[CAERN] Entrada Oeste - Barra da Tijuca (Zona Oeste)

Página 8 de 10 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Philip

Mensagem  Philip Telford em Sex Out 10, 2014 3:26 pm

Vendo que Kiba não se pronunciara quanto ao drink que Philip estendia em sua direção o Fianna recolhe o cantil e toma ele mesmo um grande gole. E quase engasga no final quando o Presas diz que era pai de um Impuro, estaria ele cercado de pessoas que não davam uma foda furada para a Litania?

O Theurge, já reconsiderando sua decisão de ser amigável com esse tipo de gente, começa a andar em direção ao Roedor de Ossos que era o Alfa da matilha, pensando em que bueiro de gente sem honra tinha se metido, e também pensando direito, se realmente o que os Fianna pregavam podia ser verdadeiro, nem sua própria tribo estava respeitando aquele pensamento nos ultimos tempos, e aquela seita parecia um enorme bacanal.

_________________
Drink-no-Abismo
Fianna - Theurge - Hominídeo - Cliath
Fúria: 2
Aparência: 4 (1,90 - 100kg)
Carisma: 1 (carrancudo)
Sempre com um frasco de whisky a mão, seu colete do moto-clube e um facão na cintura
avatar
Philip Telford

Mensagens : 218
Data de inscrição : 23/05/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [CAERN] Entrada Oeste - Barra da Tijuca (Zona Oeste)

Mensagem  Convidado em Sex Out 10, 2014 4:44 pm

E chegam mais integrantes da matilha, uma loira caolha e bem severa, e como não, uma fenrir. Bem, pelo menos ela não era macho e o babado quente era, ela estava esperando um filho impuro, ou seja, a safada andou empinando o rabo por aí. Mas tudo bem, fenris são fenris e são simplesmente uó de se lidar, acho que terei problemas com ela cedo ou tarde. Simples, não me meto na vida dela e ela não se mete na minha e fica tudo certo, não preciso de amizades dentro da matilha, mas de respeito sim, amizades eu arrumo nas minhas horas vagas, até porque glamour pelo visto não tem aqui, ainda mais com um líder roedor, meu Deus, não misturar "trabalho" com prazer e hobbies.

Então seguindo a linha de raciocínio, para me aceitar, era preciso provar o meu valor dentro da matilha, assim me respeitam e não me chateiam e deixam eu viver de certa forma confortável dentro da matilha, afinal ter momentos desagradáveis
com os lobos que você "corre".

Depois vem outras informações, a fianna tinha um relacionamento, quebrava a litania, o outro era pai de um impuro, quebrou a litania, tá certo que não era nada comparada a minha vida, mas é aquela velha máxima, cada macaco no seu galho.

Então apenas cumprimentei a fenrir chegada e permaneci ali quieta, mãos nos bolsos olhando suas atitudes, já tinha me apresentado, já falei o que podia falar, era hora de se esperar e com cautela, e minha voz, essa era um problema, por hora, ficaria na minha.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [CAERN] Entrada Oeste - Barra da Tijuca (Zona Oeste)

Mensagem  Hrist Thordsvedt em Sex Out 10, 2014 4:59 pm

Hrist esperava que fosse ter algum problema com os Fiannas por causa de sua condição, mas no final até ficou um pouco surpresa com a aceitação afirmativa. Não que precisasse dela, mas de certa forma era tranquilizador saber que não teria uma batalha por dia por conta disso.

Afinal, havia muito mais sobre o filhote do que poderia explicar agora.

Ela apenas diz um realmente verdadeiro:

- Obrigada.

E então respira fundo e continua:

- Eu fui criada e ensinada nas leis antigas...e minha descendência, seja um impuro ou não, seguirão os mesmos preceitos... - E isso incluía ter que devorá-lo caso nascesse com alguma deformidade que o fizesse um fardo pra Nação, mas Hrist não queria pensar nisso ainda -... Por isso é bom saber que tenho o apoio de vocês.

Então ela se volta pra Kiba, pai de um Impuro, e diz, com um sorrio meio triste:

- Vou precisar de toda a ajuda que puder ter...eu nem sei por onde começar e o pai dele caiu esta noite, vai ser bom ter alguém que saiba o que fazer por perto.

_________________
Raça pura: 5 (Ascendente Notável: Filha de Gogol Fangs-First)
Aparência: 3 (Cicatriz na face esquerda, cega deste olho)
Fúria: 6
Qualidade Boa reputação (A de ser muito justa, porém muito rígida)

" Vingança não é um motivo valido, vingança é uma resposta emocional. Não, não é vingança: é punição."
avatar
Hrist Thordsvedt

Mensagens : 236
Data de inscrição : 19/04/2013
Idade : 30
Localização : Sampa City

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Igor > Esquadrão

Mensagem  Igor Petrunov em Dom Out 12, 2014 1:13 pm

A loira maluca havia partido para a Entrada Oeste sem dar palavra, para se encontrar com a nova matilha à qual pertenceriam. No fundo, o Theurge se sentiu aliviado por não precisar continuar conversando com Nycole, porque ela era claramente desequilibrada.

Caminhou sem pressa até onde os seus novos companheiros de matilha deveriam estar, assobiando uma canção antiga do Exército Vermelho que havia aprendido num filme.

Aproximando-se, sem se preocupar em não ser notado, ouviu apenas o fim de uma conversa sobre impuros. A maluca mal havia chegado e já parecia estar causando polêmica. Finda a trilha, Igor finalmente os encontrou.

- Boa noite, pessoal. Vocês precisam de alguma ajuda? - tentou parecer o mais cordial possível, já que havia um ligeiro clima de tensão no ambiente, provavelmente por conta da história de impuros.
- Putz, desculpem a minha falta de educação, eu não me apresentei. Sou Igor, Filho-da-Alvorada, o Escolhido de Hélios, cliath, filho dos Homens nascido sob a lua crescente, da linhagem dos senhores da Nação Garou, os Presas de Prata.

Igor fez uma pausa, repassando mentalmente se tinha esquecido de dizer alguma coisa. Já foi problema o bastante ele ter esquecido seu posto na primeira apresentação...

- Já estive neste caern há não muito tempo atrás, talvez algum de vocês possa se lembrar. Sombra-de-Loki me orientou a procurá-los e me unir à sua matilha. Sei que estes são tempos difíceis e eu realmente quero me dispôr ao serviço deste caern e desta matilha.

Era estranho falar com toda essa formalidade, mas as pessoas aqui pareciam dar muito valor a isso.

Então ele sorriu, tentando não demonstrar o quanto detestava ficar se apresentando o tempo todo.


Última edição por Igor Petrunov em Dom Out 12, 2014 9:38 pm, editado 1 vez(es)

_________________

Igor "Filho-da-Alvorada" Petrunov
Fostern dos Presas de Prata, nascido dos homens, sob Lua Crescente
--
Carisma 4 Aparência 4 Raça Pura 5
Idade Aparente: 20 anos


"Just want one thing, just to play the King
But the castle crumbled and you're left with just a name
Where's your crown, King Nothing?"
avatar
Igor Petrunov

Mensagens : 92
Data de inscrição : 05/02/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mayra (Crinos) - Igor

Mensagem  Mayra Hildebrand em Dom Out 12, 2014 7:45 pm

A Fianna ouve o barulho de alguém se aproximando. Não se preocupa pois estava no solo seguro do Caern e conforme sente a Raça Pura percebe que seja quem fosse, se aproximava. O cheiro era totalmente estranho e a Ahroun tentava captar o mesmo com seu focinho. Ouve as primeiras palavras do recém-chegado. Parecia alguém disposto a ajudar, mas sua apresentação deixa claro os traços tribais que trazia consigo. A Ahroun, na forma lupina, olha na direção de Igor e, embora nada enxergasse, diz na língua dos Garous:

- Bem-vindo Igor, eu sou Mayra, Voz de Taranis, Ahroun Adren dos Fiannas.

Não tinha nada de especial para dizer a Igor, mas tenta ser simpática com ele. Podia não ter ânimo para muita coisa, se sentir fracassada depois de tudo que lhe aconteceu, mas sabia que atuar com cordialidade seria bom para a matilha e sentia que era minimamente útil engolindo suas próprias frustrações e mantendo a etiqueta.

_________________
Mayra Hildebrand - Voz de Taranis
Hominídeo / Fianna / Ahroun / Tuatha de Fionn
(Aparência 5 / Fúria 7 / Raça Pura 5)
**** Voz do Rouxinol ****
**** Magnetismo Animal ****

Cicatrizes de Batalha
* Cegueira dos Dois Olhos (provocada por um Rastejante Nexus)
* Cicatriz Profunda na altura do abdômen (provocada por um Ancião dos Dançarinos da Espiral Negra)
avatar
Mayra Hildebrand

Mensagens : 429
Data de inscrição : 28/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Kiba Valentine (Hominideo) - Esquadrão da Fúria

Mensagem  Kiba Valentine em Dom Out 12, 2014 11:16 pm

É só no instante em que Phillip recolhe a garrafa que Kiba nota que o mesmo estava lhe oferecendo algo. A chegada da Fúria Negra havia tomado sua atenção por um instante.

As palavras de Hrist deixam um sorriso surgir novamente no rosto de Kiba que diz:

- A primeira coisa é a mudança de forma... Nos últimos 3 meses você deve se manter sempre em crinos. Ter um impuro é perigoso e até um mexer inesperado dele pode custar uma ou duas costelas... Por isso não se esqueça dessa parte...

A lembrança de Sara lhe vem a mente enquanto explicava isso para Hrist. Talvez se soubesse dessas coisas na época a Presa de Prata não estaria morta hoje. Por sorte, seus fantasmas não tem tempo para lhe assombrar, pois mais uma Garou se juntava a clareira.

Felizmente mais uma Presa de Prata havia chegado para se juntar a matilha. Kiba nunca teve a chance de lidar com um irmão de Tribo em uma mesma matilha e aquilo poderia ser bom para reforçar a união dos Presas. Com um aceno de onde estava o Ahroun cumprimenta o irmão:

- Seja bem vindo cara. Sou Kiba Valentine, Asa Solitária, Ahroun, Cliath dos Presas de Prata, do campo dos Anjos Guardiões, da casa dos Inimigos da Wyrm e da Cabana da Lua...

Nunca houve necessidade de apresentar-se daquela forma, mas agora que tinha um outro Presa de Prata na matilha era bom saber a que campo, casa e cabana o Garou pertencia.

_________________
Hominídeo - Ahroun - Presa de Prata - Anjos Guardiões - Inimigos da Wyrm - Cabana da Lua
Cicatrizes: Cicatriz profunda em forma de "/" no tórax e cicatriz superficial na altura do coração.
Carisma 03
Aparência 04
Raça Pura 05
Fúria 07
Idade: 17 anos
Altura: 1,70
Peso: 76kg
avatar
Kiba Valentine

Mensagens : 585
Data de inscrição : 28/01/2013
Idade : 30

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Igor > Kiba

Mensagem  Igor Petrunov em Seg Out 13, 2014 1:49 am

Levando em conta que ninguém até o momento parecia ter olhado de cara feia, Igor relaxou um pouco.

"Parece que não fiz merda dessa vez..."

Mayra, uma Fianna em forma de lupus foi a primeira a recepcioná-lo. Não foi o tipo de acolhida mais caloroso que já recebera na vida, mas certamente, era melhor que uma bronca.

- Obrigado, Mayra. - respondeu com simpatia, porém sem se alongar. A Fianna não parecia estar no seu melhor dia, o que era perfeitamente compreensível, já que acabara de voltar de uma batalha que custou a vida de muitos.

Então, um outro jovem de quem Igor não se lembrava em sua primeira passagem pelo caern parecia bem mais animado em recebê-lo. Num primeiro momento, o Theurge sentiu alívio em encontrar um irmão de tribo. No entanto, quando seu novo companheiro, fez questão de especificar seu papel dentro da tribo, Igor respirou um pouco mais fundo, mas tratou de esconder o desconforto com um largo sorriso. O lua crescente hesitou por um instante antes de responder a seu irmão de tribo.

- Um filho do Falcão! Vou realmente gostar de poder correr ao seu lado, Kiba! - disparou demonstrando bastante entusiasmo.

"Vamos lá, cara. Você não vai se esconder pra sempre! Fala!" - pensou.

- Acho que terei de fazer uma apresentação digna de um Presas de Prata, então! Sou Igor, o Filho-da-Alvorada, o Escolhido de Hélios, do sangue do grande Rei Arak Mamute-Corajoso, cliath nascido dos Homens sob a lua crescente, da Cabana do Sol, Campo dos Renovadores... - então, fez uma pausa, respirando mais fundo - ... da Casa do Céu Dourado.

Era a primeira vez que Igor se apresentava dessa maneira, embora tenha sido orientado para não fazê-lo a menos que fosse realmente necessário.

"Isso pode te trazer problemas, garoto. Não, isso VAI te trazer problemas. Fique de boca fechada a menos que alguém arranque isso de você." - disse a voz de Vladimir em sua cabeça.

Mas ele estava tão longe de casa. Na verdade, Igor esperava que Kiba não soubesse se isso significava alguma coisa. Na verdade, nem mesmo o próprio Theurge sabia se era algo realmente importante, algo além de uma invenção regada à vodka barata na cabeça de seu mentor.


Última edição por Igor Petrunov em Seg Out 13, 2014 10:10 am, editado 1 vez(es)

_________________

Igor "Filho-da-Alvorada" Petrunov
Fostern dos Presas de Prata, nascido dos homens, sob Lua Crescente
--
Carisma 4 Aparência 4 Raça Pura 5
Idade Aparente: 20 anos


"Just want one thing, just to play the King
But the castle crumbled and you're left with just a name
Where's your crown, King Nothing?"
avatar
Igor Petrunov

Mensagens : 92
Data de inscrição : 05/02/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [CAERN] Entrada Oeste - Barra da Tijuca (Zona Oeste)

Mensagem  Convidado em Seg Out 13, 2014 8:37 am

E o assunto estava meio tenso, afinal quebra de litania, punições entre outras coisas eram a pauta do momento, bem pelo menos não era algo: matem a impura filha-da-puta viada, mas não era algo como conversar sobre os vinhedos da itália, mas enfim que seja, não era carnaval e o que dizem lá fora é que o Brasil era bom em carnaval mas o resto do ano nem tanto. Então se vê a chegada de mais um membro da matilha, um presas de prata, então me dirijo em sua direção pra conhecer de certa forma, acho que o último membro, essa matilha parecia ser grande.

-Prazer, filha-de-artemis, cliath, impura, ahroun, fúria negra, pode me chamar de Nycole.

Dei um sorriso singelo e natual e fiquei na minha esperando orientações.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Julian Kraken "Esquecido" (Glabro) - Esquadrão da Fúria / Hrist / Alvorada / Artemiz

Mensagem  Julian Escott em Seg Out 13, 2014 9:30 am

* Esquecido ainda estava em uma das trilhas, num dos espaços um pouco mais amplos onde seus irmãos podiam se juntar. Esperava que todos se organizassem porque sabia que no Caern, mas do que qualquer outro lugar e por mais que não se importasse realmente com nada disso, as aparências eram importantes. Queria entrar no cemitério como matilha, como irmãos que honram seus entes caídos, e assim o faria.. é nesse instante que uma guria loira, atlética e bastante bonita se prostra diante da matilha, já se apresentando. Julian olha para a dita cuja levianamente, sem estranhar as roupas curtas o cabelo platinado ou as poses de piriga.. afinal, aquilo era corriqueiro para quem estava acostumado com "churrasquin na laje". Estava com a cabeça na cerimonia pelos falecidos, na assembleia que se seguiria e naquela missão desgraçada que, a altos custos, haviam finalizado.. portanto não se atem à qualidade das roupas ou a qualquer outro detalhe físico. A impressão geral era simples e obvia: a mulher era realmente, no mínimo, bonita; *

" Pela teta de Gaia.. que a doida não seja igual a ultima Fúria Negra.. "

* Aguarda a apresentação de todos, vendo suas respectivas reações e estava prestes a fazer o mesmo quando Hrist se declara publicamente incubadora de um impuro. Esquecido já havia ouvido falar sobre o caso, mas ouvir a própria Philodox afirmando era outra história.. imaginava o quanto seria difícil para ela lidar com aquilo apesar de toda a pose orgulhosa e inabalável. Para muitos tradicionalistas, e Philodox certamente o eram, lidar com o preconceito, com a repudia, com o politicamente incorreto, era bastante nocivo.. e o Roedor de Ossos não consegue deixar de pensar como tudo aquilo era uma perda de tempo absurda: *

" O apocalipse meteno o pé na porta co pau de fora e o Nelson Rubens preocupado com gravides da Angélica!?  Cada cachorro que lamba a sua caceta porra.. "

* Não estava nem um pouco preocupado com a revelação e não tencionava julgar nada com relação ao assunto. Em verdade, não podia se importar menos. Aguarda as manifestações gerais, preparando-se para encerrar o assunto incisivamente caso a situação desandasse mas ali teve a primeira surpresa positiva depois daquela noite de horror. Aparentemente todos os irmãos de matilha estavam superando preconceitos e lidando a contento com a situação. Talvez aqueles Garous pudessem realmente ser uma grande matilha.. Antes de se posicionar, um outro Garou também se aproxima, este exalando uma raça pura tão forte quanto o cheiro de um cachorro de rua molhado. Capta a simpatia do novo irmão no mesmo instante em que ele se põe a falar.. estavam realmente precisando de pessoas carismáticas por ali. Finalmente se manifesta, dando um passo à frente e recepcionando os recém-chegados: *

- Julian, Esquecido, Ahroum Adren, líder dos Roedor de Osso nessa Seita e alpha dessa matilha. Cabamo de derrubar uma Colmeia e o bagulho foi loco.. tamo indo honrá nossos morto. Cêis são bem vindo pra colá junto, "Artemiz" e "Alvorada".

* O Roedor de Ossos falava casualmente e parecia carismático, apesar de não esboçar nenhum grande sorriso e ser carente de noções básicas de etiqueta formal. Era um cara tão atlético quanto suas roupas eram surradas (e eram bastante). Tinha uma grande cicatriz vermelha no rosto que descia da testa até a bochecha, consumindo um rosto que outrora já fora evidentemente bonito. Sem desejar perder muito mais tempo por ali, simplesmente encerra o assunto sobre a gravidez da Hrist, expondo suas noções: *

- Hrist, eu já tava ligado nessa sua fita ae.. e na moral, por mim tá tudo limpo. Já teve julgamento.. então o que importa é correr co nóis e foder a Wyrm, e isso cê já mostro que faiz bem pa'caralho. De resto, ninguém tem nada com isso, e se precisar de uma mão to aqui..

* Passa por ela e coloca a mão no ombro da Guria por não mais do que um instante, como se assinasse o que havia acabado de dizer. Ele próprio mantinha relações habituais com outra Garou, o que mais poderia ser dito?! Sem mais, simplesmente diz para os demais: *

- Vamo pro cemitério como matilha.. nossos irmão merecem isso.

* Aguarda eventuais respostas e então lidera o caminho. *


______________________________
Off: continua em [CAERN] Cemitério.

_________________
Julian Escott Kraken - "Esquecido"
Alfa da Esquadrão da Fúria e líder dos Roedores de Ossos da Seita
Ahroum - Roedor de Ossos - Adren

Aparência 5 (-2, cicatriz na face)
Fúria 6
Raça-Pura 0

Características notáveis:

- Uma série de cicatrizes de batalha que se evidenciam em seu peito, costas e ombro, sendo a mais notável um corte profundo que percorre sua face.
avatar
Julian Escott

Mensagens : 221
Data de inscrição : 16/02/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Philip - New Arrival

Mensagem  Philip Telford em Seg Out 13, 2014 12:45 pm

O Theurge vira que mais um Garou chegava, enquanto observava Julian fazer a ultima apresentação e ir para o cemiterio, o grande, barbudo e cabeludo Fianna, com seu colete de couro dos Corredores do Cervo e seu cantil a tira-colo responde, não muito simpático e um tanto rude e cansado.

"- Prazer cara, sou Philip Telford, Drink-no-Abismo, Nascido em duas pernas, Cliath, Theurge dos filhos do Cervo."

Depois de cumprimenta-lo faz um aceno de cabeça e segue atras do alfa para o cemiterio.

_________________
Drink-no-Abismo
Fianna - Theurge - Hominídeo - Cliath
Fúria: 2
Aparência: 4 (1,90 - 100kg)
Carisma: 1 (carrancudo)
Sempre com um frasco de whisky a mão, seu colete do moto-clube e um facão na cintura
avatar
Philip Telford

Mensagens : 218
Data de inscrição : 23/05/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cabelinho (Glabro) - Nicole - Igor - Esquadrão

Mensagem  Paulo Pereira em Seg Out 13, 2014 1:37 pm

A indicação de que os feridos teriam que mudar para glabro para poderem se curar mais facilmente é acatada por Cabelinho de fogo que faz a mudança durante o trajeto até o Caern. Ele usa mais 1 de sua fúria para diminuir seu estoque que já estava retornando ao normal para mudar.

O caminho foi uma peregrinação silenciosa de Cabelinho que acariciava o restante da cabeça de Dimas que estava pousada em seu colo. Esquecido comentara se ele poderia carregar o corpo de Dimas e ele apenas meneia a cabeça positivamente. Por algum instinto ele toca a mochila nas suas costas com medo de que o pote com as cinzas de Dereck poderia ter ficado no Lixão, mas não. Ele sabia que o pote estava ali, com ele.

Uma mulher se aproxima da Esquadrão e a visão da face de Cabelinho era de simples e pura dor. Tinha perdido dois grandes amigos da Esquadrão e isso para ele era destruidor. Olhou a mulher que se apresentara como Nycole e não conseguiu nem sorrir. Saiu do carro/caminhão da Esquadrão carregando o corpo de Dimas na verdade o que tinha sobrado dele. Nem tinha percebido direito que Kiba e Philip estavam próximo dele. A dor era gritante.

Entre as apresentações e conversas ele ouve que Hriste esperava uma criança e ele automaticamente olha para Dimas pensando:

”Uns morrem para outros renascerem.....o ciclo de Gaia é infinito? Será a reencarnação de Dimas na barriga de Hrist? Eu queria que fosse e quando ele crescer eu que o ensinaria em vez do contrário.”

Um sorriso nasce na face do jovem Ragabash da Esquadrão. Depois descobriu que Kiba também era pai de um Impuro e sua felicidade retornava aos poucos, bem aos poucos. Queria conhecer o filho dele o mais rápido possível. Ele adorava acrianças e aparentemente as crianças adoravam ele, ou as besteiras que ele falava e fazia.

É então que outra pessoa aborda a Esquadrão. Era um homem e Cabelinho nunca o tinha visto mais branco. Virou sua face em glabro para ele e o observou durante sua fala. Já foi de primeira com a cara do Filho da Alvorada. Ele tinha uma Raça Pura bem alta, o que também era legal. Ele era bem carismático se comparado com Nicole e também era um Theurge. Percebendo isso Cabelinho se perguntava:

”Eu me dei bem com o Dimas, que era Theurge, me dei bem com Drink, que é Theurge....me darei bem com Igor? É claro que sim. Só preciso entender melhor os Theurges....eles parecem ser bem mais sábios que eu....talvez possa aprender a falar com os espíritos mais para frente...quem sabe até aquele toque que cura.”

Mayra e Kiba se apresentam pata Igor. Igor por sua vez faz uma apresentação diferente dizendo que era do Campo alguma coisa Dourada. Não entendia estas coisas estranhas de campos floridos dourados de tulipas. Iria perguntar depois. Queria ter um campo também. Talvez o campo do Playstation 3 do Final Fantasy Bravely Default. Isso é, se existisse. Lembrou que o Kor era dos Senhores de alguma coisa.

Esquecido então se apresenta devidamente e comenta sobre a missão. Logo depois quem se apresenta ao novo Theurge é Drink. Cabelinho estava muito, mais muito ferido e depois que todos se apresentaram, era sua vez de fazê-lo. Em Glabro Cabelinho tinha uma altura considerável e não aparentava ter seus 16 anos. Com o corpo de Dimas nas suas mãos, ele diz, não com sua habitual felicidade e simpatia. Estava ferido, cansado e muito triste pela morte de seus companheiros de matilha:

-Prazer Filha de Ártemis e prazer Filho da Alvorada. Sou Paulo Pereira, Ragabash, Cliath, hominídeo dos Roedores de Ossos. Conhecido como Cabelinho de Fogo.

Limitou-se a dar um sorriso simples. Não era possível perceber muita simpatia, apenas muitos ferimentos em Cabelinho, tanto que enquanto caminha na direção do cemitério ele cambaleia e coloca um joelho para apoiar-se no chão para evitar cair e derrubar o corpo de Dimas. Antes que qualquer pessoa dissesse alguma coisa ele diz:

-Estou bem....pode deixar....arffff....pode deixar......

O laço entre Dimas e Cabelinho era grande apesar do pouco tempo em que estavam na matilha e com extrema dificuldade ele se levanta e continua a caminhar em modo zumbi na direção do cemitério.


OFF: Cabelinho usou 1 de Fúria para mudar para Glabro.
Próximo post - Cemitério
Esquadrão e narrador...mil desculpas pelo post grande.

_________________
Roedores de Ossos - Ragabash - Hominídeo - Cliath
16 anos
Carisma 4
Aparência 2
avatar
Paulo Pereira

Mensagens : 278
Data de inscrição : 31/01/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mayra (Lupina) - Esquadrão

Mensagem  Mayra Hildebrand em Seg Out 13, 2014 2:40 pm

Com as naturais dificuldades de uma recém-cega, Mayra segue na forma lupina após a fala de Julian. Tinham recebido um Theurge e uma Ahroun e com seu estado atual e as quedas de Dimas e de Dereck eram um reforço interessante. Caminhava com a audição e o olfato atentos pela trilha, esperava chegar logo ao cemitério.

_________________
Mayra Hildebrand - Voz de Taranis
Hominídeo / Fianna / Ahroun / Tuatha de Fionn
(Aparência 5 / Fúria 7 / Raça Pura 5)
**** Voz do Rouxinol ****
**** Magnetismo Animal ****

Cicatrizes de Batalha
* Cegueira dos Dois Olhos (provocada por um Rastejante Nexus)
* Cicatriz Profunda na altura do abdômen (provocada por um Ancião dos Dançarinos da Espiral Negra)
avatar
Mayra Hildebrand

Mensagens : 429
Data de inscrição : 28/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Kiba Valentine (Hominideo) - Esquadrão da Fúria

Mensagem  Kiba Valentine em Seg Out 13, 2014 11:20 pm

Felizmente seu irmão de Tribo parecia ser um cara bem tranquilo, algo que deixa o Presa de Prata bastante aliviado. Quando Igor se apresenta Kiba faz uma expressão de quem realmente não havia conseguido entender alguma coisa:

- Céu Dourado?

Tinha certeza de que seu pai jamais havia lhe falado esse nome, ou com certeza algum de seus ancestrais estaria grudado em seu ouvido. Em todo caso, certamente não devia ser algo ruim. Com um novo sorriso o Ahroun diz:

- Já ouvi histórias sobre Mamute Poderoso. Foi um grande Presa de Prata que fez um pacto com Falcão e Hélios... Minha mãe me contou uma vez que ele foi viver junto ao Celestino do Sol quando seu tempo aqui nesta terra havia se esgotado...

A conversa prometia, mas aquele não era o lugar e muito menos a hora para continuarem.

Esquecido da as boas vindas aos recém-chegados e logo os convida para a cerimônia dos falecidos. Cabelinho era o próximo a se apresentar e é no momento que o faz que Kiba nota o quanto seu companheiro de matilha ainda estava machucado.

A expressão de pesar se faz no rosto do Ahroun, mas ele se limita a acompanhar Paulo com os olhos até que o mesmo quase cai.

Kiba rapidamente se projeta em sua direção para ajuda-lo, mas o Roedor recusa receber ajuda no momento.

- Tá certo cara... Só vai com calma...

O Ahroun então olha para seu irmão de Tribo e para Hrist e então diz:

- Bora gente... Mais tarde vamos ter tempo pra conversar...

Dito isso o Presa de Prata começa a caminhar em direção ao cemitério, ficando sempre próximo de Cabelinho de Fogo para ajuda-lo caso ele não aguentasse mais.

_________________
Hominídeo - Ahroun - Presa de Prata - Anjos Guardiões - Inimigos da Wyrm - Cabana da Lua
Cicatrizes: Cicatriz profunda em forma de "/" no tórax e cicatriz superficial na altura do coração.
Carisma 03
Aparência 04
Raça Pura 05
Fúria 07
Idade: 17 anos
Altura: 1,70
Peso: 76kg
avatar
Kiba Valentine

Mensagens : 585
Data de inscrição : 28/01/2013
Idade : 30

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [CAERN] Entrada Oeste - Barra da Tijuca (Zona Oeste)

Mensagem  Hrist Thordsvedt em Ter Out 14, 2014 12:10 am

"Senhores da Nação?"

Por Fenris, mas que babaca!

Hrist olha bem o sujeitinho afetado, aberto e simpático como uma flor, se apresentar, e decide que não gostara dele. Apesar de há pouco ter até sorrido para Kiba, sua expressão era inamistosa. Mas em geral, isso não era nada fora do comum.

Ela respeitava os Presas pela sua história: eles haviam sido grandes, quase tanto quando os Crias eram... eles tinham o talento e a sabedoria necessárias para governar as tribos e isso era algo respeitável, mas esse tempo havia passado. Eles haviam enlouquecido e fracassado pateticamente em governar até mesmo os humanos... não eram nem mesmo senhores de si nos dias atuais, como se proclamar senhores da nação? Presas de Prata tinham uma tendência de serem irritantemente pedantes.

Ela respira fundo, cruzando os braços. Não gostara do jeito dele, mas ela sabia que seu humor estava ruim e não queria privar o recém chegado de se provar digno de seu nome...Afinal, se era assim que ele quisera ser reconhecido, era isso que ela iria cobrar dele e, quando chega sua vez, ela responde de forma direta sua apresentação:

- Eu sou Hrist Thordsvedt, conhecida na Nação por Fúria-da-Justiça-Implacável, vitoriosa sobre a morte e renascida pela fúria, forstern nascida em duas patas e juíza das Crias de Fenris.

E ao contrário dos Presas, não via qualquer necessidade de falar sua linhagem, pois seus feitos eram mais importantes para ela. E ainda assim, a mulher muito alta e caolha - com quase dois metros de altura - emanava Raça-Pura excessivamente forte (5). Ela nada mais diz, apenas seguindo para o cemitério atrás dos outros, voltando a se concentrar em seus próprios problemas e deixando suas opiniões sobre os Presas de Prata dissolverem  enquanto se lembrava de por quem estava indo até aquele local de morte...

_________________
Raça pura: 5 (Ascendente Notável: Filha de Gogol Fangs-First)
Aparência: 3 (Cicatriz na face esquerda, cega deste olho)
Fúria: 6
Qualidade Boa reputação (A de ser muito justa, porém muito rígida)

" Vingança não é um motivo valido, vingança é uma resposta emocional. Não, não é vingança: é punição."
avatar
Hrist Thordsvedt

Mensagens : 236
Data de inscrição : 19/04/2013
Idade : 30
Localização : Sampa City

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [CAERN] Entrada Oeste - Barra da Tijuca (Zona Oeste)

Mensagem  Igor Petrunov em Ter Out 14, 2014 3:25 pm

Igor não sabia ao certo o que havia no Brasil, mas parecia que essa terra quente teria conseguido aquecer o sangue e o coração dos seus irmãos de tribo. Pelo menos nas primeiras impressões, Sam e Kiba não lembravam nem um pouco o siso e frieza dos Presas da sua terra natal.

Kiba tinha um ar quase ingênuo e, felizmente, não conhecia a trágica história da Casa do Céu Dourado. Ele sabia quem tinha sido seu antepassado, mas nem imaginava que seu fim não tinha sido tão feliz como o jovem Ahroun descrevera.

O Theurge estava aliviado por ter começado bem com sua nova matilha, diferente do início conturbado com a Arautos. Igor ia agradecendo um a um, à medida que lhes davam as boas vindas. Todos pareciam bastante amistosos e receptivos. Todos, com exceção de Hrist. Apesar de sua tribo ter os Crias como aliados de longa data, a rabugice típica dos "vikings wannabe" já não parecia estranha ao Presas. Talvez Hrist começasse a nutrir-lhe alguém apreço quando o visse arrancando cabeças de malditos ou eviscerando dançarinos da espiral negra. Era assim que eles mediam as pessoas, pelo quão forte podiam bater.

Provavelmente jamais se dariam bem.

- Um prazer te conhecer também, Hrist. - disse, olhando-a profundamente nos olhos, encerrando o contato com um meio sorriso.
- Na verdade foi um prazer conhecer todos vocês. -  aproximou-se de Kiba e deu-lhe um tapinha amigável no ombro. - Mas temos que dar aos nossos irmãos as honras que eles merecem.

Igor não queria prendê-los por mais tempo. Tão importante quanto recepcionar os que chegavam era dar uma partida digna aos que se foram em cumprimento do seu dever para com Gaia.

Dito isso, seguiu após seu alpha, para o cemitério.

_________________

Igor "Filho-da-Alvorada" Petrunov
Fostern dos Presas de Prata, nascido dos homens, sob Lua Crescente
--
Carisma 4 Aparência 4 Raça Pura 5
Idade Aparente: 20 anos


"Just want one thing, just to play the King
But the castle crumbled and you're left with just a name
Where's your crown, King Nothing?"
avatar
Igor Petrunov

Mensagens : 92
Data de inscrição : 05/02/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [CAERN] Entrada Oeste - Barra da Tijuca (Zona Oeste)

Mensagem  Convidado em Ter Out 14, 2014 4:44 pm

Permanecia calada, afinal já não tinha mais o que dizer, chegava mais um membro e mais outro e assim se faziam as considerações, dificilmente tinha guardado tribo, augúrio de cada, exceto pela fenrir-com-cara-de-que-comeu-coco ou a porca-prenha-fenrir, enfim teinha tempo pra pensar em vários apelidinhos pra mona.

Os que iam chegando ia fazendo reverencia educadamente e assim, chega o alpha, nossa, como falava errado meu Deus e o que se esperava de um roedor, por gaia, enfim, não vamos julgar, mas que ele falava bem errado falava.

Então ele manda e eu obedeço, acompanho até o cemitério para as devidas honras.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

FIM DE TEMPORADA

Mensagem  Narrador em Qua Nov 19, 2014 7:38 am

A noite se encerra no Rio de Janeiro. Duas tempestades acabam por deixar milhares de mortos e desabrigados. Populações pobres sofrem como nunca sofreram com os fenômenos tropicais da cidade maravilhosa. O Exército e todas as polícias passam a ser coordenadas pelas Forças Especiais de Segurança Nacional depois de "organizações terroristas" matarem diversas lideranças políticas e empresários da cidade. Vereadores (mais da metade), Deputados (mais da metade da bancada federal e estadual do RJ), Desembargadores, Juízes, o Prefeito, o Governador e lideranças de variados setores da sociedade figuram entre os mortos. Líderes do tráfico e grandes nomes do crime também acabaram mortos . Foi uma noite e uma manhã de Caos. O clima é de insegurança total e com forte patrulhamento das forças policiais e do exército.

O Comitê Olímpico Internacional confirmou que os Jogos de 2016 continuam na cidade, mas exigem medidas rápidas para não reverem a decisão. O novo Governador e Prefeito Interino, o ex-Presidente do TJ-RJ Desembargador Henrique Castro, assume concomitantemente os postos com o discurso de convocar eleições no fim do ano e de cooperação com as Forças de Segurança Nacional. Faz um discurso pedindo para a cidade tomar o seu rumo normal e enfatiza que as medidas imediatas já iam refletir no dia a dia da sociedade.

Aquela noite tempestuosa mudou a cidade do Rio de Janeiro para todo o sempre. A Aliança Independente, organização com fins de ajudo mútuo que reúne os Ravnos, os Seguidores de Set e os Giovannis da cidade, declarou guerra aos lobisomens e colocou qualquer acordo de paz em risco. O Sabá já está pronto para, e sempre desejou, a Guerra. Os caçadores são atraídos pelos fatos e vão tentar limpar a cidade. O famoso "bando do Chuck", caçadores mercenários e temidos mundialmente, desembarcou no fim da tarde. Os demônios e infernalistas encontram o solo fértil para suas atividades no sopro de terror que tomou conta do Rio de Janeiro. A FESN, como representante dos interesses do Governo Federal também parte para a Guerra. Os Anarquistas se proliferam. A ordem é inexistente e forças ainda desconhecidas se movem nas sombras. Ou nem tão nas sombras assim.

Em meio a tudo isso, a Camarilla não tem opção. Ou vai à Guerra, ou cairá vítima dela. Os Garous sobreviventes, menos de um terço do efetivo anterior, lamberão suas feridas com sede de vingança. A cidade não é mais dos Lobisomens, a cidade não é da Camarilla. A cidade não é do Sabá, muito menos dos anarquistas. A cidade não é de ninguém, todos a reivindicam.

Todos estão em guerra. Todos são caça e caçador. A Guerra Civil começou.



Bem-Vindos à VII Temporada da Crônica Segredos do Apocalipse
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [CAERN] Entrada Oeste - Barra da Tijuca (Zona Oeste)

Mensagem  Selene Leukippes em Qui Dez 11, 2014 12:57 pm

Selene desce do táxi alguns metros antes da entrada da trilha e se certifica que ninguém a via quando entra na mesma. A Theurge usa sua fúria para assumir a forma lupina e começa a vagar pelas trilhas da Zona Oeste uivando para anunciar sua presença:

- Âmago de Medéia, Forsten das Fúrias Negras entrando no Caern.

_________________
Selene Leukippes Valentine - Âmago de Medéia
Theurge - Fúrias Negras - Amazonas de Diana
Aparência 5 - Fúria 2 - Raça Pura 5
Ascendência Notável - Magnetismo Animal
avatar
Selene Leukippes

Mensagens : 306
Data de inscrição : 27/11/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Kor Yance McDonell (Hominídeo) - Cabelinho

Mensagem  Kor Yance McDonell em Qua Dez 17, 2014 12:54 pm

Kor encosta o carro no Caern, já descendo. Não perdia muito tempo. Enquanto aguardava Cabelinho descer, altera suas cordas vocais avisando que estava nos limites do Caern.

- Kor Yance McDonell, Galliard Fostern dos Senhoras das Sombras adentrando os limites do Caern junto com Cabelinho.

E a piada ainda não saía da sua cabeça por mais que quisesse.

"... do meu saco..."


_________________
Hominídeo - Galliard - Fostern - Senhor das Sombras - Senhores do Cume - "Sopro-da-Tempestade"
_______________
Aparência 05

Fúria 05
Raça Pura 03

Cicatriz no peito num formato [ / ], cabeça em [ | ] e nas costas em [ Z ].




"Diante de uma larga frente de batalha, procure o ponto mais fraco e, alí, ataque com a sua maior força."
avatar
Kor Yance McDonell

Mensagens : 325
Data de inscrição : 28/01/2013
Idade : 27
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cabelinho de Fogo - Kor

Mensagem  Paulo Pereira em Qua Dez 17, 2014 1:37 pm

Kor estava pensando em trocar aquele carrão por um melhor? O único veículo chique que ele tinha andando antes de entrar na Esquadrão era um Mercedes, o ônibus Mercedes. E talvez aquela Brasília caindo aos pedaços do João do papelão. Ela ficava mais parada que andando, mas quando andava era uma festa, apesar de feder a tudo quanto é coisa.

Agora sobre fazer algumas doações para a caridade, o Senhor das Sombras impressionou bastante Cabelinho. Nesta hora ele quase viu Declan falando no lugar do Kor. Ele esperava aquilo do Declan e não do Kor, mas a vida era assim, sempre surpreendia.

Já dentro do carro, Cabelinho fala:

-Desculpa falar contigo desse jeito Kor....mas te explicar uma coisa básica da realidade. Nem todo mundo nasce com dinheiro e tem oportunidades de crescer na vida. Ajudar nunca é demais. E até agora eu sempre te tratei muito bem e sou um ótimo irmão de matilha...por enquanto não tem o porquê de eu te tratar de outra forma, a não ser que você possa vir a me dar uma rasteira ou trair a nossa matilha, daí serão outros quinhentos. Ou começar a agir do jeito que o Declan age, fingindo que as outras pessoas não existem e ficar se achando só porque é parente de alguém importante.

Logo estavam no caminho para o Caern. Kor desce do carro logo em seguida e Cabelinho o segue, mas a apresentação que ele faz de Cabelinho não o agrada. O Roedor muda suas cordas vocais e então se apresenta devidamente:

-Paulo Pereira, Ragabash Cliath dos Roedores de Ossos adentrando os limites da região Oeste do Caern.

E se virou para Kor:

-E porque você vai ser julgado? Pela nossa manobra?

_________________
Roedores de Ossos - Ragabash - Hominídeo - Cliath
16 anos
Carisma 4
Aparência 2
avatar
Paulo Pereira

Mensagens : 278
Data de inscrição : 31/01/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cabelinho de Fogo - Kor

Mensagem  Paulo Pereira em Sex Dez 19, 2014 8:26 am

Depois de fazer sua apresentação do jeito que deveria ter sido feita, Cabelinho diz para Kor já seguindo para a Clareira Central:

-Vambora homem.

E seguiu entrada adentro para chegar a Clareira Central.

Próximo Post - Clareira Central

_________________
Roedores de Ossos - Ragabash - Hominídeo - Cliath
16 anos
Carisma 4
Aparência 2
avatar
Paulo Pereira

Mensagens : 278
Data de inscrição : 31/01/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [CAERN] Entrada Oeste - Barra da Tijuca (Zona Oeste)

Mensagem  Declan Konietzko em Ter Dez 23, 2014 12:01 am

Declan estaciona o carro perto do carro de Kor, e ao descer o Ragabash pega um cigarro o leva até sua boca e o acende, fazia tempo que não fumava e ao soltar a fumaça de seus pulmões diz:

-'Tava precisando.'

Ainda estava ferido, seu ombro estava machucado e ele precisava ficar em alguma forma que não fizesse o ferimento abrir. Declan faz uma mudança de forma e assume a forma Glabro e logo começa a caminhar para dentro do Caern e ao atingir um lugar que fosse audível para os Vigias do Caern, ele uiva:

-'Sombra da Noite, Fostern, Ragabash dos Senhores das Sombras, adentrando ao Caern.'

_________________
Sombra da Noite Ragabash Senhor das Sombras
Aparência 5
Raça Pura 5
Carisma 5
Magnetismo Animal
avatar
Declan Konietzko

Mensagens : 169
Data de inscrição : 19/04/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Cabelinho de Fogo - Kor

Mensagem  Paulo Pereira em Ter Dez 23, 2014 8:20 am

Cabelinho de Fogo percebe que Kor segue pelas trilhas do Caern em direção do Templo da Justiça. O julgamento dele começaria em breve e o Ragabash queria muito saber o porquê de ele estar sendo julgado. De certa forma gostava do Senhor das Sombras e esperava de coração que ele não o decepcionasse.

Resolveu seguir ao Templo da Justiça, mas passaria pela Clareira Central antes. Queria ver o movimento. Se encontrasse Invocador, conversaria com ele. Queria aprender o Dom de Comunicação com os Espíritos para procurar o urso do Dimas depois. Adorara o espírito urso e agora ele poderia estar abandonado. Talvez até poderia adotá-lo.

Segue na Clareira Central

_________________
Roedores de Ossos - Ragabash - Hominídeo - Cliath
16 anos
Carisma 4
Aparência 2
avatar
Paulo Pereira

Mensagens : 278
Data de inscrição : 31/01/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Kiba Valentine (Hominideo/Glabro) - Presas de Prata / Fúrias Negras / Esquadrão da Fúria / Titãs

Mensagem  Kiba Valentine em Ter Mar 31, 2015 7:42 pm

O Presa de Prata seguia na frente, como um guia para o grupo em que estava. Por mais que estivesse com raiva dos recentes acontecimentos, também estava feliz. Feliz por ver que o numero de Garous que havia abraçado sua causa.

Faltava apenas Hrist e os Crias de Fenris, mas imaginava que seria melhor que eles ficassem protegendo o Caern até que voltassem.

Assim que chega até seu carro, um Classic cinza chumbo, o Ahroun destrava as portas, esperando apenas que seus companheiros assumissem seus lugares para partirem na caçada. O lugar ao seu lado, obviamente, era destinado a Amanda, que serviria de guia na Caçada e, sem duvida, conselheira para garantir que a ação teria o menor impacto possível no Véu.

Sem duvida, todos iriam usar a forma Glabro na caçada no meio da cidade. Isso era, como Tyrion já havia dito, o básico.

Kiba então aproveita os instantes que tinha e começa a mudar para sua forma Glabro. Logo o pequeno garoto da lugar a um rapaz de seus 20 e poucos anos, com aproximadamente 1,85 de altura e corpo bem definido. A transformação não afetava sua aparência, algo não muito comum entre os Garous.

_________________
Hominídeo - Ahroun - Presa de Prata - Anjos Guardiões - Inimigos da Wyrm - Cabana da Lua
Cicatrizes: Cicatriz profunda em forma de "/" no tórax e cicatriz superficial na altura do coração.
Carisma 03
Aparência 04
Raça Pura 05
Fúria 07
Idade: 17 anos
Altura: 1,70
Peso: 76kg
avatar
Kiba Valentine

Mensagens : 585
Data de inscrição : 28/01/2013
Idade : 30

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Asa-Solitária

Mensagem  Narrador em Qua Abr 01, 2015 10:55 am

Já em Glabro, Tolerância-Zero e Herança-Ancestral se juntam à Kiba. Fênix-de-Prata, Arauto-de-Hélios e Guardião-da-Honra já se acomodavam no carro do Philodox para seguir o carro de Kiba quando este partisse.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 33
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [CAERN] Entrada Oeste - Barra da Tijuca (Zona Oeste)

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 8 de 10 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum