[CAERN] Grutas e Cavernas

Página 2 de 10 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Aman - Arautos do Trovão

Mensagem  Aman Ubuntu em Ter Out 21, 2014 9:55 am

Aman ouve as ponderações de Danniel, Boom e Steven. Eles vieram logo em seguida a fala de John se justificando, tudo aquilo demonstrava realmente um despreparo do Ahroun, e também da matilha como um todo, Aman responde às dúvidas de Boom, se posicionando.

"- O julgamento vai depender do que eles estarão nos acusando. Se a acusação for só para John, com certeza eles pegarão muito mais pesado, e tentarão ir até o final para uma reparação com a vida. Coisa que acho que será forçada pelo anão e pelos Fenris. Agora, se eles fizerem uma acusação contra toda a Matilha, duvido que, mesmo com muita pressão, eles consigam uma condenação à morte de toda a Matilha."

A Philodox para antes de continuar sua fala, olhando para todos os membros da matilha.

"- Uma acusação à matilha toda tem que ser defendida com nossos méritos, mais do que qualquer outra coisa. Pode ser que não seja um fator para usar de desculpa Steven, mas é um grande fator a ser levado em consideração, que uma matilha majoritariamente de Cliath conseguiu liderar uma missão que explodiu DUAS Colmeias e matou uma membro da Legião. Sylvia, que foi salva pela ação intempestiva de John, foi quem deu o golpe final em Olhos-do-Caos, depois de vários Ahroun, Athros e Adrens terem tentado a acertar sem sucesso. É talvez mais um fator que possa nos ajudar um pouco."

Mais séria e com uma pitada de tristeza a Peregrino continua.

"- Agora, quanto a ele admitir o erro e aceitar um retreinamento, acho difícil satisfazer os Fenris, e o membro sobrevivente da Destino de Luna, eles querem sangue. Talvez a constrição sugerida por Steven devesse ser feita com o totem da Destino de Luna também. E podemos pedir para que uma missão seja dada para que limpemos nossa honra. Obviamente não será nenhuma missão fácil, e provavelmente a maior parte da matilha perecerá... Mas teríamos a honra limpa, em ultimo caso."

_________________
Aparência: 3
Carisma: 3
Fúria: 3
Peregrinos Silenciosos - Philodox - Hominídeo
Idade aparente: 20 e poucos
avatar
Aman Ubuntu

Mensagens : 247
Data de inscrição : 03/04/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Coração-Impiedoso - Matilha Arautos do Trovão

Mensagem  Narrador em Ter Out 21, 2014 10:08 am

O Senhor das Sombras discordava de quase tudo que era dito e não escondia isso, falando à matilha com seriedade após Boom e Ubuntu:

'- Enquanto seguirem buscando desculpas esfarrapadas para justificar o que não tem justificativa, essa matilha não vai crescer. Isso incentiva a imaturidade e imaturidades levam à morte. O que aconteceu deve servir de exemplo para não ser mais repetido, vamos olhar os problemas como Garous adultos. Coisa que todos aqui, em teoria, são.'

Olha em especial para a Juíza e para a Ragabash, falando novamente em seguida:

'- Que matilha da Seita não é híbrida hoje em dia? Nenhuma! Vamos esperar as matilhas serem fortes para combater a Wyrm? Por favor, tem duas estrelas rubas no céu e o Apocalipse bate à nossa porta. Não temos tempo para ficar de treinamento para que os Garous deixem de ser crianças e virem adultos. A vida e o treinamento de filhotes devia fazer isso e se não foi feito, o erro está no treinamento que não preparou o Cliath para a realidade. Quando alguém vira Claith ele tem que estar pronto para enfrentar o que vier pela frente sem surtos de desespero, crises de maturidade ou ataques histéricos. A nossa matilha tem dois Adrens, um Ahroun que é Cliath mas só o é porque mudou de Augúrio pois se não já seria um Forsten e isso não é pouca coisa. Se o Filhote não tem treinamento para ser considerado um Garou adulto e encarar as responsabilidades, que volte a ser filhote e só vire Cliath quando estiver pronto. O fato de termos derrubado colmeias apenas mostra que a missão não era impossível para essa matilha e se não fossem por erros individuais que viraram coletivos, teríamos saído muito bem dela. Parem de tentar enganar a si mesmos e cresçam com isso.'

Fixando sua atenção nas duas que tinham mantido a ideia do problema do posto, Stevenn diz:

'- O argumento de vocês se desfaz com o resultado da missão. Todos nós sabemos muito bem que não foi por causa de ser Cliath que John errou, não foi por ser Cliath que Ubuntu não confiou nas minhas capacidades e abandonou à matilha desobedecendo o Alfa, não é por ser Cliath que Michell entrou em Frenesi, não é por ser Cliath que ninguém ouviu as ordens de Danniel. Foram por erros que nada tem a ver com os postos dos Garous. Erros que tem que ser admitidos e, pra começo de conversa, nunca mais repetidos. A ideia da missão pode ser boa, mas não sei se será aceita pelo juiz. É uma possibilidade, mas precisamos ter outras.'

Focando em Ubuntu, completa:

'- Eu já estava começando a retreinar Punhos-de-Aço. Eu irei me sugerir como mentor dele no julgamento para, independente do resultado, transformá-lo em um Garou de verdade.'

Olha para Danniel e comenta:

'- E você, como novo Ahroun, se quiser ser treinado por mim também será bem-vindo, assim como o Uktena recém-chegado.'

Olha para Severino. Steven dizia em tom enfático:


'- Essa é uma matilha de Avô Trovão. Nosso nome representa bem o que devemos ser, os Arautos do Trovão. Chegou a hora de sermos e para ser não podemos nos esconder atrás de argumentos do nível de dizer que são cliaths.'
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aman - Steven-/Arautos

Mensagem  Aman Ubuntu em Ter Out 21, 2014 11:50 am

A Peregrino ouve atentamente o Senhor das Sombras e então diz.

"- Eu concordo com suas palavras Steven, de fato desculpas esfarrapadas não vão nos levar a lugar nenhum. Eu não estava dizendo o contrário, perdão se me expressei mal. O que estava a dizer é que devemos buscar argumentos favoráveis a nós para usar no julgamento. Devemos nos apresentar como uma Matilha concisa e unida, mesmo em seus erros. Mas de toda maneira, concordo contigo Steven, acho que não podemos errar tanto quanto hoje. Eu mesmo tive uma atuação muito abaixo do esperado em combate e estou decepcionada comigo mesmo."

Então ela fala seu porém.

"- Só sou obrigada a discordar de uma coisa que falaste Steven. Dizer que a missão não era impossível é óbvio, a gente tinha confiança na nossa capacidade de vencê-la. Mas falar como se fosse um feito pequeno pra qualquer matilha, seja ela de Cliaths ou Anciões o fato de derrubar DUAS Colméias eu acho errado. Acho sim que merecemos a Glória e a Honra dessa vitoria. Por mais que as coisas não tenham sido perfeitas, em um combate desse tamanha raramente é perfeito. Aceitamos e é obvio que percebemos o resultado de atos impensados. Mas acho que a vitoria na noite é algo que pesa e muito a favor da matilha que liderou a invasão."

_________________
Aparência: 3
Carisma: 3
Fúria: 3
Peregrinos Silenciosos - Philodox - Hominídeo
Idade aparente: 20 e poucos
avatar
Aman Ubuntu

Mensagens : 247
Data de inscrição : 03/04/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Amanda Ross (Glabro) - Arautos do Trovão

Mensagem  Amanda Ross em Ter Out 21, 2014 11:54 am

Amanda prestava atenção em Aman, tentando sanar o maior numero de duvidas possivel, quando Steven volta a reclamar. A Andarilha já tinha percebido que o Garou era chato, mas não tinha notado que era tão chato.

- Os erros só aconteceram por falta de experiencia tio... Se não quiser usar a palavra Cliath, tudo bem, vamos usar a palavra experiencia. Eu não to dando desculpa esfarrapada e muito menos que vamos usar isso de argumento no julgamento, to falando que a gente pegou uma missão nivel hard. Ok, a vida nos põe pra lidar com isso, mas cacete, querer que a gente tenha a frieza que você tem... Ok... Mas essa "lógica inabalavel" não se faz da noite pro dia. Se tu vai treinar ele, otimo, já é um caminho. A tia Aman foi te ajudar porque você tava lutando contra varios inimigos.

- Quando viu que nós haviamos chegado lá, por que você não se juntou com a gente? Você é o mais experiente de todos aqui pelo que to vendo, teria feito uma diferença bem maior se tivesse lá com a gente.


Por fim, a Andarilha olha pra Danniel e diz:

- Já que tamos falando disso tudo, a ideia da tia Aman pode dar certo... Os Presas de Prata seguem o Falcão, né? O totem deles é meio paranoico com esse lance de lavar a honra, mas será que um novo feito não limparia o nome da matilha e o de John? Vencer ou morrer tentando... Acho que isso até os Fenrir iriam respeitar...

_________________
Boom - Andarilha do Asfalto - Hominidea - Ragabash - Dires Ultimae
Aparência: 3
Carisma: 2
Fúria: 2
Gnose: 3
Defeitos Notáveis: Marca do Predador.
Idade: Aparentemente 19 anos.
Altura: 1,70
Peso: 62kg

''Vou abrir a caixa do quanto eu me importo! Hm, espera aí... Está vazia!''
avatar
Amanda Ross

Mensagens : 201
Data de inscrição : 19/05/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Coração-Impiedoso - Matilha Arautos do Trovão

Mensagem  Narrador em Ter Out 21, 2014 12:07 pm

'- Pra começo de conversa, vamos falar com maturidade e ninguém é irmão da sua mãe ou do seu pai aqui, Garou. Essa matilha não tem mais espaço para infantilidades.' - Diz Steven olhando muito seriamente para Boom que chamara a ele e a Aman de tio e tia.

'- Ubuntu pode ter tido boas intenções, mas não confiou na minha capacidade de lidar com o problema e nem seguiu a orientação do Alfa e isso é um erro. Sem justificativas, erros são erros e pronto.' - falava com rigidez o Senhor das Sombras que continuava ouvindo e retrucando o que era dito e conclui falando:

'- Está na hora de todos aqui serem adultos e se comportarem como tal. Ninguém aqui é filhote e comportamentos de filhote não vão ajudar essa matilha a sair do buraco onde se enfiou. Mas já que a Ragabash mais infantil da seita quer saber porque eu não larguei a situação de combate onde três matilhas mais o líder da seita contavam comigo, eu respondo.'

O Senhor das Sombras olha para Boom e Danniel e fala:

'- Me separei de vocês e segui com Ira-de-Thor como se ele fosse minha matilha. Cheguei até o final com ele e assumi com ele o compromisso de avançar até o inimigo pois eu e ele estávamos sem matilha para atuar em sintonia ali. Enquanto as outras matilhas davam cabo da grande zona, cabia a eu e ele a avançarmos para chegar na Pedra da Lua. Mas talvez, no auge da sua infantilidade, a Andarilho ache que o tio devesse recuar e deixar o líder da seita na mão pois eu deveria prever que a minha matilha teria uma diarreia mental na hora H...'

E, por fim, olha para Ubuntu:

'- E que eu me lembre a própria juíza da matilha falou que a matilha estava lá fora e que ajudar as outras era necessário. Só me falou para acudir a Arautos quando o leite já estava derramado e o Cão infernal já estava atacando.'

Olha para o grupo e diz:


'- Eu tinha outras tarefas ali, fruto do desandar da missão quando caíamos nas armadilhas que não foram detectadas por nenhum dos Ragabashs da nossa matilha. O feito, Ubuntu, não é pequeno, mas a tragédia tornou-se maior do que ele e pesará mais sobre todos nós. Tentar justificar um erro apontando um acerto não servirá de nada e se você conhece a Nação, deve saber disso.'
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aman - Steven

Mensagem  Aman Ubuntu em Ter Out 21, 2014 1:06 pm

Aman mais uma vez insiste com o Ahroun.

"- Devo insistir aqui que estou concordando com você Steven. O campo de batalha não é lugar para imaturidades e erros. E todos nós erramos em algum ponto."

Ela falava dos Cliath, não de Steven no momento, mesmo que Boom aparentemente não tenha errado em nada. Então ela continua.

"- Não é o cerne da questão e não devia ser o ponto principal de nossa discussão. O que eu queria dizer ao trazer os resultados para primeiro plano era um modo de nos defendermos no julgamento. Seria um ponto importante e relevante para trazer a tona. De fato, a teoria que os fins justificam os meios é algo debatido a muitos séculos, e tem suas raízes na obra humana de Maquiavel. E não estamos aqui em matilha para discutir semântica nem grandes pensadores. Estamos aqui para resolver a questão pratica de como manter nossa honra intacta e impedir que John seja morto por seu ato desmedido. Pois tenho certeza que esse será o pedido daquele Presa de Prata e dos Fenris."

Agora, mantendo-se séria e mostrando que não era nenhuma criança debatendo com o Ahroun, mesmo tendo posto baixo, a Peregrino fala.

"- Do jeito que você está falando, parece que a única diferença entre os Garous é entre filhotes e adultos, me parece que tu consideras os postos nada mais do que uma bobagem. Mas isso não é verdade, a diferença de postos está desde o começo dos tempos em nossa cultura Garou, e a diferença de experiência de um Cliath para um Adren realmente é muito grande, e acho que isso faz sentido, é uma coisa que toda a Nação respeita. Há mais diferenciações do que Filhote e Adulto entre nós."

Aman continua.

"- Talvez entre os humanos essa seja a unica diferenciação plausivel, mas entre os Garous, até os espiritos respeitam os postos, impedindo que alguém inexperiente conheça e aprenda os dons mais poderosos, e é por um bom motivo que isso acontece. Garous Cliath SÃO mais inexperientes que os de posto mais alto, e tendem a fazer maiores cagadas em situações de risco. Porém, é óbvio que isso não serve de justificativa para o massacre de uma matilha. Além do que, sabemos que não foi um ato doloso, deliberado, de causar a morte daqueles Garous. Essa tem que ser nossa defesa, acreditando ou não que John e a Arautos devam ser punidos. Devemos afastar o que acreditamos e sermos praticos e frios no julgamento. E unidos, porque se encontrarem uma brecha eles vão nos quebrar e sofreremos graves consequencias. Além é claro, do perigo de quererem a cabeça de John. Que não acho justo, afinal, por mais grave que tenha sido o ato, não foi uma quebra da Litania, em nenhum de seus artigos."

_________________
Aparência: 3
Carisma: 3
Fúria: 3
Peregrinos Silenciosos - Philodox - Hominídeo
Idade aparente: 20 e poucos
avatar
Aman Ubuntu

Mensagens : 247
Data de inscrição : 03/04/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

[CAERN] Grutas e Cavernas - em Hominídeo

Mensagem  Michell Corbeill em Ter Out 21, 2014 1:18 pm

Interações com a matilha Arautos do Trovão.
Em Hominídeo.

Logo após Michell expor seus comentários, quem o faz é a Philodox da matilha. Aman também perde perdão, levando em consideração que a mesma havia quebrado a formação para ajudar Stevenn, deixando os Theurges à mostra. Sylvia tinha quase morrido e o próprio francês havia entrada em Frenesi graças a quebra dessa formação. Obviamente a culpa não era totalmente da Peregrina.

Depois disso, quem toma as palavras é finalmente o acusado-mor e...

"Zuts! A merda foi maior do que eu estava imaginando. Dava pra fazer um batalhão daqueles Gólgotas com esse probleminha aí!"

As palavras dele são complementadas por Danniel, que acaba de explicar o ocorrido e já tecia comentários sobre os outros comentários. Michell entendia perfeitamente quando o mesmo fala sobre o controle da Fúria. O Andarilho havia pecado nesse ponto, não estava acostumado a ser colocado em situações que sua Fúria fosse colocada em prova; percebia agora que precisaria tomar um cuidado dobrado nesse novo cenário que estava se inserindo.

Mas nem todas as críticas são tão bem aceitas, principalmente quando o Senhor das Sombras entra na conversa. Stevenn era frio e direto, todos já sabiam disso. Ele argumentava contra Aman e Boom, dizendo que a falta de experiência não era desculpa para erros crassos e, Michell tinha que aceitar, ele estava certo. Se não eram mais Filhotes era porque tinham mostrado seu valor para seus irmãos tribais e isso era fato. Os erros seriam normais durante toda a vida Garou deles, mas sucessivos erros tiram o crédito de qualquer êxito.

Sabendo disso, Michell se aproxima de Boom, tocando-lhe um dos ombros e concentrando sua Gnose para promover a cura de seu pequeno ferimento. Ela estava se mostrando desconfortável com ele, fazendo com que o francês o percebesse. Assim, enquanto os efeitos do Toque da Mãe se mostravam efetivos ou não, o Andarilho pede a palavra:

-
Os erros aconteceram e, como Stevenn disse, não podemos negá-los. Eu entendo o seu posicionamento Boom, mas se estamos hoje aqui é porque alguém nos achou habilitados para enfrentar a vadiazinha da Wyrm. E nesse caso, não existem mais ou menos habilitados, todos somos. - nesse instante, ele olha para Aman especificamente. - Os postos existem, Aman, e como você mesma disse, ele não são justificativas para o que aconteceu lá na Colmeia Seja eu, você ou a Boom, que chegamos a pouquíssimas noites, ou Stevenn, John, Danniel e Sylvia, que já estão nesse caminho a mais tempo e já se conhecem um pouco mais. Eles possuem mais experiência sim, mas isso é apenas um anexo a mais. O importante, agora, é percebemos nossos erros, aceitando-os e pedindo perdão em julgamento. E obviamente, como você e Stevenn já disseram, arranjarmos um jeito de amaciarmos a nossa pena. Algumas ideias já foram expostas e acho que, mais importante do que ficarmos rebatendo se éramos capazes ou não de executar a missão, nós precisamos nos debruçar sobre essas possibilidades e agarrá-las, porque, queridinha, eu não tô a fim de enterrar mais ninguém dessa matilha por um bom tempo.

Algumas ideias tinham sido dadas. Uma missão de honra poderia ser interessante, por mais difícil que fosse, mas poderia levar consigo a vida de muitos irmãos. Eles precisavam de auxílio e isso era evidente a cada segundo que passava.

Toque de Mãe na Boom, faz favor.

_________________
avatar
Michell Corbeill

Mensagens : 264
Data de inscrição : 03/02/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [CAERN] Grutas e Cavernas

Mensagem  Danniel Jacks em Ter Out 21, 2014 1:22 pm

Danniel - Arautos

Danniel ouvia as palavras dos 3 garous que discutiam, as duas meninas tentavam arrumar desculpas e Steven como sempre tentava botar na cabeça delas que estavam erradas, por mais que tivesse tido suas diferenças com o Senhor das Sombras no início, naquele momento, o Fianna achava que ele estava certo, não havia o porquê deles ficarem ali arrumando desculpas, tinham errado feio e acabaram matando uma matilha inteira, aquilo era uma grande verdade.

Quando arruma uma brecha após as falas de Steven, o Ahroun diz:

-'Somos cliaths sim, Aman e Boom, mas isso não tira o sangue de malditos de nossas garras assim como não tira nossos méritos. Como Cliaths o conselho de líderes nos ouve assim mesmo, como Cliaths nos dão responsabilidades grandes pois eles acham que temos como evoluir a partir disso. Concordo com o Steven que usar a desculpa de sermos cliaths não é válido, eu me sinto extremamente honrado em receber missões de nível difícil mesmo sendo cliath, me sinto horado de poder ser alpha de uma matilha onde tem garous de posto mais alto que o meu, me sinto honrado de chegar numa reunião de lideres de matilha e a minha opinião ser levada em conta mesmo eu sendo um dos mais jovens ali, ser cliath não nos tira responsabilidade de nada.'

O garou faz uma breve pausa e continua:

-'Temos nossas limitações de posto mas se formos deixar tudo apenas para os garous de posto mais alto o que iremos fazer sempre?? Nada! Quando iremos crescer se nunca nos for dado responsabilidade?? Não estamos no julgamento de ninguém, estamos no meio de nossa família, estamos frente a frente com nossos irmãos, aqui é a hora de admitir que realmente estamos errados para que possamos aprender com esses erros e seguir em frente e crescer, sem isso não adianta, nunca iremos ser capazes de enxergar onde erramos. Apontar para X ou para Y dizendo que o erro foi por isso é coisa de covardes! E aqui na matilha eu não vejo nenhum covarde! Somos cliath? SOMOS! Mas isso não quer dizer que não tenhamos capacidade de fazer alguma coisa nessa cidade, somos extremamente capazes de cumprir quaisquer missões que nos deem, tanto que fomos além do esperado e destruímos duas colmeias!'

Olha então para cada um ali e prossegue:

-'A culpa de tudo que aconteceu foi nossa! De cada um de nós e não há como fugir disso, eu dei uma ordem e era pra todo mundo ter seguido, se não mandei ajudarem o Steven é pq sabia que ele era capaz e analisando na hora vi que ele estava fora de risco, Boom, você não chegou a cometer erros, apoiou como conseguiu mas não é pq somos cliaths que temos que admitir a culpa disso tudo e falar que era responsabilidade demais pra gente, Cliaths irão lutar no apocalipse, cliaths estão em jornada nesse instante para resgatar Anciões, Cliaths lutaram em outras colmeias também, lideraram outras invasões também. Erramos pq demos mole, vacilamos e é isso! Vamos ser julgados por nossos erros e tentar buscar uma melhor forma de diminuir os danos sobre todos. É duro caminhar pelo Caern e ver a matilha ter esses caras olhando torto para gente, mas agora me digam, e se fosse o contrário??? Se vocês fossem os únicos sobreviventes de uma matilha por causa de um erro do naipe do que houve na missão, como vocês estariam?? Meus irmãos, com certeza eu estaria da mesma forma! Não serei hipócrita ao ponto de falar que não iria querer justiça, pq eu iria querer sim!'

_________________
Hominídeo - Ahroun - Fianna - Irmandade de Herne
Aparência 05
Raça Pura 05
Fúria 05
Característica marcante: Voz do Rouxinol
avatar
Danniel Jacks

Mensagens : 359
Data de inscrição : 27/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Amanda Ross (Glabro) - Arautos do Trovão

Mensagem  Amanda Ross em Ter Out 21, 2014 1:38 pm

A Andarilha ouve a resposta de Steven e aquilo faz seu sangue ferver. Certamente o Senhor das Sombras perdia a paciencia cada vez que os Garous mostravam não concordar com ele. Ele podia ser um filho de Avô Trovão, mas ainda era um Ahroun e eles não eram os exemplos de paciencia.

Depois de todas as ofensas e a explicação do porque não havia se juntado a eles Aman toma a palavra e mais uma vez defende o que Boom havia argumentado desde o inicio. Quando a Peregrina termina de falar os outros começam.

Michell lhe toca o ombro e a sensação boa passa da mão do Andarilho até o ferimento em seu braço. Algo que lhe da um pouco de paz naquele momento de estresse.

"Cara... Uma massagem com isso deve ser tudo de bom..."

As palavras do Andarilho, no entanto, deixam claro que o mesmo concordava com Steven e logo em seguida vem as de Danniel. Não tinha mais nada a falar. O Fianna deixava claro o que pensava e agora aquela irritação de ter a resposta na ponta da lingua para o Senhor das Sombras não iria passar nem tão cedo.

- Obrigada...

Ela fala baixo para Michell sem olhar novamente para o irmão de Tribo. Estava agradecida, mas irritada. Quando se considera capaz de voltar a argumentar sem querer meter uma bala na testa de Steven a Andarilha diz:

- Um novo feito não limparia o nome da matilha e o de John? Vencer ou morrer tentando... Acho que tanto os Presas quanto os Fenrirs iriam respeitar...

Off:

Narração, gostaria de saber se é possivel ganhar 1 ponto de fúria pelas ofensas;
Boom esta completamente curada.

_________________
Boom - Andarilha do Asfalto - Hominidea - Ragabash - Dires Ultimae
Aparência: 3
Carisma: 2
Fúria: 2
Gnose: 3
Defeitos Notáveis: Marca do Predador.
Idade: Aparentemente 19 anos.
Altura: 1,70
Peso: 62kg

''Vou abrir a caixa do quanto eu me importo! Hm, espera aí... Está vazia!''
avatar
Amanda Ross

Mensagens : 201
Data de inscrição : 19/05/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aman - Arautos

Mensagem  Aman Ubuntu em Ter Out 21, 2014 1:53 pm

Aman concorda com o pensamento do Alfa, mas novamente tem que intervir para explicar sua argumentação.

"- É obvio que eu pediria vingança Danniel. Todos aqui pediriamos, e nesse afã de defender a matilha que eu pergunto pra vocês: a gente vai acatar toda e qualquer acusação e aceitar a punição passivamente? Ou a gente vai fazer de tudo para defender nossa matilha e proteger os nossos? Mesmo sabendo que erramos e que alguns erraram individualmente? E se a gente vai se defender, que argumentos podem ser usados a nosso favor? É nesse escopo que o resultado da missão deve ser trazido a tona."

Com aquilo ela encerrava sua argumentação, se continuassem batendo na tecla que eram culpados e ponto final, era melhor irem la fora e esticarem seus pescoços para o anão decapta-los.

_________________
Aparência: 3
Carisma: 3
Fúria: 3
Peregrinos Silenciosos - Philodox - Hominídeo
Idade aparente: 20 e poucos
avatar
Aman Ubuntu

Mensagens : 247
Data de inscrição : 03/04/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Coração-Impiedoso - Matilha Arautos do Trovão

Mensagem  Narrador em Ter Out 21, 2014 2:08 pm

Steven ouve as argumentações de Ubuntu e apenas deixa claro para a Philodox ao seu fim:

'- As diferenças de posto revelam quantos degraus subimos pelos nossos feitos na Nação. A separação entre filhote e Cliath é a separação entre os não preparados e os preparados para começar a subir essa escada.'

Fala em tom sério, olhando no fundo dos olhos da juíza. Quando Danniel e Michell tomam a palavra, ouve os comentários dos dois sem expressões de apoio ou repulsa. Ficara neutro e depois que mais uma vez Boom e Ubuntu fala, o Ahroun apenas diz:

'- Nós vamos defender não Punhos-de-Aço, mas todos dessa matilha. Mas sem negar para nós mesmos o que erramos e não sem assumir cada um consigo mesmo o compromisso de não repetir mais o mesmo erro.'

Encara por alguns instantes cada Garou presente e continua:

'- As palavras de Danniel foram repletas de sabedoria. Lembra o porque nasceu sob a Lua Gibosa embora seu destino tenha caído para a Lua Cheia. Se não me ouvem, ouçam seu alfa que não se esconde atrás de escudos tão frágeis como um vaso de porcelana. Para defendermos quem quer que seja, precisaremos de apoio e de saber quais serão as acusações. O Argumento de que nenhum verso da Litania foi quebrado é muito bom, na minha opinião, contra uma pena máxima, mas não sei se irá resolver todo o problema.'

O Senhor das Sombras olha para Danniel e comenta olhando ao líder, mas falando com todos:


'- Eu lembro de uma história aqui na Seita sobre um mau comportamento do atual líder da seita no enterro de uma Galliard dos Portadores da Luz Interior. Não lembro o que foi, mas algo que minimizou a queda da Garou. Talvez isso possa ser usado contra o desejo de vingança dos Fenris. Caracterizar a ânsia dos Fenris como vingança e não como sede de justiça pode ser um fator para anularmos os ataques que sofreremos da tribo. Isso não resolve o problema dos Presas de Prata, mas pode frear a influência dos Fenris no julgamento. Acho que "Justiça sim, Vingança não" deve ser a nossa linha no julgamento.'
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aman - Arautos

Mensagem  Aman Ubuntu em Ter Out 21, 2014 2:23 pm

Aman concorda com a cabeça com Steven e completa.

"- Esse é o espírito Steven. Não vamos nos enganar quanto aos erros. Mas devemos amenizá-los para a Seita. Quanto a história do lider da Seita, seria um trabalho para um Galliard descobrir, infelizmente o que temos é recém-chegado, mas ele podia ser incumbido de descobrir essa história completa. E sim, o ponto da Litania para afastar a pena de morte é o que devemos focar. E buscar mais argumentos, obviamente."

Então a Peregrino lembra das acusações no cemiterio e complementa.

"- O Presas de Prata nos acusou de genocídio, obvio que isso foi feito no calor do momento, porque se ele progredir com essa acusação podemos desmontá-lo. Principalmente por ausência completa de dolo e que a Matilha dele não é uma raça a parte, somos todos Garous e muitas tribos estavam envolvidas com representantes de todos os lados, mesmo que fosse intencional, genocidio passa longe do que ocorreu."

Aman tem uma ideia e fala.

"- Podemos ver o que as lideranças das tribos tem a dizer sobre cada morte. Minha tribo perdeu uma esperança muito grande na morte de Sopro-de-Amon-Rá, mesmo assim, Oráculo-Ceifador parece ser um Garou muito equilibrado e justo, posso conversar com ele sobre o caso e a posição dos Peregrinos."

_________________
Aparência: 3
Carisma: 3
Fúria: 3
Peregrinos Silenciosos - Philodox - Hominídeo
Idade aparente: 20 e poucos
avatar
Aman Ubuntu

Mensagens : 247
Data de inscrição : 03/04/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [CAERN] Grutas e Cavernas

Mensagem  Convidado em Ter Out 21, 2014 4:22 pm

Ofegante, o presas de prata galliard sai correndo e assim entra, estava correndo desesperado desde o cemitério e se perdeu, ficara desatento e acabou chegando no meio de uma longa conversa, não sabia como estavam os animos, não conseguiu escutar nada antes de chegar, mas enfim, um pouco mais suado o presas de prata estava lá.

-Me desculpem senhores, mas acabei me perdendo em meus pensamentos e demorei a chegar. -Sorri o galliard e se dirige para o lado da Boom.


Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [CAERN] Grutas e Cavernas

Mensagem  Danniel Jacks em Ter Out 21, 2014 7:57 pm

Danniel - Arautos

o clima esquenta mas logo trata de se esfriar, parecia que haviam chegado à algum lugar com as discussões. Então ouve as ideias de Ubuntu e de Steven, eram bons argumentos, então o Alpha diz:

-'Tem um ancião Philodox de minha tribo e campo, aqui no Caern, o Coração Justo, eu poderia conversar com ele e pedir alguns conselhos também. Explico a situação pra ele e peço o conselho. Steven, pode nos contar e relembrar como foi essa situação aí, eu não me lembro.'

_________________
Hominídeo - Ahroun - Fianna - Irmandade de Herne
Aparência 05
Raça Pura 05
Fúria 05
Característica marcante: Voz do Rouxinol
avatar
Danniel Jacks

Mensagens : 359
Data de inscrição : 27/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Amanda Ross (Glabro) - Arautos do Trovão

Mensagem  Amanda Ross em Qua Out 22, 2014 6:59 am

A Andarilha se mantém quieta depois das palavras de Danniel. A forma como Steven falava só dava mais nojo ainda do Garou dos Senhores das Sombras. Sera que ele era tão babaca assim por naturalidade ou estava se esforçando? Boom preferia acreditar que era a primeira opção, porque ai ele não teria culpa... Mais o menos.

A Ragabash só sai de seus pensamentos quando ve que Adrian senta ao seu lado a Andarilha da um sorriso sem graça para o mais novo irmão de matilha. Não estava no clima mais para tentar socializar com a matilha. Deixaria que eles decidissem o que quer que fosse e faria o que pudesse para salvar seu irmão de Tribo ela mesma.

_________________
Boom - Andarilha do Asfalto - Hominidea - Ragabash - Dires Ultimae
Aparência: 3
Carisma: 2
Fúria: 2
Gnose: 3
Defeitos Notáveis: Marca do Predador.
Idade: Aparentemente 19 anos.
Altura: 1,70
Peso: 62kg

''Vou abrir a caixa do quanto eu me importo! Hm, espera aí... Está vazia!''
avatar
Amanda Ross

Mensagens : 201
Data de inscrição : 19/05/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Coração-Impiedoso - Matilha Arautos do Trovão

Mensagem  Narrador em Qua Out 22, 2014 7:50 am

O Senhor das Sombras, sério, responde para Danniel:

'- Eu também não lembro muito bem, mas era algo sobre desrespeito com os mortos que não eram Fenris. Acho que talvez os Portadores possam nos recordar o que aconteceu. Eu não sei se isso pode ou não ser usado, mas acho que temos que listar todas as possibilidades que temos e ir cortando as que podem ser mais facilmente contestadas até ficar com um argumento minimamente sólido ao ponto de diminuir o peso da mão da seita sobre John.'

avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aman - Todos

Mensagem  Aman Ubuntu em Qua Out 22, 2014 8:33 am

Aman reprime um bocejo de cansaço mas fala seria, sem demonstra-lo.

"- Bom, a gente tem que pensar nesses argumentos e passar eles a limpo certinho pra saber o que dizer amanha. Mas temos todo o dia pra isso. Vamos falar com os lideres de tribo? Se quiserem, podem deixar que eu falo com Ira-de-Thor pelos Fenris. Sei que é difícil, mas melhor tentar alguma coisa do que nada."

E Aman se lembra da mini-assembleia e fica mais cansada ainda, teriam que enfrentar mais olhares reprovadores.

"- E nessa mini-assembleia, qual vai ser nosso discurso padronizado? Um Juiz e um Bardo vao falar por matilha não?"

_________________
Aparência: 3
Carisma: 3
Fúria: 3
Peregrinos Silenciosos - Philodox - Hominídeo
Idade aparente: 20 e poucos
avatar
Aman Ubuntu

Mensagens : 247
Data de inscrição : 03/04/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [CAERN] Grutas e Cavernas

Mensagem  Convidado em Qua Out 22, 2014 8:45 am

Adrian estava escutando atentamente, mesmo sem entender muito bem o que estava acontecendo, escutando poucas palavras e pegando a conversa pela metade, ele se levanta.

-Se precisarem de um bardo, contem comigo, me deixem a par do que acontece que eu me responsabilizo por ser o porta-voz, seus pensamentos, minha voz.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Coração-Impiedoso - Matilha Arautos do Trovão

Mensagem  Narrador em Qua Out 22, 2014 1:39 pm

O Senhor das Sombras se mantinha sério e atento ao que era dito. Diante das palavras do Presas de Prata, responde de modo direto:

'- Não acho uma boa ideia. Você pode até acompanhar Danniel na assembleia se quiser, mas não correu conosco. Será impossível que você cante nossa história nessa mini-assembleia. Mas talvez seja bom que você participe do trato com as tribos. Galliards são bons na arte da negociação e da diplomacia, talvez montar uma frente com Ubuntu, Danniel e você para dialogar com lideranças das tribos que tiveram perdas pode ser uma boa. E se você tiver como ajudar com sua tribo, também.'

Stevenn se dirige à Ubuntu, dialogando com a Peregrino:


'- Eu acho que nessa mini-assembleia você, Ubuntu, mais do que todos, tem que ser o mais rígida que puder com todos nós. Nossa matilha não tem que temer pagar por seus erros e como filhos de Avô Trovão temos que exigir mais de nós do que os outros exigiriam. Nossas falhas foram inaceitáveis e que paguemos por elas.'
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

John Montecchio (Hominideo) - Todos / Steven / Danniel

Mensagem  John Montecchio em Qua Out 22, 2014 3:07 pm

Após suas palavras, uma série de discussões acontecem. John seguia parado, quieto e sério somente observando. Observava as palavras, as ofensas, os bons e maus argumentos. As propostas de ajuda e onde a matilha poderia parar caso algo desse errado e fosse desunida. Observava até mesmo o esporro de Danniel dizendo que foi imaturo e despreparado e engolia tudo aquilo quieto. Tinha razão e ia fazer o que? Bater de frente? Jamais. Não tinha motivos para isso e não tinha um pingo de benefício para fazer aquilo ser contrário e o Danniel tinha razão em suas palavras, assim como Steven e os demais, no entanto, viu por um segundo aquela conversa tomar um rumo errado. O rumo das ofensas com Steven e seu jeito duro chamar Boom de infantil várias vezes, assim como o pensamento de Aman. Por muitas vezes não gostava daquela maneira do Senhor das Sombras, mas Steven era um cara duro de se lidar e seu comportamento muitas vezes pouco satisfatório. John mesmo já havia provado da sua ignorância com um soco na cara por ser contrário à suas ideias e de nada havia adiantado.

No entanto, após muitas discussões, John foi ficando satisfeito pelo rumo que a conversa ia tendo. Aman no final das contas deixa bem claro as duas vertentes que a matilha poderia seguir para reverter aquele quadro e parecia realmente que dessa vez a Arautos estaria em sintonia. No final das contas, também nota a proposta de Steven ser seu mentor de fato, mas ele já era, já estava cuidado disso, no caso, só oficializaria tal posição.

"Nós vamos defender não Punhos-de-Aço, mas todos dessa matilha..."

Essa frase ficou na cabeça de John. Por mais que o maior erro tivesse sido seu, aquilo provava a união da mesma admitindo que todos erraram e por causas dos erros, grandes erros foram cometido, principalmente o seu que agora custa sua cabeça. Até que novamente Aman tem a ideia de conversarem com os líderes tribais. Era interessante. Precisavam de apoio de todas as tribos, mas uma coisa era fato: não teria o apoio dos Fenris. Quem sabe dos Presas de Prata devido a atual situação da Seita, e do resto, teria que ver como estava a situação, mas com certeza, como Steven mesmo tinha dito, qualquer apoio buscado poderia diminuir a mão na sua punição. Quem sabe, se conseguissem bastante apoio cortariam só as pernas ou só os braços, ou só um braço e uma perna.

Disse então na intenção de ajudar como todos estavam se dedicando em nome da matilha.

- Boom, Michell e eu poderíamos conversar com a liderança dos Andarilhos do Asfalto durante o dia, nossa tribo. Ver o posicionamento dela sobre meu erro, me desculpar, pedir conselhos, ou quem sabe apoio da parte deles, visto que tem três de nós na Arautos. Acho que isso pode ajudar na hora do julgamento. Quanto mais apoio tivermos melhor.

Aguardava manifestação de todos, principalmente de Steven.

_________________
Ahroun - Andarilhos do Asfalto - Cliath - Espertinhos

Aparência 05
Fúria 05
Magnetismo Animal / Ambidestria.
Cicatriz no pescoço em formato de "S".[/b]


"Apenas é digno da vida aquele que todos os dias parte para ela em combate."
avatar
John Montecchio

Mensagens : 250
Data de inscrição : 13/04/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Bil - Arautos

Mensagem  Severino de Araújo em Qua Out 22, 2014 7:32 pm

Bil permanecia quieto olhando a discussão. E que discussão. Era uma verdadeira torrente de opiniões, visões, fatos, versões, comidas de rabo e tudo mais. O pernambucano não tinha muito o que acrescentar já que não presenciara nada do que era dito. Quando o Senhor das Sombras se oferece para treinar os Arhous da matilha, incluindo ele, Bil gosta da ideia e acena positivamente com a cabeça.

Depois do caos inicial parecia que a discussão encontra um leito que canaliza as diferentes opiniões para algumas iniciativas em conjunto. Bil permanece calado e atento a tudo e todos. Quando encontra a chance ele esfrega as mãos para esquenta-las um pouco e faz um breve gesto pedido a palavra:

"- Se ajudar posso falar com meus irmãos de tribo. Sei que não presenciei nada do que vocês discutiram aqui, mas agora também são problemas meus."

_________________
Severino de Araújo (Bil)
Lapada-na-Escuridão
Ahrou - Cliath - Uktena - homínideo
Aparência 2
Glória 3
Honra 1
avatar
Severino de Araújo

Mensagens : 96
Data de inscrição : 13/10/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aman - Steven

Mensagem  Aman Ubuntu em Qua Out 22, 2014 10:45 pm

Aman apenas concorda séria com o Ahroun.

"- Nunca amenizei nem amenizarei para ninguém em meus julgamentos Coração-Impiedoso."

Ela acena com a cabeça, mostrando que entendera o recado. Desde o começo concordava com o Garou que os erros eram crassos, só estava buscando uma linha de argumentação para defender a matilha, mas em seu julgamento ela não trairia Luna que dera a função de Juiza imparcial para ela, a Lua observava a todos os momentos, e não faria feio ao seu juramento de nascença.

_________________
Aparência: 3
Carisma: 3
Fúria: 3
Peregrinos Silenciosos - Philodox - Hominídeo
Idade aparente: 20 e poucos
avatar
Aman Ubuntu

Mensagens : 247
Data de inscrição : 03/04/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Coração-Impiedoso - Matilha Arautos do Trovão

Mensagem  Narrador em Qui Out 23, 2014 7:08 am

O Senhor das Sombras concorda com a cabeça depois das falas de Severino e de Aman. Parecia concordar com a ideia do Uktena e satisfeito com a posição da Philodox.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 5110
Data de inscrição : 27/01/2013
Idade : 34
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário http://segredosdoapocalipse.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Amanda Ross (Glabro) - Arautos do Trovão

Mensagem  Amanda Ross em Qui Out 23, 2014 8:35 am

Boom permanecia em silencio, apenas ouvindo o que era conversado por sua matilha. Seu olhar era distante e, aproveitando que não tinha mais nada a acrescentar, se concentra para fazer surgir Pow Pow, sua M16, de seu braço direito.

Com calma a Andarilha retira o carregador e o coloca a seu lado para começar a limpar a arma que havia sido muito util durante a missão.

"9 balas..."

Ela repetia mentalmente. Era tudo que tinha agora e considerando que todas as suas economias haviam explodido junto com o carro precisaria procurar um emprego.

_________________
Boom - Andarilha do Asfalto - Hominidea - Ragabash - Dires Ultimae
Aparência: 3
Carisma: 2
Fúria: 2
Gnose: 3
Defeitos Notáveis: Marca do Predador.
Idade: Aparentemente 19 anos.
Altura: 1,70
Peso: 62kg

''Vou abrir a caixa do quanto eu me importo! Hm, espera aí... Está vazia!''
avatar
Amanda Ross

Mensagens : 201
Data de inscrição : 19/05/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Sylvia - John (mensagem de texto)

Mensagem  Sylvia Capuleto em Qui Out 23, 2014 9:38 am

Uma mensagem de Sylvia chegan o celular de John:

- John, avise a matilha que estou bem mas devo demorar a encontrar com vocês. E avise à Ubuntu que toda a rede de contatos e influência de Jéssica está sendo mapeada e executada antes de Hélios chegar ao meio do céu.

_________________
Sylvia Capuleto "Feiticeira das Sombras"
Adren / Hominídeo / Theurge / Senhores das Sombras
Voz Encantadora / Magnetismo Animal
Aparência 05
Raça Pura 05
Fúria 02
avatar
Sylvia Capuleto

Mensagens : 408
Data de inscrição : 28/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [CAERN] Grutas e Cavernas

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 10 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum