Capela Tremere - Chácara em Vargem Grande

Página 3 de 34 Anterior  1, 2, 3, 4 ... 18 ... 34  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Eva Kramer - Fátima Mansur

Mensagem  Narrador em Qui Mar 06, 2014 12:22 pm

Eva concorda com a cabeça diante das novas palavras de Fátima mas nada diz.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Beatrice Verlanghieri - Irmãs e Carniçal

Mensagem  Beatrice Verlanghieri em Qui Mar 06, 2014 1:35 pm

Beatrice faz uma careta incrédula para o telefone ao ouvir a resposta do primógeno Boaventura...e então abre um sorriso de quem ouvira algo divertido, ela volta-se então para Bianca, tapando o bocal do telefone e lhe diz:

- Vamos conversar em minutos... acompanhe meu carniçal e recepcione nossas irmãs de clã, por favor Bianca...vá para a sala de reuniões, nos encontramos lá em breve...

Então ela volta ao telefone, para responder o Ventrue...
avatar
Beatrice Verlanghieri

Mensagens : 84
Data de inscrição : 11/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bianca de Nice: Mulherada Feiticeira (Posso chamar de Coven?)

Mensagem  Bianca de Nice em Qui Mar 06, 2014 3:38 pm

Bianca fica estática por um momento ao ouvir a resposta de Lucas. Então o ridículo Ventrue ousava acusar os Tremere de uma atentado cometido por Rurik Price? Ela havia avisado a todos das runas destruídas e ainda seria acusada? Conteve um impulso de cólera pois lembrou-se que Beatrice não sabia que ela estava ouvindo a conversa. Era inédita a abertura de uma capela Tremere, mesmo que em uma cidade atacada pelo Sabá e o tolo ainda recusava nossa ajuda? Está certo que aquela não era bem uma capela, mas mais um refúgio, mas isso não era da conta do imbecil. Beatrice estava sendo muito corajosa ao liberar seu refúgio para tantos possíveis traidores e apenas o fato de que as 3 irmãs juntas eram imbatíveis permitiu que Bianca aceitasse aquele plano.

Ela tinha ouvido as visitas chegando, mas se conteve em respeito à anfitriã. Com a sua aprovação, fez um cordial cumprimento e voltou-se para as  novatas. Pouco sabia de ambas, mas o aparelho que seu carniçal havia lido mais cedo já a alertara da presença das duas Tremere.

Com suas roupas sangrentas e tradicional sorriso deslumbrante entrou na sala de espera agindo com naturalidade, como se sua aparência não tivesse importância.

- Magus Kramer, Magus Mansur. Sou Bianca de NIce. É um prazer recebe-las em nome de nossa primógena Beatrice em seu refúgio. Seus feitos são conhecidos no clã, senhora Fátima e onde está nosso querido Alastor, Magus Kramer? Não virá? Nossa Regente Johanna decidiu que essa será nossa capela até opção melhor surgir. Peço que mantenham isso entre nós, os outros membros dessa cidade não precisam desse tipo de informação. Não se preocupem com a segurança no entanto, pois nossa irmã é deveras cuidadosa. Vamos até a sala de espera e aguardaremos as duas juntas. Elas terminam de falar com os primógenos Ventrue e Nosferatu, convidando ambos para essa capela.

Acompanhou as duas até a luxuosa sala e sentou-se sem cerimônias. Sabia que Beatrice não apreciaria o sangue seco no sofá da sala, mas ela bem merecia uma lição pela recepção mais cedo.  Apontando o sofá para as duas Tremere continuou com um leve tom de desagrado:

- O meu estado deve-se ao fato que eu estava no Ellisium. Fomos atacados por Assamitas e Lasombra. Os Assamitas convidados pelos Toreador nos traíram e Rurik Price dos Ventrue destruiu as runas de proteção do Ellisium. Quando tentei encontra-lo mais cedo ele se escondeu das minhas habilidades, o que me deixa com 2 opções. Ou ele é um perito em Ofuscação, mais velho do que eu.
E acrescentou com novo sorriso: Em proximidade à Cain pois não sou tão velha assim, ou ele estava protegido por rituais Tremere. Qualquer uma das opções me preocupa.

Deu um minuto então para ouvi-las falar. Muito sérias aquelas duas e tão tediosas como os outros membros do nosso clã. Mas sabia que as notícias iriam abala-las.

_________________
Aparência 3
Carisma 6

"Sempre com um largo sorriso no rosto"
avatar
Bianca de Nice

Mensagens : 98
Data de inscrição : 20/11/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Eva Kramer - Fátima Mansur | Bianca de Nice

Mensagem  Narrador em Qui Mar 06, 2014 3:47 pm

Após trocar cumprimentos cumprindo todos os ritos de educação, Eva comenta:

'- Eu infelizmente devo dizer que as possibilidades de Ritos Tremeres são muitas. A Ordem da Wyrm está agindo pela cidade ao lado do Sabá, como creio que sabem.'

Olha para Bianca e comenta:


'- Lord Vladimirovich está ocupado com um importante experimento e o Magus Fritzen está nesse momento no que sobrou do Ellisium tentando descobrir exatamente qual era a força de ataque e como agiu o Sabá. Acredito que ele nos encontra em algumas horas, no máximo.'
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Fátima Mansur - Brazilian Horror Story: Coven (who are the next Suprem?)

Mensagem  Fátima Mansur em Qui Mar 06, 2014 4:12 pm

Após alguns instantes de silêncio entre ela e Eva Kramer, as duas cainitas foram recebidas por uma outra vampira, que logo se apresentou como Bianca de Nice. Uma das irmãs que formavam a capela do Rio naquele instante. Fátima ainda não conhecia nenhuma delas pessoalmente, nem se deixou impressionar pela imundice que envolvia a vampira fofa. Naquele instante ela mais parecia a tia Guida, depois de ter sido transformada em balão pelo bruxinho Potter. A sujeira não importava para Mansur, nem o sorriso. O que lhe interessava era apenas a competência de Bianca e não havia nada de concreto desabonando-a.

- O prazer é meu, Bianca. E esses feitos não são meus, apenas agi como um instrumento afiado na pirâmide. Eu vivo para o clã e meu único prazer está no engrandecimento da família tremere. - uma pequena informação nova. Aquele lugar não era a capela definitiva, o que garantiria mais do que a segurança da reunião, mas do próprio clã, embora não fosse o melhor para a própria Beatrice. O refúgio da primogena ficaria conhecido por todos, que sempre iriam supor ter o endereço da capela. Pobres tolos. Os ratos que se diziam cainitas e pertenciam às outras famílias sequer se aproximavam de conhecer as verdades escondidas nos refúgios dos feiticeiros.

-  O fato do elísio ter sido atacado dessa forma é uma lástima, mas devemos agradecer por Magus de Nice ter sobrevivido e ter apenas suas roupas serem destruídas pelos malditos atacantes. Algum outro tremere estava na Ilha Fiscal, no momento do ataque? Com certeza Magus Fritzen virá até nós com mais informações do que quaisquer outros, mesmo os que sofreram o ataque, puderam reunir.

_________________
Aparência: 3
Carisma: 4
Prestígio de clã: 5
avatar
Fátima Mansur

Mensagens : 152
Data de inscrição : 22/02/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Beatrice Verlanghieri - Johanna / Luiz Filippi (eu ainda aprendo a escrever este nome)

Mensagem  Beatrice Verlanghieri em Qui Mar 06, 2014 4:57 pm

Beatrice abaixa o telefone da orelha apenas para ouvi-lo tocar novamente... Ela olha o visor com um número desconhecido e então para Johanna antes de atendê-lo e lhe sorri, como se estivesse se divertindo.

- Acho que o primógeno Ventrue não gosta muito de nós, minha irmã...Vou precisar dar à ele alguns motivos para nos odiar de verdade.

E tranquilamente atende ao novo telefonema...

- Alô...
avatar
Beatrice Verlanghieri

Mensagens : 84
Data de inscrição : 11/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Brazilian Horror Story - The Bitches

Mensagem  Johanna Meisner em Qui Mar 06, 2014 7:18 pm

A resposta positiva do Nosferatu abriu um sutil sorriso no rosto de Johanna: aquele era o clã que mais queria como aliado e aquilo já era meio caminho andado.

- Não poderia concordar mais, senhor Carlent. Quanto aos Toreador... bem, prefiro evitar tecer comentários sobre eles. Não tenho o clã das rosas em minha maior estima e isso se deve, basicamente, ao fato de dificilmente trazerem algo de útil à Camarilla. Obviamente, não considero festas nababescas, afetações desmedidas e gritinhos histéricos como algo de útil e, pelo que pude perceber por ontem à noite, nem você. Estou correta? - adicionou um riso malicioso, para deixar clara a identificação com Carlent - Quanto aos Brujah, não posso crer que tenham quebrado as tradições assim, tão levianamente. É uma afronta - pensou em fazer um discurso sobre a importância de regras e leis em prol da ordem, mas preferiu ser direta. Não seria ela mesma se não tivesse essa postura - a qualquer ser vivo e não vivo que tenha um cérebro e consiga pensar com um mínimo de clareza. Quem foi esse imbecil? Espero que nada tenha acontecido aos Nosferatu e que esse erro não tenha passado impune. - fez uma pausa severa, em respeito ao absurdo cometido - Enviarei a você o endereço por mensagem e estarei aguardando sua presença.

Colocou o telefone no mudo novamente, ouvindo as considerações do Nosferatu enquanto conversava com sua irmã mais nova. disposta a entender Durante a ligação, havia prestado atenção no que Bianca dizia e o tanto de atitudes estúpidas juntas era chocante até mesmo para aquela corte. Esse era um dos momentos que, quando viva, sua enxaqueca surgia de forma fulminante - mesmo hoje, após o Abraço, esses eram os momentos que ela precisava lembrar a si mesma que seu papel era de apontar a imbecilidade dos outros e corrigi-la, aplicando as devidas punições.

- O que você disse, Bianca? Os Toreador convidaram Assamitas para o Ellisium? Espere, eu só posso estar ficando surda - disse, massageando as têmporas em uma atitude inconsciente - Quem é o idiota que convida Assamitas, os malditos assassinos, para um Ellisium? Eu sempre espero estupidez dos degenerados, mas isso é fora de qualquer limite. - bufou, empurrando uma mecha de seu cabelo escuro para trás da orelha - Torço do fundo do meu ser que o boçal responsável por isso tenha pagado com a própria vida - é um mínimo perto da destruição que ele trouxe para nosso ninho. - inspirou fundo, tentando se acalmar - Enfim. Ao menos você está viva, Bianca. Não que existisse alguma possibilidade de você morrer, em meio a tantos parvos. Provavelmente um deles cruzou com um Lasombra entre os corredores do palacete e começou a discutir as impressionantes tapeçarias do século XVI, ganhando tempo para sua fuga. Francamente, séculos viva e eu ainda tenho que conviver com tolos dessa magnitude.

Mal teve tempo de repreender a irmã mais nova pelo riso descarado frente a seu surto; Carlent voltava a falar ao telefone - com o microfone devidamente emudecido - e um lacaio atravessava a porta, anunciando duas feiticeiras aguardando na sala de reuniões. Não tinha tempo para atendê-las no momento; Bianca - muito melhor em conversa fiada que as duas outras somadas - poderia recebê-las enquanto sua ligação não terminasse. Acenou à irmã mais nova que saía pelos corredores da chácara e, antes que pudesse responder o rato de esgoto, foi surpreendida pela clara malícia da irmã mais velha. Então o primógeno Ventrue não gostava dos Tremere? Será que nem mesmo os clãs aceitáveis teriam membros com cérebro nesse pulgueiro tropical?

- E ele deu algum motivo para não gostar de nós? Ou é só mais um dos néscios locais, incapaz de perceber a realidade de sua própria ignorância e acatar nossa óbvia superioridade? - falou, continuando a última palavra em um riso discretamente macabro - Que tipo de idéia incrivelmente perigosa você teve? Mais importante, como posso contribuir para seu sofrimento? - continuou a última palavra em um riso discretamente macabro. Ao olhar para a janela, lembrou-se do que havia ouvido dos Toreador e dos Brujah, completando seu pensamento em um misto de ódio e desprezo - Tolos. Se deixarmos as coisas nas mãos deles, estaremos condenadas a encontrar a morte final.

Não que realmente cogitasse essa possibilidade. Arrancaria sua própria cabeça antes de ouvir ordens de um dos mentecaptos que povoavam aquela corte.

_________________
Aparência: 2
Carisma: 3
Qualidades Notáveis: Voz Encantadora

"Sempre passa a impressão de segurança e eficiência"
avatar
Johanna Meisner

Mensagens : 37
Data de inscrição : 20/11/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Filippi - Beatrice

Mensagem  Luiz Filippi em Qui Mar 06, 2014 9:41 pm

- Olá, Beatrice, Luiz Filippi *diz o brujah em seu italiano e seu tom assertivo, direto* Falamos com todos aqui... e vamos aceitar a hospitalidade dos tremeres. Precisamos acertar os detalhes.

_________________
Carisma 4
Aparência 2
Qualidade: bad boy
Idade aparente: 43
Altura: 1,90 m
avatar
Luiz Filippi

Mensagens : 216
Data de inscrição : 26/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bianca de Nice: Brazilian Horror Story - Coven

Mensagem  Bianca de Nice em Sex Mar 07, 2014 9:00 am

Escutou o que ambas tinham a dizer. E ouviu o assunto das irmãs no outro cômodo. Muitas informações decidiu e cancelou seus auspícius. Se quisesse saber algo específico leria da mente das outras.

- Podem me chamar de Bianca. Espero que não se incomodem se chama-las de Eva e Fátima. Esperou a resposta e continuou. - Preciso saber todas as informações que temos sobre a Ordem da Wyrm. Eles podem ter passado informações sobre como destruir os rituais do Ellisium, então nenhum lugar Tremere será seguro. Acredito que para nosso clã sejam a principal prioridade. Eva, querida, não mencione isso na reunião. O Primógeno Ventrue, senhor Lucas qualquer coisa, já nos acusa de sermos responsáveis pela falha na defesa do Ellisium. Como se Jessica Montecchio não tivesse me assegurado pessoalmente que estávamos seguros lá. Não vou ficar aqui apontando possíveis culpados. Estive cara a cara com Rurik Price e não percebi seu disfarce. Suponho que disciplina Tzimisce muito bem executada. Qualquer um de nós pode ser um espião. Com uma pequena amostra de sangue de todos os membros Beatrice poderia identifica-los. Mas creio que ela não se submeteria a um laço de sangue com a corte inteira. A não ser que vocês me ajudem a convence-la. Disse com um sorriso maroto.

- As informações sobre Tremere antitribu ficam entre nós. Fui clara? E vamos receber a corte com toda nosso pesar. Pude perceber que a primógena Malkaviana é sensível, seus pensamentos de genuína preocupação eram claros na mente dela. Ah e Fátima, havia mais um Tremere lá, Ian. Mas ele sobreviveu. Saiu pelos esgotos ajudado pelos Nosferatu. Espero que esteja a caminho. Se uma de voc6es puder mandar uma mensagem para ele pelo tablet - disse com leve dificuldade a palavra.

_________________
Aparência 3
Carisma 6

"Sempre com um largo sorriso no rosto"
avatar
Bianca de Nice

Mensagens : 98
Data de inscrição : 20/11/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Eva Kramer - Fátima Mansur | Bianca de Nice

Mensagem  Narrador em Sex Mar 07, 2014 9:11 am

'- Depois do incêndio e de uma viagem pelos esgotos eu não creio que o Tablet do Magus Tokunaga estará funcionando, mas tentarei o contato mag... quer dizer, Bianca.' - Havia muita dificuldade em Eva para não ser formal e a Tremere segue falando ao mesmo tempo que mexia no Tablet:

'- É evidente que qualquer tema sobre os Tremeres Antitribu devem ser mantidos em sigilo. Os exterminaremos do mesmo modo que fizemos com o bando traidor de Goratrix, é apenas uma questão de tempo. Agora, sobre o Ventrue Boaventura.'

Eva demonstra com uma expressão contrariada em sua face seu desgosto pelo clã e diz:


'- Eu nada tinha contra os Ventrues, mas o relato do Magus Vladimiorvich sobre a conversa que eles tiveram me fez achar os de Sangue Azul de uma petulância absurda. Segundo o Magus Vladimirovich parecia que o tal Lucas Boaventura estava falando com ele como se ele fosse um dos serviçais dele. Isso é um absurdo. Quem eles pensam que são? Nos cobram ações como se fôssemos empregados deles logo depois de termos feito o favor de fazer rituais de proteção porque eles nos pediram? Nos acusam após chamarmos um de nossos arcontes, morto sob a hospitalidade deles, para nomeá-los como Príncipe? Levantam a suspeita de sermos responsáveis por quebrar a segurança que fizemos o favor de reforçar com nossos ritos? Nos pedem um favor e nos atacam sem pudores pelo favor prestado? E ainda nos tratam sem um mínimo de respeito depois da aliança que havia estabelecida entre nossas casas? Francamente, Ma... Bianca, nós não podemos deixar tantos insultos impunes.'
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

François Carlent - Johanna Meisner

Mensagem  Narrador em Sex Mar 07, 2014 9:14 am

Sem delongas, Carlent apenas diz:

'- O clã Nosferatu está a caminho. Seguiremos com no máximo três representantes.'
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capela Tremere - Chácara em Vargem Grande

Mensagem  Fátima Mansur em Sex Mar 07, 2014 2:57 pm

- Buscar por culpados, agora não nos levara a lugar algum, Bianca. Concordo convosco quando diz que não devemos nos preocupar nessas conjecturas. Precisamos, sim, nos antecipar aos adversários. E se a Ordem da Wyrm atua com tanta firmeza junto a nossos inimigos do sabbat eles precisam se tornar cinzas e cadáveres para nossos experimentos. - quando Bianca falou sobre tablet, Fátima ficou intrigada. Ela conhecia, remotamente, as novas tecnologias, mas não era usuária. E não sabia o que aquele aparelho podia fazer por eles.

Permaneceu apenas escutando, quando a vampira falou sobre Ian ter escapado para os esgotos com ajuda dos nosferatu. Isso era bom por um lado, mas ruim por outro. Deixa um feiticeiro em dívida com os leprosos. E se um feiticeiro devia, a dívida podia se tornar de toda a família. Por outro lado, com a aparente arrogância ventrue, talvez os tremere precisariam de uma outra família para se aproximar. e os do esgoto possuíam muitas informações bons acessos aos segredos da cidade. Costumavam cobrar, caro, por isso, mas ninguém viveria isolado.

- Imagino que Bianca seja a vampira que mais se aproximou dos outros membros da cidade, provavelmente os observou atentamente. O que tem a dizer sobre as relações humanas? Além da arrogância ventrue o que há para saber das outras famílias no Rio de Janeiro?

_________________
Aparência: 3
Carisma: 4
Prestígio de clã: 5
avatar
Fátima Mansur

Mensagens : 152
Data de inscrição : 22/02/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Beatrice Verlanghieri (Telefone) - Luiz Filippi

Mensagem  Beatrice Verlanghieri em Sex Mar 07, 2014 6:59 pm

Como sempre, a Tremere deixa que ele decida sobre a maneira como conversariam e apreciava que ele sempre escolhesse sua língua mãe... Falava com o Brujah de forma amena, gentil apesar de séria.

- Eu estou os esperando, Luiz Filippi... Eu agradeço a confiança que nos dá. Acredito que os Ventrue logo estarão em contato com vocês pois ficaram de averiguar a decisão dos demais clãs antes de tomarem uma decisão. De qualquer forma, estamos na Zona Oeste da cidade, na estrada "X" - ela diz o nome do local - vocês identificarão facilmente... a estrada estará sendo vigiada para que cheguem em segurança... O que precisamos acertar?
avatar
Beatrice Verlanghieri

Mensagens : 84
Data de inscrição : 11/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Filippi - Beatrice

Mensagem  Luiz Filippi em Sex Mar 07, 2014 9:26 pm

- Já estamos a caminho... hum... *repete o endereço duas ou três vezes, memorizando-o, enquanto briga com o tablet até encontrar onde anotá-lo* Emilie, digo, a primógena malkaviana entrou em contato com os ventrues, a amiga dela lá está empenhada em levá-los. Está tudo preparado, é só chegar ou quer que liguemos antes?

_________________
Carisma 4
Aparência 2
Qualidade: bad boy
Idade aparente: 43
Altura: 1,90 m
avatar
Luiz Filippi

Mensagens : 216
Data de inscrição : 26/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bianca de Nice: Brazilian Horror Story - Coven

Mensagem  Bianca de Nice em Sex Mar 07, 2014 11:53 pm

Ouvindo a frase de Eva Kramer Bianca deu um sorriso solto: - Ah minha querida Eva, Lucas Boaventura não sairá impune. Beatrice não ficou satisfeita com seu tom de voz e não é sábio fazer desfeitas à minha bela irmã. Eles virão até nós, de uma forma ou de outra. E lhe garanto que se demorarem será mais divertido. Estava muito satisfeita de estarem todas em sintonia na Capela.

- Infelizmente querida Fátima, temos um problema nessa corte. Se você ouvir a opinião de nossa regente Johanna, terá a impressão que lidamos com uma manada de gnus africanos desgovernados rumando para a boca de crocodilos. Eles são uma força poderosa e se bem direcionada capaz de eliminar completamente o Sabá dessa cidade. Mas deixados ao acaso, serão lentamente devorados por predadores preguiçosos que apenas precisam esperar atos de estupidez para se fartar na carne e sangue de nossos irmãos. Ficou muito satisfeita com sua analogia.

Após uma leve pausa dramática continuou: - Os Ventrue são tolos arrogantes. Jessica Montecchio vive nessa cidade há bastante tempo e compreende os rumos do poder local. Ela é nossa aliada mais forte, pois tem amizade com Vladimirovich. O primógeno é um bastardo que vai sair de cena em pouco tempo. Conheci também Marie-Amelié, que parecia ter uma boa postura e atitude. Será a substituta ideal para Lucas Boaventura quando os Ventrue se livrarem dele. Os outros ou não se apresentaram ou não tem importância. Olhou para suas roupas ensanguentadas e disse - Os Toreador daqui são completamente irrelevantes. Hildegrand, se estiver viva pagará por ter deixado esse sangue nos meus sapatos. Vincent, Natanael e François são artistas adequados para se manter em casa, expostos como obras de arte para as visitas e só. Guille parece ter postura de guerreiro. Mas deixar um combate à cargo de uma rosa sempre me deixa insegura. A pequena aberração chamada Thomas pode esconder qualquer coisa. Não confio em vampiros crianças e isso me leva até os Malkavianos. Eles tem uma pequena chamada Cláudia que parece ter habilidades telepáticas impressionantes. Eu sugiro que tomem cuidado com seus pensamentos quando estiverem em seu campo visual. Se ela ouvir demais entretanto, pode nos dar bons motivos para cuidar dela - pensou esperançosa. - Sua primógena é Emilie. Creio que a loucura da bailarina é sua humanidade excessiva. Tem um olhar desfocado e se preocupa com todos os outros membros. Deve até mesmo gostar de coelhinhos e borboletas. Tratem-na bem e demonstrem se preocupar com todos os demais e ela fará tudo que pedirem.

Deu um tempo para que assimilassem suas explicações: - O único Brujah que conheço é um que morava no sul desse país, seu nome é Luis Filippi. Grosseiro e impaciente, é um estereótipo ambulante. Parece que leu o livro que diz como ser Brujah - e riu de sua piada, é claro que não existem tais livros, mas ela podia imaginar que se houvesse um, ele havia lido - mas de alguma forma Beatrice parece ter carinho para com ele. Com a morte do estúpido Jorge, que os orixás o tenham, é nosso maior contato com os Brujahs e de muita importância nessa reunião. Recomendo tolerância para com sua falta de modos. Não conheci os outros e não sei se virão. Ah, e por último, mas não menos interessantes, os Nosferatu. Desse clã conhecemos apenas o seu ancião Carlent. Tem um pouco de prazer demais em demonstrar o quão terrível ele pode ser, comendo olhos crus que alega serem de criancinhas, com o claro intuito de chocar sua plateia. Mas ainda assim é o membro mais confiável dessa corte e o único que se prontificou a nos apoiar sem reservas. Conto ele como nosso aliado no momento. Mas virá acompanhado e teremos o prazer de conhecer outros membros dos esgotos dessa cidade.

Pensou por um momento se não havia esquecido ninguém importante, e assim que decidiu que não, completou: - Não desgosto especialmente dessa corte, quero deixar claro. Apenas acho que podemos ser melhor guiados por um feiticeiro nesse período de instabilidade. Alguma outra pergunta? Creio que nossas Regente e Primógena já devem estar vindo se juntar a nós. Esperava que tivessem mais questões, poderia falar por horas e achava que tinha apenas começado.

_________________
Aparência 3
Carisma 6

"Sempre com um largo sorriso no rosto"
avatar
Bianca de Nice

Mensagens : 98
Data de inscrição : 20/11/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Eva Kramer - Fátima Mansur | Bianca de Nice

Mensagem  Narrador em Sab Mar 08, 2014 8:44 am

Eva após todo relato de Bianca, apenas diz:

'- Seu relato foi perfeito, Bianca. Tratar bem Brujahs e Malkavianos prioritariamente, acredito que podemos lidar com isso. Sobre os Nosferatus, eu conheci uma outra cainita do Clã dos Escondidos, seu nome é Linda. É o braço direito de Carlent, algumas Harpias da Europa chegavam a comentar que ela poderia ser cria do antigo. Tomem cuidado com ela, assim como Carlent gosta de exibir sua mostruorisdade para chocar os adeptos da humanidade, Linda também coloca máscaras fúteis para esconder seus objetivos. Os Nosferatus que andam com Carlent não são aqueles ratos de esgotos de baixa auto-estima que vemos em algumas cortes por aí. O que tem um lado bom e um lado perigoso...'
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capela Tremere - Chácara em Vargem Grande

Mensagem  Fátima Mansur em Dom Mar 09, 2014 9:02 am

As informações prévias que Fátima receberá antes de vir para o Rio de Janeiro pareciam ser fieis à realidade. Pelas palavras de Bianca a corte carioca, que ainda estava absurdamente desorganizada, era uma corte verde. Não que pudesse ser diferente numa cidade para a qual os olhos da camarilla se voltaram recentemente. O que intrigava a oriental, entretanto, era as contradições que pareciam existir entre os pensamentos da regente Joahana e de Bianca a respeito de cada um dos membros que a compunham.

A antiga magista pensava, pesava cada uma das palavras e misturava as impressões. Não poderia formar as suas próprias, ainda, afinal não tinha conhecido nenhum cainita da cidade além das duas tremere ali presentes. Dessa forma, poderia avaliar apenas Kramer e de Nice. E a princípio já conseguia identificar parte do papel de ambas. Magus Kramer era uma criatura bem informada, mas cujo ramo de atuação parecia ser primordialmente dentro de capelas. Assim como fora a maior parte da não-vida da própria Fátima. Já Bianca tinha jeito de ser a própria máscara do clã. A face com que a família se apresentaria nas noites atribuladas do elísio. O fato dela ser um dos membros que estavam no elísio durante o ataque do sabbat contribuía para isso.

Os nosferatu e os ventrue eram os aliados primordias do clã na cidade, pelo que pudera ouvir, apesar da arrogância de um dos seus membros. Isso era simples de se resolver. Em meio a um cerco sabbat era fácil que um cainita como Lucas Boaventura desaparecesse. Os toreador dali, irrelevantes? Ela quase riu. Esse era o esperado na maior parte dos lugares. Um ou outro toreador se diferenciada, fugindo de seus fúteis jogos artísticos. Então o Rio não era diferente. O que mudava as coisas era a presença de uma criança do sangue. E não eram apenas as rosas. Os degenerados e os lunáticos com vampiros crianças? E uma malkaviana demasiada humana.

Ela armazenava cada informação, cada detalhe. Mesmo o tom de voz com o qual Bianca falava de cada um dos membros e de sua impressão sobre a corte. Uma frase lhe chamou a atenção e iria comenta-la, mas antes que pudesse fazê-lo Kramer completou o que a gorda tinha dito sobre os nosferatu.

- Bianca deixe-me ver se entendi bem... Acredita no potencial dessa corte, especialmente se ela for conduzida por um feiticeiro. Estaria inclinada a sugerir que um dos notáveis membros de nossa capela ocupe o principado? - Fátima não fazia rodeios, nem jogos de palavras. Não quando estava diante de irmãos de clã. Ela era, às vezes, insuportavelmente direta em suas conclusões.

_________________
Aparência: 3
Carisma: 4
Prestígio de clã: 5
avatar
Fátima Mansur

Mensagens : 152
Data de inscrição : 22/02/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Eva Kramer - Fátima Mansur | Bianca de Nice

Mensagem  Narrador em Dom Mar 09, 2014 3:19 pm

Após as palavras de Fátima, Eva aguarda a resposta de Bianca.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Beatrice Verlanghieri - LP /Johanna / Alexandra

Mensagem  Beatrice Verlanghieri em Seg Mar 10, 2014 8:55 pm

- Peço que mandem uma mensagem, para assegurar que nada os siga depois que entrarem na área....Qualquer coisa me informe, está bem? Aguardo vocês...e tomem cuidado.

E se ele não tivesse mais nada para dizer, Beatrice irá desligar o telefone para só então responder Johanna. Parecia excessivamente pensativa com tantas informações recebidas em tão pouco tempo...Falava para sua irmã como se falasse para si mesma, como se pensasse alto apenas...

- Ele nos odeia porque é um imbecil aquém dos méritos políticos dos Ventrue... eu jamais vi um movimento tão suicida em toda minha existência... Seu lugar não é no conselho de Primógenos mais do que em um estábulo, ele precisa é de arreios e não de um cargo. A sorte do sr. Boaventura é que me encontro em uma noite excessivamente bondosa...Por isso deixarei que seu próprio clã o devore... Meu tempo é deveras precioso para desperdiçá-lo com um boçal.

Beatrice solta um suspiro, havia definido o que faria e agora era hora de dar continuidade aos deveres que lhe urgiam.

- Confie em mim, irmã.

Ela então olha Johanna mais uma vez e lhe dá um sorriso breve. Então lhe faz um aceno visto que ainda estava ao telefone.

- Ainda tenho coisas para arranjar antes que os demais cheguem e por isso devo me juntar aos Magi em 15 minutos... Você é a Regente desta Capela, faça o que achar necessário...

E sem esperar mais, a Tremere se retira com passos rápidos da sala e ao invés de ir ao encontro dos demais, vai para seus aposentos particulares e leva consigo a carniçal ruiva para quem começa a passar ordens uma após a outra.
avatar
Beatrice Verlanghieri

Mensagens : 84
Data de inscrição : 11/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Beatrice Verlanghieri - Narração

Mensagem  Beatrice Verlanghieri em Ter Mar 11, 2014 2:02 pm

As ordens são dadas e a carniçal corre para ajeitar o que precisava antes de partir e, enquanto isso Beatrice se prepara para uma reunião de corte... Era um ritual quase mecânico ao qual Beatrice se acostumara ainda em suas épocas de neófita, quando precisava lidar com Toreadores todas as noites.

A Tremere retira de uma pequena caixa de prata um objeto quase imperceptível e minúsculo, ajeitando-o embaixo de seu calcanhar enquanto repete, quase sem produzir qualquer som, algumas palavras em sua língua natal enquanto o encanto ia sendo concluído com sucesso...
avatar
Beatrice Verlanghieri

Mensagens : 84
Data de inscrição : 11/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capela Tremere - Chácara em Vargem Grande

Mensagem  Johanna Meisner em Ter Mar 11, 2014 6:54 pm

Johanna aquiesceu às palavras de Beatrice. Então o tal Boaventura, que na noite anterior havia sido tremendamente educado com ela, não passava de um idiota desprovido de inteligência? Aquele lugar não cansava de a surpreender. Se até mesmo os Ventrue, aliados clássicos dos Tremere, tinham membros daquela estirpe no Rio de Janeiro, então certamente aquela corte estava encaminhando-se a um fracasso retumbante e vergonhoso. Medidas sérias precisavam ser tomadas ali. Medidas que só os feiticeiros - e ela, em especial - poderiam tomar.

- Anos juntas retiraram quaisquer desconfianças que eu pudesse ter sobre sua competência, Beatrice. - Arranje o que for preciso. Irei recepcionar nossas outras irmãs de clã, espero que Bianca já tenha as posto a par da situação da cidade. Não estou nem um pouco disposta a perder meu tempo falando sobre como um Ellisium, dois Arcontes e um bando de ineptos caíram na mesma noite.

Levantou-se, ajeitando o vestido escuro e checando as unhas rubras contra a luz. Sua aparência, assim como suas estratégias, tinha que estar sempre impecável. Caminhou lentamente pelos corredores escuros da Capela Tremere provisória, pensando nos rituais que precisaria fazer para garantir sua máxima proteção. Obviamente, Beatrice já devia ter lançado alguns deles, visto que era originalmente seu refúgio, mas alguns a mais não fariam nenhum mal. Não, não mesmo. Ainda mais considerando que logo os cainitas da cidade usariam o local como bunker contra as investidas do Sabá. Podiam ser patéticos, desprezíveis e até mesmo completamente dispensáveis, mas eram parte da Camarilla, afinal.

- Magus Kramer e Magus Mansur, espero que Bianca tenha as posto a par das notícias recentes. - disse, sua voz dura como sempre - Nosso clã é um dos poucos sem baixas e planejo continuar assim, até que o Sabá tenha sido completamente erradicado dessa cidade. - parou, levemente pensativa. Não seria difícil. Desde que todos seguissem suas ordens, é claro - Por sinal, onde raios está o Magus Tokunaga? - seus lábios crisparam-se em uma curva fina.

Se ele manchasse o nome dos Tremere locais morrendo de forma estúpida, Johanna descobriria formas de ressucitá-lo só para poder matá-lo novamente.

_________________
Aparência: 2
Carisma: 3
Qualidades Notáveis: Voz Encantadora

"Sempre passa a impressão de segurança e eficiência"
avatar
Johanna Meisner

Mensagens : 37
Data de inscrição : 20/11/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Eva Kramer - Fátima Mansur | Bianca de Nice | Johanna Meisner

Mensagem  Narrador em Qua Mar 12, 2014 6:49 am

Séria, com semblante que passava uma ideia de imparcialidade e profissionalismo, Eva diz para Johanna:

'- Magus Meisner, estamos a par da situação. Bianca nos fez um eficiente relato sobre os acontecimentos. Eu também compartilhei algumas informações com nossa irmã e acabamos de verificar onde está o Magus Tokunaga. Ele respondeu minha mensagem avisando que está saindo dos esgotos e vindo em nossa direção. Magus Fritzen encontra-se no Ellisium, a mando do Lord Vladimirovich, investigando os acontecimentos da noite, deve se juntar a nós a qualquer momento.'
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capela Tremere - Chácara em Vargem Grande

Mensagem  Fátima Mansur em Qua Mar 12, 2014 4:31 pm

A feiticeira aguardava a resposta de Bianca, quando a regente Meisner chegou até a sala. Fátima apenas a cumprimentou formalmente, com gestos corteses e um aceno de cabeça e permenceu esperando por de Nice.

_________________
Aparência: 3
Carisma: 4
Prestígio de clã: 5
avatar
Fátima Mansur

Mensagens : 152
Data de inscrição : 22/02/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bianca de Nice: Brazilian Horror Story - Coven

Mensagem  Bianca de Nice em Qua Mar 12, 2014 10:04 pm

Eva e Fátima pareciam objetivas e eficientes. Tudo que você pode esperar de um Tremere, pelo menos na visão de Johanna e Beatrice. Bianca esperava mais. Ela queria criatividade e poder. Esperava que no mínimo Fátima pudesse acrescentar algo ao local. Como claramente ela era seca e antipática, de pouca ajuda seria para se aproximar dos membros mais sensíveis da corte. Não, essa seria sua própria função e de Ian.

- Me parece óbvio que precisaremos guiar essa corte Fátima querida. Não existe outro clã capaz disso. Sempre são os Tremere a guiar a Camarilla a partir de nossas capelas e fazendo os favores certos nas horas certas. Quanto ao principado não havia pensado nisso. Mas com a morte de 3 candidatos a príncipe devemos considerar com cuidado a quem daremos apoio. Eu ficaria mais segura nessa cidade com um governo eficiente.

Ao perceber a entrada de Johanna, continuou alegremente:

- Johanna querida, chegou em boa hora. Fátima Mansur, famosa entre os nossos, me pergunta se devemos assumir a liderança dessa cidade. Conhece alguém com interesse em governar essa corte?

_________________
Aparência 3
Carisma 6

"Sempre com um largo sorriso no rosto"
avatar
Bianca de Nice

Mensagens : 98
Data de inscrição : 20/11/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Beatrice Verlanghieri - Nero / Irmãs de Clã

Mensagem  Beatrice Verlanghieri em Qua Mar 12, 2014 11:48 pm

Assim que termina o ritual e se dá por satisfeita, Beatrice volta até o quarto onde sua carniçal já aguardava no quarto e onde atravessa o espelho junto à ela. As duas desaparecem por não mais do que 5 minutos e, quando a Tremere retorna, não é com a ruiva mas sim com um belo homem com trajes elegantes à quem ela dá algumas ordens em um francês límpido e fluente enquanto apontava coisas e locais pela mansão...Ele, por sua vez, nada dizia. Apenas aquiescia com a cabeça e a acompanha pelos corredores até ser dispensado para tomar sua posição... E então ela se dirige até onde estavam reunidas suas irmãs de clã e sangue, com um novo sorriso no rosto e pronta para dar continuidade ao seu trabalho...

Entra finalmente na sala onde todas estavam reunidas, usava um longo vestido branco imaculado e os cabelos muito negros soltos dando um belo contraste...Era assustadora e arrebatadoramente bela (aparência 7), e mesmo para quem já acostumara a vê-la parecia de alguma forma muito mais encantadora naquela noite. Exibe um sorriso muito branco, muito luminoso quando toma um lugar para sentar-se junto à elas de forma elegante...


- Boa noite magi... Peço desculpas pela demora, estava resolvendo uns últimos ajustes. Antes de mais nada, seja bem vinda magus Mansur...apesar de noite tão nefasta, é um prazer recebermos alguém tão ilustre nesta cidade.

Transparecia leveza e segurança, e nada mais diz olhando agora para as Tremere naquela sala e aguardando que continuassem o assunto no qual estavam antes dela aparecer...

_________________
Aparência: 5 / 7
Carisma: 5


"Não existe o bem e o mal, só existe o poder... e aqueles que são demasiadamente fracos para conquistá-lo."
avatar
Beatrice Verlanghieri

Mensagens : 84
Data de inscrição : 11/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capela Tremere - Chácara em Vargem Grande

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 34 Anterior  1, 2, 3, 4 ... 18 ... 34  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum