Centro Cultural Banco do Brasil

Página 18 de 20 Anterior  1 ... 10 ... 17, 18, 19, 20  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Centro Cultural Banco do Brasil

Mensagem  Convidado em Seg Nov 03, 2014 3:18 pm

Guillermo da um passo a frente... Sua voz melodiosa preenche a sala

"- Pois não Sra. Príncipe. Chamo-me Guillermo Crow, membro do Clã da Realeza e lhe peço permissão para estabelecer refúgio por tempo indeterminado, caçar em vossos domínios e negociar de forma livre. Me comprometo, em troca, a colaborar com a Torre de Marfim com o que for necessário para um principado estável e forte."

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Bruno - Emilie

Mensagem  Bruno Modenesi em Seg Nov 03, 2014 8:13 pm

Finalmente a bailarina encerra sua ligação e o bicheiro lhe dirige a palavra:

"- E aí princesa, como vão as coisas? Ainda não aceitou meu convite pra desfilar, mas quem sabe não topas beber algo amanhã pra trocarmos uma ideia?"

Como a hora já ia avançada e o saco do bicheiro estava cheio, ele não pretendia se demorar muito ali. Queria apenas combinar algo com sua velha conhecida.

_________________
Aparência: 2
Carisma: 5
Voz Encantadora
Vulgar

"O tempo ruge e a Sapucaí é grande"
avatar
Bruno Modenesi

Mensagens : 155
Data de inscrição : 13/04/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Eugênio - Grabois

Mensagem  Eugênio de Beauharnais em Seg Nov 03, 2014 8:24 pm

Eugênio apenas sorri diante do comentário do Nosferatu. Sem emitir nenhuma opinião sobre o desgosto ou não dos demais ele conversa amigavelmente:

"- Longe disso, Sr. Grabois. Na verdade estou curioso sobre o que vossa praticidade tem a dizer?"

Eugênio busca ser agradável em suas palavras.
avatar
Eugênio de Beauharnais

Mensagens : 101
Data de inscrição : 16/01/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Todos no Ellisium

Mensagem  Narrador em Ter Nov 04, 2014 6:00 am

Todos no Ellisium ouvem trovão estrondoso que lhes chama a atenção. Era possível ouvir que as primeiras gotas fortes de chuva caíam do céu. Raios começam a cair pela cidade e os trovões se multiplicam. Os ventos ficam cada vez mais fortes e a chuva cada vez mais intensa. Uma tempestade, das mais fortes, brotava do nada.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Linda Wilson - Guillermo Crow

Mensagem  Narrador em Ter Nov 04, 2014 6:01 am

A Príncipe ia responder mas para diante do trovão. Sua expressão não é das melhores após aquilo e, em um tom meio apressado, responde:

'- Muito bem Sr. Crow, lhe concedo o dirieto a montar refúgio e caçar em meus domínios, respeitando as autoridades estabelecidas e as regras da Camarilla. Está dispensado.'
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro Cultural Banco do Brasil

Mensagem  Convidado em Ter Nov 04, 2014 1:36 pm

Se a tempestade assustou Guillermo ele não demonstrou... Um simples meneio de cabeça demonstra o aceite da resposta da Principe.

Aguarda tão somente a saída de Marie Amélie para deixarem o local.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Emilie - Bruno

Mensagem  Emilie Blanc em Ter Nov 04, 2014 7:26 pm

Emilie estende um sorriso para Bruno, não um dos melhores. Sua mente estava cheia de preocupações, mas cortês o suficiente para parecer simpático.

- Como vai, Bruno? Uma noite quem sabe eu aceite, se ainda houver carnaval depois de tudo o que está pra acontecer no Rio de Janeiro... - seu olhar, perturbado, desvia-se um momento para o teto.

Voltando a fitar o toreador, ela diz.
- De fato nós vamos nos encontrar amanhã, pra trocar várias ideias. Acabei de falar com Vincent, pretendo encontrar todos os toreadores amanha...

Não quis entrar em detalhes sobre a Aliança, não no território Nosferatus, e enquanto ainda pensava em esclarecer as duvidas que Bruno viesse a ter sobre aquele encontro o estampido de um trovão enche o Elísio. Emilie se sobressalta, lançando um olhar a seu redor, reparando na intensa tempestade que se repetia subitamente, sem nenhuma explicação.
- De novo! - lamenta a malkaviana.

_________________
Aparência: 5 (Rosto de bebê)
Carisma: 5
avatar
Emilie Blanc

Mensagens : 433
Data de inscrição : 02/09/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Marie-Amélie - Linda e Guillermo

Mensagem  Marie-Amélie Bourdon em Ter Nov 04, 2014 8:25 pm

*Marie-Amélie permanece durante a apresentação em pé, imóvel como uma estátua. Não eram as formas da Bretanha, mas aquela corte ainda não tivera tempo de estabelecer uma forma. Talvez, com o tempo, sua posição de zeladora lhe permitisse ajudar a estabelecer uma rotina de apresentação. Diante do raio, encolhe os ombros, olhando para cima, mas não seria uma tempestade, por mais que fosse a segunda na mesma noite, que assustaria uma filha de Brest, criada à vista do porto. No entanto, sai audível de seus lábios, quase inconsciente, uma velha bênção bretã contra a fúria dos mares.*

*Quando Guillermo é aceito pela príncipe, faz uma reverência cheia de cortesia e diz*

- Muito obrigada, exaltada príncipe, pela honra concedida a nosso clã. Há algo mais que possa fazer por madame?

*Coloca um dos pés um pouco para trás, ponta no chão, e é difícil imaginar como ela se equilibra no salto gigantesco nessa posição*

_________________
Carisma: 5
Aparência: 4
Idade aparente: 38
Altura: 1,65 m

Kentoc'h mervel eget bezañ saotret
avatar
Marie-Amélie Bourdon

Mensagens : 181
Data de inscrição : 16/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Linda Wilson - Marie-Amélie Bourdon | Guillermo Crow

Mensagem  Narrador em Qua Nov 05, 2014 8:31 am

A Príncipe apenas responde:

'- Eu iria conversar com a Sra Primógena Ventrue, mas acho que vamos ter que deixar isso para um outro momento. Além de ter que ver algumas questões inadiáveis, seu pupilo parece necessitar da sua companhia ou ter dificuldade de entender que era ele quem tinha sido dispensado.'

Sorri e olha para Guillermo. Talvez fosse puro sadismo, talvez não. A Nosferatu fala com Marie-Amélie:

'- Sendo assim, pode se retirar Sra. Bourdon. Meu secretário tratará das reuniões da noite seguinte e eu sugiro reforço da máscara entre seus membros. Estou enviando o alerta à toda cidade. Estamos em tempos que parecem anunciar uma grande guerra. Se é que ela já não foi anunciada.'

No final da fala, deixa o prazer de lado e usa o tom sério. A primógena poderia entender ou não o recado.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro Cultural Banco do Brasil

Mensagem  Andre Gabrois em Qua Nov 05, 2014 9:52 am

Um choque. Andre estava prestes a deixar a casa de chás quando ouviu o trovão tomando posse do céu. Ali estava, de novo, a chuva começando. Caia torrencial dos céus do Rio de Janeiro como se o mundo todo fosse desabar. O que estava, de fato acontecendo?

- De fato não havia nada mais do que a própria interação entre membros, senhor Beauharnais. Especialmente agora que sei que ocupas o posto de secretário da príncipe.
avatar
Andre Gabrois

Mensagens : 108
Data de inscrição : 04/04/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Eugênio - Grabois

Mensagem  Eugênio de Beauharnais em Qui Nov 06, 2014 11:30 am

Definitivamente as moscas sempre são atraídas pela luz, mesmo a mais fraca. As palavras do Nosferatu são saboreadas pelo Ventrue como sinal de que as coisas começam a progredir para ele.

"- Seus ouvidos não o enganam meu caro Sr. Grabois. De fato acabo de ser nomeado pela Príncipe Wilson como seu secretário."

Nesse momento o barulho de raios e forte chuva que se abatia sobre a cidade atraem a atenção de Eugênio que confere a hora em seu relógio e complementa:

"- Parece que as famosas águas de março se anteciparam esse ano. Espero que a cidade não fique intransitável a essa altura da noite."

A hora já ia avançada e Eugênio ainda precisar ter um momento com sua Primogena antes de se recolherem. Ele olha mais uma vez no relógio e confere rapidamente algum sinal de movimentação vindo da porta do gabinete da Príncipe. Mantinha uma postura cortes com o Nosferatu, mas sua mente estava focada em outra coisa.
avatar
Eugênio de Beauharnais

Mensagens : 101
Data de inscrição : 16/01/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bruno - Emilie

Mensagem  Bruno Modenesi em Sex Nov 07, 2014 8:19 am

Bruno escuta as palavras apocalípticas da malkaviana com estranheza. *Como assim, se ainda houver carnaval?* O mundo pode acabar um dia, mas o carnaval nunca deixará de existir. Isso era inimaginável para o Toreador. O malkaviana parecia dispersa e preocupada e Bruno percebe que aquele papo não demoraria. A notícia de que já tinha combinado algo com Vicent e o som de raios de uma tempestade que se abatia sobre a cidade era a deixa pro bicheiro ir embora.

"- Bom... Se já combinou com Vicent então ta combinado. Amanhã conversamos melhor."

Bruno puxa o celular do bolso e liga pra seu motorista. Antes que alguém atendesse ele se despede da bailarina.

"- Dá licença meu bem, mas tá na hora de meter o pé."

"- Vem me buscar, tô no CCBB." É o comando dado ao seu empregado que estava do outro lado da linha.

_________________
Aparência: 2
Carisma: 5
Voz Encantadora
Vulgar

"O tempo ruge e a Sapucaí é grande"
avatar
Bruno Modenesi

Mensagens : 155
Data de inscrição : 13/04/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Marie-Amélie - Linda e Guillermo

Mensagem  Marie-Amélie Bourdon em Sex Nov 07, 2014 1:32 pm

*Marie-Amélie disfarça um olhar frio para Guillermo, fazendo uma reverência gentil e algo anacrônica com a cabeça para Linda*

- Perfeitamente, madame *o aviso a petrifica internamente, mas a bretã não demonstra* Estou à sua disposição quando desejar ter essa conversa comigo.

*Fazendo uma reverência, sai da sala, esperando que Guillermo a acompanhe, e sussurra a ele*

- Ainda tenho uma coisa ou duas para conversar no Elísio, não precisa se preocupar comigo, vou chamar Martine para que venha me buscar.

*No mesmo ato, pega o celular e liga para a carniçal, indicando a ela onde deve pegá-la, com a maior indiferença pelo estado das ruas. Enquanto isso, verifica o que estão fazendo as duas pessoas com quem quer falar, Eugênio e Emilie*

_________________
Carisma: 5
Aparência: 4
Idade aparente: 38
Altura: 1,65 m

Kentoc'h mervel eget bezañ saotret
avatar
Marie-Amélie Bourdon

Mensagens : 181
Data de inscrição : 16/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Emilie - Bruno, Marie Amélie

Mensagem  Emilie Blanc em Sex Nov 07, 2014 6:17 pm

Emilie dá um sorriso suave para Bruno.
- Conversaremos, sim. Foi um prazer revê-lo.

Despede-se de Bruno e fica caminhando pelo Elísio com sua mala de rodinhas ragendo no chão. Olha para os arredores, com um certo ar de impaciência, como se estivesse esperando algo, e é quando vê que Marie-Amelie havia saído da sala da príncipe que a malkaviana vira-se para ela, com o semblante luminososo de quem havia encontrado o que buscava.  

Aproxima-se da ventrue, arrastando sua mala logo atrás. Seu casaco ainda estava úmido da chuva que ficara tomando, e os cabelos loiros grudavam na cabeça e na testa alva da bailarina.

Parando em frente à ela, diz com uma sincerdade calorosa.
- É tão bom ver um rosto bem conhecido em meio ao caos...

_________________
Aparência: 5 (Rosto de bebê)
Carisma: 5
avatar
Emilie Blanc

Mensagens : 433
Data de inscrição : 02/09/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro Cultural Banco do Brasil

Mensagem  Convidado em Sab Nov 08, 2014 3:04 am

Com uma reverencia Guillermo deixa o gabinete da Principe acompanhando Marie Amelie.
Retornando ao Salão, após a dispensa ele comenta.

Perfeitamente Madame.

E saca um de seus cartões de visita pessoais, muito bem trabalhados em negro e dourado e entrega a Praetor

Acaso deseje Sra. Praetor Bourdon, este é o meu contato, permita-me encontrar Vossa Senhoria na noite que se aproxima.

Ele pega a mão de alabastro da Ventrue, a beija de forma polida e se despede, deixando Marie Amelie as voltas com seus afazeres.

Guillermo então se aproxima então de Eugenio e do Nosferatu que ainda não conhecia.

Boa Noite Senhores.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Todos no Ellisium Provisório

Mensagem  Narrador em Sab Nov 08, 2014 1:04 pm

Todos ouvem o barulho de uma enorme explosão vindo do lado de fora do Ellisium provisório. O chão chega a tremer depois de um trovão prolongado e os raios pareciam cair sem parar. A tempestade ficava ainda mais avassaladora, em níveis que ninguém ali jamais tinha visto antes.

Emilie, sem saber porque, começa a chorar compulsivamente. As lágrimas de sangue rolavam descontroladamente pelo rosto da lunática.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Vincent - André Gabrois (SMS)

Mensagem  Vincent Lyon em Seg Nov 10, 2014 5:58 am

O celular de André acusa uma mensagem.

SMS: Se quiser passar o dia na minha residência comigo, venha. Segue meu endereço: xxxxxxxxxxxxxxxx. Não fica muito longe do CCBB.
Beijos,
Vincent Lyon

_________________
Aparência - 5
Carisma - 5
Status na Corte - 3
Prestígio de Clã - 3
avatar
Vincent Lyon

Mensagens : 363
Data de inscrição : 28/10/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Eugênio - Grabois - Bourdon

Mensagem  Eugênio de Beauharnais em Ter Nov 11, 2014 1:05 pm

Ainda aguardando a resposta do Nosferatu, Eugenio percebe que sua primogena acabava de deixar a sala da Princípe. De forma côrtes ele se despede de Grabois no momento em que outro membro se aproxima.

"- Queira me desculpar, Sr. Grabois, mas o dever me chama. Espero sinceramente que possamos ter a oportunidade de conversarmos com mais calma  em outro momento. Fique a vontade para me ligar e combinaremos algo." O Ventrue tira seu cartão de visita do bolso do paletó e o entrega ao membro.

"Boa noite, Sr. Desculpe-me o inconveniente, mas tenho assuntos a tratar com a Primógena Ventrue." Fala o Secretário para Guilhermo

Eugênio aguarda a compreensão do estranho e então caminha em direção à Sra. Bourdon enquanto essa permanecia em alguma ligação. Quando ela encerra ele chega e lhe dirige a palavra.

"- Posso ter alguns minutos de sua atenção, Primógena?" Eugênio é educado em suas palavras que são acompanhadas por um leve meneio de cabeça.

Ele faz um gesto como quem aponta uma área mais discreta do Elisium provisório e assim que Bourdon o acompanha começa a falar:

"- Como sabe, Primógena, fui nomeado essa noite como secretário da Príncipe o que significa um grande reconhecimento para nosso clã. Como primeira medida a Príncipe me pediu para cuidar pessoalmente dos detalhes da reunião da Primigênia que se realizará na próxima noite e que terá o privilégio de tê-la como anfitriã. Embora tenha certeza de que todos os mínimos detalhes já estão tendo o tratamento devido, a mim cabe o papel de conferi-los. As últimas noites têm sido um terreno extremamente fértil para surpresas e nossa Príncipe não é muita afeita a que isso se repita sob o seu reinado."

No momento em que acaba de falar um estrondo estremece todos os presentes no elisium seguido pelo choro de sangue da primógena Malkaviana.


Última edição por Eugênio de Beauharnais em Ter Nov 11, 2014 1:23 pm, editado 2 vez(es)
avatar
Eugênio de Beauharnais

Mensagens : 101
Data de inscrição : 16/01/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bruno

Mensagem  Bruno Modenesi em Ter Nov 11, 2014 1:22 pm

Bruno, ainda falando com seu lacaio ao telefone, escuta um estrondo do lado de fora do Elisium. A tempestade que se abatia sobre a cidade parecia que ia destruir tudo. Num ato reflexo ele chega a encolher um pouco o corpo. Refeito do susto ele olha em volta e percebe que sua bailarina de porcelana chorava copiosamente. Até aí nada demais, mulheres têm dessas coisas. O problema é que as lágrimas da malkaviana tingiam sua fase de vermelho. O toreador observa aquilo espantado e permanece estático sem saber o que fazer ou pensar daquilo. Ao telefone seu lacaio ponderava sobre a viabilidade de ir buscá-lo, mas não obtem nenhuma resposta a não ser um

"- Esquece."

O toreador desliga o telefone e observa pra ver se mais alguém ali estava vendo o que ele via.

_________________
Aparência: 2
Carisma: 5
Voz Encantadora
Vulgar

"O tempo ruge e a Sapucaí é grande"
avatar
Bruno Modenesi

Mensagens : 155
Data de inscrição : 13/04/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Emilie - Chuva de sangue

Mensagem  Emilie Blanc em Ter Nov 11, 2014 6:43 pm

"Fogo? Fogo de novo?" teme a malkaviana com o som da explosão. Então a chuva de lágrimas a atinge, encharcando-a de sangue. Dor.



- Não. Não. Aaah...

Emilie geme, soluça, tentando em vão enxugar as lágrimas que não paravam de sair.

_________________
Aparência: 5 (Rosto de bebê)
Carisma: 5
avatar
Emilie Blanc

Mensagens : 433
Data de inscrição : 02/09/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Marie-Amélie - Emilie e Eugênio

Mensagem  Marie-Amélie Bourdon em Ter Nov 11, 2014 9:49 pm

*Marie-Amélie sorri para Emilie e passa automaticamente para o bretão*

- É tão bom ter uma pessoa com quem você saiba que pode contar num lugar onde não se pode ter confiança em ninguém...


*Mas não tem tempo para mais nada, pois é abordada quase imediatamente por Eugênio, que parece não perceber que ela está em outra conversa e a interrompe sem sequer pedir licença. Os olhos verdes da bretã fuzilam tão frios o secretário que parece que arrancariam os olhos dele se pudessem. Ostensivamente, volta para o português, exagerando um pouco na gentileza*

- Por favor, me perdoe, Emilie, preciso resolver este assunto, na condição de zeladora do Elísio, poderia me dar um minuto? Com sua licença

*Segue com Eugênio e o escuta com os braços cruzados, mas com toda a polidez*

- Evidentemente, monsieur. Há alguma recomendação especial que gostaria de fazer? Pretendo que tudo esteja preparado ao anoitecer amanhã, o senhor poderia...

*É interrompida pelo ruído, que a faz se abaixar instintivamente. Resmunga um palavrão em bretão, espantada com a fúria da tempestade, e em seguida vê que Emilie está chorando. Imediatamente lança-se para ela, sem se preocupar mais com Eugênio, falando desta vez em seu francês natal*

- Emilie! Emilie, está tudo bem, venha aqui, pequena...

*Abraça-a como se fosse uma criança contra seu ombro*

_________________
Carisma: 5
Aparência: 4
Idade aparente: 38
Altura: 1,65 m

Kentoc'h mervel eget bezañ saotret
avatar
Marie-Amélie Bourdon

Mensagens : 181
Data de inscrição : 16/12/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro Cultural Banco do Brasil

Mensagem  Andre Gabrois em Qua Nov 12, 2014 7:38 am

O nosferatu ouvia tudo atentamente, não queria deixar passar detalhes despercebidos, mesmo aqueles que pareciam mais simples do que qualquer outra coisa. Cada gesto, cada movimento, cada olhar era uma pista do que estava por vir. A chuva lá fora tirava as chances dele retornar aos esgotos. Teria que repousar, durante o dia, sob os auspicius do elísio provisório. Raios e trovões provocaram esgares na face deformada do vampiro.

- Estão mais intensas do que as águas de março. Parecem com o auge das tempestades de verão, só que ainda mais intensas. - ele respondeu ao secretário da príncipe.- Sua esperança será vã, caro Beauharnais. Com essa tromba d'água o que restava de transitável no Rio de Janeiro agora está debaixo da água. Os que quiserem sair daqui precisarão de um barco.

O ventrue pediu licença e se afastou. Andre agora não tinha muito mais o que conversar com os outros. Talvez fosse chegado o momento de se recolher, embora esperaria alguns instantes ainda. Estava se encaminhando até um dos serviçais para procurar refúgio quando recebeu SMS de Vincent Lyon. Digitava a resposta ao ver a crise da malkaviana. Sorriu, vendo a pequena bailarina, enquanto se dirigia até a saída do CCBB.
avatar
Andre Gabrois

Mensagens : 108
Data de inscrição : 04/04/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro Cultural Banco do Brasil

Mensagem  Convidado em Qua Nov 12, 2014 1:14 pm

Ao ver a Cainita verter lagrimas de sangue, Guillermo prontamente avança em direção da mesma e da Praetor Bourdon com um lenço de seda, mostrando-se cavalheiro.

Com licença Praetor, deixe-me ajudar essa jovem

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro Cultural Banco do Brasil

Mensagem  Xica da Silva em Sex Nov 14, 2014 7:53 am

O telefone de Emilie Blanc tocou. Na tela, o número da toreador Xica da Silva.

_________________
Aparência: 5
Carisma: 5
avatar
Xica da Silva

Mensagens : 181
Data de inscrição : 20/02/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bruno - todos

Mensagem  Bruno Modenesi em Sex Nov 14, 2014 6:18 pm

O bicheiro se resume a olhar tudo aquilo e, com cara de interrogação, se aproxima do grupo que acudia a bailarina. Bruno não tinha nem mesmo uma de suas frases de efeito diante do choro groselha da malkaviana.

_________________
Aparência: 2
Carisma: 5
Voz Encantadora
Vulgar

"O tempo ruge e a Sapucaí é grande"
avatar
Bruno Modenesi

Mensagens : 155
Data de inscrição : 13/04/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Centro Cultural Banco do Brasil

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 18 de 20 Anterior  1 ... 10 ... 17, 18, 19, 20  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum