o local com o capuz cobrindo sua cabeça, ajeitou o tapa olho, e seguiu em frente. Era um local no mínimo diferente de tudo o que ele havia visto. Aquele povo brasileiro era de fato diverso em cultura. Quando ele entrara em torpor, havia conhecido somente a região sudeste e a sul do país, e ver aquela feira o deixava assustado. Era de uma diferença gigantesca do resto do país. Ficou triste ao se lembrar que não podia mais comer, mesmo tendo dinheiro e a oportunidade. Aquele lance de se tornar um "cainita" fora problemático. Jack conhecera um lobisomem quando chegou ao Brasil. Fora prontamente atacado, e devido a briga entrara em torpor. Sinceramente? Ele preferia ser um daqueles lobisomens do que ser um vampiro, mas fazer o que? Agora já era tarde demais.

Ele seguiu andando dentro daquele local. Chegou a considerar perguntar para alguém que ele conseguisse ver aonde encontrar o tal Lampião, mas notou o quão estúpido isso seria. Afinal, se ele era o cabeça do clã Brujah na cidade, devia ser um homem altamente inteligente e provavelmente escondia bem sua localização. Jack notou que já estava começando a rodar demais. Ele havia sido contatado pelo tal Lampião, e agora estava ali. Pegou o celular e mandou uma mensagem para o número de contato que havia recebido: "Estou aqui."

Esperava que aquilo fosse o suficiente para poder se direcionar e falar com o homem.


avatar
Jack Hayter

Mensagens : 8
Data de inscrição : 02/05/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Filippi - todos

Mensagem  Luiz Filippi em Seg Maio 12, 2014 10:17 pm

*Filippi, como de hábito, é um dos últimos, se não o último a acordar. Ainda está na cama quando escuta os gritos de Joanna. Subitamente desperto, salta, saindo sem camisa na direção dos gritos, e quando vê que todo mundo já socorrera a brujah, cruza os braços com um mau humor evidente. Resmunga, longe do alcance dos ouvidos dela*

- Que merda isso logo cedo...

*E aproxima-se de Lampião*

- Que manda para hoje, chefe? Que hora que a gente vai bater um papo?

_________________
Carisma 4
Aparência 2
Qualidade: bad boy
Idade aparente: 43
Altura: 1,90 m
avatar
Luiz Filippi

Mensagens : 216
Data de inscrição : 26/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Jack Hayter

Mensagem  Narrador em Seg Maio 12, 2014 11:01 pm

Pouco tempo após dois homens saem do interior da Feira. Eles se vestiam como seguranças do local e perguntam:

'- Jack Hayter?'

Após a confirmação, indicam que Jack os guie. Não eram de falar muito e guiam o Brujah até uma sala que parecia um escritório. Não era sofisticado, mas ainda sim era organizado. Havia muitos adornos em referência à cultura nordestina e o forró tocava ao fundo sem parar enquanto trabalhadores animados começavam a preparar a festa da noite.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Lampião - Luiz Filippi | Joana D'Arc | Stevie Lee Armstrong

Mensagem  Narrador em Seg Maio 12, 2014 11:04 pm

Lampião cumprimenta Filippi com um aperto de mão firme e responde:

'- Vamu conversá todu mundu agora...'

O celular acusa uma mensagem e completa:

'- E vamos aproveitar que chegou mais um e já por eli na roda também. Hoji é dia de acertá as coisa... tú vai sê Xerifi, e se tudu der certo a tan tan vai sê Algoiz...'

Dá dois tapas no ombro de Lampião e diz:

'- Eu sô um velhu, mas ainda tenho minhas conta pra acertá nessa cidadi antis di discansá... vamu subi...'

E caminha pra fora do quarto, em direção à sala.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas (Feira de São Cristóvão)

Mensagem  Convidado em Ter Maio 13, 2014 11:52 am

Joanna Responde do Banheiro enquanto se lavava:

" - Já ouvi falar neste Brujah cara! Pelo o que eu sei é conhecido pela sua sabedoria! Mas por que a pergunta?"

Joanna torceu as roupas que lavou e vestiu-as assim mesmo, ainda úmidas, mas já estava morta, usar roupas molhadas não ia deixa-la gripada, isso pelo menos daria tempo a ela de conseguir roupas secas, olhando para Fillipi e o seu mau humor logo pelo início da Noite, ela fez um gesto de positivo com a cabeça, significando um cumprimento, ficaria puta também se fosse acordada com os berros de alguém, então a mulher nada disse.
Olhando para Lampião e ouvindo o que ele disse, Joanna arqueia suas sobrancelhas, ele disse que já estava velho e precisava acertar contas antes de descansar, parecia que ele estava almejando a Morte Final, isso assustou a guerreira, em apenas uma noite havia criado apreço por todos os seus companheiros Brujahs, e só em pensar em ter um deles tomando banho de sol, deixava-a consternada, mas ela nada disse, mais tarde falaria sobre isso com ele, agora tinham assuntos a resolver, e mais um companheiro para conhecer, ela segue lampião dizendo de um modo aliviado:

" - Puta merda, ótima notícia! Quanto mais contingente melhor!"

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Stevie - Brujah

Mensagem  Stevie Armstrong em Ter Maio 13, 2014 2:12 pm

Stevie cumprimenta Luiz quando ele chega. Lampião não conhecia Uther, mas em breve conheceria. Joanna volta e responde que conhecia de nome ele.

"- Ouvi boatos sobre ele no Brasil Joanna."

Então o Brujah guitarrista segue Lampião para o a sala enquanto fala.

"- Beleza, mais um brother pra lutar com a gente. Vamos arrumar essas paradas ai e daí focar no que é importante."

_________________
Carisma: 5
Aparência: 5
Voz Encantadora
Rubor Sanguíneo
avatar
Stevie Armstrong

Mensagens : 237
Data de inscrição : 16/03/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas (Feira de São Cristóvão)

Mensagem  Convidado em Qua Maio 14, 2014 8:22 am

Joanna faz expressão de surpresa e diz de maneira passional:

" - Nossa, esse país está chamando o interesse mesmo dos Cainitas, Uther é uma Boa Notícia, mas fico pensando se também outros Cainitas, tipo do Sabá, estariam vindo de assalto para cá também"

Joanna estava muito a vontade com o seu presente, talvez seja um dos motivos de ela não ter se tornado uma peça de museu e muitas vezes sendo comparada a uma neófita, por isso falava de um jeito tão despojado para uma mulher que já passava dos 500 Anos, talvez tenha sido pelo fato de ela ter se preocupado mais em anarquizar com o gado, do que servir de Marionete na Jyhad, mas isso não duraria muito mais tempo, se sentia tão afastada da Humana que havia nela que já se sentia profundamente destacada, as vezes até entre os Cainitas, parecia que ela se sentia bem apenas entre seus companheiros de clã. Ela pensava sobre o que Lampião dissera, já estava velho e queria descansar, não sabia em que sentido ele havia dito isso, mas a idéia ficou martelando em sua mente. Vozes sussurradas começaram a açoitar seus ouvidos:

*É a única maneira de ser concedida a Salvação, receber a purificação sagrada dos raios do sol! É sua última chance, meretriz maculada pelas trevas, uma vez a ferramenta do Senhor e agora companheira de maldição do homem que sacrificaste o seu próprio irmão!*

Joanna leva a mão à Têmpora e sussura com expressão de incômodo:

" - Cala a boca, não estou pedindo nada a você!"

Se tocando que alguém poderia ter ouvido seu lamento, ela faz força para amenizar sua expressão e muda drásticamente de assunto:

" - Algoz... Qualquer lutar que eu possa matar em nome da Camarilla!

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Lampião - Joana D'Arc | Stevie Lee Armstrong | Luiz Filippi

Mensagem  Narrador em Qua Maio 14, 2014 8:55 am

Enquanto caminhavam para subir rumo ao escritório, Lampião responde à ponderação de Joana:

'- Essa cidadi tá crescendu e tá ficandu importanti... e tem muita lenda dos tan tan por aí dizendu que as coisá grandi vão acontecê por aqui...'
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas (Feira de São Cristóvão)

Mensagem  Jack Hayter em Qui Maio 15, 2014 9:00 am

Jack então seria levado até uma sala com algumas decorações estranhas, e lá ele se sentaria em algum lugar disponível e esperaria. A música daquele lugar era insuportável. Ele não era um grande fã de música, para falar a verdade. Nunca gostara muito. Retirou o capuz, passou a mão no cabelo para jogá-lo para trás e ajustou o tapa olho. Queria um charuto, mas infelizmente, não podia ter nenhum. Por baixo do casaco com sobretudo, estava usando uma camisa branca e um cordão com as dogtags de soldados que havia matado em seus tempos de soldado. Calça preta batida e botas militares. Elas davam sorte. E elas sempre eram uma boa maneira de se ter uma faca ao alcance rápido para atirar. Jack simplesmente esperou o tal Lampião chegar para falar com ele. Tinha algumas perguntas. Como por exemplo, o que estava fazendo ali.
avatar
Jack Hayter

Mensagens : 8
Data de inscrição : 02/05/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Lampião - Stevie Lee Armstrong | Jack Hayter | Luiz Filippi | Joana D'Arc

Mensagem  Narrador em Qui Maio 15, 2014 2:29 pm

Lampião e os demais seguem por uma escada até saírem por uma porta do lado oposto ao que Jack estava. A música, que não agradava ao Brujah recém-chegado, estava em um tom relativamente alto e Stevie, que vinha junto ao grupo, podia notar a mesma alegria do fim da noite anterior. Lampião vestia trajes simples, uma calça jeans surrada, uma camisa básica bem desbotada na cor marrom e tênis preto. Caminha até o novato e o cumprimenta com um forte aperto de mão:

'- Ocê deve di sê o tar de Jack, não é mermu?'

Olha para os três que o seguiam: dois homens e uma mulher e os apresenta à Jack:


'- Essis são Stevie, nosso Primógenu, Joana e Filippi.'

avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Stevie - Brujah

Mensagem  Stevie Armstrong em Qui Maio 15, 2014 11:51 pm

Stevie sobe as escadas escutando aquela música que o maravilhara, ele tinha que definitivamente falar com o músico e aprender aquele instrumento. Então eles chegam ao escritório de Lampião, e lá estava esperando um outro Brujah, com sobretudo, tapa-olho, parecia um verdadeiro soldado, e parecia muito determinado.

Já Stevie, estava com a mesma roupa do dia anterior, calça jeans azul escura e camisa azul também, podia-se notar a diferença do guitarrista para os outros Membros, pois ele tinha a pele rubra, tal qual um humano, parecia não ter sido Abraçado, a não ser pelo seu olhar firme, e por ter sido apresentado como Primógeno por Lampião.

Ele se aproxima de Jack, o cumprimenta com um forte aperto de mão, no qual o outro Brujah sente que sua pele era quente como a de um humano também, e então começa a falar, com sua voz naturalmente encantadora, parecia que cantava enquanto falava, mas não cantava coisas delicadas, nem o gutural de um metal, mas sim uma melodia confiante e forte, como uma sinfonia de Beethoven, ou como a voz barítono de um cantor de ópera.

"- Prazer Jack. Sou Stevie Lee Armstrong, como LampiAO disse, serei o Primógeno de nosso Clan, Luiz aqui será Xerife, e se tudo der certo, Joanna nossa Algoz."

O Brujah da um sorriso para cada companheiro quando os nomeia, Jack e os outros podem reparar seu sotaque inglês muito carregado, dos Estados Unidos, um sotaque dos anos 20 ou 30, para quem era especialista.

_________________
Carisma: 5
Aparência: 5
Voz Encantadora
Rubor Sanguíneo
avatar
Stevie Armstrong

Mensagens : 237
Data de inscrição : 16/03/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas (Feira de São Cristóvão)

Mensagem  Convidado em Sex Maio 16, 2014 6:19 am

Joanna olha o novo Brujah com satisfação, parecia ser um verdadeiro soldado, talvez alguém para compartilhar seu gosto pela guerra, a mulher estava vestida com uma camiseta curta branca com as mangas arrancadas, deixando a mostra parte de sua barriga, uma calça jeans colada no corpo, com um coturno preto por cima dele, todos os seus trajes pareciam umidos e amarrotados, parecia que acabara de ter torcido em alguma máquina para este fim.
Joanna se aproximou e estendeu a mão ao novo integrante, dizendo de um modo firme e determinado:

" - Fala aí cara, sou a Joanna D'arc como me apresentaram, pronto pra fuzilar alguns sabás?"

A mulher sorriu de um modo visivelmente sádico, ao contrário de Stevie sua pele era pálida e fria, aparentando nítidamente estar muito distante da Humana que ela já foi.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas (Feira de São Cristóvão)

Mensagem  Jack Hayter em Sex Maio 16, 2014 10:09 am

Jack simplesmente suspirou quando todos chegaram e estendeu a mão para o tal Lampião. Quando ele apontou o tal Stevie como Primógeno Jack apenas ergueu uma sobrancelha, mas cumprimentou o homem mesmo assim. O cara falava com um sotaque carregado, e Jack imaginou se ele não iria preferir falar em inglês, que parecia ser sua língua nativa. Mas ele não tinha muito o que comentar. Apertou a mão do tal Lampião, e quando ele apertou com força, Jack retribuiu. Provavelmente o tal Lampião era mais forte que Jack, mas ainda assim, ele não podia se mostrar fraco. Do pouco que ele sabia da comunidade vampira, todos ali eram lobos em relação ao próximo. Stevie falava como um cantor, e parecia surpreendentemente humano, ainda mais pela temperatura de sua pele. Sim, aquilo era curioso. E então a garota o cumprimentou, e Jack finalmente falou algo. Sua voz era semelhante a mistura entre um rosnado e um latido, rouca e farpada:

- O nome é Jack. Jack Hayter. E vocês vão ter que me explicar um pouco mais sobre primògenos e algozes, por que eu passei os últimos tempos dormindo e minha memórias não está das melhores.- O fato era, Jack nunca se metera com a Camarilla. Seguia as leis deles, para não chamar atenção, mas sempre pulando de um local para o outro em busca da mulher que o abraçara. Sabia o que era um xerife, mas sobre o resto tinha apenas algumas noções. A garota mencionou fuzilar Sabás. Sim, sobre aquilo Jack sabia. Ela estava falando a língua dele. - Sou mais adepto a ideia de aparecer do nada e reduzir o cara a pó sem ele notar que eu apareci ali, mas fuzilar é mais prático. Às vezes, até mais divertido. Joanna D'arc... Heh, devia ser um pseudônimo, não podia ser a tal... ou podia? Stevie Lee Armstrong, ele iria manter um olho naquele homem, ele era curioso. E o tal Lampião, que era seu contato ali. E Jack ainda tinha uma pergunta na cabeça: porque diabos ele estava no Rio de Janeiro?
avatar
Jack Hayter

Mensagens : 8
Data de inscrição : 02/05/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Lampião - Stevie Lee Armstrong | Jack Hayter | Luiz Filippi | Joana D'Arc

Mensagem  Narrador em Sex Maio 16, 2014 12:22 pm

Lampião percebe que as apresentações estão sendo feitas e diz para Stevie:

'- Stevie... eu vou me reunir agora com o rato de esgoto. Vou resolver as coisá. A Príncipi Linda deve ligá procê depois da minha conversa... vai organizandu tudu por aqui... vou tentá resorve tudo pra nóis...'

Olha para o recém-chegado:


'- Eu tava di saída quando ocê chegô. Tenho contas a ajustá com um Rato. A noiti foi muito ruim pra nóis... não têmu nada e dois dos nossu morreram nas mão du Sabá... os treis aqui vão explicar tudo procê, tudo bem?'
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas (Feira de São Cristóvão)

Mensagem  Convidado em Sex Maio 16, 2014 1:22 pm

Joanna cruza os braços e ouve com uma expressão de descontentamento o simples fato da Príncipe entrar em contato com eles, já estava ficando cada vez mais anti-social com não-brujahs e estava sem paciência para demagogias, quando Lampião diz que vai sair, a mulher faz uma expressão confiante e diz em tom motivacional:

" - Vai lá Virgulino, não deixa eles montarem em cima da gente que nós não somos jegues, boa sorte pra ti, e qualquer coisa que precisar você tem o meu número"

Olhando para Jack após ouvir o que ele disse, teve mais ou menos uma idéia de qual era a abordagem do Soldado, parecia ser um batedor, mas isso não tinha problema algum, das tropas que liderou na França os batedores eram extremamente úteis e valorizados pela loira enquanto os anjos sussuravam em seus ouvidos as táticas de guerra, simplesmente as táticas fora pro inferno depois dos séculos, o negócio dela agora era meter o pé na porta e acertar o inimigo com toda a força que tinha.
Após voltar de seus devaneios ela responde a pergunta de Jack:

" - Cara, o Algoz é o Cara da Camarilla que extermina, é uma máquina de matar, como por exemplo: Vermes de sangue fraco, Anarquistas, cainitas criados sem permissão, fugitivos, etc etc... E o Primogenito é o representante político do clã na Camarilla, ele trata mais da burocracia e na Gestão de Cainitas do Clã, traduzindo: Chatice! Ainda bem que o Stevie aqui aceitou heróicamente o cargo! Hahaha!"

Ela abra os ombros do Brujah e dá soquinhos de "leve" no seu braço, tá... Ela pode ter exagerado um pouco na força, mas nada que um Brujah não aguentasse...

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Filippi - todos

Mensagem  Luiz Filippi em Sex Maio 16, 2014 11:19 pm

*O humor de Filippi parece melhorar quando Lampião menciona o cargo de algoz, e ele dá um sorriso de lado*

- Para descer a mão nuns Sabá! Não quero outra coisa da vida...

*Aperta o ombro do cangaceiro com um pouco de força, à maneira de solidariedade, quando ele fala em descansar - por baixo de toda sua brutalidade, conhecia a dor de perder uma companheira. Comenta*

- Hum, reforços são bons. Não conheço essa pessoa, mas se é um sábio, sempre virá colaborar.

*Vai buscar sua camiseta no outro quarto e volta a tempo de ouvir a ponderação de Joanna sobre o Sabá. Retruca num tom brusco*

- Então lidaremos com os que estão aqui o mais rápido que pudermos, e então lidaremos com os outros. Mas ainda precisamos de uma equipe confiável para isso. Assumir nossos postos é o primeiro passo, há muito trabalho a fazer.

*Estende a mão forte para Jack*

- Muito prazer, Luiz Filippi. Coronel.

*Despede-se do cangaceiro com um aceno*

- Nos deixe saber. Já perdemos tempo demais.

*Escuta a explicação de Joanna e volta a dar um meio sorriso, dando um empurrão com não pouca força no ombro de Stevie, em complemento aos soquinhos da francesa*

- Precisa mais colhão pra enfrentar aqueles porras no Elísio do que pra detonar meia dúzia de cabeças de Sabá...

_________________
Carisma 4
Aparência 2
Qualidade: bad boy
Idade aparente: 43
Altura: 1,90 m
avatar
Luiz Filippi

Mensagens : 216
Data de inscrição : 26/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Stevie - Brujah

Mensagem  Stevie Armstrong em Sab Maio 17, 2014 12:34 am

O Brujah ouve as ponderações de seus companheiros e as palavras de Lampião, então o tal Jack também estava ansioso em lutar, e aquilo era bom, ele só tinha que reparar se ele tinha a estabilidade de Luiz ou se era um wild card assim como Joanna D'arc, só o tempo diria. A Brujah lhe dá um soco no ombro, e Luiz um tapa em suas costas como sempre, delicados, um pouco de potência de sangue não fazia mal a ninguém, bem, a não ser a cara dos inimigos, Stevie sorri com as manifestações de seus colegas, não se afetando com a força das porradas.

"- Vai tranquilo VirgulinOU, e nAO deixa aquele rato entrar na sua mente! Depois avisa a gente do que ficou acertado."

O Brujah então continua de onde as ponderações de seus irmãos pararam, se sentando depois de cumprimentar Jack.

"- EntAO Jack, ontem foi uma merda geral aqui, o Elysium foi a baixo, coisa do Sabbath, explodiram um helicóptero que trazia dois arcontes. E tinha um Assamita lá dentro, merda geral. No final das contas, perdemos um companheiro de Clan que estava entre os possíveis Príncipes. Em seguida, todos da Camarilla foram pra Capela dos Feiticeiros tantans" - Stevie olha para Joanna rindo da piada que Lampião tinha começado sem querer. - "- Só que lá os Ratos de Esgoto entraram pra causar, e quem pagou o pato foi nosso Clan e os Malkavianos, teve um frenesi geral, a gente partiu pra cima do Ancião Nosferatu porque ele exigiu nosso território nos portos pra compensar que o nosso colega que morreu teria levado um Assamita aos esgotos. Bom, nessa merda toda a gente voltou pra cá todo mundo pra organizar as ideias, então se você tiver alguma coisa em mente, sinta-se a vontade.

O guitarrista faz uma pausa, escutando ao longe a sanfona.

"- Ah, e a propósito, sorte que a merda dos Ventrue nAO apareceram ontem naquela reuniAO, a pior coisa de botar a cara num Elysium é aguentar a posturinha desses bostas, filhos da puta. Ah, Joanna! Lembra de ver aquele contato com os Malkavianos, beleza?"

Stevie tinha sido deixado por Lampião pra organizar as coisas, mas ele não falava como um líder, nem ditador, nem mesmo queria organizar nada, só ia lembrando o que tinha acontecido, deixado em dia da situação Jack e lembrado do que a Joanna tinha dito que ia fazer, ele esperava que seus irmãos não o odiassem por aquilo, afinal, o que ele mais abominava era um ditador.

_________________
Carisma: 5
Aparência: 5
Voz Encantadora
Rubor Sanguíneo
avatar
Stevie Armstrong

Mensagens : 237
Data de inscrição : 16/03/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Lampião - Luiz Filippi | Joana D'Arc | Stevie Lee Armstrong | Jack Hayter

Mensagem  Narrador em Sab Maio 17, 2014 9:18 am

Lampião se despede e parte rumo à reunião com o Nosferatu.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas (Feira de São Cristóvão)

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum